conecte-se conosco


Economia

Especialistas questionam modelo atual de Previdência no Senado

Publicado

source
Painel do plenário do Senado arrow-options
Jefferson Rudy/Agência Senado

Plenário do Senado iniciou as discussões sobre a Reforma da Previdência ouvindo especialistas no assunto

O Senado deu início  nesta terça-feira (10) às  discussões sobre a  reforma da Previdência . O texto, que já passou pela Câmara dos Deputados,  foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)  na semana passada e aguarda contagem de prazo para ser votado pelo plenário da Casa.

Leia também: Relator admite rever mudanças no texto da Previdência no Senado por prazo curto

Convidados a participar do debate, especialistas destacaram a importância da proposta para equilibrar as contas públicas .

Segundo o economista José Márcio Camargo, o Brasil é o sétimo país mais jovem do mundo e em 20 anos, será o sétimo mais idoso

O problema é que o gasto com aposentadoria e assistência social equivale a 14% do Produto Interno  Bruto (PIB), sendo que apenas 9,5% da população  brasileira tem 65 anos de idade ou mais e 25% têm 15 anos ou menos.

Senado terá semana de negociações para votar reforma da Previdência

Veja Também:  5 regras de aposentadoria para quem já trabalha e pode escapar da idade mínima

Mantido o teto do gasto público, destacou o economista, dentro de 20 anos, 100% do gasto será com pagamento de aposentadoria e assistência social.

“Significa que não vai ter dinheiro para mais nada”, disse Camargo, acrescentando que “o sistema atual prioriza idosos em detrimento de adolescentes e crianças”, declarou.

Segundo o economista, entre 2001 e 2018, o déficit da previdência dos servidores públicos superou em 50% os gastos com educação. Somando o regime de aposentadoria dos trabalhadores do setor privado, o déficit representou o dobro dos investimentos em educação .

Para o especialista Paulo Tafner, o texto da reforma resolve o problema do passado , mas “esqueceu” do futuro.

Segundo ele, diante da mudança no perfil demográfico da população brasileira, que passa por um rápido processo de envelhecimento, o sistema atual de repartição “não pára de pé”. O modelo atual é o de repartição em que os trabalhadores ativos ajudam a pagar os inativos.

“Temos que começar a pensar  um sistema que venha substituir o atual”, destacou Tafner.

A equipe econômica tentou incluir na reforma da Previdência  o regime de capitalização, mas foi derrotada ainda na Câmara dos Deputados. Por este modelo, os trabalhadores contribuem para a própria aposentadoria. 

Veja Também:  DPVAT: seguro para vítimas de acidentes de trânsito deixa de existir em 2020

Fonte: IG Economia
publicidade

Economia

Mega-Sena: veja o resultado do concurso 2207 desta quarta-feira

Publicado

source
cartela da mega-sena arrow-options
Reprodução

Sorteio desta quarta-feira (13) pode pagar R$ 6,5 milhões para quem acertar as seis dezenas

A Caixa Econômica sorteou nesta quarta-feira (13) as seis dezenas do concurso 2.207 da Mega-Sena. 

Confira os números sorteados:  06, 10, 11, 43, 53, 55

Ninguém acertou os números e por isso o prêmio que já estava acumulado em R$ 6,5 milhões foi agora para R$ 10,5 milhões

O próximo sorteio acontece no sábado (16) . As apostas podem ser feitas em todas as lotéricas do País.

No sorteio 2.207, desta quarta-feira,  39 apostas acertaram a Quina, ou seja, cinco número e ganhanham, cada uma, R$ 49.905,76.

Já 2.736 apostas foram ganhadoras da quadra e vão receber individualmente  R$ 1.016,25.

Já imaginou ganhar a Mega-Sena? Veja como prêmios são pagos com segurança

Como funciona

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e pode pagar milhões ao sortudo que acertar as seis dezenas.

Os sorteios ocorrem ao menos duas vezes por semana – normalmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, as chamadas Quadra e Quina, respectivamente.

Veja Também:  5 regras de aposentadoria para quem já trabalha e pode escapar da idade mínima

Bolão vale a pena? Matemático dá dicas para ter mais chances na Mega-Sena

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a  Surpresinha  – nesse modelo, o sistema escolhe automaticamente as dezenas que serão jogadas. Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, a chamada  Teimosinha .

Premiação

Os prêmios iniciais costumam ser de aproximadamente  R$ 3 milhões  para quem acerta as seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor.

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números  do volante.

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a  46%  da arrecadação.

Apostas nas loterias ficam mais caras a partir de domingo; confira novos preços

Desse total, 35% são  distribuídos  entre os acertadores dos seis números sorteados; 19% entre os acertadores de cinco números (Quina), 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra), 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos de final zero ou cinco e 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

Veja Também:  São Paulo tem mais de 11 mil vagas de emprego abertas; veja salários

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Confira: Renault divulga recall de dois modelos por problemas no airbag

Publicado

source

A Renault do Brasil divulgou o recall de veículos da marca modelos Duster e Duster Oroch, com data de fabricação entre 14/9/16 e 19/6/19.

Renault Duster arrow-options
Divulgação

Renault Duster é um dos modelos envolvidos no programa de recall

Segundo a empresa a correção será no Airbag Motorista e será necessária “devido a uma não conformidade identificada pelo fornecedor da Renault, a estrutura do airbag não suporta a tensão térmica”.

Chevrolet anuncia recall do Onix Plus por risco de incêndio

A montadora informa que “em caso de colisão com a necessidade de abertura do airbag, o componente pode não ser acionado ou ser acionado de forma ineficiente, o que em casos extremos pode ocasionar lesões graves e/ou fatais aos ocupantes”.

Renault Duster Oroch arrow-options
Divulgação

Unidades do Renault Duster Oroch fabricados entre 2016 e 2019 podem apresentar problema no airbag

Confira os chassis (não sequencial) das unidades envolvidas e que devem procurar uma concessionária da Renault:

Duster

HJ474607 até HJ600336

KJ746823 até KJ797677

LJ002318 até LJ995785

Duster Oroch

HJ499387 até HJ589223

KJ526365 até KJ799840

Veja Também:  Tente outra vez! Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 6,5 milhões nesta quarta-feira

LJ002342 até LJ998632

Os proprietários devem agendar uma verificação do airbag em uma concessionária da Renault. Os endereços podem ser pesquisados aqui . A verificação e possível troca do equipamento não tem custo para o dono do veículo. Também não há prazo final para fazer a avaliação. 

Volkswagen comunica recall de modelo fabricado neste ano; Confira

A montadora ainda informa que o procedimento de “verificação e/ou a troca do componente” demora em torno de uma hora. 

Para agendamento e mais informações a empresa disponibiliza, além de seu site , o telefone 0800 055 5615.

Reparação

O Procon-SP orienta que os consumidores que sofreram algum tipo de acidente, pela falha identificada pela montadora “poderão solicitar, por meio do Judiciário, a reparação dos danos eventualmente sofridos”.

O órgão de defesa do consumidor também ressalta que a Renault “deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor”, diz a nota do Procon-SP.

Ford comunica recall de modelos EcoSport e Ka, informa Procon-SP

Veja Também:  5 regras de aposentadoria para quem já trabalha e pode escapar da idade mínima

A entidade mantém, desde 2002, um banco de dados com informações sobre todas as campanhas de recalls realizadas no Brasil.


Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Dólar fecha em R$ 4,185, segunda maior cotação da História

Publicado

dólar arrow-options
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Dólar

O dólar comercial fechou em alta de 0,42% contra o real nesta quarta-feira, a R$ 4,185 para venda, na segunda maior cotação já registrada na História. Pesou sobretudo a instabilidade política na América Latina, com a escalada dos protestos no Chile e o cenário político na Bolívia , além de declarações conflitantes do presidente americano Donald Trump sobre o estágio das negociações comerciais com a China . Na Bolsa, o índice de referência Ibovespa recua 0,9%, aos 105.790 pontos.

A cotação de fechamento do dólar nesta quarta-feira foi a maior desde o recorde de R$ 4,195 registrado em 13 de setembro do ano passado, durante a corrida eleitoral.

Na terça-feira, o dólar à vista fechou em alta de 0,58%, a R$ 4,16, fortalecido pela aversão a risco nos mercados da América Latina. O dólar futuro de maior liquidez operava em alta de 0,14% nesta sessão, a R$ 4,18.

Em declarações mistas, Trump repetiu que os negociadores dos EUA e chineses estão “próximos” de uma “fase um” de um acordo comercial, mas também afirmou que aumentaria as tarifas dos produtos chineses “substancialmente” se não chegassem a um consenso.

Veja Também:  Pensão por morte pode passar por até quatro reduções com reforma da Previdência

Além disso, Trump também “não comentou o adiamento, por seis meses, da imposição de tarifas sobre carros europeus”, que era muito aguardado por investidores, segundo analistas da Terra Investimentos.

No cenário doméstico, dados do varejo indicaram sinais de recuperação no setor, que registrou o melhor resultado para setembro em dez anos, quadro que poderia beneficiar empresas do segmento de consumo.

Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Brasil está em negociação com a China sobre a possibilidade de livre comércio entre os dois países. Os líderes dos cinco países do BRICS realizam encontro em Brasília para discutir o estímulo de investimentos entre os países, dentre outras pautas econômicas.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana