conecte-se conosco


Economia

Correios: proposta de funcionários é aceita para dar fim à greve

Publicado

source
assembleia arrow-options
Divulgação / Sintect-MA

Greve nacional dos Correios foi iniciada na madrugada desta quarta-feira

Os   Correios  aceitaram as condições dos trabalhadores para encerrar a greve da categoria, que começou no último dia 11.

Na tarde desta quinta-feira (12), a empresa e as representações sindicais participaram de audiência de conciliação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

Amazon é uma das interessadas na privatização dos Correios

Nela, os Correios aceitaram manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019, bem como a vigência do plano de saúde, até o dia 2 de outubro, quando haverá o julgamento do dissídio coletivo pela Corte.

Em contrapartida, segundo uma nota emitida pelos Correios, as representações sindicais se comprometeram a levar a proposta de encerramento da paralisação parcial para as assembleias o mais rapidamente possível, fixando como prazo máximo de deliberação até o próximo dia 17, às 22h.

O ministro do TST Mauricio Godinho Delgado foi designado relator do dissídio, ajuizado na quinta-feira pela estatal.

Greve dos Correios não paralisa serviço por completo, mas pode afetar sua vida

Veja Também:  Operação “Black Fraude”: empresas são investigadas por sonegação milionária

Ele fixou, por meio de uma decisão liminar, o contingente mínimo de 70% do efetivo trabalhando durante a greve, com multa diária de R$ 50 mil, caso o percentual não seja atendido.

“Para minimizar os impactos da paralisação, inclusive a perda de clientes para a concorrência, mencionada pelo próprio ministro, os Correios aceitaram a proposta de encaminhamento do TST. A condição da empresa é o encerramento da paralisação parcial, integralmente, em todo o Brasil”, informou a empresa.

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) recomendou, por meio de nota em seu site, que os trabalhadores mantenham a greve até a próxima terça-feira, quando a categoria vai decidir sobre a proposta do Tribunal Superior do Trabalho.

Fonte: IG Economia
publicidade

Economia

Mega-sena tem uma aposta vencedora de Brasília e  prêmio é de R$ 120 milhões

Publicado

source
mega-sena arrow-options
Divulgação

Prêmio saiu para Brasília após 12 jogos acumularem

Depois de 12 sorteios acumulados, uma aposta de Brasília acertou, sozinha, os seis números da Mega-sena que foram sorteados na noite desta quarta-feira (18) na cidade de São Paulo.

O jogo é um bolão da Caixa Econômica e tem 49 cotas . O valor total do prêmio foi de R$ 120.085.143,97 do concuros 2.189.

As dezenas sorteadas foram: 04, 11, 16, 22, 29, 33.

No sorteio desta quarta-feira (18), 406 apostas acertaram a quina e cada uma ganhou um prêmio de R$ 19,4 mil. A quadra teve 24.366 acertadores, com prêmios individuais de R$ 461,96.

Bolão vale a pena? Mega-sena acumula e matemático dá dicas para ter mais chances

No próximo sábado (21), acontece o sorteio 2.190 da Mega-sena e a estimativa de prêmio é de R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas. 


Fonte: IG Economia
Veja Também:  Os R$ 500 não empolgaram? Saque do FGTS já começou, mas movimentação é tímida
Continue lendo

Economia

Caixa Econômica Federal divulga números da Mega-sena; confira

Publicado

source

A Caixa Econômica Federal realizou na  noite desta quarta-feira (18) o sorteio da Mega-sena acumulada  do concurso 2.189.

Se alguém conseguir acertar as seis dezenas, pode levar o terceiro maior prêmio pago na modalidade neste ano.

As dezenas sorteadas foram: 04, 11, 16, 22, 29, 33.

A Caixa ainda não informou se houve um vencedor.

Esssa matéria está em atualização

Fonte: IG Economia
Veja Também:  Funcionários dos Correios suspendem greve até julgamento de dissídio coletivo
Continue lendo

Economia

Preço da gasolina sobe 3,5% e do diesel tem alta de 4,2%, anuncia Petrobras

Publicado

source
frentista arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Novo preço dos combustíveis passa a valer nesta quinta-feira (19) nas refinarias da Petrobras

A Petrobras anunciou na noite desta quarta-feira (18) que vai aumentar os preços da gasolina e do diesel a partir de amanhã (19). Segundo a estatal, o preço médio da gasolina vai subir 3,5% e o diesel terá alta média de 4,2%.

Isso significa que, nas refinarias da estatal,a gasolina ficará R$ 0,0596 mais cara por litro e o preço do diesel terá um acréscimo de R$ 0,0916 por litro.

Interviu de novo? Bolsonaro diz que Petrobras deve segurar preço do combustível

O aumento acontece dois dias depois de a Petrobras informar que estava avaliando os preços no Brasil após os ataques na Arábia Saudita terem elevado o preço do petróleo no mercado internacional.

Nesta quarta-feira, o barril do petróleo fechou a US$ 63,60, no mercado internacional, uma queda de 1,47% em relação ao dia anterior. 


O último aumento do diesel ocorreu no dia 13 de setembro, última sexta-feira. No caso da gasolina , a alta mais recente foi no dia 05 de setembro. Porém, a estatal apenas informa o avanço do preço em suas bases, sem fornecer uma média de preços.

Dólar mantém alta e volta a superar R$ 4,10 com crise do petróleo

A informação do aumento partiu da corretora FC Stone e foi confirmada pela Petrobras.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana