conecte-se conosco


Policial

Família de menino desaparecido recebe pedido de resgate em Rondonópolis

Publicado

Família de menino desaparecido recebe pedido de resgate em Rondonópolis
Arquivo pessoal

Uma reviravolta no caso do menino Samuel, de 7 anos, aconteceu devido a mãe da criança ter recebido uma mensagem anônima no final da manhã sexta-feira (25), com informações sobre o garoto.

Conforme Anelice da Silva Gomes, de 23 anos, na mensagem, alguém usando um número desconhecido disse que está com a criança e pediu resgate no valor R$ 20 mil.

Nesta sexta-feira (25) se completam 5 dias do desaparecimento.

Um grande arrastão foi realizado nas proximidades do Rio Vermelho pelas policiais, bombeiros, defesa civil e Coder, com o objetivo de achar a criança.

Bocas de lobo na região do desaparecimento foram abertas, pois havia uma suspeita que o menino podia estar nesses locais.

Logo após receber a ligação a senhora acionou a Polícia Civil que vai apurar o número suspeito e se os detalhes passados são verdadeiros.

Veja Também:  Emocionados com cartinha, policiais se organizam e doam bicicleta a menino em MT
publicidade

Policial

Polícia Civil divulga resultado preliminar e prazo de recurso de processo seletivo

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil publicou no Diário Oficial do Estado, que circula nesta segunda-feira ((18.11) o edital nº 004/2019/PJC/MT referente ao resultado preliminar do Processo Seletivo – Analista de Desenvolvimento Econômico e Social – Perfil Analista de Sistemas, e o edital nº 005/2019/PJC/MT que determina a abertura do prazo de recurso referente ao resultado.

Contratação

O processo seletivo tem em vista a necessidade urgente de contratação temporária de analistas de sistemas e programadores para desenvolvimento do Projeto do Inquérito Policial Eletrônico, consideradas as tratativas da Polícia Judiciária Civil junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública, Tribunal de Justiça e Ministério Público.

RESULTADO PRELIMINAR E PRAZO DE RECURSO

Fonte: PJC MT
Veja Também:  Alunas do IFMT Rondonópolis denunciam colega de 17 anos por importunação sexual durante passeio da escola
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem que tentou matar amiga de companheira a facadas

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que tentou matar a amiga de sua companheira a facadas foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil no domingo (17.11), em Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte de Cuiabá), poucas horas após ter praticado o crime.

O suspeito, José Genisson da Silva, 27, teria iniciado as agressões contra a vítima, após se sentir ofendido por ela e foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio qualificada e identidade falsa.

O crime ocorreu na noite de sábado (16), por volta das 22h40, em uma residência em que estava o grupo de amigos. Na ocasião, o suspeito, desferiu três golpes de faca contra a vítima (2 no abdômen e um no tórax), após ela dizer que “ele não dava conta da companheira”.

As pessoas que estavam na casa estavam ingerindo bebida alcoólica e após a discussão, o suspeito aproveitou o momento em que a vítima estava distraída para praticfar o crime. Devido à agressividade aplicada, a faca utilizada pelo suspeito chegou a quebrar durante os golpes.

Veja Também:  Polícia Civil esclarece homicídio cometido por facção criminosa em Alta Floresta

A execução da vítima, só não se consumou pelo fato de testemunhas terem intervindo para que ele cessasse as agressões. A vítima foi socorrida pela Polícia Militar e encaminhada ao Hospital Regional de Colíder, onde permanece hospitalizada.

Assim que tomou conhecimento dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o suspeito, que foi encontrado na residência do seu pai. Na abordagem, ele mentiu o nome aos investigadores, porém diante das informações de que ele era realmente o autor do crime foi realizada a sua prisão em flagrante.

Após ser interrogado pelo delegado, Ruy Guilherme Peral da Silva, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio qualificado em concurso material com falsa identidade, cuja pena pode chegar a 30 anos de reclusão.

O delegado representou pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva a fim de se resguardar a ordem pública (repercussão dos fatos graves praticados) e assegurar a regular instrução criminal (risco de coação a testemunhas e à vítima).

Veja Também:  Órgãos não terão expediente na sexta (15) e na próxima quarta-feira (20)

“Graças a ação rápida e eficaz realizada pelos policiais da Nova Canaã do Norte foi possível realizar a prisão do suspeito, autor de um crime tão bárbaro ocorrido no município”, destacou o delegado.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Mundo

Menina de 10 anos fica grávida após ser estuprada por irmão de 15 anos

Publicado

Mãe denuncia filho por estuprar sobrinha de 6 anos
Pixabay

A polícia da cidade de Misiones, na Argentina, investiga um caso de estupro de uma menina de 10 anos de idade pelo próprio irmão, um adolescente de 15, dentro de casa. Os abusos foam descobertos após a garota dar entrada em um hospital pediátrico de Posadas, nesta segunda-feira (11), com fortes dores abdominais.

Segundo o jornal Clarín, um médico pediatra detectou a gravidez de aproximadamente oito meses. A menina confessou que sofria abusos sexuais por parte do irmão, mas disse ter sido estuprada “apenas uma vez”. De acordo com os policiais, a criança parecia não entender o que estava acontecendo.

A mãe da menina, que tem sete filhos, relatou não saber sobre as agressões e teria “ficado em estado de choque” com a notícia. O hospital denunciou o caso ao juizado de menores, que está investigando o crime.

Ainda segundo as autoridades, o adolescente de 15 anos somente estudou até o fim do ensino fundamental e não frequenta a escola desde então, por sofrer de crises convulsivas. Para a Justiça, ele não pode ser condenado por causa da idade, mas irá responder ao processo como menor. O rapaz, por ora, está sob a tutela da tia.

Veja Também:  Arte Cultura realiza festival de karaokê nas festividades de fim de ano

O Conselho Tutelar da cidade foi até a residência da menina e não detectou sinais de maus tratos ou ambiente insalubre no local. A diretora da vara da Infância do Ministério do Desenvolvimento Social da Província, Ana María Pereira, afirmou ao Clarín que que o bebê será cuidado pela avó.

“Vamos tentar fortalecer esse vínculo para que o adulto seja responsável e a menina possa retomar sua vida escolar, conforme apropriado”, disse Pereira. “Sou assistente social há anos e estou realmente impactada, porque se trata de uma criança muito pequena. É a mais nova que já tivemos de atender”, completou.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana