conecte-se conosco

Rondonópolis

Em Rondonópolis, creche com mais de 100 crianças pega fogo

Publicado

Moradores do bairro Vila Canaã em Rondonópolis (215 km de Cuiabá), levaram um susto enorme ao presenciarem a creche pública municipal, Jonas Nunes Cavalcante, pegar fogo na tarde desta segunda-feira (3).

Conforme informações apuradas pelo site noticia em foco mt, um curto-circuito em um ar condicionado causou o princípio de incêndio na creche que funciona em horário integral.

A unidade  atende cerca de 110 crianças, com idades entre 6 meses e 4 anos, que foram retiradas as pressas por funcionários da creche. Populares ajudaram na retirada da maior parte da mobília da unidade, que foi colocada na rua para não ser atingida pelo incêndio.

Mesmo com a ação rápida dos bombeiros o local ficou totalmente destruído.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Energisa estão no local.

A rua está fechada por causa de um fio de energia. Em instantes mais detalhes.

Veja Também:  Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.
publicidade

Rondonópolis

Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.

Publicado

Vereador Roni Cardoso PRTB – Rondonópolis 

Um fato muito curioso aconteceu nos últimos dias envolvendo um vereador de primeiro mandato com base eleitoral na região do monte Líbano, o vereador Roni Cardoso que foi eleito pelo PRTB, e teria na região do monte Líbano sua principal base eleitoral onde o mesmo residia, silenciosamente o parlamentar mudou   para o bairro Mathias Neves, porém o que chamou atenção da população da região não fora o simples fato do mesmo afixar residência ali, mas sim pela cara de pau do mesmo, ao esparramar um comunicado aos moradores do bairro vila rica atribuindo a obra de asfaltamento de 4 ruas que foram licitadas recentemente como sendo uma indicação sua atendida pelo prefeito. Acontece que é público e notório que esta obra fora uma luta das lideranças da região envolvendo o atual e ex-presidente do bairro Jardim Vila Rica que fora atendida pelo prefeito e só não teria sido executada devido ao processo de aprovação da lei que amplia o prazo para execução de asfalto com o produto TSD (tratamento superficial duplo), acontece que segundo comentários lá pelas bandas do monte Líbano, o vereador anda queimado por lá e talvez pra não passar tanta vergonha no próximo pleito, resolveu se afugentar noutra região onde é pouco conhecido e, diga-se de passagem, nada fez por lá nesses dois anos e meio de mandato e agora, já chega tentando ganhar créditos de algo que em nada participou, esse mesmo vereador tempos atrás chegou a ir na região falar mal de uma liderança que criticava a má qualidade da obra de prolongamento da rio branco na região, uma obra que tem causado repulsa e descontentamento à população, pois, além de inacabada, de má qualidade, também fora executada com várias falhas como acesso, acessibilidade e sinalização, basta ver a rotatória na entrada do Mathias Neves, bairro que o vereador escolheu para se refugiar. A população ao tomar conhecimento da façanha do nobre edil, espera apenas as próximas eleições para responder-lhe nas urnas, o que se ver é que pode lhe custar caro esse feito, pois pelas bandas de sua nova morada ele nunca moveu uma palha e de onde veio poderá despencar sua votação, quer seja pela falta de representatividade ou por ser considerado oportunista e ingrato.

Veja Também:  Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.

É esperar pra ver..

Nota distribuída aos moradores pela assessoria do vereador

Continue lendo

Rondonópolis

Centro de Iniciação Esportiva, continua a indefinição e corre risco de perder o recurso

Publicado

Líder comunitário mostra a data que já era pra ter entregue a obra

O município de Rondonópolis corre o risco de perder definitivamente a obra do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que foi anunciado ainda no ano de 2013 e que gerou uma grande expectativa entre a população em geral, principalmente das comunidades próximas ao local onde a obra deveria ter sido construído. O complexo foi projetado para ser um local para a formação de futuros atletas e deveria contar com vestiário, quadra de esportes, pista de atletismo e outras estruturas, mas o convênio de onde viriam os recursos para custear as obras, do Ministério dos Esportes, foi cancelado e existe a possibilidade de a cidade perder o recurso em definitivo.

“Uma obra de tamanha importância para nossa comunidade, para a nossa cidade e para a região sul, pois contempla vários municípios, traria um desenvolvimento maior para nós, pois o crescimento nós já temos experimentado. O que precisamos agora é juntar o crescimento ao desenvolvimento, mas vemos uma obra dessa importância sendo tratada com pouco caso. Isso realmente nos causa preocupação e muita indignação”, completou o líder comunitário.

Veja Também:  Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.

No entendimento dele, a perda do recurso se deve à morosidade com que os processos tramitam na Prefeitura. “Eles são muitos lentos. A gente percebe isso em todos os setores da administração e não é só esse recurso que já foi perdido por essa administração. O que sentimos é que falta competência para fazer as coisas andarem no tempo hábil, no tempo certo. É difícil ter que usar esses termos, mas é isso que vejo que ocorre”, pontuou Cláudio Santos.

O representante da comunidade se mostrou muito triste com a demora no encaminhamento da obra e com a possibilidade de a mesma sequer ser concretizada. “Uma estrutura desse tamanho, já que o complexo de iniciação esportiva abrigaria 13 modalidades olímpicas e seis paraolímpicas, que levaria ensinamentos e ocupação para grande parte dos jovens da região, que hoje já tem mais de dez mil habitantes, seria muito importante para nosso desenvolvimento. Para toda a cidade. Ficamos tristes ao saber que podemos perder isso tudo. Mas nós vamos continuar cobrando dos secretários, pela imprensa e não vamos aceitar isso sem dizer nada”, concluiu.

Canteiro de obra mostra as obras paradas

A obra do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que fica entre os bairros Padre Lothar e Vila Rica, está orçada em R$ 4.393.927,84, dos quais cerca de R$ 700 mil seriam a contrapartida do Município. No local onde deveria estar a obra do CIE é possível se ver uma placa de lançamento da obra, datada de 18 de outubro de 2018, mesma placa que informa que o prazo para a finalização da mesma seria ontem, 18 de maio de 2019. Rondonópolis foi contemplada com a obra ainda em 2013 pelo projeto do Governo Federal, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) II, mas a construção nunca saiu do papel.

Veja Também:  Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.

Continue lendo

Rondonópolis

PSD Rondonópolis oficializa Diretório Municipal e está apto a formar chapa para eleições 2020

Publicado

Milton Mutum, Vice-Presidente Municipal PSD

Numa cerimônia que contou com a presença do Deputado Nininho eleito pela sigla, o PSD reuniu na tarde deste sábado no auditório do colégio sagrado Coração no Centro de Rondonópolis, alguns de seus filiados para formalizar seu diretório municipal conforme determina as novas regras eleitorais, no ato, o deputado Nininho teve seu nome referendado para a presidência do partido no município, tendo como vice-presidente o Ex-vereador e atual secretário de desenvolvimento de Rondonópolis, (Milton Muntum), o Ex-vereador Olímpio Alves assumiu a secretaria geral do partido. O ato contou com a presença de alguns pré-candidatos a vereador, podendo citar os comunitários Cláudio do Povo e Almir Araújo, Pedro Aguiar e outros. Novas filiações também marcaram o evento entre elas, a filiação de Roberto Nunes (Robertinho do jornal a tribuna), e o empresário Tião do Gás, em sua fala, o deputado Nininho ressaltou a importância e o compromisso em fortalecer o partido em Rondonópolis com novos nomes, e garante que o partido estará dando condição de novos candidatos disputarem com igualdade, sendo que para as próximas eleições o partido não contará com nenhum figurão da política, e que hoje o único vereador pela sigla, não concorrerá mais ao pleito de 2020. Segundo Nininho, Dr. Hélio Pichioni não será mais candidato à reeleição, Olímpio Alves e Milton Muntum respectivamente, Ex-vereadores pela sigla, também garantiram que apenas darão suporte para os novos candidatos afim de que a sigla venha se fortalecer. Estiveram prestigiando o evento os empresários Osvaldo Pasqualotto e Israel Borges, (Israel Rolamentos), além da diretora do Secitec Neiva de Col.

Veja Também:  Rejeitado em sua base eleitoral, vereador migra de região tenta paternidade de obra e revolta moradores.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana