conecte-se conosco

Mulher

Afinal, a banha de porco faz bem ou mal para a saúde? Tire suas dúvidas

Publicado

Ela é usada no preparo de massas e doces e na comida simples do dia a dia, aquela que tem sabor da casa da vovó. A banha de porco sempre foi um ingrediente tradicional em muitas cozinhas e, agora, voltou com tudo – já tem até versão do produto em lata. Mas, afinal, ela faz bem ou faz mal?


Banha de porco
shutterstock

Banha de porco traz uma série de benefícios, mas deve ser usada com alguns cuidados


Leia também: 5 motivos para não ter mais medo da gordura – até se você quer emagrecer

O protudo divide opiniões. Há quem diga que a banha de porco é muito melhor do que os óleos vegetais, como os de soja, canola e milho, e há quem garanta que o mais recomendado é se livrar dela, para sempre. 

Por que usar banha de porco?

A nutricionista Karine Menezes está do lado dos defensores da banha na dieta. Segundo ela, o item é bm porque “é rico em ácido oleico, que auxilia na diminuição do colesterol ruim”. 

 Ela ainda completa: “Tem menos gordura saturada do que a manteiga e o óleo de coco, resiste a altas temperaturas e é mais econômica, já que é necessária uma quantidade menor em relação às outras gorduras”.

A também nutricionista Fabiane Alheira está na mesma ala que Karine, mas faz algumas ressalvas. “Não existe alimento bom ou ruim, mas com características boas e características ruins”, pondera.

Para a profissional, a banha é uma opção mais saudável para cozinhar em comparação a outros óleos , como o de soja ou de milho, quando é a natural, sem aditivos químicos e que não passa pelo processo de refino. 

Fabiane ainda lembra que, ao contrário do que as pessoas pensam, a banha é rica em ácidos graxos monoinsaturados, como o azeite, e tem outras vantagens.

“Em sua versão natural, ela não deixa cheiro no ambiente nem aquele gosto residual de banha. Ao contrário, realça o sabor dos alimentos e deixa uma textura mais crocante. Portanto, pode ser usada em qualquer tipo de preparação, inclusive doces e peixes.

Por que não usar banha de porco?


Fritura
shutterstock

Banha já foi condenada pela OMS, mas segundo profissionais, o problema está mais na forma que ela é usada

Há também o outro lado da questão. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, enfrentou protestos de médicos após recomendar a substituição de manteiga e derivados de animais – como a banha – por óleos vegetais.

Veja Também:  Horóscopo do dia: previsões para 16 de junho de 2019

Publicado no site oficial da entidade, o texto “Cinco dicas para uma dieta saudável no ano novo” aconselha que óleos de soja, canola, milho e girassol sejam usados no preparo das refeições, descartando a manteiga e a banha de porco.

O problema está em como usar desse tipo de gordura. Como alerta o cardiologista Serafim Gomes, a banha engorda, tem colesterol e pode fazer mal. “Basta usá-la de forma inadequada e com alimentação errada”, pondera. 

Entretanto, o item também não deve ser demonizado. “No entanto, falar em aparecimento de doenças cardiovasculares e sérios problemas crônicos de saúde como câncer de mama, cólon e ovário é pura falácia e sensacionalismo da indústria”, alerta o cardiologista, que atua com prevenção e reversão de doenças cardiometabólicas.

Então como consumir gordura de maneira segura e saudável?

Além de escolher um produto natural, como indica a nutricionista Fabiane Alheiras, é preciso se atentar à quantidade. Segundo recomendações da American Heart Association, o consumo de gordura deve ser limitado a não mais que de 25% a 35% do total de calorias diárias – cerca de 500 a 700 calorias ou entre 56 e 77 gramas de gordura total por dia em uma dieta de 2 mil calorias diárias.

Seguindo essas indicações, é comprovado que a gordura faz até bem e não deve ser riscada do cardápio . “Já há evidências mais que definidas de que o uso da gordura não causa risco ou morte de origem cardiometabólica ou cardiovasculares entre outros mitos. Incentivamos muito seu uso para fritura dos alimentos”, comenta Gomes.

Ele continua: “A Sociedade Americana de Diabetologia acaba de publicar um estudo que trata do perigo da não utilização da gordura saturada , que é a banha de porco. Nele, afirma que a dieta de baixa gordura só piora os resultados de riscos cardiovasculares”.

Veja Também:  Teve vídeos ou fotos íntimas vazadas na internet? Saiba o que fazer

Banha de porco faz sucesso com chefs


Ragu de javali do chef Henrique Fogaça
Divulgação

Noque com ragu de javali, um clássico do chef Henrique Fogaça, usa banha de porco no preparo

Polêmicas à parte, a banha de porco atinge uma temperatura alta rapidamente, com menores riscos de se oxidar (e fazer mal). Por isso, alguns chefs de cozinha apostam que ela faz menos mal do que manteiga e azeite, além de deixar a comida mais saborosa.

Henrique Fogaça , do Sal Gastronomia, usa o produto no preparo do nhoque com ragu de javali, servido em uma de suas duas casas no Rio.

“Ela serve para assar, refogar ou fritar qualquer alimento”, resume Fogaça. “Criei essa receita há mais de dez anos e trabalhei muito para acertar o ponto ideal tanto do nhoque quanto da carne, que leva pouca gordura”, completa.

No Pici Trattoria, o Canoli Alla Gianduia recebe banha de porco no preparo da massa. Ela também vai na sobremesa, que já é sucesso na casa, recheada de creme de Nutella, finalizada com pralineé e acompanhada de sorvete de avelãs.

“A banha tem sabor suave e não interfere no gosto final da receita. Também é a mais resistente a altas temperaturas, como a fritura do canoli, e não sofre consideráveis alterações. Conseguimos uma massa firme e crocante”, define o chef Elia Schramm.

Versões da banha de porco

Conforme anunciou o colunista Ancelmo Gois no início deste ano, a gordura ganhou até versão enlatada, sem conservantes – caso da “Pig leve”, produzida pela família Velloso, que durante anos comandou a rede de supermercados Casas da Banha.

“A Pig Leve é líquida, rende mais, só precisa colocar pouca quantidade pra cozinhar e não tem conservantes, não precisa ir a geladeira, o que é mais natural. O público está cada vez mais exigindo uma banha de qualidade – garante Juscelino Velloso.

Ele informa que, de 2017 para 2018, o consumo de banha de porco aumentou 27% e que a expectativa é vender 120 toneladas nos primeiros 12 meses no Rio e, em 2020, levar o produto para São Paulo.

Com casas em ambas as cidades, o chef Felipe Bronze provou, aprovou e encomendou 24 latas do produto para o restaurante ORO, seu duas estrelas Michelin. De acordo com ele, “está sendo usado num novo menu, ainda em fase de teste”.

Fonte: IG Delas
publicidade

Mulher

Como retomar a vida sexual após o nascimento dos filhos? Psicanalista dá dicas

Publicado

Após o nascimento de um filho, a vida sexual muda muito. Por não saber como retomar a intimidade, alguns casais chegam até a passar um tempo mais distante. Nesta terça-feira (18), a psicanalista Mariana Stock falou sobre o tema no programa “Encontro”, apresentado por Fátima Bernardes.

Leia também: Costuma ficar enjoada depois do sexo? Veja 7 razões para isso acontecer

casal
shutterstock

Retomar a vida sexual após o nascimento dos filhos é um desafio para a maioria dos casais

Segundo ela, o casal precisa rever a relação o tempo todo para retomar a intimidade. Mariana explicou que comparar ao que era antes só atrapalha a vida sexual . “É garantia de frustração”, falou. “É uma oportunidade para o casal recomeçar”, disse.

Além da psicanalista, alguns famosos contribuíram com a discussão, como a atriz Cláudia Ohana, que está no ar em “Verão 90”, e o cantor Pablo. Eles comentaram que, realmente, retomar as relações nessa fase é difícil já que o desgaste físico e a falta de tempo são grande.

Além disso, a atriz falou sobre como alguns homens passam a enxergar a mulher apenas como mãe e deixam de desejá-la sexualmente. O cantor Pablo confirmou e disse que ele e a esposa passaram por isso.

Veja Também:  Horóscopo do dia: previsões para 16 de junho de 2019

Leia também: Existe vida sexual pós-gravidez?

Para a atriz, a saída é que o casal coloque a parceria em prática e seja mais flexível. Ela acredita que os homens precisam ficar mais atentos ao comportamento das mulheres e que elas precisam ceder, mesmo que não tenham vontade.

“Não é que deve se obrigar, mas, na parceria, a mulher, às vezes, precisa pensar no homem”, fala. “Como satisfazer esse homem que está com muita vontade de ter relação sexual ? Se você não fizer com ele, ele vai fazer o quê?”, perguntou Cláudia.

No entanto, Mariana Stock lembrou sobre algo muito importante: ninguém deve fazer o que não tem vontade. A psicanalista explicou que o corpo do homem e da mulher funciona de forma diferente e nem sempre os dois estão com vontade de ter uma relação no mesmo momento. E isso deve ser respeitado.

Leia também: Preliminares – veja dicas para começar melhor a relação sexual

O segredo está nas preliminares

casal
shutterstock

Psicanalista sugere investir nas preliminares para voltar o interesse sexual e a intimidade do casal

Nesse sentido, Mariana orientou aos casais trabalhar investir nas preliminares na hora de retomar a intimidade . Para ela, isso garante a qualidade da relação. “Com a chegada da maternidade, a relação sexual não é mais sobre quantidade, mas sim sobre qualidade”, disse.

Veja Também:  Horóscopo do dia: confira as previsões para 18 de junho de 2019

“É importante que a qualidade do convite seja outra”, recomendou. E isso não é apenas sobre sexo, mas também sobre o carinho e o tratamento que o homem dá à mulher.

Cláudia sugeriu aos homens presentear com uma flor e preparar uma comida, por exemplo. “Música pode ser interessante. Colocar uma música bacana, romântica, tudo isso vai dando um clima”, completou Fátima Bernardes dando dicas de como retomar a vida sexual .

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Mãe exibe barriga pós-parto: “Não estou com pressa de me recuperar”

Publicado

A influenciadora Hannah Polites, 28 anos, deu à luz seu segundo filho há pouco mais de dez dias e sua barriga pós-parto ainda está inchada – o que é completamente normal. Em sua conta no Instagram, a australiana compartilhou uma foto do corpo e fez um desabafo sobre a pressão que sofreu durante a gestação.

Leia também: Mãe exibe barriga dois anos pós-parto: “Você nunca mais vai ter o mesmo corpo “

Mãe exibe barriga pós-parto
Reprodução/Instagram/@hannahpolites

Hannah Polites compartilhou uma foto da sua barriga pós-parto no Instagram e falou sobre pressão estética

Hannah publicou a foto da barriga pós-parto para naturalizar essas mudanças que o corpo da mulher sofre e conscientizar seus seguidores. “Eu não estou usando a maioria das minhas roupas de antes de ter o bebê. Só queria mostrar a vocês o meu honesto pós-parto”, escreveu.

Leia também: Mãe perde barriga 10 semanas após parto e mostra reais transformações no corpo

Em outra publicação, Hannah comentou que chegou a receber ataques durante a gravidez por conta do tamanho da sua barriga. “Eu recebia comentários em todos os lugares sobre o quão grande era. Felizmente, não deixei os comentários me preocuparem, pois sabia que meu corpo não cresceria tanto a ponto de não suportar carregar o bebê”, lembrou.

Veja Também:  Horóscopo do dia: previsões para 16 de junho de 2019

Ela ainda falou que voltar ao seu corpo antes da gestação não é uma prioridade. “O corpo humano é tão incrível e eu sou tão grata que o meu foi capaz de crescer, nascer e agora nutrir o meu filho”, falou.

Leia também: O que as famosas têm a ensinar sobre as mudanças no corpo e barriga pós-parto

“Não estou com pressa de me recuperar e vou me concentrar apenas na minha família e meu novo bebê, sem exercícios por pelo menos seis semanas”, completou Hannah.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Kylie Jenner inspira tendência de nail art tie-dye nas redes sociais

Publicado

Depois de Kendall Jenner inspirar as nail arts  com estampas de vaca , chegou a vez de sua irmã, Kylie, ditar a nova tendência de manicure: as unhas tie-dye. A ideia aposta em muitas cores e misturá-las, criando um efeito “degradê borrado” igual ao das camisetas tingidas. 

unhas de Kylie Jenner
Reprodução/Instagram/kyliejenner

Kylie Jenner postou uma foto seguindo a tendência tie-dye como uma nail art e virou uma inspiração para manicures


A tendência da nail art chegou bem a tempo para o verão norte-americano e a foto publicada no Instagram virou inspiração entre as apaixonadas por beleza. Com a influência hippe retrô, com uma pegada dos anos 90, o tie-dye está com tudo atualmente, ainda mais quando a aposta são as cores pastel e as unhas longas de Kylie Jenner

Leia também: Unhas amendoadas são tendência de manicure; veja 5 ideias para se inspirar

Ideias para aderir à nail art tie-dye

O que chama mais atenção na manicure  tie-dye  é o quanto a ideia é versátil e possibilita a criação de diversas unhas diferentes com cores, estilos e formatos diferentes — tanto para quem gosta de ousar quanto quem é mais discreta. Veja algumas das ideias abaixo: 

Veja Também:  Como lavar toalhas de banho? Profissional ensina o passo a passo e dá dicas

E aí, pronta para apostar nessa tendência de nail art  quando fizer as unhas?

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana