conecte-se conosco


Mulher

Afinal, a banha de porco faz bem ou mal para a saúde? Tire suas dúvidas

Publicado

Ela é usada no preparo de massas e doces e na comida simples do dia a dia, aquela que tem sabor da casa da vovó. A banha de porco sempre foi um ingrediente tradicional em muitas cozinhas e, agora, voltou com tudo – já tem até versão do produto em lata. Mas, afinal, ela faz bem ou faz mal?


Banha de porco
shutterstock

Banha de porco traz uma série de benefícios, mas deve ser usada com alguns cuidados


Leia também: 5 motivos para não ter mais medo da gordura – até se você quer emagrecer

O protudo divide opiniões. Há quem diga que a banha de porco é muito melhor do que os óleos vegetais, como os de soja, canola e milho, e há quem garanta que o mais recomendado é se livrar dela, para sempre. 

Por que usar banha de porco?

A nutricionista Karine Menezes está do lado dos defensores da banha na dieta. Segundo ela, o item é bm porque “é rico em ácido oleico, que auxilia na diminuição do colesterol ruim”. 

 Ela ainda completa: “Tem menos gordura saturada do que a manteiga e o óleo de coco, resiste a altas temperaturas e é mais econômica, já que é necessária uma quantidade menor em relação às outras gorduras”.

A também nutricionista Fabiane Alheira está na mesma ala que Karine, mas faz algumas ressalvas. “Não existe alimento bom ou ruim, mas com características boas e características ruins”, pondera.

Para a profissional, a banha é uma opção mais saudável para cozinhar em comparação a outros óleos , como o de soja ou de milho, quando é a natural, sem aditivos químicos e que não passa pelo processo de refino. 

Fabiane ainda lembra que, ao contrário do que as pessoas pensam, a banha é rica em ácidos graxos monoinsaturados, como o azeite, e tem outras vantagens.

“Em sua versão natural, ela não deixa cheiro no ambiente nem aquele gosto residual de banha. Ao contrário, realça o sabor dos alimentos e deixa uma textura mais crocante. Portanto, pode ser usada em qualquer tipo de preparação, inclusive doces e peixes.

Por que não usar banha de porco?


Fritura
shutterstock

Banha já foi condenada pela OMS, mas segundo profissionais, o problema está mais na forma que ela é usada

Há também o outro lado da questão. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, enfrentou protestos de médicos após recomendar a substituição de manteiga e derivados de animais – como a banha – por óleos vegetais.

Veja Também:  Mãe lambe sorvete da filha, mas se arrepende após menina contar “segredo”

Publicado no site oficial da entidade, o texto “Cinco dicas para uma dieta saudável no ano novo” aconselha que óleos de soja, canola, milho e girassol sejam usados no preparo das refeições, descartando a manteiga e a banha de porco.

O problema está em como usar desse tipo de gordura. Como alerta o cardiologista Serafim Gomes, a banha engorda, tem colesterol e pode fazer mal. “Basta usá-la de forma inadequada e com alimentação errada”, pondera. 

Entretanto, o item também não deve ser demonizado. “No entanto, falar em aparecimento de doenças cardiovasculares e sérios problemas crônicos de saúde como câncer de mama, cólon e ovário é pura falácia e sensacionalismo da indústria”, alerta o cardiologista, que atua com prevenção e reversão de doenças cardiometabólicas.

Então como consumir gordura de maneira segura e saudável?

Além de escolher um produto natural, como indica a nutricionista Fabiane Alheiras, é preciso se atentar à quantidade. Segundo recomendações da American Heart Association, o consumo de gordura deve ser limitado a não mais que de 25% a 35% do total de calorias diárias – cerca de 500 a 700 calorias ou entre 56 e 77 gramas de gordura total por dia em uma dieta de 2 mil calorias diárias.

Seguindo essas indicações, é comprovado que a gordura faz até bem e não deve ser riscada do cardápio . “Já há evidências mais que definidas de que o uso da gordura não causa risco ou morte de origem cardiometabólica ou cardiovasculares entre outros mitos. Incentivamos muito seu uso para fritura dos alimentos”, comenta Gomes.

Ele continua: “A Sociedade Americana de Diabetologia acaba de publicar um estudo que trata do perigo da não utilização da gordura saturada , que é a banha de porco. Nele, afirma que a dieta de baixa gordura só piora os resultados de riscos cardiovasculares”.

Veja Também:  Filho deixa mãe emocionada ao usar camisa do pai falecido para sair com ela

Banha de porco faz sucesso com chefs


Ragu de javali do chef Henrique Fogaça
Divulgação

Noque com ragu de javali, um clássico do chef Henrique Fogaça, usa banha de porco no preparo

Polêmicas à parte, a banha de porco atinge uma temperatura alta rapidamente, com menores riscos de se oxidar (e fazer mal). Por isso, alguns chefs de cozinha apostam que ela faz menos mal do que manteiga e azeite, além de deixar a comida mais saborosa.

Henrique Fogaça , do Sal Gastronomia, usa o produto no preparo do nhoque com ragu de javali, servido em uma de suas duas casas no Rio.

“Ela serve para assar, refogar ou fritar qualquer alimento”, resume Fogaça. “Criei essa receita há mais de dez anos e trabalhei muito para acertar o ponto ideal tanto do nhoque quanto da carne, que leva pouca gordura”, completa.

No Pici Trattoria, o Canoli Alla Gianduia recebe banha de porco no preparo da massa. Ela também vai na sobremesa, que já é sucesso na casa, recheada de creme de Nutella, finalizada com pralineé e acompanhada de sorvete de avelãs.

“A banha tem sabor suave e não interfere no gosto final da receita. Também é a mais resistente a altas temperaturas, como a fritura do canoli, e não sofre consideráveis alterações. Conseguimos uma massa firme e crocante”, define o chef Elia Schramm.

Versões da banha de porco

Conforme anunciou o colunista Ancelmo Gois no início deste ano, a gordura ganhou até versão enlatada, sem conservantes – caso da “Pig leve”, produzida pela família Velloso, que durante anos comandou a rede de supermercados Casas da Banha.

“A Pig Leve é líquida, rende mais, só precisa colocar pouca quantidade pra cozinhar e não tem conservantes, não precisa ir a geladeira, o que é mais natural. O público está cada vez mais exigindo uma banha de qualidade – garante Juscelino Velloso.

Ele informa que, de 2017 para 2018, o consumo de banha de porco aumentou 27% e que a expectativa é vender 120 toneladas nos primeiros 12 meses no Rio e, em 2020, levar o produto para São Paulo.

Com casas em ambas as cidades, o chef Felipe Bronze provou, aprovou e encomendou 24 latas do produto para o restaurante ORO, seu duas estrelas Michelin. De acordo com ele, “está sendo usado num novo menu, ainda em fase de teste”.

Fonte: IG Delas
publicidade

Mulher

6 chás que vão te ajudar a dormir melhor

Publicado

source

Women's Health

Se você fica morta de cansaço todo dia de manhã porque quando deita no travesseiro a noite não consegue dormir, então deve saber o quão difícil pode ser recuperar as energias. Uma coisa que sua avó pode ter sugerido quando você era criança: beber alguns tipos de chás ajuda a dormir melhor. 

chá de camomila arrow-options
shutterstock

Entre os chás para dormir, camomila é um clássico. Mas a lista conta com outras opções

Leia também: Saiba como escolher o travesseiro ideal e qual a melhor posição para dormir

Bem, esse conselho é realmente bom (obrigada, vó!). De acordo com Barbie Boules, nutricionista e coach de saúde, “uma xícara de chá é um bom sinal para seu organismo de que o jantar acabou e o dia está terminando”.

“Apenas certifique-se de escolher chás descafeinados ou de ervas”, diz Boules. Muitos deles, inclusive, têm o benefício adicional de fornecer antioxidantes e boosts imunológicos. “No mínimo, eles são uma maneira saborosa de se hidratar”, diz ela.

6 melhores chás para te ajudar a dormir

1. Camomila

Este provavelmente não é uma surpresa para você. A camomila é a melhor escolha quando se trata de chás que ajudam você a descansar melhor.

Veja Também:  Quer reformar a casa? Confira 6 dicas dos Irmãos à Obra para não errar

“Ela é uma erva que fornece benefícios medicinais, ou seja, está ligada a um efeito natural e tranquilo que ajuda você a desligar no final de um dia agitado”, diz Samantha Cassetty, nutricionista dos Estados Unidos.

É verdade: alguns estudos indicam que a camomila pode não só ajudar a incentivar o sono mais profundo , mas também a diminuir o estresse.

2. Flor do maracujá

Boules diz que o chá da flor de maracujá está entre seus favoritos, uma vez que ele tem propriedades tranquilizantes e age como um sedativo suave, contribuindo para uma melhor noite de descanso.

Leia também: 5 chás para tomar antes de dormir que podem te ajudar a perder peso

3. Chá verde descafeinado

Assim como seu primo com cafeína (chá verde comum), o chá verde descafeinado contém um composto chamado L-teanina. “Ele ajuda a promover sensações de relaxamento”, diz Casetty.

Em um estudo de 2017, os pesquisadores descobriram que eliminar a cafeína no chá verde e deixar a L-teanina trabalhar era a chave para melhorar a qualidade do sono, bem como reduzir o estresse.

4. Valeriana

Chá de valeriana é uma opção sólida quando você quer se desligar. De fato, uma revisão abrangente da raiz e seus efeitos no sono mostraram que os participantes que desfrutavam regularmente da bebida tinham uma chance 80% maior de relatar melhor sono em comparação com os pacientes que estavam tomando placebo.

Veja Também:  Mãe faz camiseta para filho registrar todos os seus “primeiros dias de aula”

“Além dos compostos calmantes, muitas pessoas acham que saborear o chá quente é um ritual reconfortante, que pode preparar o terreno para uma boa noite de sono ”, diz Cassetty.

Leia também: Insônia é um problema? Veja truque para adormecer em minutos

5. Lavanda

Se você já aplicou um pouco de óleo essencial de lavanda no seu pulso ou inalou a fragrância da flor natural, então sabe como esse aroma acalma. Você não ficará chocada, então, em saber que a mesma vibração se aplica à lavanda como um chá. Boules diz que é por isso que essa opção está sempre em seu arsenal.

6. Erva-doce e gengibre

A profissional afirma que que chás voltados para uma melhor digestão também podem proporcionar um sono mais tranquilo e por isso estão na lista de chás para te ajudar a dormir . Por quê? Bem, você já ficou acordada com uma indigestão daquelas em plena meia-noite? Então… A mistura da erva-doce e gengibre é útil para manter o seu trato digestivo feliz.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

De louças rústicas a urban jungle: mais tendências de decoração da ABCasa Fair

Publicado

source

A ABCasa Fair – feira da Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores – segue nos inspirando por aqui. No texto publicado na terça-feira, mencionei três tendências do segmento de decoração que encontrei por lá : uso de objetos em palha, a releitura do revestimento granilite em várias peças, como, louças, vasos e caixas e ainda a utilização de cores fluorescentes em objetos de decoração.

Vamos conhecer mais tendências de decoração que foram apresentadas na ABCasa Fair?

Louças rústicas

Bowl e prato de sobremesa com estilo artesanal arrow-options
Arquivo pessoal

Elementos e texturas naturais são apostas de empresas para fabricação de louças com aspecto rústico

A utilização de elementos e texturas naturais está em alta seja no segmento de decoração como também na mesa posta . Formas orgânicas, cores neutras, peças que remetem ao trabalho artesanal são apostas das empresas do segmento de utilidades domésticas.

Já perceberam a quantidade de modelos de louças que adotaram esse estilo? Há peças fabricadas em escala industrial, mas que parecem ter sido feitas artesanalmente. Essa valorização do handmade, do artesanal, do natural é tendência.

Veja Também:  Mãe se surpreende com detalhe inusitado em foto do quarto novo da filha

Nos corredores da Abcasa Fair, encontrei propostas de louças exatamente com essas características. Gosta do estilo rústico? Aposte em pratos, tigelas e xícaras com essa pegada artesanal.

Leia também: Dicas para receber em casa: como fazer uma mesa para fondue

Urban Jungle

Já ouviu falar no conceito Urban Jungle (selva urbana, em tradução livre)? A proposta inclui flores e plantas na decoração dos apartamentos, casas, escritórios, conferindo uma melhor qualidade de vida. A ideia é realmente levar a natureza para dentro de casa.

Essa tendência virou uma febre em países europeus e também no Brasil. A ideia de aproximar a natureza a vida agitada dos centros urbanos caiu no gosto das pessoas. Para além dos benefícios estéticos, encher a casa de plantas traz conforto emocional, auxilia no microclima local e ainda purifica o ar.

tendência urban jungle arrow-options
Arquivo pessoal

A tendência Urban Jungle agrada aqueles que desejam espalhar o verde pela casa

Para adotar o estilo Urban Jungle em casa, vale espalhar folhagens em vasinhos, montar uma parede verde e também optar por almofadas, louças e papéis de parede com estampas que remetem à natureza.

Veja Também:  Mãe lambe sorvete da filha, mas se arrepende após menina contar “segredo”

Durante minha visita a AbCasa Fair, encontrei diversas empresas que apostaram na tendência e apresentaram objetos com estampas de folhagens, principalmente a costela de adão. Além disso, as folhagens naturais e artificiais estavam presentes na decoração de vários espaços.

Étnico

Animal print, madeira, peças artesanais são alguns dos elementos do estilo étnico na decoração , que se caracteriza pela ousadia, combinação exótica, mistura de culturas e influências.

decoração com elementos do estilo étnico arrow-options
Arquivo pessoal

Peças que representam diferentes culturas e histórias conferem um estilo étnico à decoração

Inclua na decoração da sua casa peças e objetos que remetam à história e cultura de seu país, de lugares que você visitou ou que admira, como almofadas coloridas que remetem à Índia, esculturas africanas e tapetes com estilo marroquino.

Na ABCasa Fair , encontrei vários objetos com estilo étnico: vasos , mantas, cadeiras e louças, entre muitas coisas.

Leia também: Neo mint – como usar a cor de 2020 na decoração e na mesa posta

E você, usaria uma louça rústica para montar uma mesa? Incluiria na decoração da sua casa objetos com estilo étnico?  

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Mãe faz camiseta para filho registrar todos os seus “primeiros dias de aula”

Publicado

source

Você se lembra de alguns dos seus primeiros dias de aula na escola? Uma mãe de Dallas, Texas, nos Estados Unidos, pensou em uma forma de deixá-los ainda mais especiais e criar memórias para o filho: com uma camiseta. A história fofa viralizou no Twitter e recebeu mais de 198 mil curtidas, além de ter sido compartilhada 31 mil vezes.

Leia também: Filho deixa mãe emocionada ao usar camisa do pai falecido para sair com ela

criança com a camiseta arrow-options
Reprodução/Twitter/carinawitha_C

A mãe decidiu fazer uma camiseta para que na formatura o filho pudesse se lembrar desses primeiros dias de aula


Carina Cansino é mãe de Gus, de cinco anos. No ano passado, ela teve a ideia de criar uma camiseta com a frase “Classe de 2032” —ano em que ele vai se formar no ensino médio — escrita na frente e, na parte de trás, todas as séries escolares a partir do jardim de infância até a formatura. O espaço abaixo, que está em branco, serve para o menino preencher com a mão, mostrando quais dessas etapas ele já completou.  

Veja Também:  Mulher posta foto de anel de noivado e usuários criticam: “Parece uma vagina”

“Vamos começar o primeiro ano do fundamental”, escreveu ela no Twitter. Na foto, é possível ver que Gus já pintou o jardim de infância e está começando o que seria a etapa “elementar”, que é um período de alfabetização similar ao 1º ano do ensino fundamental no Brasil.

Leia também: Mãe incentiva filha com mensagens no material escolar dela: “Você vai longe”

Mãe quer ver as fotos de cada ano na formatura do filho

Nas redes, Carina ainda explicou a ideia: “O conceito é que no primeiro dia de aula de cada ano escolar nós vamos tirar uma foto do meu filho com a camiseta, até que no fim do ensino médio ela realmente esteja do tamanho dele. Então, nós vamos ver todas as fotos do crescimento dele.” Ela ainda mostrou imagens de Gus no ano passado, quando usou a peça pela primeira vez: 


Leia também: Reciclando roupas, mulher transforma camisa do marido em vestido para filha

Veja Também:  Marido com demência emociona esposa ao pedi-la em casamento pela segunda vez

“Eu tive o Gus aos 15 anos de idade e fui mãe solo por muitos anos. Adoraria compartilhar a minha história e inspirar outras jovens mulheres a continuarem se esforçando”, disse.

O post viral rendeu até mesmo uma fonte de renda para a mãe, principalmente porque internautas começaram a pedir camisetas parecidas para os próprios filhos. “Vou ter que contar ao meu filho de cinco anos que ele é famoso agora. Que ótimo pimeiro dia de aula”, brincou Carina. 

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana