conecte-se conosco


Tecnologia

Navegar na internet: principal fonte de lazer para 54% dos jovens brasileiros

Publicado

source
jovem celular arrow-options
Unsplash/Luke Porter

Jovens passam o tempo de lazer navegando na internet


Uma pesquisa revelou que navegar na internet é a principal atividade de lazer de 54% dos jovens brasileiros entre 18 e 24 anos, conhecidos como geração Z .

Depois de navegar na internet, as atividades mais frequentes são ouvir música (53%) e assistir filmes, seriados, novelas e programas em geral (51%).

O estudo, realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), mostrou, ainda, a influência da conectividade na vida desses jovens. 

Leia também: Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

A preocupação com a aparência física e a autoimagem foi bastante mencionada na pesquisa: 92% dos jovens disseram que tomam alguma atitude para ficarem mais bonitos e se sentirem bem e confiantes. Essa preocupação pode estar associada à importância que a aparência física tem no universo digital

José César da Costa, presidente da CNDL, afirma que o grau de exposição online é muito elevado, o que gera uma tendência à preocupação com a imagem.

Veja Também:  O que vale a pena comprar no Dia dos Solteiros? Fizemos a pesquisa para você

“Esses jovens estão sempre conectados e as redes sociais são extensões de sua personalidade. São pessoas cuja trajetória de vida é acompanhada de perto em postagens públicas de vídeos e fotos nas redes sociais, onde percebe-se que há uma atenção no cuidado com a própria imagem”, disse o presidente em nota à imprensa. 

O poder da influência

Outro aspecto bastante afetado pelo grande tempo que os jovens passam online é a questão da influência , sobretudo quando o assunto são as compras. No estudo, as pessoas da geração Z mostraram que valorizam as experiências de outros consumidores antes de efetuarem uma compra. 

Leia também: Instagram remove filtros de ‘cirurgia plástica’ da rede social

Para 32% deles, o depoimento de outros usuários é o principal fator de influência , enquanto as indicações de amigos aparecerem em 21% das respostas. Especialistas e profissionais influenciam 18% dos jovens em suas compras, enquanto as famílias têm influência sobre 17% deles.

“As opiniões desses jovens viralizam rapidamente e podem influenciar muito a decisão de outros clientes e potenciais consumidores . Além disso, a Geração Z está acostumada a buscar informações sobre aquilo que quer, seja por meio de amigos ou de outros usuários e consumidores que compartilham opiniões e vivências reais nas redes sociais”, afirmou Costa. 

Veja Também:  Preços sobem antes da Black Friday; confira quais produtos são mais atingidos

Apesar do online, offline ainda serve para informar

Apesar da alta conectividade dos jovens mostrada pela pesquisa, quando o assunto são meios de comunicação, o online ainda se equilibra com o offline . Quando perguntados sobre os meios que mais utilizam para assistir, ler e ouvir, 77% mencionaram modalidades offline, enquanto 68% citaram mídias online. 

Leia também: Conheça o TikTok, aplicativo que bateu o WhatsApp em número de downloads

Dentre as offline, a TV aberta liderou o ranking (48%), seguida da TV por assinatura (36%) e do Rádio (24%). Já nas mídias online, quem mais foi citado foram os portais na internet (66%), seguidos dos podcasts (11%).

Fonte: IG Tecnologia
publicidade

Tecnologia

O que vale a pena comprar no Dia dos Solteiros? Fizemos a pesquisa para você

Publicado

source
compras online arrow-options
Shuttersock

Dia dos Solteiros traz descontos que prometem ser melhores que os da Black Friday

O Dia dos Solteiros chegou até o Brasil para animar qualquer coração solitário com promoções que prometem ser melhores que as da Black Friday . Nesta segunda-feira (11) a data é comemorada na China e, tradicionalmente, vem acompanhada de promoções em todos os setores. Pela primeira vez, o site de compras Aliexpress traz a comemoração – e as promoções – para o Brasil. 

As promoções, que estão no ar no site do Aliexpress desde às 4h de hoje, se estendem até às 3h59 do dia 13 de novembro, pelo horário de Brasília. Segundo a empresa, durante o período serão cerca de US$300 milhões em descontos em todo o mundo.

Leia também: Melhor que Black Friday: Dia dos Solteiros chega ao Brasil com descontos de 70%

iPhone, Huawei e Xiaomi têm bons descontos

Para ter garantia de que está pegando bons preços durante o Dia dos Solteiros , a principal dica é segurar um pouco a empolgação e pesquisar. Alguns itens realmente estão com valores bastante atraentes, enquanto outros podem ser encontrados mais em conta aqui no Brasil. 

Em comparação com o preço mais baixo encontrado pela reportagem no Brasil, o iPhone 11 , por exemplo, pode ser comprado por R$514 a menos no Dia dos Solteiros do Aliexpress . As diferenças de valores ficam ainda maiores quando procuramos por produtos chineses, como os da Huawei ou da Xiaomi . O Mi 9 pode ser encontrado custando R$652 a menos que no Brasil, enquanto o P30 Pro tem R$685 de diferença. 

Veja Também:  Preços sobem antes da Black Friday; confira quais produtos são mais atingidos

Leia também: Desejos da Black Friday: compare modelos de notebook para cada bolso

Motorola e Samsung nem tanto

Para marcas mais consolidadas no Brasil , a diferença de preço fica mais baixa, deixando de compensar. Vale lembrar que o Aliexpress é um site chinês e que, portanto, os prazos de entrega podem ser longos e a assistência técnica dos aparelhos pode não ser válida por aqui. Como exemplos de dispositivos que não valem tanto a pena, o Moto G7 Plus foi encontrado no Dia dos Solteiros custando apenas R$95 a menos do que no Brasil. O Galaxy S9 está R$68 mais caro durante a promoção chinesa do que em seu preço habitual no Brasil

Oportunidade em importados

No Dia dos Solteiros , os principais produtos para ficar de olho são aqueles que ainda são comercializados em menor escala no Brasil. Já que a importação é interessante nesses casos, que ela seja feita em um dia de menor custo. 

Leia também: Fim de ano à vista: ainda dá tempo de comprar a lembrancinha de Natal na China?

Veja Também:  Nest Mini, caixa de som inteligente do Google, chega ao Brasil por R$ 349; veja

Em seu site, o Aliexpress destaca as principais promoções da data no mundo dos eletrônicos. Entre os melhores descontos, produtos bastante famosos e queridos por brasileiros aparecem, como smartwatches . O Amazfit Bip e o Amazfit Stratos 3, por exemplo, estão com 41% e 40% de desconto, respectivamente. 

Para quem gosta de fones de ouvido , o Redmi Airdots, da Xiaomi, está com 38%, enquanto o Qcy Qs1 está com 81% de desconto. Para os amantes de tecnologias inovadoras , o aspirador de pó inteligente da Xiaomi , o Roborock S5 Max, está com 18% de desconto. 

É promoção de verdade?

Quando a esmola é demais, o santo desconfia. Para os brasileiros que já estão acostumados com descontos falsos na Black Friday, a ideia de uma promoção ainda melhor gera desconfiança. O Alibaba, grupo que detém o e-commerce chinês, porém, garante que as promoções do Dia dos Solteiros são reais

Leia também: Celulares da Black Friday: confira os melhores modelos para adquirir na data

Em entrevista publicada na revista VEJA, a empresa afirmou que usa tecnologia para fazer o monitoramento dos preços dos produtos. Dessa forma, só podem participar das promoções da data aqueles itens que estiverem com um valor realmente mais baixo do que o anterior. No site do Aliexpress, os produtos com descontos estão marcados com uma etiqueta vermelha

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

O que vale a pena comprar no Dia dos Solteiros? Fizemos a pesquisa para você

Publicado

compras online arrow-options
Shuttersock

Dia dos Solteiros traz descontos que prometem ser melhores que os da Black Friday

O Dia dos Solteiros chegou até o Brasil para animar qualquer coração solitário com promoções que prometem ser melhores que as da Black Friday . Nesta segunda-feira (11) a data é comemorada na China e, tradicionalmente, vem acompanhada de promoções em todos os setores. Pela primeira vez, o site de compras Aliexpress traz a comemoração – e as promoções – para o Brasil. 

As promoções, que estão no ar no site do Aliexpress desde às 4h de hoje, se estendem até às 3h59 do dia 13 de novembro, pelo horário de Brasília. Segundo a empresa, durante o período serão cerca de US$300 milhões em descontos em todo o mundo.

Leia também: Melhor que Black Friday: Dia dos Solteiros chega ao Brasil com descontos de 70%

iPhone, Huawei e Xiaomi têm bons descontos

Para ter garantia de que está pegando bons preços durante o Dia dos Solteiros , a principal dica é segurar um pouco a empolgação e pesquisar. Alguns itens realmente estão com valores bastante atraentes, enquanto outros podem ser encontrados mais em conta aqui no Brasil. 

Em comparação com o preço mais baixo encontrado pela reportagem no Brasil, o iPhone 11 , por exemplo, pode ser comprado por R$514 a menos no Dia dos Solteiros do Aliexpress . As diferenças de valores ficam ainda maiores quando procuramos por produtos chineses, como os da Huawei ou da Xiaomi . O Mi 9 pode ser encontrado custando R$652 a menos que no Brasil, enquanto o P30 Pro tem R$685 de diferença. 

Veja Também:  Pesquisa revela maior desejo dos brasileiros para a Black Friday; confira

Leia também: Desejos da Black Friday: compare modelos de notebook para cada bolso

Motorola e Samsung nem tanto

Para marcas mais consolidadas no Brasil , a diferença de preço fica mais baixa, deixando de compensar. Vale lembrar que o Aliexpress é um site chinês e que, portanto, os prazos de entrega podem ser longos e a assistência técnica dos aparelhos pode não ser válida por aqui. Como exemplos de dispositivos que não valem tanto a pena, o Moto G7 Plus foi encontrado no Dia dos Solteiros custando apenas R$95 a menos do que no Brasil. O Galaxy S9 está R$68 mais caro durante a promoção chinesa do que em seu preço habitual no Brasil

Oportunidade em importados

No Dia dos Solteiros , os principais produtos para ficar de olho são aqueles que ainda são comercializados em menor escala no Brasil. Já que a importação é interessante nesses casos, que ela seja feita em um dia de menor custo. 

Leia também: Fim de ano à vista: ainda dá tempo de comprar a lembrancinha de Natal na China?

Veja Também:  Nest Mini, caixa de som inteligente do Google, chega ao Brasil por R$ 349; veja

Em seu site, o Aliexpress destaca as principais promoções da data no mundo dos eletrônicos. Entre os melhores descontos, produtos bastante famosos e queridos por brasileiros aparecem, como smartwatches . O Amazfit Bip e o Amazfit Stratos 3, por exemplo, estão com 41% e 40% de desconto, respectivamente. 

Para quem gosta de fones de ouvido , o Redmi Airdots, da Xiaomi, está com 38%, enquanto o Qcy Qs1 está com 81% de desconto. Para os amantes de tecnologias inovadoras , o aspirador de pó inteligente da Xiaomi , o Roborock S5 Max, está com 18% de desconto. 

É promoção de verdade?

Quando a esmola é demais, o santo desconfia. Para os brasileiros que já estão acostumados com descontos falsos na Black Friday, a ideia de uma promoção ainda melhor gera desconfiança. O Alibaba, grupo que detém o e-commerce chinês, porém, garante que as promoções do Dia dos Solteiros são reais

Leia também: Celulares da Black Friday: confira os melhores modelos para adquirir na data

Em entrevista publicada na revista VEJA, a empresa afirmou que usa tecnologia para fazer o monitoramento dos preços dos produtos. Dessa forma, só podem participar das promoções da data aqueles itens que estiverem com um valor realmente mais baixo do que o anterior. No site do Aliexpress, os produtos com descontos estão marcados com uma etiqueta vermelha

Continue lendo

Tecnologia

Zueira tem limites? WhatsApp bane membros de grupos com nomes maliciosos

Publicado

source

Olhar Digital

whatsapp arrow-options
shutterstock

WhatsApp bane membros de grupos de zoeira


De acordo com relatos, o WhatsApp está banindo grupos que possuem algum termo malicioso ou ofensivo no nome ou na descrição. O WhatsApp também está proibindo usuários que estavam nestes grupos de usar o app .

O primeiro relato foi encontrado em um fórum do Reddit , no qual o usuário Mowe11 escreveu sobre seu banimento do mensageiro. Ele explica que um colega mudou o nome do grupo da universidade para um termo ilegal, o que determinou a exclusão de todos os integrantes. Ele também confirmou que todos os membros foram banidos do WhatsApp e que foi a terceira vez que um usuário fez isso.

Leia também: WhatsApp bloqueia contas de mais de 500 farmácias brasileiras sem explicação

Francisco Alfaro, outro membro do Reddit, conta que estava em um grupo de sua escola, com cerca de 100 participantes. Quando ele acordou, todos os membros tinham sido banidos sem motivo aparente. O usuário PiTiXX, por sua vez, relata que foi proibido de usar o WhatsApp , porque seu amigo mudou o nome do grupo para algo malicioso, o que gerou a suspensão de todas as contas participantes.

Veja Também:  O que vale a pena comprar no Dia dos Solteiros? Fizemos a pesquisa para você

No Twitter , alguns usuários também relataram que foram banidos depois de participarem de grupos com nomes que envolviam termos ilegais ou ofensivos. Um usuário afirmou que toda sua turma foi banida do WhatsApp depois de um colega colocar um termo ilegal no nome do grupo. Outra usuária comentou sobre pessoas banidas depois de participarem de um grupo que, por brincadeira, se chamava “pornô infantil”. 

Leia também: WhatsApp bane contas de diversos tatuadores brasileiros sem explicação



Por que usuários estão sendo banidos?

75% de todos os banimentos realizados pelo WhatsApp faz parte de um processo automático, o que muito provavelmente se encaixa nesses casos. Com algoritmos trabalhados através de aprendizado de máquina, o aplicativo identifica comportamentos suspeitos a partir das informações que possui dos usuários. 

Leia também: WhatsApp bane 2 milhões de contas por mês, mas isso não é o suficiente

Veja Também:  Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

Como as mensagens e todas as mídias que circulam no WhatsApp são criptografadas , a empresa tem acesso apenas a forma com que as pessoas se comportam. Em grupos, a data de criação, o nome e a descrição, por exemplo, são visíveis ao WhatsApp. Por isso, se o nome do grupo faz referência a alguma atividade ilegal, isso é o suficiente para que o algoritmo entenda que todos os membros devem ser banidos – mesmo que o conteúdo do grupo não tenha nada a ver com seu nome. 

Fui banido, e agora?

Existem dois tipos de banimento no WhatsApp : o temporário e o definitivo. No caso do temporário, basta que o usuário aguarde que, em breve, a conta será retomada. Já o caso do banimento definitivo é mais complicado. 

Uma solução é contatar o suporte ao usuário, presente na própria mensagem de aviso de banimento enviada pelo WhatsApp . Se o suporte não retomar a conta, a última solução para o usuário é criar outro perfil no WhatsApp com outro número de telefone – e aí vale fazer a sincronização com a conta anterior através do backup na nuvem. 

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana