conecte-se conosco


Carros

Veja 5 modelos seminovos que podem te deixar com cara de rico até R$ 60 mil

Publicado

source

Em entrevista ao iG, o presidente da plataforma de vendas de carros online Volanty, Maurício Feldman, disse que o automóvel ainda está ligado ao status na consciência do brasileiro. “Este costuma ser um dos maiores investimentos que uma família faz, atrás apenas da aquisição de um imóvel”, aponta o executivo.

LEIA MAIS: Veja 5 carros legais para comprar antes que saiam de linha

Neste ponto, existem aqueles que sempre querem desfilar de carrão. Mas em tempos de crise e orçamento enxuto, gastar muito para comprar um modelo premium está fora de cogitação para a maioria dos consumidores. Para ajudar, a reportagem do iG Carros lista cinco modelos seminovos até R$ 60 mil que vão te deixar com cara de rico. Mas é bom lembrar que por trás dos preços convidativos estão custos de manutenção (e de seguro) bem salgados. 

1 – Jeep Cherokee 3.7 V6 Limited 2012 – R$ 55 mil

Jeep Cherokee arrow-options
Divulgação

Fique atento ao recall para unidades 2012 do Jeep Cherokee, por conta de possível falha no airbag

Uma coisa é certa: você sempre passará a impressão de imponência no seu Cherokee Limited. O modelo aposta no design de “jipão”, com linhas quadradas, robustas e primitivas. Fora isso, os grandes para-lamas são projetados para “fora” da carroceria, adicionando um visual ainda mais aventureiro. O modelo já aparece nos classificados online por valores entre R$ 55 mil e R$ 59 mil.

O modelo tinha um grande 3.7 V6 de origem Chrysler, que era capaz de desenvolver 205 cv de potência  e bons 32 kgfm de torque a 4.000 rpm. O câmbio automático de apenas quatro marchas era um pênalti, proporcionando números elevados de consumo: 5,9 km/l na cidade e 8 km/l na estrada, segundo o Inmetro.

Veja Também:  Nissan e-Power: sistema híbrido diferente que logo chegará ao Kicks brasileiro

2 – Audi A1 1.4 Attraction 2014 – R$ 59 mil

Audi A1 arrow-options
Divulgação

Audi A1 pode ser uma boa escolha para solteiros ou casais sem filhos

Poucos carros passam mais personalidade que o Audi A1. O compacto alemão que era importado da Hungria apostava em linhas descoladas e conjunto mecânico maduro para conquistar possíveis clientes do Mini Cooper S. Como brasileiros preferem carros maiores, acabava perdendo expressão diante do irmão A3, mas continua sendo uma boa opção de seminovo por R$ 59 mil.

O motor é um velho conhecido: 1.4 turbo de 122 cv de potência e 20,4 kgfm de torque. O câmbio automatizado de sete marchas proporciona agilidade ao A1, que pode acelerar de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos. Com apenas 3,9 metros de comprimento, é um carro bem dinâmico para as grandes cidades.

3 -VW Passat 2.0 TSI 2012 – Entre R$ 57 mil e R$ 60 mil

VW Passat arrow-options
Divulgação

O VW Passat é um modelo de luxo com linhas discretas, mas o coração é de Golf GTI

Símbolo de status e uma carteira bem abastada, o VW Passat é um dos queridinhos da classe alta que ainda não se rendeu aos SUVs. O estilo é bem conservador, com linhas sóbrias e clássicas – quase como se não quisesse chamar atenção. Abaixo do capô, por outro lado, traz o mesmo motor do intrépido Golf GTI. O sedã já surge entre R$ 57 mil e R$ 60 mil nos principais classificados online.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que foram descontinuados com pouco tempo de mercado

O motor 2.0 entrega 211 cv de potência e 28,5 kgfm de torque, sempre com câmbio automatizado, de seis marchas e dupla embreagem DSG. Graças ao conjunto mecânico, há fôlego suficiente para atingir 100 km/h em 7,6 segundos, além de aferir bons números de consumo: 9,1 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada, segundo o Inmetro. Um bom carro para a família, mas prepare-se para a facada no seguro.

Veja Também:  Veja 6 picapes médias que custam (quase) o mesmo que a Fiat Toro Ultra

4 – Volvo V40 2.0 Dynamic 2013 – R$ 57 mil

Volvo V40 arrow-options
Divulgação

O Volvo V40 foi um dos primeiros carros do Brasil a contar com sistema eletrônico de frenagem

O hatchback sueco é tão bonito e refinado que nem aparenta custar R$ 57 mil. O V40 traz uma silhueta diferenciada, já que a área envidraçada fica mais estreita nas proximidades da traseira – quase como um cupê. A tampa do porta-malas com acabamento escurecido acrescenta um ar mais descolado ao hatch da Volvo, que sempre teve uma pegada mais conservadora.

O V40 tem motor 2.0 de 180 cv e 30,6 kgfm de torque a 2.700 rpm, com câmbio automático de seis marchas. Apesar de não ser econômico para um hatch (marcando 7,1 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada), pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos. Destaque para o pacote de equipamentos, que já contava com alerta de colisão frontal.

5 – Mercedes-Benz C180 Classic 2012 – entre R$ 57 mil e R$ 60 mil

Mercedes-Benz C180 arrow-options
Divulgação

O Mercedes-Benz C180 foi um carro com volume expressivo de vendas no Brasil

Finalizamos a lista com um “best-seller”. Entre os sedãs premium de sua geração, o C180 da Mercedes-Benz foi um dos mais bem-sucedidos no mercado brasileiro. Chamava muita atenção por conta do design refinado, inspirado em carros mais caros da marca alemã. Há quem diga que essa geração era mais estilosa tinha mais personalidade que a versão atual. Surge por valores entre R$ 57 mil e R$ 60 mil nos classificados.

LEIA MAIS: Veja 5 problemas no carro que podem aparecer de repente e dar prejuízo

O C180 está entre os bons carros seminovos e conta com motor 1.8 de 156 cv e 25,5 kgfm de torque a 1.600 rpm, com câmbio automático de sete marchas. Além do bom espaço no porta-malas (470 litros), podemos destacar o bom pacote de equipamentos, com distribuição eletrônica de frenagem e computador de bordo.

Fonte: IG Carros
publicidade

Carros

Ford Mustang Lithium, Chevy E-10 e Bronco R querem dar alma aos eletrificados

Publicado

source
Ford Mustang arrow-options
Divulgação

Totalmente elétrico, o conceito Ford Mustang Lithium tem mais de 900 cv

As duas maiores montadoras dos Estados Unidos têm grandes planos de eletrificação e utilizam eventos para mostrá-los. No SEMA Show em Las Vegas, principal exposição comercial de modelos especiais do mundo, a Ford exibiu o Ford Mustang Lithium e, a General Motors, a picape E-10 num design retrô. Já no deserto do México, foi vez do Ford Bronco R. Em comum, potência é o ponto alto desses veículos-conceito que querem dar alma aos veículos eletrificados.

LEIA MAIS: Fusão entre PSA e FCA vai beneficiar 12 marcas com modelos eletrificados

Ford Mustang arrow-options
Divulgação

O Mustang Lithium propõe total envolvimento com o carro e tem um interior totalmente conectado

Os fãs do Ford Mustang terão novidades com a derivação de um SUV elétrico que chega em 2021. Mas tiveram uma prévia de como poderá ser o famoso automóvel cupê esportivo – aliás, o mais vendido do mundo. E potência não faltará ao novo modelo EV. O protótipo do Mustang Lithium é a bateria. Possui mais de 900 cavalos de potência (671 quilowatts) sob o capô com transmissão manual de seis marchas. O objetivo é manter o motor em seu ponto ideal da potência para o uso elétrico.

Veja Também:  Qual versão do Toyota Corolla mais perdeu valor ao longo dos anos?

É alimentado por um sistema de energia de 800 volts, mais do que o dobro da maioria dos carros elétricos em circulação atualmente, segundo a Ford. O motorista do carro elétrico pode selecionar entre quatro modos de condução, incluindo esporte, pista e animal. O quarto é o modo valet, para quando você precisa entregar a chave a outra pessoa.

Chevy E-10 arrow-options
Divulgação

O conceito Chevy E-10 tem um design retrô baseado na primeira picape S10 de 1962, um dos veículos mais carismáticos

O Mustang Lithium também foi criado como uma maneira de testar sistemas de gerenciamento de calor de um carro elétrico: a suspensão rebaixada visa dar segurança nas curvas e, é claro, ajuda no visual esportivo. O envolvimento com o carro também está presente no seu interior conectado.

LEIA MAIS: Corsa e Peugeot 208 ganham versões elétricas

Já a Chevy, como é chamada a GM nos EUA, exibiu a E-10, que tem muita potência para uma picape, segmento altamente disputado. Em contraste com a atual S10, o veículo mostrado em Las Vegas é conceitual, com estilo vintage.

Este novo conceito de picape elétrica é baseado na primeira picape S10, de 1962. Tem um pacote de propulsão elétrica oriundo da experiência obtida com o Chevrolet Bolt, o sucesso da montadora entre os modelos totalmente EVs. Seu trem de força tem 450 cv de potência com duas baterias de 60 kWh. A GM diz que o E-10 atingirá 100 km/h em cinco segundos e percorrerá 400 metros em 13 segundos.

Ford Bronco Hybrid

Ford Bronco arrow-options
Divulgação

O SUV off-road Bronco R mostra como será o futuro veículo da Ford, ressuscitado agora com a tecnologia híbrida

A Ford prepara ainda a reedição do novo Bronco, um tradicional SUV off-road que agora será híbrido. Trata-se de um utilitário grandalhão, ícone norte-americano nos anos 70, que será ressuscitado.

LEIA MAIS: Saiba quais são as novidades de carros elétricos e híbridos no Japão

Sua revelação ocorrerá no início de 2020, mas a montadora fez uma demonstração prévia com um veículo de corrida chamado Bronco R para a competição Baja 1000 no deserto do México. O novo Ford Bronco Hybrid terá um motor V6 3.5 turbo de 450 cv de potência combinado com um elétrico. Ele virá em duas e quatro portas para competir com o Jeep Wrangler. Terá uma versão do novo chassi T6 que vai também ser usado na futura picape Ranger.

Afinal, as centenárias montadoras americanas correm contra o tempo. Além de manter seus clientes atuais com veículos potentes (como o Ford Mustang ), elas precisam atrair uma nova geração de pessoas desejam modelos econômicos e de reduzidas emissões.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros

Ferrari Roma é a nova estrela da Casa de Maranello

Publicado

source

Motor Show

Ferrari arrow-options
Divulgação

Ferrari Roma: visual conta com uma dianteira longa e uma traseira curta, aliado a equipamentos de última geração

Eis o novo ícone da Casa de Maranello: a Ferrari Roma. Ela foi apresentada durante uma festa para convidados especiais e presta uma homenagem a cidade de Roma, na Itália. Lado a lado com o modelo Portofino , a Roma cresceu 70 mm no comprimento (4,656 m) e 44 mm na largura (1,974 m), enquanto a altura diminuiu 17 mm (1,301 m) e o entre se manteve inalterado (2,670 m).

LEIA MAIS: Avaliação: Ferrari 488 Pista é um esportivo impecável

O visual exibe uma dianteira longa associada a traseira curta. Aliás, alguns elementos de design roubam os olhares, como os faróis Matrix LED com barra horizontal, inspirados nos modelos Monza SP1 e Monza SP2, e as lanternas divididas em quatro seções (uma clássica solução de estilo nos carros da Ferrari ).

LEIA MAIS: Ferrari revela novo 812 GTS, o conversível mais potente do mundo

Interior e mecânica

Por dentro, a cabine adota o conceito “Dual Cockpit”, com duas células bem divididas para motorista e passageiro. O habitáculo oferece três telas, com novo multimídia vertical de 8,4″, um display para o passageiro e o quadro de instrumentos de 16″. Outro destaque do super-carro aparece no volante com botões táteis.

LEIA MAIS: Ferrari lança o conversível F8 Spider que será vendido no Brasil em breve

Sob o capô, se esconde um motor V8 3.9 turbinado, na posição central-traseira, com 620 cv de 5.750 a 7.500 rpm e torque de 77 kgfm disponível entre 3.000 e 5.750 rpm. O câmbio é de dupla embreagem derivado da Ferrari SF90 Stradale , mas com oito marchas. Com 1.570 kg e relação peso-potência de 2,53 kg/cv, é possível acelerar de 0-100 km/h em baixos 3,4 segundos, de 0-200 km/h em 9,3 segundos, e atingir 320 km/h de velocidade máxima.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros

Novo Chevrolet Onix aparece com traje esporte e sem disfarces

Publicado

source


Chevrolet Onix RS preto arrow-options
Reprodução/Instagram

Chevrolet Onix RS: versão esportiva terá ampla grade frontal, defletores de ar e rodas pintadas de preto brilhante


Bem que a GM queria fazer uma surpresa e mostrar a nova versão esportiva RS do novo Chevrolet Onix mais adiante. Mas imagens da novidade acabaram sendo postadas nas redes sociais antes do previsto.

LEIA MAIS:  Chevrolet Onix hatch tem mais imagens e especificações divulgadas pela GM

As fotos do novo Chevrolet Onix RS revelam que o carro terá itens exclusivos, como as rodas pintadas de preto, o defletor de ar na traseira, a grade frontal estilo “colmeia” e a sigla “RS” no canto do para-choque, detalhe que lembra o antigo Corsa GSi, de meados dos anos 90.

Pelo o que se sabe até agora, o novo Chevrolet Onix RS terá o mesmo motor 1.0, turbo, de 116 cv das versões mais equipadas do compacto, com a diferença de vir acoplado ao câmbio manual, de seis marchas, e não ao automático. Isso deverá dar mais agilidade ao carro, além de garantir total controle do carro a quem estiver dirigindo, que decidirá quando trocar de marcha ou fazer reduções e não um sistema eletrônico. 

Veja Também:  Fiat Toro Ultra 2020 chegará às lojas em dezembro por R$ 164.900

Mais detalhes do Chevrolet Onix RS

Chevrolet Onix RS arrow-options
Reprodução/Instagram

Interior do Chevrolet Onix RS contará com volante revestido de couro com costuras vermelhas entre os itens exclusivos


Ainda como parte do visual do Onix RS, destacam-se itens como a mesma sigla RS na traseira o acabamento preto brilhante nas rodas. Por dentro, o carro vem com volante revestido de couro com costuras vermelhas, cor também utilizada nas molduras das saídas de ar. Pelo o que as imagens mostram, os bancos são bem parecidos com os das demais versões, revestidos de courino e tecido, nada de largos apoios laterais. 

 LEIA MAIS: Confira como deverá ficar a versão com apelo aventureiro do novo Onix

As versões hatch do novo Chevrolet Onix  deverão começar a chegar às lojas entre o fim do mês e o início de dezembro. Como a nova versão RS está pronta, é provável que também faça parte das que serão oferecidas ao público assim que o carro começar a ser vendido nas lojas, o que deverá ser confirmado no evento de apresentação da novidade.



Fonte: IG Carros
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana