conecte-se conosco


Mato Grosso

Homem agride companheira, tenta atropelar policiais e acaba preso em Sinop

Publicado

Uma guarnição da Polícia Militar de Sinop(a 481 quilômetros de Cuiabá) realizou a prisão de um suspeito pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, uso ilícito de drogas, direção perigosa e lesão corporal.

A prisão aconteceu no sábado(18), depois que os policiais foram acionados(via 190) para atender uma ocorrência de violência doméstica na Avenida dos Ingás, Imperial. Ao chegar ao local, à guarnição deparou com o suspeito A.O.P. (36) entrando em seu veiculo, uma caminhonete Hilux, engatando a marcha ré para fugir.

Nessa tentativa, o suspeito investiu o veículo contra os policiais tentando atropelá-los. Já os PMs tiveram de disparar tidos em um dos pneus traseiros para evitar o atropelamento e prender o agressor.

Todavia, o suspeito ainda conseguiu evadir do local, mas a guarnição capturá-los minutos depois. Durante a fuga, A.O.P., ainda colocou em perigo a vida dos pedestres que trafegavam pelas ruas. Ele também descartou a arma de fogo usada para ameaçar a esposa.

Na caminhonete dele foi encontrada uma porção de maconha e oito munições de calibre 38, intactas. A arma também foi apreendida, um revolver da marca Taurus, com o número de identificação raspada, com cinco munições.

Veja Também:  Mato Grosso Saúde leva serviços para o Palácio Paiaguás nesta segunda-feira (26)

O suspeito e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. Ele deve responder por crime de agressão(Maria da Penha), porte ilegal de arma, entre outros.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Escola Especial de Cuiabá confecciona materiais didáticos de baixo custo

Publicado

A Escola Estadual Especial Raio de Sol, localizada em Cuiabá, realiza uma oficina de criação de materiais didáticos adaptados com parâmetros da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).  O foco da oficina é criar e produzir materiais didáticos adaptados que possibilitem as práticas pedagógicas, para que todos os alunos tenham acesso ao currículo e também para que seja possível realizar intervenções adequadas às necessidades dos estudantes.  

A escola atende exclusivamente alunos com vários tipos de deficiências. O curso terá sua última etapa na terça-feira (27.08).

Segundo a diretora, Leila Bacani Barbosa, desde o início do ano letivo de 2019 os professores vêm fazendo avaliações dos seus alunos para ter clareza da necessidade de cada um. E com isso, é possível definir as estratégias de ensino, bem como os materiais didáticos necessários que facilitarão o processo de desenvolvimento global de cada um.

“A proposta é utilizar tecnologia assistiva de baixo custo, ou seja, utilizar os materiais que existem na escola, sem a necessidade de grande investimento de recurso financeiro. Estas tecnologias estão sendo confeccionadas pelos professores, atendendo as necessidades apresentadas pelos alunos”, destaca.

Veja Também:  Mato Grosso Saúde leva serviços para o Palácio Paiaguás nesta segunda-feira (26)

Os professores elogiaram o curso, pois conseguiram jogos que serão utilizados pelos alunos. Uma das mais entusiasmada é a professora Andréia Maria, do Projeto Práticas Desportivas.

“Construí o jogo de vai e vem com garrafa pet e fio de nylon. A ideia é fazer um jogo que todos participem e que seja prazeroso. Ele foi concluído com sucesso, pois todos os alunos, incluindo os cadeirantes gostaram porque é fácil de manusear”.

No entendimento da professora Iraci Torquato, a oficina está sendo fundamental para que todo o corpo docente tenha melhores condições de trabalho em sala de aula, pois uma vez que o professor conhece a deficiência de cada estudante e nem sempre tem um material que corresponde ao que necessita para o trabalho.

“Pensamos naquilo que vem ao encontro das necessidades do aluno para que ele possa progredir. Esses materiais didáticos vão enriquecer nossas aulas”, ressalta.

A professora Célia Martins acredita que os materiais são imprescindíveis para avançar no processo do ensino-aprendizagem. “Nossos alunos gostaram, se sentem úteis e mais inclusos quando participam dessas atividades”, comemora.

Veja Também:  Escola de Araputanga realiza mostra de iniciação científica

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Indea incorpora 37 novos veículos a sua frota

Publicado

Na quarta-feira (28.08), o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) receberá 37 novos veículos do Fundo Emergencial de Saúde Animal (Fesa). Os automóveis serão destinados às Unidades Locais de Execução do Instituto nos municípios.

Esses veículos serão prioritariamente utilizados nas ações de Defesa Sanitária Animal, mais especificamente, no desenvolvimento das atividades de vigilância veterinária, atendimento a suspeitas de doenças, vacinações, saneamento de focos, educação sanitária, cadastramento e registro de estabelecimentos rurais, fiscalização do trânsito e da comercialização de insumos pecuários.

Os produtores rurais e indústria frigorífica, cujas representações compõem o Fesa, participam ativamente na execução da Defesa Agropecuária no estado e apostam nessa parceria com o Indea para agregar valores ao seu produto.

O Indea é encarregado da certificação sanitária em Mato Grosso, que detém o maior rebanho bovino do país e relevante produção de aves e suínos, além de equinos, ovinos, caprinos, abelhas entre outras espécies.

As principais certificações alcançadas são: Livre de febre aftosa, livre de peste suína clássica, riscos insignificante para “doença da vaca louca” e livre de doença de Newcastle e influenza aviária.

Veja Também:  Batalhão Ambiental prende homem com arsenal de armas, munições e animais abatidos

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

‘Operação Tempus’ já prendeu 420 em flagrante, recuperou 90 veículos e apreendeu 52 armas de fogo

Publicado

A ‘Operação Tempus’, desencadeada há duas semanas pela Polícia Militar, já prendeu 420 pessoas em flagrante, uma média de 28 ao dia, capturou 101 foragidos com mandados de prisão em aberto, recuperou 90 veículos roubados, entre carros e motocicletas. Também apreendeu 52 armas de fogo e oito simulacros (imitações de revólveres e pistolas).

As ações, que tiveram início no dia 5 deste mês em todas as cidades do Estado, resultaram ainda na apreensão de quase 40 quilos de droga em 230 ocorrências relacionadas ao tráfico.

Durante esse período, 1.420 pessoas foram conduzidas a delegacias em todas as cidades mato-grossenses. Esse número inclui prisões em flagrante delito e por suspeita de envolvimento em crimes.

A ‘Tempus’ está em curso com diversas modalidades de policiamento, incluindo bloqueios parciais de vias públicas, blitze em pontos estratégicos com vistoria de veículos (em que é verificado, por exemplo, se está transportando algum ilícito como armas e droga) e checagem dos condutores buscando, entre outras informações, se está dirigindo embriagado, se tem mandado de prisão em aberto, de a documentação do veículo e motorista está regular.

Veja Também:  Exposições, shows e seminário são destaques da semana

As ações são tanto durante o dia como a noite, em áreas urbanas e rurais, e estão voltadas à prevensão e repressão(foto PMMT)

Essa operação deverá se estender até o final de outubro e inclui o reforço de policiais que estão em funções administrativas. Em um dia da semana, por determinação do comandante-geral, coronel Jonildo José de Assis, ao invés de ter expediente interno todos os policiais vão para ruas. No administrativo dos quartéis só permanece o mínimo necessário às demandas urgentes.

Assis explica que o planejamento da ‘Operação Tempus’ tem como base análises criminais e de inteligência realizadas com base em dados como locais, horários e modalidades de crimes.  A partir dessas informações são definidas ações gerais e pontuais sobre onde e como empregar o efetivo, incluindo a tropa das unidades especializada – Rotam, Bope, Ambiental, Cavalaria e Trânsito.

De acordo com o comandante da PM, análise histórica das estatísticas aponta uma tendência de aumento dos índices da criminalidade entre os meses de agosto e outubro. “Estamos reforçando a presença, a ostensividade nas ruas e a repressão à violência para melhorar a segurança da população e evitar que isso não ocorra”, completa Assis.

Veja Também:  Indea realiza simulado de emergência sanitária em aves

A operação foi declarada simultaneamente em Cuiabá e todas as cidades mato-grossenses(Foto PMMT)

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana