conecte-se conosco


Policial

PM prende suspeitas de tráfico de drogas, comprovante de R$ 60 mil e maconha

Publicado

Rondonópolis | PM prende suspeitas de tráfico de drogas, comprovante de R$ 60 mil e maconha
Foto: PMMT

Os Policiais da 14ª Companhia da Força Tática de Rondonópolis prenderam duas mulheres, identificadas como L.S.N., 19, e D.S.F., 24, por tráfico de drogas, nesta terça terça-feira (06.08), no bairro Jardim Sumaré. Elas estavam com porções de maconha, dinheiro e comprovante de depósito de R$ 60 mil.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais receberam denúncia de que uma mulher estaria vendendo drogas na região do bairro Vila Operária. Ainda conforme o relato, a suspeita estaria em um veículo VW Gol branco.

Com as informações, os militares iniciaram patrulhamento pela região e quando alcançaram o bairro Jardim Sumaré avistaram um veículo com as mesmas características apontadas na denúncia. Dentro do Gol estavam as duas mulheres e uma adolescente de 17 anos.

os policiais encontraram uma porção de maconha no bolso de L. e R$ 3.040 em notas com D. A segunda suspeita possui passagens por tráfico de drogas e, durante a revista, o celular dela não parava de tocar, com chamadas de um número sem identificação.

Veja Também:  Homem ameaça ex-esposa e filhos de morte com faca em Rondonópolis

A mulher teria confessado que o marido é reeducando na Unidade Prisional da Mata Grande, sendo um chefe de facção criminosa, e que seriam dele as ligações.

Os policiais continuaram a vistoria no veículo e encontraram mais porções de maconha em um demonstrativo de depósito bancário no valor de R$ 60,3 mil, em nome de uma terceira pessoa, identificada pelas iniciais I.C.S.

Todo o material apreendido e as suspeitas foram entregues na delegacia para as devidas providências.

publicidade

Policial

Polícia Civil fecha fábrica de armas artesanais em Nova Xavantina

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma fábrica clandestina de armas artesanais foi fechada pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sexta-feira (16.08), em Nova Xavantina (645 km a Leste). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, além de ferramentas usadas para confecção de armamentos.

O responsável pelo local, identificado como W.F.A de 28 anos, responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

As diligências iniciaram após a localização de uma garrucha artesanal, ocorrida no dia 03 de agosto deste ano. Em ato contínuo, os policiais civis passaram a investigar o caso, com objetivo de identificar a pessoa responsável por fabricar a arma apreendida.

Durante diligências os investigadores lograram êxito em levantar um endereço suspeito no bairro barro Vermelho, onde eram fabricadas e comercializadas armas artesanais.

A pequena oficina ilegal estava funcionando nos fundos do imóvel, onde foram localizados vários materiais para a fabricação das armas, como mecanismo de disparo artesanal, massa de mira, furadeira, aparelho de solda, pedaços de cano, entre outros itens, além de uma espingardar calibre 22.

Veja Também:  Polícia Civil de MT debate diferentes temas no 54º Encontro de Chefes de Polícia

No momento da abordagem policial, o suspeito W.F.A. não estava no local. No entanto, ele foi qualificado e será indiciado em inquérito instaurado pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende traficante flagrado com dois quilos de maconha em Confresa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Confresa (1.065 km a Nordeste), na manhã desta segunda-feira (19.08), após ser surpreendido em posse de aproximadamente 2 quilos de maconha.

O suspeito J.S.O., 37, o “Júnior Para-choque” é conhecido no meio policial devido a diversas passagens por tráfico de drogas e foi novamente autuado pelo crime.

Durante investigações do tráfico de drogas no município, os policiais da Delegacia de Confresa receberam informações de que o suspeito receberia uma carga considerável de drogas que abasteceria bocas de fumo da cidade. Com base nas suspeitas, os policiais passaram a monitorar a residência do investigado, no bairro Setor Babinski, onde também funciona uma oficina mecânica de sua propriedade.

Em determinado momento, os policiais visualizaram um veículo que estacionou e saiu rapidamente da residência, ocasião em que decidiram realizar a abordagem do suspeito. Com o traficante, foi encontrado com dois tijolos de maconha, ainda em suas mãos, além de R$ 580 em dinheiro, e um aparelho celular.

Veja Também:  Homem ameaça ex-esposa e filhos de morte com faca em Rondonópolis

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão para ao traficante, que posteriormente foi conduzido para a Delegacia de Polícia juntamente a Droga e demais objetos apreendidos para posteriores providências.

“Junior Para Choque” já foi investigado e preso anteriormente durante a Operação “Bad Boys”, desencadeada no ano de 2017, com objetivo de combater o tráfico de drogas no município.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, e após o término dos procedimentos encaminhado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, permanecendo à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandados em homicídio a mando de facção

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um mandado de prisão temporária (30 dias) e dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, nesta segunda-feira (19.08), na operação “Última Etapa”, realizada pela Polícia Judiciária Civil em trabalhos investigativos da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

As buscas foram cumpridas no bairro Pedra 90, em Cuiabá, para arrecadação de elementos de provas no inquérito do homicídio de Elias Rodrigues de Arruda, ocorrido no dia 08 de abril deste ano.

O mandado de prisão foi cumprido contra Lucas Pereira Plácido, que já estava preso desde o dia 11 de agosto, por envolvimento em uma tentativa de explosão de terminais eletrônicos de uma agência da Caixa na região do CPA.

O suspeito foi interrogado na DHPP e confessou o crime, afirmando que efetuou os disparos de arma de fogo na vítima. Ele ainda acrescentou que faz parte de uma organização criminosa, que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso.  

 A vítima foi executada por membros de uma organização criminosa, num denominado “salve”, após ter supostamente praticado um crime naquele bairro. Nas investigações foi apurada a autoria de dois criminosos. Eles tiveram as prisões representadas pela autoridade policial ao Poder Judiciário, que decretou as ordens judiciais.

Veja Também:  Homem ameaça ex-esposa e filhos de morte com faca em Rondonópolis

O segundo suspeito também já está indiciado por homicídio qualificado e continua foragido. As diligências estão sendo efetuadas para sua prisão.

O delegado responsável pela investigação, Marcel Gomes de Oliveira, ressaltou os esforços das equipes de investigação para alcançar a elucidação do crime, bem como da expertise da unidade em investigações de tal porte.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana