conecte-se conosco

Mato Grosso

Mato Grosso realiza visita técnica à Rondônia para promover a cultura do café

Publicado

Gestores e técnicos ligados à cadeia produtiva do café participam nesta quarta-feira (15.05) em Porto Velho (RO) do intercâmbio promovido entre os estados para a revitalização da cultura cafeeira. A equipe pretende buscar informações e oficializar parcerias para o fomento da cadeia em Mato Grosso. Rondônia é o quinto maior produtor de café do país e está entre os três maiores estados produtores da espécie Coffea Canephora.

A iniciativa do encontro é da Secretaria de Agricultura Familiar de Mato Grosso (Seaf) e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), em parceria com a Secretaria de Agricultura de Rondônia (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) e Embrapa Rondônia – referência em pesquisa e geração de tecnologia para a cafeicultura. 

A cultura do café vem passando por transformações positivas nos últimos anos no Estado em função da adoção de novas tecnologias de cultivo, principalmente pela utilização de mudas clonais e práticas adequadas de manejo.

De acordo com o Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, que participa da visita à Rondônia, além das informações técnicas para o incremento das lavouras, Mato Grosso também irá priorizar a capacitação de técnicos em novas tecnologias e o repasse de orientações aos produtores. 

Veja Também:  PM recupera duas caminhonetes roubadas, prende dois e apreende defensivos agrícolas

“O Governo de Mato Grosso, por meio da Seaf e Empaer, não medirá esforços para expandir a cultura do café pelas demais regiões do estado, assegurando competitividade à nossa produção, não apenas com o aumento na oferta do grão, mas em qualidade e tecnologia. A garantia de aumento na renda do pequeno produtor é outro dos nossos objetivos, senão o principal”, concluiu Silvano.     

Câmara setorial 

Entre as decisões para alavancar a cafeicultura em Mato Grosso, será proposta ao Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS) a criação da Câmara Setorial do Café. Na visita, o secretário Silvano Amaral deve oficializar o convite para que a Embrapa Rondônia integre a Câmara.  

As Câmaras Setoriais são importantes ferramentas para a discussão dos diversos elos da cadeia produtiva, reunindo entidades representativas de produtores, instituições governamentais, terceiro setor, iniciativa privada e outros parceiros do segmento.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Atendimento para emissão de RG pode ser agendado pelo Ganha Tempo

Publicado

A emissão de RG e a entrega das carteiras de identidade poderão ser agendadas pelo cidadão no site do Ganha Tempo, ou a partir do telefone 0800 645 3310. O requerente poderá escolher a data e os horários para ser atendido, evitando filas e reduzindo o tempo de espera.

O sistema de agendamento está em funcionamento em todas as unidades do Ganha Tempos  (Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Sinop).

Para ter acesso ao serviço, é necessário fazer o cadastro no site com os dados pessoais, escolher a cidade e o serviço desejado, selecionar a unidade, data e horários disponíveis. Em seguida, é preciso confirmar o agendamento, anotar a senha informada e comparecer no local no dia e horário agendados.

Desde a inauguração das novas unidades do Ganha Tempo, a coleta das impressões digitais, da fotografia e da assinatura são realizadas com o auxílio de kits de leitura biométrica. Com a inovação, não é preciso que o requerente apresente a fotografia, pois ela é tirada no local.

Foto: Haillyn Heiviny/Arquivo Secom-MT

Requisitos

A solicitação do documento de identidade requer a apresentação de certidão de nascimento ou casamento originais. A primeira via da cédula de identidade é gratuita, e a para a emissão da 2ª via é cobrada a taxa de R$ 70,09. O boleto para pagamento pode ser obtida no Portal da Segurança.

Veja Também:  Unidades sociassistenciais garantem atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência

Já para a opção do cartão de identidade, em material de policarbonato, o valor da taxa é de R$ 99,53.

Desde que o interessado solicite, o Documento de Identidade poderá conter outros dados opcionais, devendo o requerente apresentar documento que comprove a numeração durante o atendimento no Posto de Identificação.

Mais informações sobre a emissão do RG podem ser obtidas no site da Politec ou no telefone 0800 647 8987. Informações sobre o atendimento do Ganha Tempo são prestadas no telefone 0800 645 3310.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Inscrição para vaga de analista de meio ambiente termina quinta-feira (23)

Publicado

As inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à seleção e contratação temporária de analistas de Meio Ambiente para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema/MT) se encerram nesta quinta-feira (23), às 23 horas e 59 minutos.

A inscrição deve ser efetuada somente pela internet (www.unemat.br/seletivos). A taxa de inscrição é no valor de R$ 120, pagável até o dia 24 de maio, em qualquer agência bancária ou internet. São 50 vagas, das quais 45 para ampla concorrência e cinco para pessoas com deficiência, além de formação de cadastro de reserva.

O cargo de analista de Meio Ambiente exige diploma de graduação em Ciências Biológicas, Engenharia Agrícola, Engenharia Agronômica, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Geografia, Geologia ou Gestão Ambiental. A remuneração é de R$ 7.003,16, para 40 horas semanais de atividades, e atuação no município de Cuiabá.

Envio de documentação

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar os arquivos digitais com os documentos pessoais em PDF na seguinte ordem: RG, CPF e Diploma de Graduação (frente e verso). Poderá ser enviado o histórico oficial, caso o diploma ainda não tenha sido expedido.

Veja Também:  Unidades sociassistenciais garantem atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência

No passo seguinte, os documentos comprobatórios para pontuação na avaliação de títulos deverão ser organizados e anexados em PDF, na seguinte ordem: 1) Documentos comprobatórios da pontuação de titulação; 2) Documentos comprobatórios da pontuação de cursos e 3) Documentos comprobatórios da pontuação de experiências profissionais.

Avaliação

Primeira etapa – avaliação da inscrição: Divulgada em 05 de junho, com caráter eliminatório. Terá a inscrição indeferida o candidato que não atender ao estabelecido no Edital, não anexar os documentos listados, não possuir formação exigida ou anexar documentação incompleta.

Segunda etapa – avaliação de títulos: Os títulos serão avaliados por banca examinadora constituída especialmente para essa finalidade. Somente serão pontuados os itens exigidos na Tabela de Barema (anexo do edital). O resultado da Avaliação de Títulos será divulgado em 07 de junho.

Serão classificados neste processo seletivo somente os candidatos não eliminados, classificados segundo a ordem decrescente da pontuação.  Os aprovados serão contratados por 12 meses, contados a partir do efetivo exercício, podendo ter seus contratos aditivados mediante necessidade comprovada.

Veja Também:  PM inicia curso de qualificação voltado a cabos e sargentos

O processo seletivo será executado pela Assessoria de Gestão de Concursos e Vestibulares da Universidade do Estado de Mato Grosso (Covest/Unemat). Toda publicação deste processo seletivo será divulgada no Diário Oficial do Estado e no endereço eletrônico www.unemat.br/seletivos.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Produtores de algodão pedem mais segurança e vão atuar em parceria com a Sesp

Publicado

Produtores de algodão devem firmar parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para melhorar o monitoramento das propriedades rurais. Eles estiveram, nesta terça-feira (21), reunidos com o titular da pasta, Alexandre Bustamante, conheceram o Centro Integrado de Comando e Controle e o uso da tecnologia para combate ao crime.

Eles pediram agilidade nas investigações sobre roubos de defensivos agrícolas nas propriedades rurais na região Médio-Norte e descobrir quem são os receptadores desses produtos.

“Nós temos ultimamente bastante ataques na região de Deciolândia, Campo Novo do Parecis, Diamantino, Brasnorte, Nova Maringá, Tapurah. Os bandidos chegam e causam um terrorismo muito grande com as famílias dos trabalhadores”, destacou o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Demerval, vai agendar uma reunião com o diretor de interior e os delegados regionais com os produtores rurais para dar uma resposta mais rápida nas investigações sobre esses tipos de crime.

O produtor rural Eraí Maggi também cobrou que a polícia possa dar uma resposta rápida em prender essas quadrilhas especializadas em roubos nas propriedades rurais.

Veja Também:  MTI e Detran restabelecem conexão com o Sistema Nacional de Gravames

“Espero que o nosso pessoal da segurança possa oferecer uma atenção rápida a tudo isso. Podemos ver alguma parceria com o governo, a partir dessa ferramenta com câmeras, e nas concessões de estradas que estão sendo feitas, para que os produtores rurais possam cuidar dessas estradas. Acredito que podemos nos juntar para maximizar o trabalho”.

O secretário Alexandre Bustamante avaliou que a reunião foi muito positiva e assegurou que há investigações em andamento. Segundo ele, a parceria com os produtores rurais para instalação de câmeras nas propriedades rurais e as imagens geradas para o Centro de Comando e Controle será um grande aliado no combate ao roubo nas fazendas.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana