conecte-se conosco


Entretenimento

Musicais captaram R$ 46,8 milhões pela Lei Rouanet em 2018

Publicado

Os musicais serão um dos segmentos mais afetados pelas mudanças na Lei de Incentivo à Cultura (antiga Lei Rouanet). Em 2018, 43 espetáculos captaram um total de R$ 46,8 milhões. Deste grupo, nove produções conseguiram mais de R$ 1 milhão em patrocínios. 

Leia também: “Não vejo porque a lei deve patrocinar o Cirque du Soleil”, diz Osmar Terra


lei Rouanet
Divulgação

“Bem Sertanejo” lidera lista dos musicais que mais captaram verba pela lei Rouanet

Quem lidera a lista é o musical “Bem Sertanejo”, que captou R$ 7,4 milhões da Lei Rouanet em 2018 para a sua terceira temporada e mais R$ 3,5 milhões para a quarta. Em seguida, vem “Billy Eliot”, com R$ 6,7 milhões, e “Merlin”, com R$ 5,5 milhões. O levantamento foi feito pelo Núcleo de Dados do Globo , a partir de números divulgados pelo Ministério da Cultura (MinC).

Leia também: Mudanças na Lei Rouanet serão divulgadas oficialmente e dividem produtores

Seguindo a tendência de outras áreas, a maior parte das produções é de São Paulo, onde 18 projetos conseguiram captar a partir da Lei de incentivo à Cultura R$ 27,7 milhões. Em segundo lugar, vem o Rio de Janeiro, com 15 projetos que captaram R$ 15,2 milhões e, em terceiro, Minas Gerais, com três musicais no valor de R$ 3,2 milhões. O Ceará foi o único estado do Nordeste onde uma produção conseguiu captar: o musical “Tudo é Amor, o musical” conseguiu R$ 240 mil em patrocínios.

Veja Também:  Em “Órfãos da Terra”, Laila descobre farsa de Dalila

Leia também: Lei Rouanet vai mudar de nome e passará a ter teto de R$ 1 milhão

Apesar das altas cifras de algumas produções, a maioria dos projetos de teatro musical apresentados no MinC não obteve sucesso. Ao todo, 162 produções foram habilitadas a captar pela Lei Rouanet , mas não conseguiram um patrocínio que as viabilizasse. 

Fonte: IG Gente
publicidade

Entretenimento

Para viver Chaves em musical, Mateus Ribeiro explorou a essência de Bolaños

Publicado

source

Depois de se despedir da Terra do Nunca, Mateus Ribeiro se prepara para outro grande desafio: viver o icônico Chaves em um musical inédito. Se antes ele precisou voar e fazer acrobacias na pele de Peter Pan, agora, o ator precisou extrair a essência de Roberto Gómez Bolaños, criador do “Chaves”, para conseguir apresentar ao público um tributo a obra desse grande nome do humor.

Leia também: Com muita energia, Arthur Berges é a estrela de “Escola do Rock”

Mateus Ribeiro, Chaves arrow-options
Divulgação

Mateus Ribeiro fala do desafio de viver o Chaves em um musical inédito


“Que responsabilidade. Estou entrando em um local novo, fazendo um personagem que já existe. O Peter Pan também existe, mas não tem um ator específico que fez ele, é diferente do Chaves , que a voz, o jeito de andar, a aparência já estão no imaginário das pessoas”, falou Mateus em entrevista ao iG .

O ousado espetáculo “ Chaves – Um Tributo Musical ” estreia no próximo dia 23 de agosto, no Teatro Opus, em São Paulo. O detalhe é que essa é a primeira vez que um espetáculo desse tipo é licenciado pelo Grupo Chespirito e pelo SBT . Heriberto Lopez de Anda, que foi assistente do Bolaños por anos na direção do seriado, veio ao Brasil acompanhar o ensaio e gostou muito do que viu.

“O Heriberto já viu muitas montagens não autorizadas de ‘Chaves’ e disse que as pessoas sempre ficam fazendo imitações. Ele falou que nós pegamos a essência dos personagens e que estamos, literalmente, fazendo um tributo”, contou Mateus que também ouviu do diretor: “Acho que o Bolaños ficaria muito feliz em ver essa homenagem”.

Veja Também:  Príncipe Harry e Meghan Markle são criticados por usar jatinho em viagem

Preparação e descobertas

Chaves arrow-options
Divulgação/Rafael Beck

“Chaves – Um Tributo Musical” é uma homenagem a criação de Bolanõs

O “Chaves” possui um grande fã clube no Brasil e o protagonista do musical conversou muito com eles nesse processo. Além disso, assistiu a muitos episódios para conseguir captar os detalhes desse menino órfão. “O medo da reação do público existe, mas é uma mistura de coisas. Eu sempre fugi de personagens que já existiam porque eu não me considero um imitador, sempre preferi fazer personagens que eu pudesse criar”, confessa.

Entretanto Mateus foi convidado para fazer o teste e acabou cedendo. “O diferencial desse espetáculo é que somos todos atores, ninguém é imitador. Estamos entrando nesse universo e quem vier para assistir com a ideia de que é um tributo vai embarcar nesse espetáculo. Acho que as pessoas vão se surpreender de forma positiva.”

Leia também: Grandiosa montagem de “Peter Pan” traz voo, magia e encanto para os palcos

Durante a pesquisa, Mateus descobriu um Chaves diferente do que ele via na tela do SBT . “Descobri tantas coisas simples, por exemplo, a bota que ele usa é grande porque ele ganhou do Seu Madruga, ele não mora no barril só se esconde lá e ele mexia tanto a mão porque o Bolaños sofreu um acidente do set, cortou a mão e precisava mexer como um exercício da fisioterapia”, comenta o ator.

Outro desafio foi a questão da música. Mateus focou na voz do dublador por ser mais conhecida do grande público, mas o dublador não era um cantor e em um musical cantar bem é um requisito. “Tivemos uma preocupação de trazer qualidade na música sem deixar de lado as características do personagem. Preciso apresentar o Chaves cantando, mas sem desafinar”, fala aos risos. Vale ressaltar que o espetáculo é uma história inédita e não terá apenas cenas na vila.

Veja Também:  Rachel Sheherazade fala sobre ser afastada da bancada: “Fui pega de surpresa”

Bob Esponja incerto

Mateus Ribeiro arrow-options
Reprodução/Instagram/@mateusribeir0

Mateus Ribeiro pode viver Bob Esponja em musical previsto para 2021

Além de viver o menino que não queria crescer e o da vila mais famosa do país, Mateus foi anunciado como o protagonista do musical “ Bob Espoja ” – um recente espetáculo da Broadway que foi muito elogiado pela crítica internacional. “O Bob Esponja é muito incerto, ele está previsto para 2021. Não sei como será até lá, se eu realmente serei o Bob, vai depender de muitas questões”, afirma.

Com as mudanças na Lei de Incentivo à Cultura, montar espetáculos desse porte ficará cada vez mais complicado. “Rola um medo de toda a classe de como será no futuro, mas há uma esperança de que as coisas vão se ajeitar. A arte não precisa de muita coisa para existir, a gente pode parar de se apresentar em espetáculos dessa grandiosidade, mas vamos continuar nos apresentando. Quero muito fazer o Bob, espero que role”, enfatiza.

Leia também: Musical “Sunset Boulevard” explora lado trágico de Marisa Orth

O intérprete de Chaves sabe que está em um importante momento da carreira, mas diz que gosta de manter os pés no chão. “Não existe um lugar cômodo, a gente tem que sempre estar correndo atrás. Eu comecei sendo ator em Fortaleza com 10 anos, meu contato com o musical aconteceu em Brasília e descobri que eu poderia trabalhar com isso. Hoje eu tenho vontade de fazer audiovisual e sei que no momento certo vai acontecer.”

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Elogiado em novela e no “Dança dos Famosos”, Kaysar cresce e aparece na Globo

Publicado

source

O sonho de muitos ex-participantes do “Big Brother Brasil” é se manter na televisão e quem está conseguindo consolidar seu espaço é o sírio Kaysar Dadour, que esteve na última edição do reality show da Globo . Depois de participar da série “Carcereiros” e receber convite para participar da sua primeira novela, o ex-BBB foi anunciado no último domingo (18) na “Dança dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”.

Leia também: Ex-BBB Kaysar dará entrada na cidadania brasileira: “Um grande sonho”

Kaysar Dadour arrow-options
TV Globo/Paulo Belote

Kaysar Dadour está sendo elogiado por sua atuação como Fauze em “Órfãos da Terra”


Assim que saiu da casa mais vigiada do País, Kaysar entrou para o elenco de “ Órfãos da Terra ”, novela da faixa das 18h que tem como pano de fundo a questão dos refugiados no Brasil. O fato do ex-BBB ser sírio contribuiu para que ele entrasse na trama, entretanto seu bom desempenho em cena fez o personagem crescer.

Fauze, seu personagem, era um capanga totalmente fiel do sheik Aziz Abdallah (Herson Capri) que veio parar no Brasil ao tentar capturar Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes). No começo da trama, o ator mal aparecia e, nas redes sociais, as pessoas começaram a questionar se ele realmente estava no elenco.

Veja Também:  Atacada por Bolsonaristas, Paola Carosella diz: “Sou extremamente crítica ao PT”

Leia também: Emoção! Depois de sete anos separados, ex-BBB Kaysar reencontra sua família

A novela foi passando, o sheik morreu e o personagem de Kaysar conheceu a divertida Santinha (Cristiane Amorim), que trabalha na casa dos parentes brasileiros de Laila. Para conquistar o coração dela, Fauze se passou por bom moço e chegou a inventar que era o dono de uma pizzaria. Agora, ele vive um conflito por não conseguir deixar de ser capanga de Dalila (Alice Wegmann) e assumir que é um bom moço.

Crescimento notado e elogiado

Kaysar vai participar da arrow-options
Divulgação/Globo/Fábio Rocha

Kaysar vai participar da “Dança dos Famosos” com Mayara Araújo

Além do notável crescimento na novela, Kaysar está participando da “ Dança dos Famosos ” do “Domingão do Fustão”. O quadro é visto como uma boa vitrine para os artistas que participam – visto que o programa é uma das principais atrações da Globo no domingo. Nas redes sociais, o crescimento dele está sendo elogiado e comentado.

“Nem sou fã do Kaysar, mas é verdade que ele está em alta”, escreveu um seguidor no Twitter. “Atuou em ‘Carcereiros’. Atua em ‘Órfãos da Terra’. Está na dança dos famosos. E ainda acham que nós não superamos o segundo lugar no ‘BBB’. Me poupe”, comentou um fã. “Kaysar tudo que você conquistou até agora foi merecido! Parabéns pelo seu trabalho em ‘Órfãos da Terra’, estou torcendo por você na ‘Dança dos Famosos’”, postou mais um.

Veja Também:  Príncipe Harry e Meghan Markle são criticados por usar jatinho em viagem

Leia também: Kaysar se emociona ao anunciar que família vai chegar no Brasil

Ainda é cedo para dizer que Kaysar está seguindo os passos de Grazi Massafera e Sabrina Sato que, sem dúvidas, são as ex-participantes do “BBB” que deram mais certo na televisão, mas é certo que ele está trilhando bem o caminho para crescer na telinha.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Keanu Reeves polemiza ao fechar Avenida Paulista para gravar série

Publicado

source

Keanu Reeves está em São Paulo há quase uma semana para gravar a série “Conquest”, que coproduz e da qual participa como ator, e já conseguiu fechar a Avenida Paulista no último sábado (17) de manhã e chamar a atenção dos moradores do centro da cidade no domingo (18) à noite. Ambientada em um futuro distópico, a produção, que tem direção do inglês Carl Erik Rinsch, retrata a metrópole como um local de acolhimento humanitário de refugiados.

Leia também: Esse momento é dele! Keanu Reeves ganha “religião” própria

Keanu Reeves arrow-options
Divulgação

Keanu Reeves

Nas redes sociais, vários moradores da região da Avenida Paulista e do centro da cidade postaram fotos e vídeos com imagens das gravações nos dois locais. Cerca de 800 profissionais estão envolvidos na realização da série de Keanu Reeves . A O2 Filmes, de Fernando Meirelles, faz o serviço de produção local.

Leia também: Sensação! Entenda como Keanu Reeves se tornou o crush da internet

No sábado (17) de manhã, a produção passou pela Av. Paulista, entre o Museu de Arte de São Paulo (MASP) e a Rua Pamplona. Uma moradora da região Oeste disse que na manhã de sábado (17) que foi correr e se deparou com a avenida fechada, o que teria causado, segundo ela, congestionamento nas vias adjacentes.

Veja Também:  Atacada por Bolsonaristas, Paola Carosella diz: “Sou extremamente crítica ao PT”

Leia também: Keanu Reeves diz ser um homem solitário: “não tenho ninguém na minha vida”

De sábado para domingo, as gravações de ” Conquest “, série com Keanu Reeves , ocuparam o Viaduto do Chá, Praça do Patriarca, Rua Direita, Rua São Bento, Praça Ramos de Azevedo, Rua Líbero Badaró e Rua Xavier de Toledo, Rua 24 de maio, Rua Barão de Itapetininga, Rua Conselheiro Crispiniano. Os relatos dos moradores do centro na internet são de apagões e de uma chuva de fogos de artifício. Houve, inclusive, quem pensasse em arrastão.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana