conecte-se conosco

Mulher

Ciumento, briguento, falso e mais: descubra os “podres” de cada signo

Publicado

Se você nunca ficou tenso na hora de revelar seu signo entre pessoas que acabou de conhecer, as chances de você ser um nativo de Áries, Escorpião ou Gêmeos são bem pequenas. Só quem já recebeu aquele olhar desconfiado pela má fama do signo sabe como é ter que se justificar a cada vez que alguém quiser falar sobre astrologia.

Leia também: Como ler mapa astral? Entenda o que os astros dizem sobre a sua personalidade


Mulher fazendo cara de dúvida
shutterstock

ops, mulher,

Apesar de esses três carregarem o estigma de “piores” do zodíaco, a verdade é que cada signo tem características positivas e negativas – sim, caros piscianos e aquarianos, vocês também estão incluídos.

Em defesa aos “menos queridos”, a autora do livro “ Astrologia da Depressão ”, Mariana Fernandes, explica que a pouca popularidade se dá porque as pessoas gostam e desgostam dos signos com base nas suas experiências pessoais, e que isso não tem nada a ver com ser melhor ou pior.

“Na Astrologia Clássica temos, sim, planetas que consideramos ‘maléficos’ e esses planetas regem signos como Aquário, Escorpião, Áries e Capricórnio, mas isso não significa que eles sejam ruins”, conta.

Para provar que todo mundo tem seu lado “podre”, a escritora fez uma lista das características menos favoráveis de cada um. Confira:

Áries

via GIPHY

Arianos são conhecidos por serem explosivos, impacientes e até barraqueiros. Por terem Marte como regente, têm tendência a guerrear até quando não há necessidade. O elemento fogo eleva o nível desse temperamento, fazendo dos arianos tidos como “bad vibe” verdadeiras bombas prestes a explodir.

Touro

via GIPHY

Taurinos são teimosos, hedonistas e, como todos os nativos de signos fixos, inflexíveis. Têm dificuldade em mudar, tomar iniciativa e tendem a se acomodar em situações estáveis devido a sua necessidade de segurança e conforto material.

Veja Também:  5 formas surpreendentes de usar o celular para entrar em forma e ter mais saúde

Gêmeos

via GIPHY

Geminianos são instáveis e, quando vivenciam a via negativa do regente Mercúrio, tendem à mentira e fofoca. Por ser um signo mutável, Gêmeos pode conferir ao nativo uma necessidade intensa de mudança, que o faz ter dificuldade para concluir projetos ou se sentir satisfeito com o momento atual. 

Leia também: Jovem tem pedido de apartamento negado por ser do signo de Capricórnio

Câncer

via GIPHY

Câncer é um signo de água e regido pela Lua, por isso, gera nativos sensíveis e que tendem ao dramalhão e à mágoa. Apegados ao passado, podem remoer por anos a mancada dada por alguém querido. Devido a excessiva sensibilidade, podem ser pouco objetivos e acabam levando feedbacks práticos para o pessoal.

Leão

via GIPHY

Na via negativa, leoninos são egocêntricos, autoritários e desprovidos de autocrítica devido a sua autoestima exagerada. Porque Leão é um signo de fogo e regido pelo Sol, pode gerar nativos magnéticos, mas que estão acostumados a serem o centro das atenções.

Virgem

via GIPHY

Virgem é um signo de terra e regido por Mercúrio com tendência ao criticismo, obsessão por detalhes e hipocondria. Virginianos na via negativa são obcecados pela perfeição e não conseguem avaliar os aspectos mais amplos das situações, pois estão sempre preocupados com detalhes e minúcias. 

Libra

via GIPHY

Librianos da via negativa são indecisos, políticos e paqueradores sem limites. Porque Libra é um signo de ar regido por Vênus, faz dos nativos nascidos sob esse signo pessoas diplomáticas e atraentes que, quando usam essas características de forma negativa, podem se tornar manipuladoras e superficiais.

Veja Também:  Bebê tem reação emocionante ao usar aparelho auditivo pela primeira vez

Escorpião

via GIPHY

Escorpianos são vingativos, desconfiados e obcecados pela podridão do mundo quando vivenciam seu lado negativo. Signo de água regido por Plutão e Marte, Escorpião gera nativos ressentidos e até vingativos – devido à agressividade natural de Marte.

Sagitário

via GIPHY

Sagitário é um signo de fogo e regido por Júpiter, por isso, forma nativos exagerados e com síndrome de enciclopédia – sagitarianos da via negativa se acham mais sábios do que são. Quando o otimismo é excessivo, Sagitário pode ser um signo de pessoas inconsequentes e que têm aversão ao compromisso.

Capricórnio

via GIPHY

Capricórnio, na via negativa, gera nativos ranzinzas, calculistas e moralistas. Por ser um signo de terra e regido por Saturno, Capricórnio também tende à negatividade e frieza – está muito focado aos aspectos práticos da vida e acaba ignorando fatores emocionais importantes para a interação humana.

Aquário

via GIPHY

Aquarianos são rebeldes, inflexíveis e adoram contrariar. Signo de ar regido por Urano e Saturno, Aquário gera nativos questionadores, mas, quando essa característica é trabalhada na via negativa, termina por fazer dos aquarianos adolescentes birrentos. 

Leia também: Paraíso e inferno astral: o que é cada período e como encará-los da melhor forma

Peixes

via GIPHY

O pisciano da via negativa é distraído, escapista e instável – tanto em termos emocionais, quanto em aspectos práticos. Por ser um signo de água regido por Netuno e Júpiter, Peixes pode simbolizar a dificuldade de encarar a realidade e crescer para a vida.

Fonte: IG Delas
publicidade

Mulher

Bebê tem reação emocionante ao usar aparelho auditivo pela primeira vez

Publicado

Por conta de uma perda de audição profunda, Augie passou os três primeiros meses vida sem ouvir absolutamente nada. Até que no dia 10 de maio o bebê testou o seu primeiro par de aparelhos auditivos, causando uma grata surpresa à sua mãe.

Leia também: Em vídeo fofo, bebê tem reação surpreendente após o pai fazer a barba


Bebê sorrindo para mãe
Reprodução/Youtube

Bebê testa aparelho auditivo pela primeira vez e tem reação emocionante ao ouvir a voz da mãe

No dia do teste do dispositivo, a norte-americana Christin Lang registrou o momento em que seu bebê ouviu pela primeira vez. O vídeo foi compartilhado pela mãe no YouTube e viralizou. Afinal, a reação de Augie ao identificar a voz da mãe pela primeira vez é emocionante.

Leia também: Vídeo de criança cadeirante pulando em cama elástica emociona; assista

Ao site “Ktul ABC”, Christin conta como foi o momento. “Eu realmente não esperava que ele reagisse. Como Augie é profundamente surdo , eles não acharam que ele pudesse responder aos aparelhos auditivos. Porém, a primeira vez que colocaram o dispositivo, ele começou a rir”, fala.

Veja Também:  4 dicas para usar a estampa Chevron e transformar o visual dos cômodos

Veja o vídeo :

Leia também: Mãe revela plano hilário de filhos para ganhar um cachorro e viraliza nas redes

A risada de Augie foi como um grande alívio para a Christin e seu marido, já que eles ficaram completamente assustados quando descobriram que o filho era praticamente surdo. Para ajudar na adaptação do bebê , hoje ele frequenta em uma escola equipada e especializada para crianças com problemas de audição. Assim, conseguirá se desenvolver sem muita dificuldade.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Afinal, a banha de porco faz bem ou mal para a saúde? Tire suas dúvidas

Publicado

Ela é usada no preparo de massas e doces e na comida simples do dia a dia, aquela que tem sabor da casa da vovó. A banha de porco sempre foi um ingrediente tradicional em muitas cozinhas e, agora, voltou com tudo – já tem até versão do produto em lata. Mas, afinal, ela faz bem ou faz mal?


Banha de porco
shutterstock

Banha de porco traz uma série de benefícios, mas deve ser usada com alguns cuidados


Leia também: 5 motivos para não ter mais medo da gordura – até se você quer emagrecer

O protudo divide opiniões. Há quem diga que a banha de porco é muito melhor do que os óleos vegetais, como os de soja, canola e milho, e há quem garanta que o mais recomendado é se livrar dela, para sempre. 

Por que usar banha de porco?

A nutricionista Karine Menezes está do lado dos defensores da banha na dieta. Segundo ela, o item é bm porque “é rico em ácido oleico, que auxilia na diminuição do colesterol ruim”. 

 Ela ainda completa: “Tem menos gordura saturada do que a manteiga e o óleo de coco, resiste a altas temperaturas e é mais econômica, já que é necessária uma quantidade menor em relação às outras gorduras”.

A também nutricionista Fabiane Alheira está na mesma ala que Karine, mas faz algumas ressalvas. “Não existe alimento bom ou ruim, mas com características boas e características ruins”, pondera.

Para a profissional, a banha é uma opção mais saudável para cozinhar em comparação a outros óleos , como o de soja ou de milho, quando é a natural, sem aditivos químicos e que não passa pelo processo de refino. 

Fabiane ainda lembra que, ao contrário do que as pessoas pensam, a banha é rica em ácidos graxos monoinsaturados, como o azeite, e tem outras vantagens.

“Em sua versão natural, ela não deixa cheiro no ambiente nem aquele gosto residual de banha. Ao contrário, realça o sabor dos alimentos e deixa uma textura mais crocante. Portanto, pode ser usada em qualquer tipo de preparação, inclusive doces e peixes.

Por que não usar banha de porco?


Fritura
shutterstock

Banha já foi condenada pela OMS, mas segundo profissionais, o problema está mais na forma que ela é usada

Há também o outro lado da questão. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, enfrentou protestos de médicos após recomendar a substituição de manteiga e derivados de animais – como a banha – por óleos vegetais.

Veja Também:  Cabelo black power: como cortar e cuidar dos fios cacheados e crespos?

Publicado no site oficial da entidade, o texto “Cinco dicas para uma dieta saudável no ano novo” aconselha que óleos de soja, canola, milho e girassol sejam usados no preparo das refeições, descartando a manteiga e a banha de porco.

O problema está em como usar desse tipo de gordura. Como alerta o cardiologista Serafim Gomes, a banha engorda, tem colesterol e pode fazer mal. “Basta usá-la de forma inadequada e com alimentação errada”, pondera. 

Entretanto, o item também não deve ser demonizado. “No entanto, falar em aparecimento de doenças cardiovasculares e sérios problemas crônicos de saúde como câncer de mama, cólon e ovário é pura falácia e sensacionalismo da indústria”, alerta o cardiologista, que atua com prevenção e reversão de doenças cardiometabólicas.

Então como consumir gordura de maneira segura e saudável?

Além de escolher um produto natural, como indica a nutricionista Fabiane Alheiras, é preciso se atentar à quantidade. Segundo recomendações da American Heart Association, o consumo de gordura deve ser limitado a não mais que de 25% a 35% do total de calorias diárias – cerca de 500 a 700 calorias ou entre 56 e 77 gramas de gordura total por dia em uma dieta de 2 mil calorias diárias.

Seguindo essas indicações, é comprovado que a gordura faz até bem e não deve ser riscada do cardápio . “Já há evidências mais que definidas de que o uso da gordura não causa risco ou morte de origem cardiometabólica ou cardiovasculares entre outros mitos. Incentivamos muito seu uso para fritura dos alimentos”, comenta Gomes.

Ele continua: “A Sociedade Americana de Diabetologia acaba de publicar um estudo que trata do perigo da não utilização da gordura saturada , que é a banha de porco. Nele, afirma que a dieta de baixa gordura só piora os resultados de riscos cardiovasculares”.

Veja Também:  A cadeira é mais importante na decoração do que vocêimagina; arquiteto explica

Banha de porco faz sucesso com chefs


Ragu de javali do chef Henrique Fogaça
Divulgação

Noque com ragu de javali, um clássico do chef Henrique Fogaça, usa banha de porco no preparo

Polêmicas à parte, a banha de porco atinge uma temperatura alta rapidamente, com menores riscos de se oxidar (e fazer mal). Por isso, alguns chefs de cozinha apostam que ela faz menos mal do que manteiga e azeite, além de deixar a comida mais saborosa.

Henrique Fogaça , do Sal Gastronomia, usa o produto no preparo do nhoque com ragu de javali, servido em uma de suas duas casas no Rio.

“Ela serve para assar, refogar ou fritar qualquer alimento”, resume Fogaça. “Criei essa receita há mais de dez anos e trabalhei muito para acertar o ponto ideal tanto do nhoque quanto da carne, que leva pouca gordura”, completa.

No Pici Trattoria, o Canoli Alla Gianduia recebe banha de porco no preparo da massa. Ela também vai na sobremesa, que já é sucesso na casa, recheada de creme de Nutella, finalizada com pralineé e acompanhada de sorvete de avelãs.

“A banha tem sabor suave e não interfere no gosto final da receita. Também é a mais resistente a altas temperaturas, como a fritura do canoli, e não sofre consideráveis alterações. Conseguimos uma massa firme e crocante”, define o chef Elia Schramm.

Versões da banha de porco

Conforme anunciou o colunista Ancelmo Gois no início deste ano, a gordura ganhou até versão enlatada, sem conservantes – caso da “Pig leve”, produzida pela família Velloso, que durante anos comandou a rede de supermercados Casas da Banha.

“A Pig Leve é líquida, rende mais, só precisa colocar pouca quantidade pra cozinhar e não tem conservantes, não precisa ir a geladeira, o que é mais natural. O público está cada vez mais exigindo uma banha de qualidade – garante Juscelino Velloso.

Ele informa que, de 2017 para 2018, o consumo de banha de porco aumentou 27% e que a expectativa é vender 120 toneladas nos primeiros 12 meses no Rio e, em 2020, levar o produto para São Paulo.

Com casas em ambas as cidades, o chef Felipe Bronze provou, aprovou e encomendou 24 latas do produto para o restaurante ORO, seu duas estrelas Michelin. De acordo com ele, “está sendo usado num novo menu, ainda em fase de teste”.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Noiva surta e não quer filha de 3 anos do marido em casamento: “Pequeno demônio”

Publicado

Uma noiva, que não teve a identidade revelada, causou polêmica em um grupo do Facebook após publicar uma mensagem dizendo que não quer que a filha do seu futuro marido, de apenas três anos, participe da cerimônia. Na publicação, a mulher lista as razões e ainda dá um apelido cruel para a menina.

Leia também: Noiva é chamada de “estúpida” pelo marido e se divorcia minutos após casamento


noiva brava
shutterstock

A noiva não quer que o marido leve a filha, de apenas três anos, em seu casamento e ainda diz que a menina é “carente”

“Como eu digo ao meu noivo que eu não quero sua filha em nosso casamento? Eu escrevi ‘sem crianças’ nos convites, então pensei que ele entenderia o recado, mas ele continua mencionando que ela está lá”, escreve a noiva .

Depois disso, a mulher editou a publicação para “responder as mesmas perguntas idiotas”, conforme ressalta. “Estou me casando com ele e não com aquele pequeno demônio. O erro é dele e não meu. Eu não a quero lá porque ela é carente e quer chamar atenção toda hora”, detalha.

Veja Também:  É por este motivo que você tem dor de cabeça na menstruação

Leia também: Noiva vegana proíbe familiares que comem carne em seu casamento: “Assassinos”

Noiva é chamada de “ser humano terrível”

A postagem recebeu mais de mil comentários – e muitas pessoas afirmaram que a noiva está sendo cruel. “Acho que isso é absolutamente repugnante”, diz uma. “Se você não quer estar na vida dessa criança, não se case com o noivo. Quando eu era solteira, tinha uma política rigorosa de não namorar pais por esse motivo”, declara outra.

“Eu não quero filhos, mas essa bridezilla é nojenta”, aponta mais uma. “Por que casar com alguém com filhos se você não gosta de crianças?”, questiona outra. “Claro que ela quer atenção. Tem apenas três anos. É assim que funciona”, ressalta mais uma.

Leia também: Mulher invade casamento do ex vestida de noiva e pede mais uma chance

Outra pessoa ainda diz que “o casamento, se realmente acontecer, irá acabar rápido e será horrível durante todo o tempo.” “Há uma razão muito boa para ninguém ter ter falado nada de bom: você é um ser humano terrível”, comenta outra sobre a atitude da noiva.

Veja Também:  Barriga chapada? Que nada! Influencer impressiona ao mostrar “corpo real”

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana