conecte-se conosco


Agro News

SUÍNOS/CEPEA: Baixa oferta e exportação firme elevam preços

Publicado

Cepea, 16/5/2019 – No correr de 2019, dois fatores têm contribuído para que os preços praticados na cadeia suinícola se mantenham em patamares bastante superiores aos registrados no ano passado: a produção de suínos mais ajustada frente à de 2018 e o aumento contínuo das exportações. Segundo colaboradores do Cepea, essa conjuntura, além de impulsionar os valores da carne no mercado interno, também tem elevado os preços do animal, desde o leitão até o suíno pronto para abate. No Oeste Catarinense, o suíno vivo, posto no frigorífico, é negociado ao preço médio de R$ 3,89/kg na parcial deste mês (até o dia 15), avanço real de 32% frente ao mesmo período do ano passado. Em Erechim (RS), no mesmo comparativo, a alta no preço do animal vivo foi de 34%, com valor médio de R$ 4,09/kg na parcial deste mês. Quanto ao mercado de carnes, no atacado da Grande São Paulo, o quilo da carcaça especial suína teve valorização real de 30,2% na parcial deste mês frente ao mesmo período do ano passado, com negócios na média de R$ 6,59/kg (valores deflacionados pelo IPCA de abril/19). Para a carcaça comum, no mesmo comparativo, a alta foi de 31,2%, a R$ 6,34/kg na parcial de maio. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Veja Também:  BOI/CEPEA: Poder de compra de pecuarista aumenta frente ao milho em SP

Fonte: CEPEA
publicidade

Agro News

ESALQ: Conheça a Esalq – 118 anos: Respeito ao passado com olhos para o futuro

Publicado

Cepea, 22/08/2019 – Localizada em Piracicaba (SP), a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) é uma das unidades fundadoras da Universidade de São Paulo (USP) e está entre as melhores instituições universitárias do mundo em Ciências Agrárias (ranking da US News Report), integrando a A5 Alliance (University of California-Davis, China Agricultural University – CAU, Cornell University, Esalq/USP e Wageningen University). Reúne cerca de 3.000 estudantes, cerca de 200 docentes e 470 funcionários. Oferece 7 cursos de graduação – além dos programas de licenciatura – e 18 programas de pós-graduação. Ocupa área de mais de 3.800 hectares (o que corresponde a quase 50% da área total da USP) e está organizada em setores administrativos e 12 departamentos, onde ficam 140 laboratórios. É uma instituição pública de ensino gratuito, mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, que já formou 16.000 profissionais (desde 1901) e outorgou mais de 10.000 títulos entre Mestres e Doutores. Quer saber mais sobre a Esalq? Acesse: https://www.esalq.usp.br/comunicaesalq/pecas/2-conheca-a-esalq.

Mais informações: comunicaesalq@usp.br. Fonte: Esalq/USP – www.esalq.usp.br  

Veja Também:  ALGODÃO/CEPEA: Baixas são interrompidas no Brasil

Fonte: CEPEA
Continue lendo

Agro News

SUÍNOS/CEPEA: Baixo consumo pressiona valor da carne

Publicado

Cepea 22/08/2019 – Os preços da carne suína estão em queda na parcial deste mês frente aos registrados em julho. De acordo com informações do Cepea, o ritmo fraco de vendas da carne no mercado doméstico e, consequentemente, a dificuldade de diminuir os estoques têm pressionado as cotações. Na média de agosto (até o dia 21), as carcaças suínas comum e a especial são negociadas, em média, a R$ 6,50/kg e a R$ 6,72/kg, respectivamente, no atacado da Grande São Paulo, baixas de 14,6% e de 15,25% frente a julho. Pesquisadores do Cepea afirmam que o movimento de queda tem sido observado também para os cortes e para o animal vivo. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Veja Também:  CAFÉ/CEPEA: Favorecidos por chuvas, cafezais de robusta no ES têm boa florada
Continue lendo

Agro News

BOI/CEPEA: Poder de compra de pecuarista aumenta frente ao milho em SP

Publicado

Cepea 22/08/2019 – Com as cotações da arroba do boi gordo praticamente estáveis nas últimas semanas e os valores do milho (importante insumo pecuário) enfraquecidos no mercado paulista, o poder de compra do pecuarista está maior frente ao cereal, segundo dados do Cepea. Essa relação de troca, inclusive, se aproxima de um dos momentos mais favoráveis deste ano. Quanto ao mercado de boi gordo, de modo geral, o volume de animais negociados ao longo desta semana tem oscilado, resultando em dispersão também entre os valores mínimos e máximos da arroba. Entre 14 e 21 de agosto, o Indicador do boi gordo ESALQ/B3 subiu 1,48%, fechando a R$ 154,70 nessa quarta-feira, 21. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA
Veja Também:  MILHO/CEPEA: Queda externa pressiona cotações nos portos brasileiros
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana