conecte-se conosco


Policial

Mulher arranca pedaço da língua de homem durante tentativa de estupro em Rondonópolis

Publicado

Uma mulher diz ter arrancado parte da língua de um homem que tentou estuprá-la na madrugada deste sábado (3), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, o suspeito teria fugido e não foi encontrado.

Segundo o boletim de ocorrência, foi encontrada ao solo numa estrada que liga Rondonópolis ao Distrito de Campo Limpo.

Segundo a PM, a mulher não quis informar dados e características físicas do suspeito.

À polícia, ela contou que o homem a pegou no Bairro Vila Mineira e a levou até o local para tentar estuprá-la. Em depoimento, a vítima relatou ainda ter sido agredida com chutes e murros na cabeça.

Para se defender, ele mordeu a língua do suspeito e arrancou um pedaço, fazendo com que ele fugisse.

Em depoimento, a vítima contou ter sido agredida com chutes e murros na cabeça. Policiais fazem um cerco nas unidades de saúde na expectativa de que o suspeito procure atendimento.

publicidade

Policial

Governo paga 13º dos servidores em parcela única no dia 20

Publicado

Governador Mauro Mendes destacou medidas que possibilitaram a quitação deste direito

Lucas Rodrigues | Secom-MT

O Governo do Estado vai pagar o 13º salário de todo o funcionalismo público referente a 2019 no dia 20 de dezembro, em parcela única.

A decisão foi anunciada pelo governador Mauro Mendes nesta terça-feira (10.12), durante reunião com secretários de Estado, adjuntos, chefes de autarquias e fundações do Executivo e deputados eataduais.

Além de garantir o direito dos servidores, o pagamento em dia do 13º deve injetar na economia do Estado um acréscimo superior a R$ 500 milhões.

De acordo com o governador Mauro Mendes, a notícia positiva ao funcionalismo só foi possível graças a uma série de medidas necessárias adotadas desde o início do ano, a exemplo da reforma administrativa (que fundiu e extinguiu secretarias), a renovação do Fethab e a renegociação da dívida com o Bank Of America.

“Fizemos um verdadeiro pente-fino nos contratos, garantindo redução das despesas com manutenção, energia, internet, telefone, combustível. Também colocamos em prática um controle rigoroso dos gastos com o custeio das secretarias e despesas com pessoal, obtendo mais resultados com custos menores”, frisou. 

Veja Também:  Polícia Civil recupera em Cuiabá veículo roubado no estado de São Paulo

“Agradeço muito a Assembleia Legislativa. Não há como implementar as medidas sem o apoio da Assembleia. Tudo o que nós fazemos vem do bolso do contribuinte. E é para esse cidadão que o Estado precisa voltar seus olhos. É na adversidade que normalmente a civilização produz mais conhecimento, pois os problemas nos obrigam a produzir soluções. Precisamos devolver à sociedade aquilo que ela espera de todos nós”, completou o governador.

Conforme o chefe do Executivo, nada disso seria possível sem o trabalho de todos os servidores públicos. 

“Essa notícia é resultado de trabalho sério, com planejamento e engajamento dos servidores. Muita gente trabalhou para isso e o que resta é dizer meu muito obrigado e que me sinto honrado por estar ao lado de vocês”.

Mendes destacou que a forma determinada com a qual o Estado tem agido para recuperar o dinheiro desviado pela corrupção e para combater a sonegação fiscal também contribuiu para a garantia do pagamento em dia.

“Firmamos parcerias com os órgãos de controle e fortalecemos o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), de forma a não só prevenir que a corrupção se estabeleça, mas para que o dinheiro desviado retorne aos cofres públicos”, citou. 

Veja Também:  Polícia Civil apreende armas e munições durante buscas na zona rural de Cáceres

O governador lembrou que apesar de Mato Grosso ainda não ter recebido os recursos provenientes do leilão do pré-sal, tampouco os valores do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX), ainda assim o 13º pôde ser garantido pela administração. 

“Antes de cobrar dos outros, precisamos fazer o nosso dever de casa. Enxugamos, cortamos na própria carne, tomamos medidas necessários e esse grande esforço para consertar o nosso Estado nos garantiu essa notícia positiva ao funcionalismo e à sociedade”.

“Graças a Deus, ao esforço de muitos e a essa eficiência no controle da despesa e no incremento da receita retomamos o pagamento único no dia 10. Pequenos gestos trazem eficiência no controle da despesa e no incremento da receita. E por isso é com muita felicidade que anúncio que no dia 20 os servidores receberão o décimo terceiro na conta”, comemorou.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Melhorias das estruturas policiais e nova sede são desafios do próximo ano

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A conclusão das obras de delegacias no interior do estado, a mudança de sede de unidades da capital e o início da construção da sede própria da Polícia Judiciária Civil estão entre algumas das metas definidas pela instituição para o próximo ano. O balanço das obras entregues, das que estão em andamento e em projeto foram apresentados aos servidores das 15 regionais da instituição durante a última reunião gerencial do ano.

A sede própria é um antigo desejo da instituição, cuja administração funciona em um prédio locado e que não atende mais a necessidade de estrutura. O projeto arquitetônico e o executivo estão prontos e o recurso alocado. A nova sede será erguida em uma área no Centro Politico Administrativo, próxima ao Detran.

Diante dos desafios de garantir melhor estrutura para as unidades da Polícia Civil, que se reflete nos trabalhos prestados à sociedade, o delegado-geral Mário Dermeval Aravéchia de Resende, destacou as parcerias que possibilitaram garantir espaços adequados e dignos para servidores e para o atendimento à população.

“São muitas as parcerias e fundamentais para que chegássemos aqui, para que possamos dar sequência a este projeto que é ter uma sede própria, com estrutura adequada, com espaços que abriguem todas as áreas administrativas da Polícia Civil”, frisou o delegado-geral, falando também das novas delegacias que foram entregues neste ano e das que estão programadas para 2020.

Entre as obras previstas para conclusão no próximo ano, todas com apoio e parcerias de instituições e das comunidades de cada município, estão as delegacias de Sorriso, de Campo Verde, a de Matupá e o anexo da Regional de Juína onde funcionará o Núcleo de Inteligência A diretoria da Polícia Civil também está com projeto em andamento para reforma do antigo prédio da Procuradoria-Geral do Estado que abrigará a Delegacia Especializada de Meio Ambiente e a Gerência de Combate ao Crime Organizado.

Para a nova delegacia de Campo Verde, o terreno foi doado pela Prefeitura Municipal e o prédio será construído com recursos de doações de vários segmentos da sociedade. O projeto arquitetônico foi elaborado pela Diretoria de Execução Estratégica da PJC e contempla um prédio com 719 metros quadrados de edificação térrea, dentro de um terreno de 3 mil m², já pensando em possível ampliação da unidade. O imóvel terá seis salas para cartórios, três gabinetes para delegados, duas salas da mulher, duas salas para os investigadores de polícia, sala para guarda de armamento e materiais, quatro celas e demais dependências administrativas. O recurso destinado a construção será coordenado pelo Conselho Municipal de Segurança Pública.
 

Veja Também:  Irmãos acusados de homicídio e ocultação de cadáver são presos em Poxoréu

A construção da Delegacia de Sorriso, obra em andamento, é um dos exemplos de parceria firmados pela Polícia Civil para dar melhor estrutura às atividades da instituição. Por meio da celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta, celebrado pelo MPE com uma empresa hidrelétrica da região, foi destinado recurso de compensação ambiental, cuja parte no valor de R$ 891 mil foi para a construção da delegacia. A nova delegacia terá um espaço terá 1.150 m² e abrigará serviços ordinários e especializados de investigação policial, garantindo qualidade no atendimento à população e melhores condições de trabalho aos policiais.

Na região médio norte são duas as delegacias construídas por meio de parcerias – Sorriso e Nova Ubiratã. “As tratativas para essa parceria em Sorriso foram iniciadas em 2016. O projeto arquitetônico foi elaborado pela equipe de gerência de obras da Diretoria de Execução Estratégica, com padronização e identidade visual, englobando toda a estrutura física, tendo como um dos objetivos fortalecer a imagem da Instituição”, explicou Mário Dermeval.

Nova delegacia de Matupá

Em Nova Ubiratã, a prefeitura e o Ministério Público Estadual são parceiros na construção da nova unidade – o município fez a doação do terreno e a celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta do MPE possibilitou a destinação de recursos de ação penal, no valor de R$ 633 mil para a obra.

O projeto arquitetônico foi elaborado pela equipe de Gerência de Obras da Diretoria de Execução Estratégica da PJC, de acordo com a padronização estrutural e cores adotadas pela instituição. De acordo com a vice-prefeita de Nova Ubiratã, Eliani Ross, a administração Municipal, em conjunto com o Conselho Municipal de Segurança Pública, pretende abrir vagas para estagiários que atuarão na área administrativa da delegacia, possibilitando que os policiais se dediquem à atividade-fim.

Em Matupá, no norte do estado, a nova sede da delegacia municipal está em construção, em uma união de esforços entre Conselho Comunitário de Segurança, Ministério Público Estadual, Poder Judiciário e sociedade civil organizada.

Delegacias inauguradas em 2019

Em 2019, foram inaugurados prédios das Delegacias de Porto Esperidião, de Pontes e Lacerda, Jauru, Vila Rica, Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Cáceres e Alta Floresta.

Na região oeste do estado, quatro municípios receberam novas sedes e reforma de um prédio das delegacias da Polícia Civil. Com novas estruturas físicas, melhores condições e adequações, a Delegacia de Polícia de Jauru (425 km a Oeste) trocou de prédio e Delegacia Regional de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste) foi revitalizada, ambas para melhor prestação do serviço policial nas localidades.

Veja Também:  Campanha Natal Solidário arrecada donativos para Pastoral do Migrante de Cuiabá e para ONG de proteção aos animais

Por meio de parceria com o Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e demais setores da sociedade civil organizada, mais de R$ 300 mil foram investidos na manutenção e reforma das duas delegacias de polícia.

Já a nova Delegacia de Polícia de Porto Esperidião foi instalada por meio do Termo de Cooperação nº. 0368/2017, firmado entre a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso, através da Polícia Judiciária Civil e a Prefeitura Municipal de Porto Esperidião.

A unidade funciona desde março deste ano em um imóvel locado pela Prefeitura Municipal, no centro da cidade. A delegacia conta com salas apropriadas e ambientes adaptados para os trabalhos policiais, bem como para servir o cidadão.

Em Cáceres, a Delegacia Especializada de Mulher, Criança e Idoso, uma das seis instaladas no estado destinadas a este público específico, ganhou um novo espaço em agosto passado. A unidade, cuja titular é a delegada Judá Maali Marcondes, desenvolve atividades em parceria com o Alcoólicos Anônimos, com palestras para agressores e com o Ministério Público Estadual, por meio do projeto Luz, em que uma psicóloga faz atendimento com crianças agredidas, com depoimento sem dano, para que ela não precise reviver os momentos de trauma mais de uma vez durante o processo judicial.

A nova sede atua com atendimento mais humanizado à vítima. As crianças vítimas de violência tem uma brinquedoteca para quando forem ouvidas em casos de violência e abuso sexual. “Temos o objetivo de combater a violência doméstica, trabalhando não só a repressão, mas na prevenção dos crimes, fazer um atendimento mais humanizado para mulheres, crianças, adolescentes e idosos”, disse a delegada.

No norte do estado, a delegacia de Alta Floresta ganhou uma sede nova em setembro. A nova unidade tem salas para todos os serviços policiais, como cartórios administrativos, celas, pátio para guarda de veículos, ambiente climatizado e a pintura foi padronizada nas cores da nova identidade visual da Polícia Civil. 

O prédio anterior não comportava mais a estrutura, onde funcionou a delegacia de Alta Floresta por 40 anos. Com aumento das equipes de trabalho, o local anterior tornou-se pequeno, além dos problemas estruturais do prédio. “É um privilégio poder trabalhar com estrutura como essa, pois estou há pouco tempo atuando no município. Temos agora um espaço adequado para todos os servidores”, comemorou o delegado municipal, Vinicius Nazário. 

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende mãe e filha e contratavam menores para atuar com tráfico na Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um ponto de venda de drogas coordenado por mãe e filha foi desarticulado pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (09.12), no bairro Vista Alegre em Cuiabá. A ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) resultou na prisão em flagrante das suspeitas e na apreensão de dois menores que auxiliavam o comércio ilícito.

A mãe, M.J.B., 39 e a filha, J.B.S., 19, foram autuadas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico com aumento de pena por envolvimento de menores de idade. Os adolescentes. J.C.C.S., 17, e J.G.N.A., 16, responderão por ato infracional de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações iniciaram após a equipe da DRE receber informações sobre a venda de drogas, próxima a uma gráfica no bairro Vista Alegre, na Capital. Segundo as informações, a suspeita M.J.B. era a responsável pelo entorpecente e contratava os menores para atuar na venda.

Com base nas informações, os policiais passaram a monitorar a região, conseguindo visualizar toda a movimentação típica do comércio ilícito. Após uma entrega, foi realizada a abordagem do usuário, sendo apreendidas três pedras de pasta base de cocaína.

Veja Também:  Polícia Civil apreende armas e munições durante buscas na zona rural de Cáceres

Em continuidade as diligências, os investigadores da DRE realizaram a abordagem de um dos menores que atuava na venda, que foi surpreendido com 10 porções de pasta base de cocaína, embaladas para venda.

Com as informações passadas pelo adolescente, os policiais chegaram a residência das suspeitas (mãe e filha) responsável pelo repasse da droga que era vendida aos usuários. Com as suspeitas, os policiais apreenderam duas pedras de pasta base de cocaína, que elas tentaram dispensar no momento em que perceberam a aproximação da equipe.

Com a mãe foi apreendido R$ 30 e com a filha R$ 220 relacionados ao comércio de entorpecentes. Diante das evidências, as duas mulheres e os dois menores foram conduzidos a DRE, onde após os interrogatórios e oitivas foi lavrado o flagrante.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana