conecte-se conosco


Mato Grosso

Shows de humor e feira de mulheres empreendedoras agitam espaços culturais da Secel

Publicado

Para quem busca uma feirinha com programação cultural, artesanato e gastronomia, a dica da semana é a 4ª edição do Expomulheres – Feira de Empreendedoras, que ocorre neste sábado (09.11), no Centro Cultural Casa Cuiabana. A entrada é gratuita. A 4ª Expomulheres contará com 37 expositoras e apresentação de danças e MPB. 

No Cine Teatro Cuiabá, personagens do humor mato-grossense como Nico e Lau, Almerinda, Pitú, Xô Dito e outros, reúnem-se para alegrar as noites do público no show ‘Refestelá’. O espaço cultural ainda conta com o espetáculo ‘A última dança’, encenado por Sarah Mitch.

O mercado da música será foco do debate nesta terça-feira (12.11), às 19h30, no Palácio da Instrução, em Cuiabá. O evento ‘Afinando – Roda de Conversa’ é gratuito e voltado para profissionais do segmento da música de Mato Grosso, e as inscrições estão abertas.

Nas artes visuais, ainda dá tempo para conferir a exposição Sen[s]ação, na Galeria de Artes Lava Pés, com obras de Vitória Basaia, Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco e Miguel Penha. A agenda cultural inclui opções de visitas mediadas ao Museu de História Natural Casa Dom Aquino, Museu de Arte Sacra e Residência dos Governadores. Todos os espaços culturais são geridos pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e/ou mediante contratos de gestão compartilhada. 

No interior de Mato Grosso, Primavera do Leste transforma-se no palco do Festival Velha Joana, que contará com apresentações de teatro e dança, além de encontros, performances e intervenções artísticas. A 13ª edição do Festival Velha Joana começa nesta sexta-feira (08.11), reunindo 62 apresentações até 17 de novembro.

Confira a programação

Palácio da Instrução

Profissionais da cadeia produtiva da música reúnem-se na terça-feira (12.11), às 19h30, no Palácio da Instrução, em Cuiabá, para debater sobre o segmento, expor as principais demandas e desafios do setor. O evento ‘Afinando – Roda de Conversa’ é gratuito, e tem o objetivo de subsidiar o planejamento de ações da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) voltadas ao mercado da música em Mato Grosso. As inscrições estão abertas e podem ser feitas neste link.

Serviço: 
Quando: 12/11
Horário: 19h30
Onde: Palácio da Instrução. Rua Antônio Maria, 151, Centro de Cuiabá.
Ingresso: Gratuito
Inscrições: Gratuitas pelo link: www.sympla.com/matogrossocriativo
Informações: (65) 3613.0240

Casa Cuiabana

4ª edição do Expomulheres 

Artesanatos, moda afro, produtos importados, diferentes guloseimas e até produtos sensuais são algumas das ofertas da 4ª edição do Expomulheres – Feira de Empreendedoras, a ser realizada neste sábado (09.11), entre 16h e 21h, no Centro Cultural Casa Cuiabana, com entrada gratuita.

A 4ª Expomulheres contará com 37 expositoras, que se uniram para se fortalecerem e gerar oportunidades para as mulheres empreendedoras de Cuiabá e região. Na programação cultural, haverá apresentação de dança cigana, com o grupo Resgate de Ser Mulher, e de dança do ventre e dança cigana-árabe, com o grupo Hayat Dance. A dupla feminina “Dani e Jô” interpretará, ao vivo, o melhor da MPB e Pop Internacional. Ainda haverá um bate-papo com a enfermeira Beluci Soares, do Espaço Maternitá, sobre prevenção do câncer de mama.

Serviço:
Quando: 09/11
Horário: 16h às 21h
Onde: Centro Cultural Casa Cuiabana. Rua General Vale, 181, bairro Bandeirantes.
Entrada: gratuita
Informações: Instagram @expomulheres e pelos telefones (65) 9 8109-3100 e 9 99625-5350

Cuiabá 300 Cores

A Casa Cuiabana recebe a partir de 14 de novembro a ‘Exposição de Artes Visuais Cuiabá 300 Cores’, projeto que consiste na formação, produção e exposição de obras de artes contemporâneas nas linguagens de artesanato, pintura em tela, música e audiovisual.  

A proposta dessa exposição coletiva é difundir o trabalho de artistas renomados e divulgar os novos artistas, além de contribuir para o fortalecimento dos vínculos com a identidade cuiabana a partir da visibilidade de manifestações culturais da capital mato-grossense. A mostra contará com trabalhos dos artistas como  Victor Hugo, Dilson de Oliveira, Ariston de Souza, Neusa Barbosa Moura, Régis Gomes e Valdemar Souza. 

Serviço:
Quando: 14/11 a 14/12
Horário: 8h às 12h e 14h às 18h
Onde: Centro Cultural Casa Cuiabana. Rua General Vale, 181, bairro Bandeirantes.
Entrada:
Informações: (65) 99643-3001 / 99906-5449 / biapinheiroproducoes@gmail.com / https://www.facebook.com/Cuiab%C3%A1-300-cores-102485161168219/ 

Cine Teatro Cuiabá

Refestelá

É um show de risos proporcionados pelos personagens Nico e Lau, Almerinda, Creonice, Pitú, Xô Dito, Totó Bodega, Tchó e Béppi. O espetáculo será gravado para ir ar na grade da rede Centro América, mostrando a cultura mato-grossense com os famosos personagens do humor mato-grossense. Classificação 12 anos.

Veja Também:  Aluna da EE Bento Muniz conquista primeiro lugar em concurso de redação do Bombeiros

Serviço:
Quando: 09 e 10/11
Horário: 20h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Palestra Empreendedorismo Cultural com Luciano Vendrame e Fábio Mezzacasa 

Os atores que interpretam os colonos italianos Tchó e Beppi apresentam, de forma descontraída, como foi a transição entre de simples brincadeira para o negócio que mudou as suas vidas. Classificação 16 anos.

Ficha Técnica – Produção Executiva: Ação Cultural. Produção: Ítalo Brasil Produções. Coordenação: Viviene Lozi. Direção: Eduardo Espíndola. Assistente de Produção: Walyson Oliveira.

Serviço:
Quando: 11/11
Horário: 19h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: Gratuito
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Fabiano Mezzacasa e Luciano Vendrame: Colonos Sim, baúco não!

Tchó e Béppi são descentes de italianos, migrantes do sul do Brasil e narram divertidos causos de como é a vida no campo e a importância da agricultura na vida de todos nós. Classificação livre.

Ingressos: Ficha Técnica – Atores: Fabiano Mezzacasa (Béppi) e Luciano Vendrame (Tchó); Produção Executiva: Ação Cultural. Produção: Ítalo Brasil Produções. Coordenação: Viviene Lozi. Direção: Eduardo Espíndola. Assistente de Produção: Walyson Oliveira.

Serviço:
Quando: 12/11
Horário: 20h
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 20 
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Sarah Mitch – A Última Dança

Um show com referências internacionais, passando por temas como política, funk, cabaré e disco! Sarah comemora seus 20 anos e pretende dar um tempo em sua carreira depois de ‘A Última Dança’. Classificação 12 anos.

Ficha Técnica – Produção e Direção: Sarah Mitch. Direção Vocal: Jefferson Neves. Direção Musical: Eduardo Pesente. Co-produção: André D’Lucca e Menotti Griggi; Coreográfas: André Britney. Iluminação: Hiald. Figurinos: Nilsa Silva.

Serviço:
Quando: 14/11
Horário: 20
Onde: Cine Teatro Cuiabá – Av. Pres. Getúlio Vargas, 247 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-600
Ingresso: R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia) Meia solidária: R$ 20 + 1L de Leite
Informações: (65) 2129-3848 e contato@cineteatrocuiaba.org.br / http://cineteatrocuiaba.org.br/programacao/

Museu de História Natural Casa Dom Aquino

A Casa Dom Aquino foi construída em 1842 na beira do rio Cuiabá e abriga desde 2006 o Museu de História Natural Casa Dom Aquino, apresentando para toda população uma exposição permanente de arqueologia e paleontologia. 

Reaberto recentemente para visitação após mudanças estruturais e no acervo, o espaço conta agora com nova ala da exposição permanente, reserva técnica, cafeteria e loja de artesanato. A novidade do acervo é a ala de máscaras sagradas dos povos waurá e uma reserva técnica que segue os padrões internacionais de museologia.

A exposição paleontológica apresenta fósseis de animais da região, organizados cronologicamente, representando a evolução biológica através das Eras geológicas. Fosseis como o do tatu (Pampatherium humboldti) e Preguiça gigante (Eremotherium Iaurillardi), dinossauros (saurópoda), e animais marinhos do período que Chapada dos Guimarães foi mar. 

A exposição arqueológica conta a nossa história através de artefatos produzidos pelo homem desde a pré-história até os dias atuais. Fazem parte da exposição instrumentos do homem caçador-coletor e do homem ceramista, como: pontas de lança de pedra lascada, machadinhos de pedra polida e fragmentos de cerâmica. Encontram-se expostos também louças, cerâmicas neo-brasileira, moedas e outros objetos encontrados nos casarões de engenho de Mato Grosso.

O Museu de História Natural Casa Dom Aquino é gerenciado pelo Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (ECOSS) juntamente com a Secretaria de Cultura do Estado de Mato Grosso e tem como parceiros o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Ministério da Cultura, Grupo Terna e as Usinas Hidrelétricas (UHE) Sinop e São Manoel.

Serviço:
Horário de funcionamento:  quarta a domingo, das 8h às 18h
Entrada: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)
Endereço: Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).
Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com 

Oficina de Dança Afrohouse – com Hermínio Nhantumbo

Início das aulas em 16 de novembro. Sempre aos sábados, das 17h às 18h. 

Entrada: Inscriçoes abertas pelo valor de R$ 20. Mensalidade do curso R$ 100.
Endereço: Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).

Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com 

Veja Também:  Motoristas do transporte público são orientados sobre crimes contra idosos

Oficina Asas à Imaginação: aspectos evolutivos e contemporâneos 

A Oficina Asas à imaginação: aspectos evolutivos e contemporâneos (ciência cidadã) será realizada nos dias 16 e 17 de novembro, períodos matutino e vespertino, nas dependências do Museu de História Natural do Estado de Mato Grosso Casa Dom Aquino. As inscrições encontram-se abertas e são 30 vagas.

Promover capacitação dos profissionais da educação a partir da vivência e percepção do ambiente do Museu Casa Dom Aquino, além da importância da observação de aves para o conhecimento do ambiente urbano da cidade de Cuiabá.

Inscrições abertas
Data: 16 e 17 de novembro
Vagas: 30
Público: Profissionais da educação
Entrada: Inscrições abertas.
Endereço: Museu de História Natural Casa Dom Aquino. Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Dom Aquino, Cuiabá (MT).
Informações: (65) 3634-4858 / 3052-8062 / casadomaquinomuseu@gmail.com

Galeria de Artes Lava Pés – Exposição Sen[S]Ação 

Com obras de Vitória Basaia, Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco e Miguel Penha, a exposição coletiva Sen[s]ação está em cartaz na Galeria Lava Pés, de segunda-feira a sexta-feira, das 08h às 18h, com entrada franca e livre para todas as idades..

A curadoria da mostra é de Marcelo Velasco, e reúne pinturas, esculturas e instalações. Nela, os cinco artistas exibem seus trabalhos mais recentes, organizados num projeto de expografia que promete mexer com as sensações do público.

Serviço:
Quando: De segunda-feira a sexta-feira, em cartaz até dia 01 de novembro 
Horário: das 8h às 18h
Onde: A Galeria de Artes Lava Pés está localizada no piso térreo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés) nº 510, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá. 
Ingresso: Gratuito
Informações: (65) 3613-0232

Museu de Arte Sacra

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h, e oferece ao público uma exposição permanente composta por peças do período setecentista, remanescentes da antiga Catedral do Bom Jesus de Cuiabá, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora dos Passos, acervo pessoal do bispo Dom Francisco de Aquino Corrêa e peças adquiridas por doações particulares. Destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968 e a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial. 

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso é considerado um dos mais importantes monumentos de estilo eclético que exibe combinações de elementos da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica. Foi fundado em 10 de março de 1980. 

Serviço:
Quando: Aberto à visitação de quarta a domingo.
Horário: 9h às 17h. 
Onde: Praça do Seminário, na Rua Clóvis Hugney, 239, bairro Dom Aquino. O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso está localizado no prédio do Seminário Nossa Senhora da Conceição que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho.
Ingresso: quarta a sábado: R$10 ou meia entrada R$ 5. Domingo: entrada gratuita
Mais informações: (65) 3646-9101 

Residência dos Governadores 

Primeira edificação de status oficial, a Residência dos Governadores foi inaugurada na década de 1940. Além de servir como morada a 14 governadores, serviu de hospedagem para o ex-presidente Getúlio Vargas, em 1941, quando ele fez sua primeira visita a Mato Grosso. 
 
A Residência dos Governadores está aberta para visitação com uma mostra permanente e didática, composta por itens do antigo mobiliário, como objetos, pratarias e louças.  

Serviço:
A Residência dos Governadores é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizada na rua Barão de Melgaço, nº 3565, Centro de Cuiabá. A entrada é gratuita. Aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às18h. Telefone: (65) 3613-0232. Email: equipamentos@secel.mt.gov.br 

Primavera do Leste – 13 Festival Velha Joana

Primavera do Leste se transforma nesta semana em um palco de espetáculos de teatro, dança, encontros, performances e intervenções artísticas. A 13ª edição do Festival Velha Joana começa nesta sexta-feira (08.11), reunindo 62 apresentações em um ambiente lúdico para as crianças e um espaço de entretenimento e cultura para jovens e adultos. O evento prossegue até o dia 17 de novembro, com um público estimado de 15 mil pessoas.

Mais informações: http://online.fliphtml5.com/zspyy/lfrg/ 

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Ônibus lilás atende mulheres de Tangará da Serra, Curvelândia e Rio Branco

Publicado

Entre os meses de novembro e dezembro, o Ônibus Lilás da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) atenderá a população de mulheres dos municípios de Tangará da Serra, Curvelândia e Rio Branco. A ação faz parte do Programa Ser Mulher, que visa fortalecer o combate à violência contra as mulheres. 

Conforme a secretária adjunta de Direitos Humanos da Setasc, Salete Morockoski, a realização das ações nos municípios só é possível devido a articulação da Rede municipal com o Estado e outras entidades. “Para desenvolver o trabalho estamos contando com o apoio junto aos municípios e os demais parceiros. A nossa intenção é levar orientação as mulheres da zona rural de uma forma acolhedora e conscientizar para as que sofreram algum tipo de violência denunciem”, pontuou.

Em Tangará da Serra, os atendimentos começam na terça-feira (12.11). No período da manhã, o Ônibus Lilás ficará em exposição no centro da cidade, iniciando a tarde com os atendimentos na Gleba Triângulo. Na quarta-feira (13), os atendimentos seguem no Assentamento Antônio Conselheiro, sendo às 8h na Curva da Benção e às 14h na Escola Estadual Marechal Rondon.

Veja Também:  Atuação da CGE em contratos de gestão de hospitais regionais é tema de debate

Na quinta-feira (14) o Ônibus Lilás atenderá as mulheres no Residencial Dona Júlia, Alto da Boa Vista e Jardim dos Ipês no período da manhã e à tarde na Comunidade Bezerro Vermelho. Para finalizar os atendimentos no mês de dezembro, a iniciativa também passará pelos municípios de Curvelândia do dia 02 ao dia 06 e no Rio Branco do dia 09 ao dia 13.

O veículo é equipado com salas de atendimentos, fechadas, para garantir privacidade às mulheres, com modelo de atendimento multidisciplinar.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Detran-MT realiza 692 atendimentos na primeira semana do Mutirão Fiscal

Publicado

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) realizou 692 atendimentos na primeira semana do Mutirão Fiscal Fecha Acordo. A quantidade representou 25% da demanda de pessoas atendidas nos primeiros dias do evento, promovido pelo Governo do Estado em parceria com o Poder Judiciário.

Somente na primeira semana, 146 pessoas quitaram suas dívidas veiculares por meio do parcelamento no cartão de crédito, somando pouco mais de R$ 228 mil em débitos arrecadados.

A possibilidade de o contribuinte quitar seus débitos veiculares, junto à empresa credenciada pelo Detran-MT, com parcelamento no cartão de crédito em até 12 vezes é a novidade da autarquia no evento.

Podem ser parcelados todos os débitos vencidos e a vencer para viabilizar o licenciamento do veículo. São eles: taxa de licenciamento, inscrita ou não em dívida ativa, seguro DPVAT, IPVA inscrito ou não em dívida ativa, e infrações de trânsito municipais, estaduais e federais (exemplo: infrações da Semob, Detran, Sinfra, PRF e DNIT).

O diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro, acredita que a possibilidade de parcelamento dos débitos veiculares em até 12 vezes no cartão de crédito terá um reflexo direto no processo de regularização da frota circulante no Estado.

Somente referente à Taxa de Licenciamento dos últimos cinco anos, o Detran-MT tem em torno de R$ 500 milhões a receber de cidadãos inadimplentes.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre prisões contra autores de tráfico, roubos e organização criminosa em Sorriso

No Mutirão o Detran também está prestando orientações e emitindo taxas de licenciamento anual, seguro DPVAT e de infrações de trânsito municipais, estaduais e federais.

Sistema de senhas

Para maior comodidade dos contribuintes, o Detran-MT, por meio da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (T.I), disponibilizou o sistema de senhas utilizado durante todo o mutirão.

O sistema foi desenvolvido há cinco anos pela T.I do Detran-MT e é utilizado na sede da autarquia, nas Ciretrans no interior do Estado, além da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria Estadual de Segurança Pública (SESP) e na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERFVA).

Mutirão Fiscal

O Mutirão Fiscal é realizado desde o dia 1º de novembro na Arena Pantanal, em Cuiabá. Os contribuintes com débitos fiscais e tributários, inscritos ou não em dívida ativa, gerados até o dia 31/12/2016, podem renegociar e quitar seus débitos no Mutirão Fiscal até o dia 29 de novembro.

Podem ser renegociadas as dívidas geradas no âmbito dos seguintes órgãos: Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran), Secretaria de Fazenda (Sefaz), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager) e Procon.  

Os débitos tributários (ICMS, IPVA, ITCD, entre outros), inscritos ou não na dívida ativa, poderão ser negociados por meio do Refis. Já as dívidas oriundas de multas e taxas do Detran, Sema, Indea, Procon e Ager poderão ser renegociadas por meio do Regularize.

Veja Também:  Mulher é presa ao tentar entrar em cadeia pública com drogas nas partes íntimas

A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) também participará da edição do Mutirão Fiscal, porém os débitos relativos à pasta serão renegociados somente de forma online ou na sede da secretaria.

Além da Sema, as negociações com os demais órgãos também poderão ser feitas de forma online, para facilitar a vida dos contribuintes que não podem comparecer presencialmente na Arena Pantanal ou que residam no interior do Estado.

Funcionamento

Os serviços do Mutirão Fiscal são realizados no segundo andar da Arena Pantanal, em Cuiabá. O acesso é feito pelo portão A do estádio. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, sem intervalo para almoço. As senhas são distribuídas até às 16h.

Cerca de 200 conciliadores estão trabalhando simultaneamente, nos dois turnos, para esclarecer dúvidas da população e fazer as renegociações.

A realização do Mutirão Fiscal possibilita ao contribuinte quitar os débitos com vantagens financeiras, evitando que seu nome seja inscrito nos serviços de proteção ao crédito. Além disso, por meio da ação, o Governo aumenta a arrecadação do Estado e reduz consideravelmente o estoque de processos jurídicos e administrativos.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Crimes de homofobia apresentam redução de 5% em Mato Grosso

Publicado

Entre janeiro e outubro de 2019, foram identificados 82 crimes de homofobia em Mato Grosso. O balanço demonstra redução de 5% no número de casos em relação ao mesmo período de 2018, quando foram registradas 86 ocorrências. Os dados são do Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

O levantamento aponta ainda que ao longo de todo ano passado, entre janeiro e dezembro, os casos envolvendo o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) totalizaram 115 no Estado.

O GECCH também fez um relatório parcial das capacitações realizadas junto aos servidores das forças de segurança, visando à qualificação do atendimento à população LGBT. Entre janeiro e setembro de 2019, foram 712 participantes. Por enquanto, foram contempladas as seguintes instituições: Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) e Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

Na avaliação do secretário do GECCH, tenente-coronel PM Ricardo Bueno de Jesus, estes cursos são imprescindíveis para garantir a humanização do atendimento e também para formar multiplicadores. “Abordamos tanto as questões legais quanto a importância da conscientização sobre o respeito de direitos conquistados”, ressalta.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre prisões contra autores de tráfico, roubos e organização criminosa em Sorriso

Crime inafiançável

Como exemplo, ele cita a aprovação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em junho deste ano, da criminalização da homofobia. A conduta passou a ser punida pela Lei de Racismo (7716/89), que até então previa crimes de discriminação ou preconceito por “raça, cor, etnia, religião e procedência nacional”. O racismo é um crime inafiançável e imprescritível segundo o texto constitucional e pode ser punido com um a cinco anos de prisão e, em alguns casos, multa.

De acordo com o tenente-coronel PM Ricardo Bueno, foi um importante marco regulatório. “Estamos falando de um ato de responsabilização da pessoa que pratica o crime de homofobia. Em parte, acredito que estes avanços fazem parte da mudança de cultura da sociedade, fruto do combate ao preconceito a pessoas LGBT”.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana