conecte-se conosco


Nacional

Bombeiros não localizam sobreviventes de queda de avião em São Paulo

Publicado

source
avião cantareira arrow-options
Reprodução/TV Globo

Bombeiros encontraram apenas despojos mortais após queda de avião

O Corpo de Bombeiros informou nesta segunda-feira (2) que não foram encontrados sobreviventes da queda de um avião de pequeno porte na Serra da Cantareira , zona norte de São Paulo. A aeronave caiu no período da manhã em uma zona de mata fechada e difícil acesso.

Leia também: Avião de pequeno porte cai na Serra da Cantareira, em São Paulo

O número de pessoas que estavam no avião ainda não foi divulgado, mas apenas despojos mortais foram encontrados pelas onze equipes do Corpo de Bombeiros que foram enviadas. Para acessar ao local, foi necessário que os socorristas descessem de rapel do helicóptero. Os bombeiros foram acionados após a Aeronáutica perceber que a aeronave não emitia sinal.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que o avião era de propriedade da empresa de segurança Alsa Fort, fabricado em 2007, e que não tinha permissão para realizar táxi aéreo. As investigações ainda estão em fase inicial.

Veja Também:  João de Deus é denunciado pela 11ª vez por estupro de vulnerável

Leia também: Mãe de vítima de Paraisópolis acha que filho não foi pisoteado: “foi chacina”

Fonte: IG Nacional
publicidade

Nacional

RG, CNH, CPF e Título de Eleitor em um mesmo documento? Conheça o DNI

Publicado

source
DNI arrow-options
Divulgação

Previsão inicial dizia que documento seria lançado em março deste ano.

A confecção de um documento único que reunisse diversas informações deixará de ser um mito e se tornará realidade no próximo ano. Com o nome de Documento Nacional de Identidade (DNI), o documento foi lançado em caráter experimental em fevereiro de 2018 e engloba todos dados do cidadão.

Leia também: Mudança de gênero: saiba como usar o nome social nos documentos

Inicialmente, a implantação do documento único estava prevista para acontecer 1º de março deste ano. Porém, através de um decreto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, adiou a data para 1º de março de 2020. Confira abaixo como funcionará o documento:

Quem pode emitir o documento?

De acordo com o portal do governo sobre o programa, apenas os cidadãos que estiverem realizado o cadastro biométrico junto à Justiça Eleitoral poderão emitir e utilizar o documento único. As pessoas que desejarem obter o documento mas não realizaram o cadastro biométrico devem procurar a Justiça Eleitoral de sua região.

Veja Também:  Avião de pequeno porte cai na Serra da Cantareira, em São Paulo

Quais documentos ele reunirá?

Para facilitar o cotidiano dos cidadãos, o DNI reunirá informações sobre a identidade (RG), CPF, Carteira Nacional de Habilitação, Título de Eleitor e Certidão de Nascimento.

Como emitir?

Depois de estar com o cadastro biométrico feito, o cidadão deverá baixar o aplicativo do documento e realizar um pré-cadastro online. Após isso, será necessário o comparecimento a um dos postos de atendimento indicados no aplicativo. No posto de atendimento, serão validados os dados biométricos. Quando o procedimento for finalizado, o cidadão receberá um código de nove números que será o seu DNI.

Quanto custa para obter o documento?

O procedimento para emitir o DNI é inteiramente gratuito. 

Leia também: ID Jovem oferece meia entrada e isenção em viagens; saiba como obter o documento

Onde o DNI já está sendo emitido?

De acordo com informações disponíveis no portal do governo, nove estados já aderiram ao programa no atual formato. São eles:

  • Acre
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Paraná
  • Rio Grande do Sul
  • São Paulo

Os estados que não aderiram ao novo formato deverão se adequar às normas até março de 2020. 

Fonte: IG Nacional
Veja Também:  Falso padre que deu golpe em família quer ser sacerdote e alega distúrbio mental
Continue lendo

Nacional

Frente fria muda o tempo nesta sexta em São Paulo

Publicado

source
Chuva sp arrow-options
Reprodução/CreativeCommons

CGE prevê chuvisco durante todo o dia.

Após dias quentes, uma frente fria vinda do oceano muda a previsão do tempo para esta sexta (5) em São Paulo . As temepraturas não devem ultrapassar os 22ºC enquanto a mínima permanece entre os 17ºC. A informação é do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE).

Leia também:  “A fome me preparou para a dor”, diz jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Há previsão de chuvisco e céu nublado durante todo o dia. O CGE alerta que chuvas fortes durante a madrugada podem aumentar a chances de alagamentos e de deslizamento de terras em áreas de risco.

Fonte: IG Nacional
Veja Também:  Polícia de Minas Gerais identifica a 257ª vítima da tragédia de Brumadinho
Continue lendo

Nacional

Doria anuncia uso de drones para auxílio das polícias de São Paulo

Publicado

source
Doria arrow-options
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Doria anucia a Dronepol, a nova polícia de drones do Estado de SP

O Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou, nesta quinta (5), que a Polícia Militar de São Paulo passa a contar com drones para auxiliar em ações preventivas e de inteligência. O uso do equipamento passa a ser feito imediatamente.

“Tecnologia de ponta para combater o crime e proteger a população”, afirmou Doria sobre a Dronepol, como foi nomeada a frota de drones.

Confira o depoimento de Doria e do secretário General João Camilo Pires de Campos sobre o uso da Dronepol :


Leia também:  “A fome me preparou para a dor”, diz jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Veja Também:  Bombeiros procuram turista levado por enxurrada na Chapada dos Veadeiros

Há dois anos, no primeiro ano de mandato de Doria como prefeito da capital paulista, o político empregou o uso de drones tornando São Paulo a primeira cidade a ter uma polícia com os equipamentos. O secretário de Segurança Pública do Estado, General João Camilo Pires de Campos relata que a “tecnologia está sendo aplicada para multiplicar a capacidade do policial policiar”.

Serão 145 dispositivos da Dronepol. Além disso, foi instalado uma tecnologia que inibe a utilização de drones que não sejam da polícia próximo a presídios, o que vai garantir segurança contra o crime organizado e evitar fugas. 

Leia também: Briga entre deputados na Alesp tem xingamentos, empurrões e até mordida; assista

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana