conecte-se conosco

Entretenimento

Ex-guitarrista do Capital Inicial aciona Justiça e acusa banda de fraude

Publicado

Conforme publicado na coluna de Ancelmo Gois, no O  GLOBO , o guitarrista Loro Jones está processando sua antiga banda, o Capital Inicial, e gravadora Sony Music por direitos que lhe seriam devidos pelo disco “Acústico MTV”, que a banda lançou em 2000. Nenhuma das partes quis se pronunciar a respeito. Segundo Ramon Ramos, advogado de Jones, disse à coluna de Gois, o valor devido ao guitarrista não ficaria abaixo de R$ 1 milhão. 

Leia também: Após virar meme e “sem saco”, Dinho Ouro Preto corta o próprio cabelo; assista


Capital Inicial está sendo processado por ex-guitarrista, Loro Jones
Reprodução/Instagram

Capital Inicial está sendo processado por ex-guitarrista, Loro Jones

Existem, no entanto, alguns fatores que tornam o processo mais complicado. Primeiro: o “Acústico MTV” do Capital Inicial foi gravado pela Abril Music, companhia que foi à falência em 2003, e passou a fazer parte do catálogo da Sony, que contratou a banda. Loro, como todos os outros músicos, tinha contrato com a primeira gravadora – mas não com a segunda, pois já tinha saído da banda. 

O Capital foi fundado em 1982, em Brasília, pelos irmãos Flávio e Fê Lemos, ambos ex-Aborto Elétrico, mais Loro Jones ; em 1983, entrou o vocalista Dinho Ouro Preto . O grupo fez algum sucesso nos anos 1980, mas não não foi tão bem na entrada da década seguinte: Dinho saiu, e a banda interrompeu suas atividades, após lançar um disco com o substituto Murilo Lima, “Rua 47”, sem grande repercussão.

Veja Também:  Além de música e futebol, João Rock 2019 terá atrações circenses

Leia também: Criminosos tentam roubar caminhão do Capital Inicial no Rio de Janeiro


Capital Inicial
Reprodução/Instagram

Capital Inicial

Os quatro fundadores se reuniram em 1998 com “Atrás dos olhos”, de sucessos como “O mundo”, e conseguiram seu estouro definitivo com o “Acústico MTV”, de 2000, que, ao lado de antigos sucessos, trazia novidades como “Natasha” e a versão da banda para “Primeiros erros”, de Kiko Zambianchi (que integrava a banda de apoio do projeto).

Saída supresa em 2001


Capital Inicial
Reprodução/Instagram

Capital Inicial

Seguiu-se uma longa turnê acústica, que chegou ao Rock in Rio de 2001 (em um dos dias mais cheios da história do festival, com um público calculado em mais de 200 mil pessoas) e foi até o fim daquele ano. Ao fim do tour, Jones decidiu deixar a banda, movimento que deixou músicos e fãs surpresos. Os outros integrantes tentaram convencê-lo a ficar, mas ele foi irredutível: decidiu voltar a morar em Brasília e Yves Passarell (ex-Viper) foi chamado para o seu posto, onde está até hoje.

Veja Também:  Filme sobre Chacrinha lidera indicações no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

É possível que, por não ter assinado o contrato com a Sony, Loro tenha direito a royalties residuais sobre o “Acústico” e não os tenha recebido, mas como a mudança de gravadora só aconteceu em 2003, três anos após o lançamento do disco, sua fatia talvez não seja tão significativa.

Leia também: Assédio, plágio e direitos autorais: Rede Globo é alvo de processos na Justiça

Também existe um suposto processo por uso da marca Capital Inicial , que dificilmente vai à frente, visto que o músico deixou a banda de livre e espontânea vontade. E a pergunta que não quer calar: por que esperar 17 anos para processar, hoje, quando as vendas de discos são uma pequena fração do que já foram? 

Fonte: IG Gente
publicidade

Entretenimento

Juliana Paes e Marquezine defendem Fernanda Gentil no lugar de Galvão Bueno

Publicado

Desde o primeiro jogo da Copa do Mundo de Futebol Feminino, famosas vem alertando sobre a escassez de mulheres na narração das partidas. A primeira a sugerir Fernanda Gentil no lugar de Galvão Bueno foi a cantora Maria Gadú. Porém, nesta terça (18) Juliana Paes e Bruna Marquezine também aderiram à ideia. 

Leia também: Em dia de Copa feminina, Maria Gadú ironiza escassez de narradoras esportivas

Juliana Paes%2C Fernanda Gentil%2C Marquezine e Galvão
Montagem / Reprodução Instagram

Juliana Paes, Fernanda Gentil, Marquezine e Galvão

Em um perfil de fofocas do Instagram, uma publicação com mais de 200 mil curtidas questionou: “Internautas pedem para que Fernanda Gentil assuma o lugar de Galvão e narre os jogos da seleção feminina. Curte [o post] se você apoia essa ideia”, diz a mensagem, que foi curtida por Juliana Paes e Bruna Marquezine , ambas atrizes da Globo .

Leia também: Juliana Paes surge decotada e interage com os fãs no Instagram

Especulações apontam que a Globo tinha planos de ter uma equipe feminina na transmissão da Copa, mas a ideia foi cancelada quando Glenda Kozlowski se recusou a participar.

Veja Também:  “Mãe tem raba e ainda rebola”, brinca Samara Felippo com foto ousada

Leia também: Juliana Paes quer cena “épica” entre Maria da Paz e Jô em “A Dona do Pedaço”

Após o apoio de Juliana Paes , a ideia de ter mulheres narrando os jogos femininos se disseminou mais nas redes sociais. Até o momento Fernanda, nome mais citado na proposta dos internautas, não se posicionou sobre o assunto. 

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Acusação de racismo contra Paulo Betti tumultua eleição já acirrada no Rio

Publicado

Na última segunda-feira (17), Paulo Betti  foi acusado de racismo por Jorge Coutinho e Milton Gonçalves, que integram a chapa concorrente na disputa pela presidência do Sindicato do Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (SATED-RJ). A acusação veio após troca de mensagens no grupo “Profissões Artistas” no último dia 16 de abril.

Paulo Betti é acusado de racismo
Reprodução/Instagram

Paulo Betti é acusado de racismo

“A atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves , além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas”, dizia a mensagem de Paulo Betti  .

Tanto Milton como Jorge alegam que a fala do colega possui “insinuações evidentemente maledicentes”. Após essa acusação, Deborah Evelyn e Maria Ribeiro, ex-esposa de Betti,  saíram em defesa do colega em suas redes sociais.

“Ao acusar levianamente um sujeito íntegro como Paulo, esses senhores nao só não estão lutando por um Brasil melhor, como estão, na melhor das hipóteses, confusos sobre seus reais inimigos”, escreveu Maria Ribeiro. “Todo o apoio ao grande artista Paulo. Não caia em fake news. Nunca foi sobre racismo”, declarou Deborah Evelyn.

Veja Também:  “Mãe tem raba e ainda rebola”, brinca Samara Felippo com foto ousada

Em nota oficial, a chapa de Betti afirma que “a acusação é baseada em uma interpretação distorcida e equivocada de uma frase em que ele elogia os companheiros Milton Gonçalves e Cosme dos Santos”.

No entanto, os bastidores da eleição à presidência do SATED-RJ tem tido alguns choques desde maio de 2019. Mas afinal, como funciona essa eleição?

Eleição

Para concorrer à presidência do Sindicato, os artistas devem se dividir em chapas. Não podem participar da chapa artistas que estão associados há menos de 12 meses, que foram readmitidos há menos de 12 meses ou que tenha deixado de cumprir com suas obrigações sociais nesse período de tempo. Esses meses são contados com base na data de inscrição da chapa pela qual irá concorrer.

No dia da eleição, os participantes das chapas também poderão acompanhar de perto a votação, tendo um fiscal indicado por cada representante da chapa.

Leia também: Paulo Betti diz que foi expulso da Igreja Universal: “Quase levei porrada”

Veja Também:  Anavitória trocam trecho de música para criticar Sérgio Moro durante show

Paulo Betti vs. Milton Gonçalves

Milton Gonçalves e Paulo Betti
Reprodução

Milton Gonçalves e Paulo Betti

A eleição para presidência iria acontecer nos dias 26, 27 e 28 de maio, porém após pedido de inclusão de chapa, a eleição foi suspensa provisioramente. Durante audiência em 28 de maio, foi decidido que as eleições seriam realizadas nos dias 29 e 30 de junho, e 01 de julho tendo duas chapas na disputa, e a posse da Diretoria irá ocorrer em 08 de julho.

O pedido pela inclusão da chapa na disputa foi feito por Gustavo Guenzburger, que faz parte da chapa de Betti “Renovação e Transparência”, e foi feito três dias antes da mensagem de Betti no grupo para Milton e Jorge. A disputa ficaria então entre a  “União e Determinação” de Milton e Jorge, contra a “Renovação e Transparência” de  Paulo Betti .

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Filho de Datena supera vício em crack e apresentador comemora: “Orgulho”

Publicado

Nesta terça-feira (18) José Luiz Datena fez um desabafo sobre drogas e comemorou a conquista do filho, Rafael Vicente, que superou o vício em crack.  O filho do apresentador foi contratado recentemente pela afiliada da Band , em Goiás, para a apresentar o programa “Na Tela”, que ainda não tem data para estrear. 

Leia também: O futuro incerto da Band com Datena candidato: como fica a emissora?

Datena e seu filho
Reprodução Instagram

Datena e seu filho

“Graças a Deus, há mais de 20 anos o meu filho não usa drogas. Foi o maior presente da minha vida. A droga destrói a família. A gente nunca diz que está totalmente recuperado, sempre ficamos em alerta, mas tenho muito orgulho do meu filho, pela vitória pessoal”, disse Datena .

Leia também: “Estou do lado da verdade”, diz repórter que acusa Datena de assédio sexual

“Hoje ele é um extraordinário pai de família e, se Deus quiser, será um bom apresentador também”, completou o apresentador do ” Brasil Urgente “, da Band

Leia também: Repórter que acusou Datena de assédio sofre ataques machistas na web

Veja Também:  Anavitória trocam trecho de música para criticar Sérgio Moro durante show

Datena ainda aproveitou para falar sobre o comércio de drogas no País. “Defendo que o dependente químico seja tratado, mas que o traficante tenha a maior das penas possível. O traficante é canalha pra caramba. Fica um monte de gente aí defendendo a liberação das drogas e sendo contra a liberação das armas. Eu pergunto a você: o que mata mais, arma ou droga?”, questionou. 

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana