conecte-se conosco


Entretenimento

Alfredo e Júlio se emocionam durante conversa em “Éramos Seis”

Publicado

source

Fortes emoções prometem abalar o capítulo de “Éramos Seis” desta terça-feira (19). Isso porque, Júlio (Antonio Calloni) e Alfredo (Nicolas Prattes) finalmente terão uma conversa emocionante.

Leia também: Clotilde vê Almeida com a nova esposa em “Éramos Seis”

Alfredo (Nicolas Prattes) arrow-options
Reprodução/TV Globo

Alfredo (Nicolas Prattes)


Pai e filho não se falavam em ” Éramos Seis ” desde o dia em que Júlio foi flagrado pelo rapaz no cabaré, dançando junto com Marion (Ellen Rocche). Logo depois, ele passou mal e foi internado às pressas.

Leia também: Júlio quita prestações da casa com dinheiro extra em “Éramos Seis”

Agora, já melhor de seu problema no estômago, o patriarca da família Lemos conversará com Alfredo e os dois poderão, finalmente, se acertar em ” Éramos Seis “.

Fonte: IG Gente
Veja Também:  Silvio Santos completa 89 anos; relembre a carreira do comunicador
publicidade

Entretenimento

Empresária da treta com Jojo Todynho faz festão em Minas

Publicado

source

Kamila Simioni – aquela empresária da treta com Jojo Todynho – comemora seu aniversário domingo, com uma festança de 12 horas de duração para 300 convidados, em Minas Gerais.

Leia também: Sertanejo Sorocaba vai se casar às pressas; saiba o motivo

Kamila Simioni arrow-options
Reprodução

Kamila Simioni


Leia também: Naldo Benny protagoniza climão com irmão de Cristiano Araújo

O tema é ‘Simifolia’. “Escolhi o tema micareta por gostar do pagodão baiano”, disse ela. A comemoração dos 34 anos de Kamila custou mais de R$ 100 mil.

Fonte: IG Gente
Veja Também:  Mulher de Zezé Di Camargo exibe ótima forma em clique de biquíni
Continue lendo

Entretenimento

Morre Chico Teixeira, diretor de “Casa de Alice” e de “Ausência”

Publicado

source

Morreu nesta quinta-feira (12), em São Paulo, aos 61 anos, após lutar contra um câncer no pulmão, o cineasta carioca Chico Teixeira. Diretor dos elogiados longa-metragens ” A casa de Alice ” (2007) e ” Ausência ” (2014), ele deixa mais um longa, ” Dolores “, filmado durante o seu tratamento e que deve ser terminado no no que vem.

Leia também: Integrante do Roxette morre, aos 61 anos, de câncer

Chico Teixeira arrow-options
Reprodução/Instagram/@primeboxbraziloficial

Chico Teixeira dirigiu filmes como “A Cada de Alice” e “Ausência”


Economista pós-graduado, Chico Teixeira atuou na área por alguns anos até ir trabalhar no programa de entrevistas “Conexão Nacional”, da Rede Manchete de Televisão. Seu primeiro documentário, “Favelas” (1989), foi premiado no Brasil e em Portugal, no Festival Internacional do Algarve.

Leia também: Ator de “Éramos Seis” morre de infarto fulminante

Em 91, ele fez “Velhice”, que foi exibido em festivais nos Estados Unidos, Japão e Alemanha. Seu terceiro documentário, o curta “Criaturas que nasciam em segredo” (1995, sobre o cotidiano de cinco anões), ganhou 21 prêmios no Brasil, incluindo o prêmio de melhor curta-metragem e melhor diretor no Festival de Gramado, e três prêmios internacionais: na Espanha Festival de Huesca, no Chile e em Portugal.

Veja Também:  Aline Riscado faz xixi no mato e adora experiência: “Cheirinho de natureza”

Estrelado pela atriz Carla Ribas , “A casa de Alice”, primeiro londa de ficção de Chico Teixeira mostra a vida de uma manicure com sua família na periferia de São Paulo. Exibido na sessão não-competitiva Panorama do Festival de Berlim, ele foi elogiado em uma crítica do jornal alemão “Tagesspiegel”. Na opinião da crítica Daniela Saanwald, era a observação dos detalhes, do que não é encenado, que fazia de “A casa de Alice” uma “pequena descoberta do festival”.

Leia também: Fiel escudeiro de Jorge Fernando morre um mês após a partida do diretor

Em 2015, Chico Teixeira ganhou o grande prêmio do Festival Cinelatino de Toulouse pelo filme “Ausência”, calcado na vida do adolescente Serginho ( Matheus Fagundes ), que assume o papel de homem da casa, cuidando de sua mãe e de seu irmão mais novo, depois que o pai abandonou a família. O filme rendeu a Chico, ainda, quatro prêmios Kikito no Festival de Gramado, incluindo o de melhor filme.

Fonte: IG Gente
Veja Também:  Goiabinha, amigo de Gugu Liberato, tatua o rosto do apresentador
Continue lendo

Entretenimento

André Sturm é o novo secretário do Audiovisual do governo Bolsonaro

Publicado

source

O ex-secretário municipal de Cultura de São Paulo e cineasta André Sturm será o novo secretário do Audiovisual do governo Jair Bolsonaro , segundo informou a Secretaria Especial de Cultura. O convite foi feito pelo secretário Roberto Alvim em um almoço na Fiesp com produtores culturais nesta quinta-feira.

Leia também: Governo revoga exclusão de profissões do setor cultural do MEI

André Sturm arrow-options
Marcos Alves / Agencia O Globo.

André Sturm


Leia também: Chamada de “véia”, jornalista da TV Cultura rebate Olavo de Carvalho

Ele assume o lugar de Katiane Gouvêa, exonerada na quarta-feira após passar apenas duas semana no cargo. A saída de Katiane ocorreu após uma série de reclamações de funcionários da pasta e pessoas próximas a Alvim sobre sua atuação no órgão.

Leia também: Netflix divulga trailer final da aguardada série “The Witcher”; assista

Segundo a Secretaria Especial da Cultura , a econeração ocorreu após Alvim tomar conhecimento de um parecer do Ministério Público Eleitoral com a reprovação das contas de Katiane quando ela foi candidata a deputada federal.

Veja Também:  Paloma se surpreende ao descobrir que Elias está vivo em “Bom Sucesso”

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana