conecte-se conosco


Economia

Mais de 11 milhões sacarão valores menores ou nada de FGTS por falta de depósito

Publicado

source

A liberação de novas condições de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ( FGTS ) acendeu o sinal de alerta para muitos trabalhadores sobre a regularidade dos depósitos feitos pelas empresas.

Leia também: Saiba como retirar o FGTS: Caixa divulga calendário para saques

FGTS arrow-options
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Trabalhadores podem consultar o saldo do FGTS a partir de aplicativos ou em agências da Caixa Econômica Federal

De acordo com a Procuradoria-Geral da Receita Nacional, 11,2 milhões de trabalhadores em todo o país sacarão valores menores do que os devidos ou nenhum dinheiro. O déficit atinge 11,6% do total de 96 milhões trabalhadores beneficiados pelos novos saques do Fundo de Garantia

Ao todo, são 226.057 empresas que estão devendo R$ 32,2 bilhões em depósitos do FGTS. A irregularidade poderá reduzir o saldo para os valores a serem retirados no saque emergencial , de até R$ 500 por conta vinculada, e o saque-aniversário , retirada anual de parte dos recursos a partir de abril de 2020, cuja opção impedirá o saque do saldo total, em caso de demissão sem justa causa (mantendo apenas a retirada da multa rescisória de 40% paga pelo empregador).

O atraso nas contribuições também impacta no rendimento do FGTS e na distribuição dos lucros aos trabalhadores.

Somente no Estado do Rio

No Estado do Rio, 28.881 empresas apresentam débitos, afetando 1,1 milhão de trabalhadores, o que corresponde a 12,8% do total de prejudicados em todo o país. A dívida chega a cerca de R$ 4,8 bilhões. Somente os 20 maiores devedores do Rio deixaram de depositar de R$ 824 milhões.

De acordo com a Procuradoria-Geral da Receita Nacional, entre os maiores devedores estão: a Varig, a Vasp, a Universidade Gama Filho, a TV Manchete e os Correios. A relação das empresas em dívida com FGTS pode ser consultada pelo site da procuradoria.

Veja Também:  Mega-Sena acumula e prêmio vai R$ 25 milhões; veja os números

A Procuradoria-Geral da Receita Nacional é responsável pela inscrição em Dívida Ativa dos débitos para com Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e pela cobrança por meio de representações judicial e extrajudicial. Mas o percurso para o trabalhador reaver esses recursos pode se transformar em uma batalha judicial. Um dos grandes problemas é que muitas empresas já faliram.

Segundo dados do órgão, pelo menos 331 devedores que somam R$ 1,05 bilhão em atrasos atravessam processos de recuperação judicial. Outras 401 empresas em débito com as contribuições de R$ 2,7 bilhões do FGTS já decretaram falência.

Saiba como acompanhar seu saldo

Todos os empregadores são obrigados a depositar um valor correspondente a 8% do salário pago a cada trabalhador até o dia 7 de cada mês.

As empresas são obrigadas a comunicar mensalmente aos colaboradores os valores recolhidos de FGTS. Além disso, há canais, como o site oficial da Caixa , para o trabalhador monitorar essa movimentação .

Uma opção é o serviço de mensagem de texto oferecido pela Caixa Econômica Federal (CEF), gestora do Fundo. O extrato pode ser obtido em qualquer agência da Caixa. O empregado também pode receber o extrato do FGTS via Correios, a cada dois meses.

Ainda é possível instalar o aplicativo FGTS no celular, disponível para Android, iOS e Windows Phone, e consultar os depósitos a qualquer momento.

Outra alternativa é acompanhar extrato da conta de FGTS nas agências da Caixa. Para isso, é preciso apresentar a carteira de trabalho com o número do PIS.

Veja Também:  Vida nova? 6 dicas para mudar (ou entrar) em uma carreira diferente em 2020

Leia também: Não quer saque emergencial do FGTS? Saiba cancelar crédito automático na Caixa

“O que não é depositado, o governo tenta cobrar. Mas se não consegue, é um problema do trabalhador, que, muitas vezes, só recebe por meio de uma ação trabalhista, e somente sobre os últimos cinco anos, pois em novembro de 2014 o Supremo Tribunal Federal (STF) reduziu a prescrição de 30 para 5 anos”, explica Mário Avelino, presidente Instituto Fundo de Garantia do Trabalhador, que lançou um aplicativo (Extrato do Fundo de Garantia Não Depositado), para permitir controlar os depósitos não realizados pelas empresas.

A plataforma apresenta o saldo atualizado mensalmente com juros e correção monetária, o crédito da distribuição de lucro devido sobre esses depósitos e o valor da multa de 40% ou 20% em caso de demissão sem justa causa ou por acordo.

O que fazer se a empresa não depositou o FGTS

Se, no momento da consulta de saldo disponível ou do saque do FGTS , o trabalhador verificar que o empregador não fez os repasses, a primeira providência é entrar em contato com a empresa e tentar um acordo. Caso não haja regularização, o funcionário pode denunciar a empresa nas Superintendências Regionais do Trabalho.

Nos casos em que a empresa não existe mais, o trabalhador pode ingressar com uma ação na Justiça do Trabalho.

Leia também: Optar por saque-aniversário do FGTS é abrir mão do recurso em caso de demissão

Para formalizar a denúncia, o beneficiário deve apresentar o extrato da conta vinculada que comprove a ausência de depósitos. A fiscalização do Trabalho poderá notificar a empresa e determinar que esta efetue os depósitos. A fonte de informações, reclamações ou denúncias não são reveladas pela auditoria fiscal do Trabalho.

Fonte: IG Economia
publicidade

Economia

IR 2019: cerca de 700 mil declarações caíram na malha fina, diz Receita

Publicado

source
calculadora arrow-options
shutterstock

A consulta ao último lote de restituição do IR 2019 foi liberada na segunda-feira (9)

Este ano, 700.221 declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física ( IRPF ) caíram na malha fina por inconsistências nas informações prestadas à Receita Federal . De acordo com o órgão, esse volume corresponde a 2,13% do total de 32.931.145 formulários entregues ao Leão para prestação de contas em 2019. A consulta ao último lote de restituição do IR 2019 foi liberada na segunda-feira (9). 

As principais pendências identificadas pela Receita foram: omissões de rendimentos do titular ou de seus dependentes (falha observada em 35,6% das declarações retidas); problemas nos lançamentos de despesas médicas (25,1%); divergências entre o Imposto de Renda Retido na Fonte informado na declaração pelo contribuinte e o informado pela fonte pagadora (23,5%); e irregularidades nas deduções de previdência oficial ou privada e nas informações sobre dependentes, pensão alimentícia e outras questões (12,5%). Há também outras causas não listadas.

Ainda de acordo com o Fisco, do total de declarações retidas, 74,9% têm imposto a restituir. Além disso, 22,4% têm imposto a pagar e 2,7% apresentam saldo zero.

Veja Também:  Preço do etanol bate recorde nas usinas de SP

Como confirmar se caiu na malha fina

Para checar se a declaração caiu na malha fina, o contribuinte pode acessar o Extrato de Processamento da DIRPF, no site da Receita Federal. Para acessar o extrato da declaração, é preciso usar o código de acesso gerado na própria página ou um certificado digital emitido por uma autoridade habilitada.

Na seção “Pendências de malha”, o interessado pode identificar se a declaração está retida em malha fiscal ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo.

Se estiver na malha fiscal, contribuinte encontrará links nesta mesma seção para verificar o motivo da retenção e obter informações sobre os procedimentos a seguir. Constatando o erro, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora.

Se não houver erro na declaração, e a pessoa tiver todos os documentos comprobatórios de suas atividades, basta aguardar intimação oficial do Fisco ou agendar pela internet o atendimento numa unidade da Receita Federal, a fim de apresentar esses documentos e antecipar a análise de sua declaração.

Veja Também:  Caminhoneiros, empresários e governo se encontram buscando evitar nova greve

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Safra de grãos deve bater recorde em 2020 e chegar a 240,9 milhões de toneladas

Publicado

source

Agência Brasil

colheitadeira arrow-options
Imagem de Arquivo/Agência Brasil

Safras de grãos de 2019 e 2020 baterão recordes de acordo com estimativas do IBGE

A safra nacional de grãos de 2020 deve atingir 240.913.898 milhões de toneladas, o que será um recorde. Se confirmado, o resultado vai ultrapassar em 33,6 mil toneladas o esperado para 2019.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as estimativas indicam que as safras 2019 e 2020 devem se tornar as maiores da série histórica iniciada em 1975. Vão superar o atual recorde registrado em 2017, quando somou 238,4 milhões de toneladas.

Os números estão no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado nesta terça-feira (10), pelo IBGE.

Indústria cresce em 7 das 15 regiões em outubro, diz IBGE

Conforme as previsões, a produção de soja terá crescimento 6,7%, a de algodão 2,0% e a do arroz 1,0%, mas a do milho sofrerá redução de 7,5%. O mesmo deve ocorrer com o feijão em grão primeira safra com queda de 0,3%.

Para o milho , o IBGE estima produção de 92,7 milhões de toneladas no próximo ano. A redução de 7,5% prevista em relação à safra 2019, significa recuo de 7,5 milhões de toneladas.

“Mantém-se a tendência de um maior volume de produção do milho em segunda safra, devendo essa safra participar com 72,3% da produção nacional para 2020, contra 27,7% de participação da primeira safra de milho”, observou o pesquisador do IBGE, Carlos Barradas.

Veja Também:  Assembleia de São Paulo recorre para liberar votação de reforma da previdência

Na soja, a alta de 6,7%, representa o total de 120,8 milhões de toneladas em 2020.  A produção do grão pode ultrapassar a norte-americana no próximo ano. 

Entre os maiores produtores, boa parte desse volume se refere ao Mato Grosso . Lá a estimativa é colher 33 milhões de toneladas. Em relação a 2019, representa crescimento de 2,2% . O Paraná, que é o segundo maior produtor, prevê aumento de 22,5%, com a produção de 19,8 milhões de toneladas.

Veja também: Preço do etanol bate recorde nas usinas de SP

 Também se confirmado, vai significar uma recuperação , uma vez que em 2019 severas restrições de chuvas e o excesso de calor durante o ciclo da cultura comprometeram a safra.

Safra de 2019

milho arrow-options
Getty Images

Produção de milho influenciou positivamente o resultado da safra de 2019

A safra nacional também deve atingir 240.880.344 milhões de toneladas em 2019. Com isso, supera o recorde de 2017, em 2,4 milhões de toneladas. Segundo o IBGE, representa alta de 6,4% na comparação do que foi produzido em 2018, quando atingiu 226,5 milhões de toneladas.

Os números do LSPA indicam que o resultado foi influenciado pela produção do milho , que deve registrar recorde de 100,2 milhões em 2019, atingindo 25,9 milhões de toneladas na primeira safra e 74,3 milhões de toneladas na segunda.

Veja Também:  Caminhoneiros, empresários e governo se encontram buscando evitar nova greve

O volume significa aumento de 23,2%, se comparado ao ano anterior. Na visão do pesquisador, a conjuntura de preços que incentivou o plantio do milho de segunda safra foi um dos fatores que favoreceram a elevação. “O clima também se comportou de forma favorável”, explicou.

A melhora dos preços também favoreceu o possível recorde na produção de algodão diante da série história do IBGE. Deve chegar a 6,9 toneladas, na safra deste ano, representando aumento de 39,8% na comparação com o ano anterior.

A soja e o arroz, no entanto, devem apresentar queda de produção. A colheita de 113,2 milhões de toneladas de soja em 2019, é equivalente ao recuo de 4% , se comparado a 2018.

No arroz , a redução de 9,5% na área plantada e de 12% na área a ser colhida provocaram queda na produção. O IBGE estima total de 10,3 milhões de toneladas, resultado 12% menor que o do ano passado.

“Crítica aos agrotóxicos é um absurdo”, diz ex-ministro da Agricultura de Lula

Com a previsão de 63,2 milhões de hectares na área a ser colhida, em 2019, o cálculo é de crescimento de 3,7% ante a de 2018. O percentual equivale ao aumento de 2,2 milhões de hectares. Foi também em 2017, o recorde anterior da produção. Foram produzidas 238,4 milhões de toneladas.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Ano acabou? Que nada! Confira vagas de emprego oferecidas por startups

Publicado

source
geekhunter arrow-options
Divulgação

GeekHunter, startup com soluções voltadas para o mercado de recrutamento de desenvolvedores de software

A geração de empregos engatinha e a procura por vagas segue grande no Brasil. No fim de ano, costumam ficar ainda mais escassasas as oportunidades, mas, para quem pensa que o ano já acabou, não é bem assim.

Leia também: Vida nova? 6 dicas para mudar (ou entrar) em uma carreira diferente em 2020

As startups , empresas com objetivo de desenvolver ou aprimorar um modelo de negócios, fogem à regra e oferecem vagas de emprego para este ano. As oportunidades abrangem diversas áreas e perfis.

Confira 15 startups que oferecem vagas pelo Brasil

A Propz, startup que oferece soluções de relacionamento objetivas, práticas e rentáveis para varejo e serviços financeiros utilizando inteligência analítica e big data, está com nove vagas em aberto para as seguintes áreas: cientistas de dados, administrador de sistemas DevOps, executivo de contas, analista de projetos, cientista de dados, analista de CRM, Ux e Ui designer em Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo. Para se candidatar é só acessar o link .

A Docket, que realiza a busca, pré-análise e a gestão do fluxo de documentos, está com 25 vagas em aberto para diferentes áreas como Account Executive, Analista de Customer Success Jr, Analista de inteligência comercial, analista de marketing e inteligência, controller accounting, data analytics Jr, Desenvolvedor Front End, Desenvolvedor Java, Desenvolvedor Machine Learning, Sales Development Representative. Sales Enablement Analyst em São Paulo. Para se candidatar é só acessar o link .

Outro exemplo é a Solides, software de gestão comportamental e recrutamento de pessoas. A empresa é de Belo Horizonte e está contratando 16 profissionais . Dez para a vaga de Inside Sales (Closer), um para Customer Support, três para Customer Success, um para Coordenador Comercial e outro para Tester Q. A. Para fazer parte do time, o candidato deve acessar o link , e preencher o profiler, pois, todas as oportunidades se iniciam com o fit comportamental que a marca oferece.

A Noknox, plataforma que tem como objetivo conectar pessoas a seus locais de convivência unindo praticidade, segurança e conforto está com 5 vagas em aberto: 3 para desenvolvimento sênior – Back-end (C# e/ou NodeJs), android (Kotlin) e IOS developer (Swift) – e uma vaga de Mid Frontend Developer (Vue, Bootstrap), além de um estágio em marketing para produção de conteúdo nas redes sociais. Interessados podem se candidatar pelo site da empresa , pelo Linkedin ou pelo e-mail: team@noknox.com .

Veja Também:  BMW anuncia recall por problema no motor; veja modelos e riscos para condutores

Outro exemplo é a AtletasNow. A startup com a missão de conectar todas as pontas do esporte está em busca de um Analista Júnior de Customer Experience. Para isso, é preciso ter inglês intermediário e possuir experiência com plataformas de atendimento. Os pré-requisitos da vaga estão disponíveis no site . Interessados devem entrar em contato por e-mail: hr@atletasnow.com.

Também para Desenvolvedor Full Stack, o TradersClub (TC), um dos principais agentes de educação financeira do país, oferece diversas oportunidades para desenvolvedor júnior/pleno/sênior que deseja de trabalhar com tecnologias de ponta. Os interessados podem enviar currículos para o e-mail: rh@tradersclub.com.br.

Já o Supermercado Now, maior plataforma online de compras de supermercado, também está com várias oportunidades em aberto. Dentre as principais estão: assistente de operações, banco de dados, desenvolvedor back end, e desenvolvedor mobile, talent acquisition, analista de CS e analista de trade. Outras informações sobre vagas e dúvidas podem ser enviadas por e-mail ou no linkedin .

Há oportunidades abertas também na NetSupport, plataforma digital de suporte técnico de TI, com o objetivo de oferecer serviços com qualidade e preço acessível para todo o país. A startup está com vagas nas principais capitais do país para técnicos de informática (Help Desk e Service Desk), com foco de conhecimento em microinformática básica. Para se candidatar, é preciso ter conhecimentos em TI, cursos na área de informática e pessoa jurídica estabelecida. Os candidatos interessados podem se inscrever por meio deste link .

Na área da saúde, a Telavita, startup de consultas online que tem por objetivo conectar profissionais da psicologia a pacientes de todo o mundo está com três vagas em São Paulo para Desenvolvedor back-end e front-end e Assistente de Customer Success. Interessados podem enviar o currículo no e-mail pessoas@telavita.com.br.

Veja Também:  Reforma tributária: unificar impostos está separando governo e Congresso

Se você é criativo, flexível e apaixonado por agricultura e tecnologia, a Agrosmart, plataforma de agricultura digital líder na América Latina tem a vaga certa pra você. Na cidade de Campinas, cinco vagas estão em aberto para os cargos de Desenvolvedor Front-End React, Desenvolvedor Ruby on Rails, Tech Lead de Software, Analista de Costumer Success e Supervisor de Vendas em Campo. Interessados podem enviar currículo para este site .

Já a Liv Up, startup de alimentação saudável e prática, está com mais de trinta vagas abertas para diferentes áreas, como Branding, Data, Marketing, Produção e Financeiro, nos escritórios de São Paulo e Barueri (SP). Para se candidatar, basta acessar o link .

No Promobit, social commerce que reúne as melhores ofertas da internet, são atualmente seis vagas abertas. Duas para desenvolvedor mobile, duas para desenvolvedor BackEnd, uma para account manager e uma para engenheiro de dados. Para se inscrever, acesse o site .

A Qranio, plataforma mobile usa gamificação para estimular seus usuários com conteúdos educacionais, também está com algumas vagas abertas. São duas para programador web e duas para programador mobile. Para se candidatar basta enviar currículo para o e-mail . A startup não tem nenhum pré-requisito, o que vale é o teste que empresa envia para checar os conhecimentos em programação dos interessados.

A GeekHunter, empresa de tecnologia com soluções voltadas para o mercado de recrutamento de desenvolvedores de software, está com cinco vagas em aberto, Gestor Comercial, Analista de Mídia de Performance, Inside Sales (Pleno e Sênior) e Analista de Recrutamento e Seleção. Os interessados pode acessar as vagas e se candidatar no próprio site da empresa .

Leia também: Bolsonaro volta atrás e pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

Em constante crescimento no mercado, a Consolide sua Marca, startup que vem revolucionando a forma de registrar as marcas de micro e pequenas empresas, está com vagas abertas para Coordenador de Canais, Analista de Mídia Paga, analista de UX, Auxiliar Jurídico e Consultor de Marcas (cadastro reserva). Para mais informações, basta acessar o site .

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana