conecte-se conosco

Entretenimento

Miss Rondonópolis 2019 tem garota do bairro Padre Lothar

Publicado

Tainá Melo, moradora do bairro Padre Lothar e participante do concurso.

No próximo dia 21/12, no Miami hotel em Rondonópolis acontece mais um concurso do Miss Rondonópolis, que tem como Organizador do evento o já conhecido promoter, Ronaldo Dias. Várias garotas participarão do concurso que elegerá a mais bela garota da cidade, um detalhe importante chama atenção desta edição, a jovem Tainá Melo de 19 (dezenove anos) moradora do residencial Padre Lothar é uma das concorrentes ao titulo de Miss.

Veja Também:  Além de Danny DeVito: atores que podem viver o Wolverine no cinema
publicidade

Entretenimento

“Killing Eve” e a revolução feminina no universo da espionagem

Publicado

Se você já ouviu falar de Phoebe Waller-Bridge você está em dia com um dos nomes mais quentes do entretenimento no momento. A atriz e roteirista britânica, canceriana de 33 anos, é a grande fiadora de um movimento que ganha forma na cultura pop atual, as mulheres dominando a espionagem .

Leia também: “Easy” observa angústias inerentes às relações amorosas em seu ano final


Phoebe Waller-Bridge
Divulgação

Phoebe Waller-Bridge é o principal expoente da revolução feminina no universo da espionagem

É de Phoebe a produção executiva e o argumento de “Killing Eve”, aclamada série que propõe um jogo de gato e rato entre uma agente do MI6 e uma espiã assassina. A segunda temporada da produção estreia nesta sexta (24) no Globoplay. Ela também supervisiona o roteiro do próximo filme de James Bond.

O texto de Phoebe se notabiliza pelo humor cortante. Pense em Vilanelle, a irresistível psicopata vivida por Jodie Comer em “Killing Eve” e dá pra entender a razão dela estar envolvida no próximo Bond. Mas o que Phoebe faz é muito mais profundo que isso. Ela é a principal face de uma rotação inédita neste universo da espionagem na cultura pop.

Veja Também:  Christina Rocha sobre críticos de “Casos de Família”: “Quero que eles se ferrem”

Killing eve
Divulgação

Segunda temporada de “Killing Eve” estreia nesta sexta-feira (24) no Globoplay

Ela escreve personagens femininas complexas, inusitadas e envolventes. Uma psicopata mulher não é algo que se encontre em produções por aí e faz parte do charme da série exibida pelo Globoplay .

O despertar como criadora veio com as séries “Crashing” e “Fleabag”, cuja segunda temporada estreou recentemente no Amazon Prime Video, que misturavam humor e melancolia sem qualquer vestígio de correção política e comedimento.

Leia também: Com Superman do mal, “Brightburn” aborda o terror de maneira criativa

Ter alguém como Phoebe à frente de uma produção que pensa a mulher além da redistribuição de cotas imperativas no cenário cultural atual é importantíssimo. Veja o exemplo de “Hana”, outra série ambientada no universo da espionagem e com uma protagonista feminina.

A produção, também do Amazon Prime Video, é adaptada do filme homônimo de Joe Wright lançado em 2011, mas não apresenta a mesma sustância narrativa e o mesmo viés subversivo de “Killing Eve”.

Legado


Hana
Divulgação

Cena de “Hana”: mulheres à frente de histórias de espionagem

Da espanhola “O Tempo entre Costuras” (2013) a prestigiada “Homeland” (2011-atual), passando por “The Americans” (2013-2018), “Agent Carter” (2015-2016) e “Jessica Jones” (2015-2019), as mulheres mergulharam com força neste universo ao longo desta década.

Veja Também:  Lan Lanh faz 51 anos e recebe homenagem de namorada Nanda Costa

Leia também: Deliciosamente exagerado, “Aladdin” faz a linha cafona, mas cativa pelo charme

“Killing Eve” e Phoebe Waller-Bridge são a maior expressão de uma tendência que se avolumou nos últimos anos na cultura pop com séries focando em mulheres às voltas com o universo da espionagem. Agora, Bond, maior símbolo tanto de masculinidade como da  espionagem , empresta um pouco desse fôlego para continuar relevante.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Marido de Carlinhos Maia chora ao defendê-lo: “Não deixarei falarem assim dele”

Publicado

Na noite desta Lucas Guimarães saiu em defesa de Carlinhos Maia, depois que o marido se desentendeu publicamente com Whindersson Nunes e a cantora Luísa Sonza.

Leia também: Casamento de Carlinhos Maia promove encontro entre Safadão e Mileide


Carlinhos Maia
Reprodução Instagram

Marido de Carlinhos Maia


Leia também: Fotos do casamento de Carlinhos Maia dão a entender que festa foi entediante

“Eu sei quem é o Carlinhos. Eu durmo com ele todos os dias. Eu jamais ficaria com ele sem que correspondesse as minhas expectativas. Eu não vou deixar vocês falarem assim dele, da pessoas que eu mais amo. O Carlinhos erra, é humano, foi lá e pediu desculpas”, desabafou Lucas Guimarães , marido de Carlinhos Maia , em meio prantos.

Leia também: Carlinhos Maia debocha da depressão de Whindersson Nunes

Os dois humoristas e influenciadores digitais se desentenderam às vésperas do casamento de Carlinhos Maia , do qual Whindersson Nunes seria padrinho, mas desistiu por estar enfrentando um severo quadro de depressão.

Fonte: IG Gente
Veja Também:  Além de Danny DeVito: atores que podem viver o Wolverine no cinema
Continue lendo

Entretenimento

Após atrito com Whindersson, Carlinhos Maia exclui conta no Instagram

Publicado

Nesta quinta-feira (23) Carlinhos Maia se desentendeu com Whindersson Nunes no Twitter. Após ser criticado por  debochar da depressão do Youtuber, o humorista compartilhou um vídeo em sua conta do Instagram . Porém, momentos depois resolveu o comediante recém-casado resolveu excluir seu perfil na rede social.

Leia também: Fotos do casamento de Carlinhos Maia dão a entender que festa foi entediante


Carlinhos Maia
Divulgação

Carlinhos Maia

Carlinhos Maia não comunicou o motivo de ter excluído sua conta no Instagram, mas internautas especulam que seja pela briga com o ex-parceiro de palco, Whindersson Nunes .

Leia também: Casamento de Carlinhos Maia promove encontro entre Safadão e Mileide

Além da polêmica com Whindersson, Carlinhos Maia era frequentemente criticado nas redes sociais, principalmente no Instagram , por não aderir e defender a bandeira LGBTQ+. 

Fonte: IG Gente
Veja Também:  Casamento, série e protagonista no cinema: o ano de SophieTurner
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana