conecte-se conosco

Mato Grosso

Governo, comunidade e prefeitura são parceiros na retomada das atividades no Memorial Rondon

Publicado

O governo do Estado retomou as atividades no Memorial Rondon, localizado no distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger. A partir de um plano de ação, a gestão do local será compartilhada com a comunidade, prefeitura municipal e sociedade civil organizada.

Entre os objetivos do trabalho está a oferta de atrativos para os turistas e fomento à interação das famílias, bem como a economia local, uma vez que a ideia é formar um pólo para comercialização e exposição de artesanato e produtos agrícolas da região.

De acordo com o secretário adjunto de Turismo, que está respondendo interinamente como Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Jefferson Preza Moreno, a reabertura oficial ocorreu no dia do aniversário de Rondon. Na ocasião, houve o lançamento de uma exposição fotográfica e de artes, que a partir de então está fixa no memorial.

O evento foi realizado no dia 4 de maio e no final de semana seguinte, os livros de presença marcaram a visitação de 45 pessoas vindas de Santo Antônio de Leverger, Juína e Cuiabá. “O número deixou a equipe animada e mostra a viabilidade do projeto”.

Há mais de um mês, os técnicos do setor de turismo estão fazendo reunião com os agricultores e com as lideranças locais para definir uma forma de utilização adequada e 

Veja Também:  MT Hemocentro promove III Encontro de Conscientização sobre Doação de Medula Óssea

Dentro desta ação, está em processo de confecção um catálogo dos produtos, artesanatos e manifestações culturais.Tudo que pode se transformar em um atrativo turístico entra no rol.

Também está na lista de medidas, a formatação de um cronograma fixo para eventos e se estuda a possibilidade de utilizar a área livre para as famosas festas de santo da região, que reúnem pessoas vindas de toda região de Pantanal.

Estrutura foi inaugurada em 2016 e agora está sendo reocupada pela comunidade

Sobre o projeto

O secretário explica que a retomada foi possível por meio de uma parceria com a Prefeitura de Santo Antônio de Leverger e a Câmara de Vereadores da cidade. “O município designou um servidor e o Estado outro e, agora, temos pessoas para cuidar da exposição e receber os turistas que aparecerem”.

Na avaliação de Jefferson Moreno, o primeiro problema foi sanado, que era manter aberto o Memorial. Neste momento, os esforços estão na segunda etapa, que é a ocupação por parte da comunidade e isto será selado nos dias 25 e 26 de maio, quando está programado uma feira de produtos sustentáveis, produzidos nos sítios de entorno, e artesanato.

A fases seguintes do programa incluem a oferta de serviços que mantenham o fluxo diário de pessoas na edificação. E, para isto, a ideia é deixar um professor de história disponível no local. Ele atenderá os visitantes e será o monitor em visitas estudantis, além de idealizar atividades didáticas.

Veja Também:  Suspeito de assassinato da namorada é ferido em confronto e preso em Diamantino

Outras atividades que serão constantes são as relativas a estruturação das cadeias de agricultura familiar e artesanato, rransformando o espaço em um ponto de reuniões e cursos.

Situação da estrutura

A empresa responsável  pela obra foi acionada para fazer as manutenção e reparos do prédio no começo de fevereiro deste ano. A estrutura ainda estava no período de garantia e não houve custos extras aos cofres públicos.

O projeto foi criado em 1997, mas a obra começou em 2001. Dois anos depois foi paralisada e retomada em 2006, porém sem muitos avanços. A discussão para continuidade do complexo só foi retomada em 2012, com a vinda da Copa do Mundo, em 2014. Porém, só foi reiniciada em 2015 e inaugurada no ano seguinte, em 2018.

No começo do ano, o local estava sendo subutilizado e por este motivo, a secretaria-adjunta de turismo iniciou o processo de reocupação da área.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Inscrição para vaga de analista de meio ambiente termina quinta-feira (23)

Publicado

As inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à seleção e contratação temporária de analistas de Meio Ambiente para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema/MT) se encerram nesta quinta-feira (23), às 23 horas e 59 minutos.

A inscrição deve ser efetuada somente pela internet (www.unemat.br/seletivos). A taxa de inscrição é no valor de R$ 120, pagável até o dia 24 de maio, em qualquer agência bancária ou internet. São 50 vagas, das quais 45 para ampla concorrência e cinco para pessoas com deficiência, além de formação de cadastro de reserva.

O cargo de analista de Meio Ambiente exige diploma de graduação em Ciências Biológicas, Engenharia Agrícola, Engenharia Agronômica, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Geografia, Geologia ou Gestão Ambiental. A remuneração é de R$ 7.003,16, para 40 horas semanais de atividades, e atuação no município de Cuiabá.

Envio de documentação

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar os arquivos digitais com os documentos pessoais em PDF na seguinte ordem: RG, CPF e Diploma de Graduação (frente e verso). Poderá ser enviado o histórico oficial, caso o diploma ainda não tenha sido expedido.

Veja Também:  Ciopaer prorroga inscrições para 4° Meia Maratona Voando Baixo

No passo seguinte, os documentos comprobatórios para pontuação na avaliação de títulos deverão ser organizados e anexados em PDF, na seguinte ordem: 1) Documentos comprobatórios da pontuação de titulação; 2) Documentos comprobatórios da pontuação de cursos e 3) Documentos comprobatórios da pontuação de experiências profissionais.

Avaliação

Primeira etapa – avaliação da inscrição: Divulgada em 05 de junho, com caráter eliminatório. Terá a inscrição indeferida o candidato que não atender ao estabelecido no Edital, não anexar os documentos listados, não possuir formação exigida ou anexar documentação incompleta.

Segunda etapa – avaliação de títulos: Os títulos serão avaliados por banca examinadora constituída especialmente para essa finalidade. Somente serão pontuados os itens exigidos na Tabela de Barema (anexo do edital). O resultado da Avaliação de Títulos será divulgado em 07 de junho.

Serão classificados neste processo seletivo somente os candidatos não eliminados, classificados segundo a ordem decrescente da pontuação.  Os aprovados serão contratados por 12 meses, contados a partir do efetivo exercício, podendo ter seus contratos aditivados mediante necessidade comprovada.

Veja Também:  Advocacia pública é tema de discussão no Dia do Procurador

O processo seletivo será executado pela Assessoria de Gestão de Concursos e Vestibulares da Universidade do Estado de Mato Grosso (Covest/Unemat). Toda publicação deste processo seletivo será divulgada no Diário Oficial do Estado e no endereço eletrônico www.unemat.br/seletivos.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Produtores de algodão pedem mais segurança e vão atuar em parceria com a Sesp

Publicado

Produtores de algodão devem firmar parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para melhorar o monitoramento das propriedades rurais. Eles estiveram, nesta terça-feira (21), reunidos com o titular da pasta, Alexandre Bustamante, conheceram o Centro Integrado de Comando e Controle e o uso da tecnologia para combate ao crime.

Eles pediram agilidade nas investigações sobre roubos de defensivos agrícolas nas propriedades rurais na região Médio-Norte e descobrir quem são os receptadores desses produtos.

“Nós temos ultimamente bastante ataques na região de Deciolândia, Campo Novo do Parecis, Diamantino, Brasnorte, Nova Maringá, Tapurah. Os bandidos chegam e causam um terrorismo muito grande com as famílias dos trabalhadores”, destacou o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Demerval, vai agendar uma reunião com o diretor de interior e os delegados regionais com os produtores rurais para dar uma resposta mais rápida nas investigações sobre esses tipos de crime.

O produtor rural Eraí Maggi também cobrou que a polícia possa dar uma resposta rápida em prender essas quadrilhas especializadas em roubos nas propriedades rurais.

Veja Também:  PM prende oito motoristas embriagados em seis cidades de Mato Grosso

“Espero que o nosso pessoal da segurança possa oferecer uma atenção rápida a tudo isso. Podemos ver alguma parceria com o governo, a partir dessa ferramenta com câmeras, e nas concessões de estradas que estão sendo feitas, para que os produtores rurais possam cuidar dessas estradas. Acredito que podemos nos juntar para maximizar o trabalho”.

O secretário Alexandre Bustamante avaliou que a reunião foi muito positiva e assegurou que há investigações em andamento. Segundo ele, a parceria com os produtores rurais para instalação de câmeras nas propriedades rurais e as imagens geradas para o Centro de Comando e Controle será um grande aliado no combate ao roubo nas fazendas.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Dia da bandeira haitiana é celebrada na Escola Heliodoro com carnaval e comida típica

Publicado

Cerca de 200 pessoas estiveram na Escola Estadual Heliodoro Capistrano, no Parque Cuiabá, na Capital, participando da comemoração do Dia da Bandeira do Haiti – equivalente ao nosso 7 de Setembro. Essa festa é realizada há três anos e visa integrar os alunos imigrantes e suas famílias.

Na programação do evento, houve o canto do hino do Haiti e a apresentação de dança e comida típica. Neste ano, a escola atende 35 alunos imigrantes do país que está localizado na América Central, mas que escolheram Cuiabá para iniciar uma nova vida.

Para a celebração, que ocorreu na noite do dia 17 de maio, houve a participação de estudantes principalmente na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do ensino noturno. 

Segundo Igrid Cunha Gayva, professora de língua portuguesa para imigrantes, quando o imigrante entre em outro país, ele adquire a cultura da nova pátria e ao mesmo tempo procura espaço para mostrar a cultura que trouxe.

“Essa festa transcorreu de modo até mais agradável do que se esperava. Tivemos ex-alunos que apareceram por lá para participar, tamanha a repercussão. Muitos desses ex-alunos participaram das outras duas festas”, destaca.

Veja Também:  Primeira identidade do país no novo modelo cartão é entregue em Mato Grosso

Na apresentação musical, os alunos haitianos mostraram o carnaval deles, que é um pouco diferente do brasileiro. Mesmo assim, a plateia participou, atendendo o chamado dos “Hermanos”. A professora lembra que, nesse momento, os convidados participam. “E os brasileiros, que são de natureza mais extrovertida, entraram na dança”.

“A comida típica que os estudantes prepararam foi o legumm, um prato à base de legumes, como cenoura, repolho, berinjela, agrião e também carne de porco, que fez muito sucesso. Todos saborearam deixando os anfitriões satisfeitos”, avalia a professora. Igrid acredita que a festa cumpriu seu papel de integração entre brasileiros e haitianos.

A professora explica que, os imigrantes cursam inicialmente língua portuguesa. Assim que obtiver um bom domínio, passam a estudar com os demais alunos da EJA.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana