conecte-se conosco


Tecnologia

Segurança importa, e muito, no smartphone; saiba como se proteger

Publicado

source

Olhar Digital

segurança arrow-options
shutterstock

Você acha que seu smartphone está seguro agora?


“Não habilite a instalação a partir de fontes desconhecidas. Só instale apps do Google Play. Se fizer isso, não precisa de antivírus”. Durante muito tempo, essas foram as principais recomendações aos usuários de smartphones Android para manter a segurança . Mas os tempos mudaram, as estratégias dos criminosos também, e hoje isso não é mais o bastante. Foi o que apresentou a Kaspersky durante a 13ª Cúpula Latino-Americana de Cybersegurança , realizada no final de agosto em Puerto Iguazu, Argentina.

Quando falamos em segurança em smartphones, há quem “ria na cara do perigo”, dizendo “pode invadir, não tenho nada no meu celular!”. Cláudio Martinelli, Diretor Geral da Kaspersky na América Latina, tem uma resposta na ponta da língua para esse tipo de usuário:

“Tem o telefone da mãe dele lá. Que pode ser o alvo de um sequestro, de uma chamada feita de uma prisão. Tem o endereço da sua casa, da sua família. Tem a sua localização geográfica, tem o caminho que você faz de sua casa pro seu trabalho.

Você não deixa a porta da sua casa aberta quando sai pro trabalho, você passa a chave e põe tranca no portão. Com seu celular é a mesma coisa: ele é a porta de entrada mais próxima da sua vida física, não da sua vida digital. Está tudo lá. Ninguém nesse mundo sabe mais da sua vida do que o seu celular, ele sabe mais do que a sua esposa, do que sua mãe. É uma presunção muito grande alguém achar que não corre risco.”

Leia também: Android 10 traz melhorias significativas em segurança

E as ameças são reais. Segundo a empresa, entre julho de 2018 e Julho de 2019 o Brasil ocupou a 7ª posição no ranking mundial de países mais atacados por malware , com 22 ataques por segundo. Se considerarmos apenas os dispositivos móveis, são 6,2 ataques por segundo na América Latina.

A principal ameaça é AdWare , um tipo de malware que infecta o smartphone e bombardeia o usuário com anúncios, muitas vezes ao ponto de tornar impossível usar o aparelho. Outro perigo comum são os ataques de phishing , quando o criminoso “joga uma lábia” e, se passando por uma central de banco, por exemplo, convence a vítima a divulgar dados confidenciais, como o número de uma conta ou cartão e sua senha.

Veja Também:  Games mobile: quem ganha na disputa entre Android e iOS?

Mas há outros perigos. Um deles, apresentado pela primeira vez durante o evento, é o BRATa , um RAT (Remote Administration Tool, Ferramenta de Administração Remota) que foi distribuído através do Google Play e, em uma de suas muitas versões, chegou a ter mais de 10 mil downloads antes de ser removido da loja. Uma vez instalado, o BRATa permite que um malfeitor tenha controle total sobre o aparelho da vítima, inclusive com a capacidade de ver em tempo real tudo o que está acontecendo na tela.

Leia também: Proteja-se: golpe rouba conta WhatsApp e já afetou 8,5 milhões de brasileiros

Segundo Santiago Pontiroli, Analista de Segurança da Kaspersky, o malware abusa de um serviço legítimo do Android, o serviço de acessibilidade, para infectar aparelhos. Isso torna qualquer smartphone Android equipado com este serviço (praticamente qualquer aparelho com Android 5.0 ou mais recente) seja uma vítima em potencial. Smartphones infectados não mostram nenhum “sintoma” particular (como anúncios fora de hora ou lentidão), e uma vez que tenha cumprido sua missão o malware pode ser removido remotamente pelos criminosos, sem deixar vestígios no aparelho.

O alvo dos bandidos, claro, são credenciais bancárias, já que 65% das transações bancárias no Brasil são feitas através de smartphones. E uma vez que os criminosos tem seus dados, o prejuízo vem rápido.

“O criminoso brasileiro é muito imediatista, ele quer ter um ganho de forma rápida, é o que eles chamam de correria. Se eles pegam sua credencial agora, em menos de 30 minutos sua conta vai ser invadida ou seu cartão vai ser clonado, é super rápido. Eles têm essa agilidade porque sabem que as equipes anti-fraude também estão trabalhando, então querem aproveitar o momento”, diz Fabio Assolini, Pesquisador Sênior de Segurança na Kaspersky.

Leia também: Cabo ‘pirata’ caseiro da Apple é capaz de hackear computadores; conheça

Mas não só as credenciais bancárias que são valiosas. Dados pessoais, como nomes completos, endereço e número de CPF podem ser usados para habilitar outros golpes no futuro. Segundo Assolini, “as informações pessoais do usuário vão apoiar a fraude financeira. Com o passar do tempo os bancos passaram a exigir alguns dados para confirmar operações e o criminoso se viu num mato sem cachorro. Então o que eles começaram a fazer? Investir esforços na obtenção de dados pessoais. Alguns criminosos viram oportunidade nisso e constroem sistemas gigantescos com um monte de bases de dados vazadas e vendem esses dados como um serviço pra outros criminosos.”

Veja Também:  Cuidado! Novo golpe do FGTS no WhatsApp promete pagamento retroativo

E como se proteger?

A primeira dica é ter um pouco de senso crítico: ameaças como o BRATa, por exemplo, se espalham disfarçadas de “atualizadores” de apps populares como o WhatsApp ou CCleaner , aproveitando-se do fato de que muitos usuários não sabem que no Android os apps se atualizam automaticamente, sem precisar de uma ferramenta especial para isso.

Muitas vezes, o “gancho” para fisgar o usuário são correntes espalhadas via Facebook ou WhatsApp, alertando o usuário da necessidade “urgente” de uma atualização para não ficar sem acesso ao serviço, seguidas, claro, de um prático link direto para o malware. Às vezes, as mensagens podem vir de um familiar ou amigo, que inocentemente as repassa “por via das dúvidas”.

Leia também: Como empresas e redes online combatem assédio virtual contra a mulher

Martinelli dá outras dicas, como nunca repetir senhas e usar um gerenciador, que pode criar senhas fortes para cada site que você visita armazenadas em um “cofre” protegido por uma senha mestre. Isso é especialmente importante numa época em que a quantidade de serviços que utilizamos aumenta exponencialmente, e a tentação de ter uma “senha única” para “facilitar as coisas” (e poupar sua memória) é grande.

Por fim, ele recomenda a seletividade: evite conectar-se a qualquer Wi-Fi grátis que aparece nas redondezas, pois ele pode ser uma armadilha para interceptar seus dados enquanto você navega. Vai fazer compras em um site no qual não confia?  “Use um endereço de e-mail temporário, que não te vincule à sua conta principal. Você não controla com que frequência esse site é atualizado, quais as medidas de segurança que ele usa, então é uma chance de você se anonimizar, se tornar diferente em cada serviço pra não deixar rastros”.

E, claro, coloque um antivírus no celular.

Fonte: IG Tecnologia
publicidade

Tecnologia

Novos produtos da Huawei vazam antes de serem apresentados; confira

Publicado

source

Olhar Digital

huawei arrow-options
shutterstock

Confira os novos produtos da Huawei.


A Huawei realizará amanhã (19) um evento em Berlim para apresentar vários novos produtos, mas não precisamos esperar até lá para conhecê-los. Todos os produtos que serão anunciados vazaram , cortesia do site Android Headlines, um dia antes do lançamento.

A estrela do evento serão, sem dúvida, os novos smartphones da família Mate , o Mate 30 e Mate 30 Pro. Este terá um novo tipo de tela, apelidado de “cascata”, que se curva e cobre as laterais do smartphone, resultando em bordas muito finas. Com tecnologia OLED , ela tem 6,7” e um notch considerável no topo, que abriga um conjunto de sensores para um novo sistema de reconhecimento facial desenvolvido pela Huawei .

Leia também: Huawei anuncia demissão em massa em escritório nos EUA

O aparelho terá sete câmeras : quatro atrás, arranjadas dentro de um círculo (que lembra o Nokia Lumia 920), e três na frente. Duas das câmeras traseiras (wide e ultrawide) terão sensores de 40 MP. Uma terceira (com zoom óptico de 3x) tem sensor de 8 MP e a quarta câmera é um sensor ToF para detecção de profundidade.

Veja Também:  Quais smartphones esperados para 2019 ainda não foram lançados?

O Mate 30 Pro será compatível com 5G e baseado no processador Kirin 990, que tem um modem 5G integrado. Quanto à memória, haverá versões com 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna e 8 GB de RAM e 256 ou 512 GB de memória interna.

Leia também: Huawei busca expandir tecnologia 5G, mas diz que Brasil está atrasado

Smartwatches e Smartbands

A Huawei também irá apostar nos smartwatches . Serão apresentados 4 modelos do Huawei Watch GT2, dois com caixa de 42 mm e tela AMOLED circular de 1.2 polegadas e dois com caixa de 46 mm (como o modelo atual), com tela AMOLED também circular de 1,39 polegadas.

De acordo com os rumores, o modelo menor (42 mm) não tem microfone, o que indica que também não tem suporte a LTE para conexões de dados ou chamadas telefônicas. Ambos os modelos serão baseados em um processador da própria Huawei , o A1. Os relógios tem certificação de resistência a àgua a uma profundidade de até 50 metros. Assim como no Watch GT original, os novos smartwatches devem rodar um sistema operacional próprio, e não o Wear OS da Google.

Veja Também:  Assim como iPhone, novo iPad Pro pode ter três câmeras

Leia também: Lançamento: Huawei e Xiaomi retornam ao Brasil com novos modelos

A empresa também tem uma pulseira fitness , que por enquanto é conhecida apenas pelo codinome Andes. Com uma face retangular e tela OLED colorida, ela lembra a Mi Band 4 da Xiaomi . Na traseira, o acessório também tem um sensor de batimentos cardíacos e um oxímetro, capaz de medir o consumo de oxigênio e, com isso, a queima de calorias.

Além destes produtos, a empresa também deve lançar uma TV com o sistema operacional Harmony OS e um tablet , que pode ser uma versão global do MediaPad M6, que já foi apresentado na China em Junho.

A grande curiosidade é sobre como alguns dos novos produtos (Mate 30 e 30 Pro, MediaPad) serão afetados pelas sanções impostas pelo governo americano, que restringem o acesso da Huawei ao sistema operacional Android e serviços do Google .

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Quais smartphones esperados para 2019 ainda não foram lançados?

Publicado

source
celulares arrow-options
Unsplash

Confira os celulares que ainda devem ser lançados em 2019.


Todos os anos, há uma grande expectativa a respeito dos smartphones que serão lançados no ano seguinte. Para 2019, a lista era bastante extensa, mas alguns modelos ainda não chegaram ao mercado . Fizemos uma lista dos celulares esperados para este ano, mas que ainda não foram apresentados. 

Leia também: Ansioso pelo 5G? Veja as novidades que já estão em teste no Brasil

Google Pixel 4 – lançamento em breve

Uma das grandes esperas deste ano é o Google Pixel 4 e seu irmão maior, o Pixel 4 XL. E os dois smartphones já têm data e local para serem lançados: 15 de outubro, em um evento em Nova York. 

Em junho, a Google liberou uma foto mostrando que o celular terá três câmeras na parte traseira. Outra tendência é que ele venha com o desbloqueio facial, assim como os celulares da Apple. E, claro, também há aquela vantagem que os amantes de celulares da Google sempre levantam: o Pixel 4 deve ser lançado já com Android 10, e como de costume, deve receber atualizações de software antes dos outros smartphones Android. 

Leia também: Android 10 traz melhorias significativas em segurança

pixel 4 arrow-options
Divulgação/Google

A foto liberada pela Google revela que o Pixel 4 terá três câmeras.


Pocophone F2 – será que chega?

Depois do lançamento do Pocophone F1 , da Xiaomi , no ano passado, muitos rumores começaram a surgir a respeito de seu sucessor. Isso porque o F1 ficou muito conhecido por seu ótimo custo-benefício, sendo um dispositivo com especificações bastante parrudas, mas com um preço mais acessível. A expectativa, portanto, era de que o Pocophone F2 chegasse ao mercado em 2019. 

Rumores apontavam para um celular com Snapdragon 855 e Android Q. Porém, talvez o Poco F2 nunca chegue ao mercado. Esperava-se que o lançamento acontecesse próximo a agosto, já que o Poco F1 foi lançado neste mês do ano passado. Frustrando muitas pessoas, o F2 ainda não chegou ao mercado. Nada prova que ele realmente está sendo desenvolvido, assim como nada prova que a Xiaomi tenha decidido descontinuar a linha Poco . O lançamento do Pocophone F2 para 2019 segue uma incógnita.

Veja Também:  Games mobile: quem ganha na disputa entre Android e iOS?

Leia também: Xiaomi lança impressora de bolso que será vendida por menos de R$ 200

pocophone f1 arrow-options
Divulgação/Xiaomi

O Pocophone F1 fez sucesso e gerou expectativas a respeito de um sucessor.

OnePlus 7T e 7T Pro – lançamento com data marcada

Outra expectativa para 2019 é o lançamento do OnePlus 7T e 7T Pro. E, nesta semana, a OnePlus revelou que os modelos finalmente serão lançados em um evento no dia 26 de setembro. O último lançamento da empresa foi em maio, com a chegada dos smartphones OnePlus 7 e 7 Pro. 

E, para evitar vazamentos, a própria companhia resolveu lançar uma foto do novo celular . Com câmera traseira tripla e em tons de azul, o design agradou. É esperado que os modelos venham com processador Snapdragon 855+ e câmera principal com 48 megapixels. 

oneplus 7t arrow-options
Divulgação/OnePlus

As imagens vazadas pela empresa divulgam o design do OnePlus 7T.

Galaxy Fold – enrolação nas vendas

O celular dobrável da Samsung foi apresentado em um evento em fevereiro deste ano, e a promessa era de que as vendas começassem em abril. Depois de problemas técnicos na tela e em suas dobradiças, o smartphone teve que ser recolhido das lojas para ajuste. Ou seja, neste período do ano, ele sequer chegou a ser vendido. 

A Samsung prometeu devolver o celular ao mercado, mas isso demorou. O que era para demorar um mês, foi adiado para julho e depois para setembro. Se você se perdeu nessa novela toda em torno do Galaxy Fold , saiba que ele finalmente chegou às lojas. No último dia 06, as vendas se iniciaram na Coreia do Sul. Custando quase US$2.000 (cerca de R$8.200), o dispositivo ainda não tem data de chegada ao Brasil.

Veja Também:  Adeus, chaves: brasileiros adotam a biometria nos condomínios

Leia também: Edição de “Game of Thrones” do Galaxy Fold custa, acredite, mais de R$ 31 mil

galaxy fold arrow-options
Divulgação/Samsung

O Galaxy Fold demorou, mas chegou ao mercado.

Quais smartphones já chegaram ao mercado em 2019?

Além dos esperados celulares que ainda não chegaram ao mercado, separamos também os principais lançamentos que já aconteceram este ano aqui no Brasil. 

Linha Moto G7

Lançados em fevereiro, os modelos Moto G7, G7 Plus, G7 Play e G7 Power se renderam no design e aderiram ao notch. Como é de praxe da Motorola , os modelos prezam o carregamento rápido e a longa duração da bateria. 

Leia também: Procurando um celular novo? Conheça os modelos Moto G7, lançamento da Motorola

moto g7 arrow-options
Divulgação/Motorola

A linha Moto G7 chegou ao mercado este ano.


Galaxy S10 e S10+

Os últimos modelos da linha Galaxy S foram lançados no início deste ano, e chegaram ao mercado brasileiro custando até R$9.000., no modelo mais completo. Hoje, os modelos já podem ser encontrados pela metade do preço, o que é boa notícia para os fãs da Samsung. 

Leia também: Celular que vira um carregador sem fio? Sim! Saiba como compartilhar a bateria

galaxy arrow-options
Divulgação/Samsung

Os novo modelos da linha Galaxy S chegaram no início do ano.


LG G8S ThinQ

O G8S, da LG, chegou ao Brasil este ano com câmera tripla e especificações poderosas. Um dos destaques é a câmera Z, que permite que o celular seja desbloqueado através do reconhecimento da mão do usuário. 

LG arrow-options
Divulgação/LG

O destaque do LG G8S é o desbloqueio por reconhecimento da mão.


Xiaomi Mi 9

Para quem gosta da empresa chinesa, o Xiaomi Mi 9 foi um dos principais lançamentos deste ano. Com especificações muito interessantes, o smartphone é conhecido por ter um bom custo benefício. 

Leia também: Acabou a espera: Xiaomi inaugura sua primeira loja física no Brasil

xiaomi mi9 arrow-options
Divulgação/Xiaomi

Conhecida por bom custo benefício, a chinesa Xiaomi lançou o Mi 9 este ano.


iPhone 11

Um dos lançamentos mais recentes no mundo dos smartphones é o da linha iPhone 11. Apesar dos aparelhos ainda não terem chegado ao Brasil, mas pelo histórico da Apple espera-se que seja antes do fim do ano. 

Leia também: O iPhone 11 vale a pena? Confira os detalhes dos lançamentos da Apple

iPhone 11 arrow-options
Divulgação/Apple

O iPhone 11 deve chegar ao Brasil em breve.

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Assim como iPhone, novo iPad Pro pode ter três câmeras

Publicado

source

Olhar Digital

iPad arrow-options
Reprodução

Novo iPad Pro pode ter três câmeras.


A Apple parece estar preparando novos  iPad Pro com um sistema de câmera tripla na parte traseira, semelhante ao usado no  iPhone 11 Pro . Já no começo do ano haviam surgido rumores sobre novas câmeras, mas agora Sonny Dickson, famoso por vazar informações sobre aparelhos da Apple, nos traz uma foto do que supostamente é o próximo  iPad .

iPad arrow-options
Sonny Dickson

Imagens vazadas mostram três câmeras em novo Ipad Pro.


A foto revela uma configuração praticamente idêntica à do iPhone 11 Pro , com três câmeras e um flash dentro de um módulo quadrado com bordas arredondadas. Design que virou motivo de piadas online, com alguns o comparando às bocas de um fogão.

Leia também: Não são só as três câmeras: inteligência artificial dá a Apple as melhores fotos

A boa notícia é que a atualização das câmeras pode significar que o iPad não ficará para trás dos celulares da Apple no quesito qualidade de imagens. Um novo iPad Pro com o mesmo sistema do iPhone 11 Pro permitiria gravação de vídeos 4K e edição diretamente no dispositivo.

Veja Também:  Fazer aplicações conversarem pode movimentar US$3,5 bilhões

Espera-se que a  Apple apresente novos  iPad em um evento em outubro. Enquanto o novo iPad não chega, confira as imagens do iPhone 11 Pro:

iPhone 11 Pro arrow-options
Divulgação/Apple

Os iPhone 11 Pro têm cores mais sérias.


iphone 11 pro arrow-options
Divulgação/Apple

Os iPhones 11 Pro têm três câmeras.


iPhone arrow-options
Divulgação/Apple

No Iphone 11 Pro, as câmeras ultra-angular, grande-angular e teleobjetiva oferecem um campo de visão maior.


Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana