conecte-se conosco


Mato Grosso

Estudantes de graduação de Rondônia visitam a diretoria de Criminalística da Politec

Publicado

Estudantes do curso de graduação em Sistemas de Informação do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia realizaram uma visita acadêmica às gerências que compõem a Diretoria Metropolitana de Criminalística da Politec de Mato Grosso, nesta segunda-feira (18.11).

O objetivo é mostrar na prática quais as possibilidades de atuação da profissão, com a visualização in loco dos conteúdos e teorias vistas em sala de aula.

Em um dos setores os alunos acompanharam a rotina de trabalhos dos peritos da Gerência de Perícias em Computação Forense, que é responsável pela realização perícias em computadores, dispositivos eletrônicos, e meios digitais, como celulares.

“A parte mais interessante para mim foram as perícias de computação em que mesmo sem ter acesso à pessoa que era a dona do celular os peritos conseguem rastrear as informações. Foi bem interessante pois é uma linguagem que tínhamos acabado de aprender na faculdade. Depois dessa visita aumentou ainda mais o meu interesse em seguir a carreira da área  forense depois que me formar”, disse o estudante Mateus Luiz de Jesus.

Veja Também:  Auditor Interno e o Combate a Corrupção

O gerente de perícias de computação forense, Max Martins, apresentou as ferramentas tecnológicas e softwares empregados no desbloqueio de aparelhos, na extração e análise de dados recuperação de imagens, mensagens e vídeos relacionados a todos os tipos de crimes investigados pela polícia.

“Estas visitas técnicas fazem parte do projeto pedagógico do curso onde buscamos utilizar situações do dia a dia para a assimilação dos conteúdos, eles estão vendo na prática, para que eles tenham a sensação de que o que eles estão aprendendo não é à toa. A impressão foi muito boa, a visita foi ótima, a gente ficou deslumbrado”, afirmou o coordenador do curso, Juliano Fischer Naves.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Procon-MT esclarece pontos da lei que proíbe cobrança de taxas de repetência

Publicado

Está em vigor em Mato Grosso a Lei 11.041/2019, que proíbe a cobrança de taxas de repetência, sobre disciplina eletiva e de prova de segunda chamada por parte das instituições particulares de ensino superior. A legislação restringe-se à cobrança de taxas, o que não significa que o consumidor esteja isento de pagar pela prestação de serviço a ser contratada.

O Procon-MT esclarece que, no caso de reprovação do aluno em uma ou mais disciplinas, a instituição de ensino poderá cobrar apenas o valor proporcional à carga horária da disciplina repetida, não podendo onerar o aluno para além deste valor. O mesmo se aplica às disciplinas eletivas. 

Já em relação às provas, não será permitida a cobrança de taxa sobre nenhum tipo de teste, como segunda chamada e prova final. “O objetivo da lei é proteger o consumidor de cobranças abusivas, muitas vezes constatadas no ensino superior”, esclarece a Secretária Adjunta do Procon, Gisela Simona.

A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 02 de dezembro de 2019 e está em vigor desde então.

Veja Também:  Governo paga 13º dos servidores em parcela única no dia 20

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Seminário aborda segurança na região de fronteira e aspectos sociais

Publicado

A região de fronteira, no Oeste de Mato Grosso, foi o foco do X Seminário sobre Segurança Pública e Violência, realizado pelo Núcleo Interinstitucional de Estudos da Violência e Cidadania (NIEVICi) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O evento ocorreu nos dias 10 e 11 de dezembro, com o objetivo de refletir sobre a questão da violência na fronteira e temas transversais, como a questão da soberania de território, o espaço-território, a circulação de pessoas e mercadorias, entre outros.

O seminário contou com o apoio da Ouvidoria Geral de Polícia e a participação do ex-comandante do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e atual comandante do 6º Comando Regional da Polícia Militar (PM-MT), coronel PM José Nildo de Oliveira.

Na noite de abertura, ele falou sobre o tema da mesa redonda 1: Segurança Pública na Fronteira e Integração Regional, com a professora doutora da UFMT, Tereza Cristina Cardoso de Souza Higa.

“Abordamos os reflexos das tensões e os conflitos dessa região na segurança e para a população, pois as cidades da faixa de fronteira possuem situações peculiares, relacionando também com a questão social, como oferta de empregos e outras relacionadas ao dia a dia das comunidades não só de Cáceres, mas também dos municípios do entorno”.

Veja Também:  Sefaz promove encontro com contabilistas em Cuiabá e Rondonópolis

O ouvidor-geral de Polícia, Lúcio Andrade Hilário do Nascimento, também participou do evento. “A contribuição deste seminário é muito grande, porque a academia é um espaço onde se produz conhecimento e se produz estatística e a segurança pública tem que ser feita de maneira pensada, planejada. As políticas públicas têm que ser constantemente avaliadas e renovadas, e a universidade possui mestrandos, doutorandos, alunos de graduação que estão produzindo conhecimento nesse sentido”, avaliou.

Conforme o coordenador do (NIEVICi), professor doutor Francisco Xavier Freire Rodrigues, os temas foram contemplados em mesas redondas, grupos de trabalho e minicursos, a fim de construir um amplo panorama destas questões tanto no Estado de Mato Grosso, como também em âmbito nacional.

Crime e punição

O professor doutor da UFMT, Giovane Santin, conduziu o minicurso “Criminologia e Direitos Humanos”. Fazendo uma análise sobre o conceito de crime e o Direito Penal em vigência no Brasil, ele ressaltou que as garantias e direitos fundamentais de todos, especialmente a população vulnerável, devem ser integralmente respeitados.

“Todos nós, em algum momento da vida, desenvolvemos uma conduta que é caracterizada como crime, e já tivemos a prova de que a postura punitivista não é a solução para o problema da violência”.

Veja Também:  MEC exige que escolas deixem um responsável para receber livros didáticos para 2020

A programação incluiu ainda a mesa redonda “Tensões, migrações e conflitualidades na fronteira”; os minicursos “Sociologia do Direito” e “Criminologia e Diretos Humanos”; e os Grupos de Trabalho “Violência, gênero e emoções”; “Violência e Conflitualidades”; “Fronteiras, tensões, conflitos e integrações”.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

PM e PRF intecerptam suspeitos de roubo e recuperam caminhonete em Primavera do Leste

Publicado

Policiais militares de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) e agentes da Polícia Rodoviária Federal prenderam na noite desta quarta-feira (11.12) três homens por roubo. Foram detidos L.G.C. (23 anos), R.C.L. (26) e G.G.A.B. (19). Todos com passagens criminais por roubo, furto e homicídio.

De acordo com o boletim de ocorrência, os militares foram acionados para dar apoio aos agentes da PRF que estavam acompanhando os suspeitos em uma camionhonete L200 Triton branca, que horas antes havia sido roubada de uma residência em Barra do Graças.

Foi montada uma barreira na MT-070 que e não foi obedecida pelos suspeitos, que passaram com o veículo em alta velocidade. Durante o companhamento pelas duas equipes já no perímetro urbano quando os suspeitos perderam o controle do veículo vindo chocar em uma árvore.

Na abordagem, foram encontradas dentro do veículo dois revólveres de calibres 32 e 38, com 11 munições. O trio confirmou serem os autores do roubo. Além da caminhonete, foram recuperados os documentos pessoas de uma das vítimas que estava dentro do veículo.

Veja Também:  Quatro homens são detidos por furto em Cuiabá e no interior

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana