conecte-se conosco

Mato Grosso

Vigilância Epidemiológica do Estado alerta municípios para vírus da dengue grave

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, emitiu um alerta aos municípios para a identificação do vírus DENV-2, um tipo de dengue que evolui rápido e pode levar a óbito. Esse vírus já circulou no Estado em 2011, quando houve o bloqueio epidemiológico que evitou uma epidemia.

Porém, de acordo com a área técnica, existe um risco de reinfecção e do surgimento de casos mais graves, especialmente em crianças.

“Orientamos aos profissionais de saúde dos municípios que notifiquem todos os casos suspeitos das arboviroses dengue, chikungunya e zika, considerando o cenário epidemiológico dessas doenças. Ao observar os sintomas, é preciso que os profissionais redobrem a atenção”, recomenda a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Alessandra Moraes.

A Vigilância do Estado divulgou aos municípios o fluxo de encaminhamento de amostras para diagnóstico laboratorial dos casos suspeitos de dengue, sendo o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) a referência estadual.

Os casos considerados suspeitos apresentam febre de duração máxima de sete dias, acompanhada de pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, cefaleia, mialgia, artralgia, dor retro-orbitária, prostração, exantema e com exposição à área com transmissão de dengue ou com presença de Aedes Aegypti nos últimos quinze dias.

Veja Também:  Agentes públicos de 25 instituições reforçam repressão ao crime organizado

No caso de dengue grave ou óbito com suspeita de dengue, a notificação aos serviços da Vigilância Epidemiológica Municipal e Estadual deve ser feita imediatamente, alertou Alessandra de Moraes.

Outra recomendação à Rede Municipal de Saúde é para que seja feita e investigação de antecedentes epidemiológicos do paciente.

“É importante enfatizar que, ao ser infectado por um sorotipo do vírus da dengue, a pessoa cria imunidade permanente contra esse sorotipo, entretanto, também cria anticorpos que podem agravar uma infecção caso seja infectado por um sorotipo diferente”, explicou a coordenadora.

O comunicado de alerta da SES-MT ressalta ainda que a notificação de doenças e agravos de saúde pública, além de ser uma obrigação legal do profissional de saúde, tem como objetivo sinalizar a ocorrência da doença e desencadear ações de Vigilância em Saúde.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Inscrição para vaga de analista de meio ambiente termina quinta-feira (23)

Publicado

As inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à seleção e contratação temporária de analistas de Meio Ambiente para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema/MT) se encerram nesta quinta-feira (23), às 23 horas e 59 minutos.

A inscrição deve ser efetuada somente pela internet (www.unemat.br/seletivos). A taxa de inscrição é no valor de R$ 120, pagável até o dia 24 de maio, em qualquer agência bancária ou internet. São 50 vagas, das quais 45 para ampla concorrência e cinco para pessoas com deficiência, além de formação de cadastro de reserva.

O cargo de analista de Meio Ambiente exige diploma de graduação em Ciências Biológicas, Engenharia Agrícola, Engenharia Agronômica, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Geografia, Geologia ou Gestão Ambiental. A remuneração é de R$ 7.003,16, para 40 horas semanais de atividades, e atuação no município de Cuiabá.

Envio de documentação

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar os arquivos digitais com os documentos pessoais em PDF na seguinte ordem: RG, CPF e Diploma de Graduação (frente e verso). Poderá ser enviado o histórico oficial, caso o diploma ainda não tenha sido expedido.

Veja Também:  Setasc participa de roda de conversa sobre ressocialização dos egressos no sistema prisional

No passo seguinte, os documentos comprobatórios para pontuação na avaliação de títulos deverão ser organizados e anexados em PDF, na seguinte ordem: 1) Documentos comprobatórios da pontuação de titulação; 2) Documentos comprobatórios da pontuação de cursos e 3) Documentos comprobatórios da pontuação de experiências profissionais.

Avaliação

Primeira etapa – avaliação da inscrição: Divulgada em 05 de junho, com caráter eliminatório. Terá a inscrição indeferida o candidato que não atender ao estabelecido no Edital, não anexar os documentos listados, não possuir formação exigida ou anexar documentação incompleta.

Segunda etapa – avaliação de títulos: Os títulos serão avaliados por banca examinadora constituída especialmente para essa finalidade. Somente serão pontuados os itens exigidos na Tabela de Barema (anexo do edital). O resultado da Avaliação de Títulos será divulgado em 07 de junho.

Serão classificados neste processo seletivo somente os candidatos não eliminados, classificados segundo a ordem decrescente da pontuação.  Os aprovados serão contratados por 12 meses, contados a partir do efetivo exercício, podendo ter seus contratos aditivados mediante necessidade comprovada.

Veja Também:  Detran-MT prepara chamamento para habilitar empresas de pagamento de cartões

O processo seletivo será executado pela Assessoria de Gestão de Concursos e Vestibulares da Universidade do Estado de Mato Grosso (Covest/Unemat). Toda publicação deste processo seletivo será divulgada no Diário Oficial do Estado e no endereço eletrônico www.unemat.br/seletivos.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Produtores de algodão pedem mais segurança e vão atuar em parceria com a Sesp

Publicado

Produtores de algodão devem firmar parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para melhorar o monitoramento das propriedades rurais. Eles estiveram, nesta terça-feira (21), reunidos com o titular da pasta, Alexandre Bustamante, conheceram o Centro Integrado de Comando e Controle e o uso da tecnologia para combate ao crime.

Eles pediram agilidade nas investigações sobre roubos de defensivos agrícolas nas propriedades rurais na região Médio-Norte e descobrir quem são os receptadores desses produtos.

“Nós temos ultimamente bastante ataques na região de Deciolândia, Campo Novo do Parecis, Diamantino, Brasnorte, Nova Maringá, Tapurah. Os bandidos chegam e causam um terrorismo muito grande com as famílias dos trabalhadores”, destacou o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Demerval, vai agendar uma reunião com o diretor de interior e os delegados regionais com os produtores rurais para dar uma resposta mais rápida nas investigações sobre esses tipos de crime.

O produtor rural Eraí Maggi também cobrou que a polícia possa dar uma resposta rápida em prender essas quadrilhas especializadas em roubos nas propriedades rurais.

Veja Também:  Dia da bandeira haitiana é celebrada na Escola Heliodoro com carnaval e comida típica

“Espero que o nosso pessoal da segurança possa oferecer uma atenção rápida a tudo isso. Podemos ver alguma parceria com o governo, a partir dessa ferramenta com câmeras, e nas concessões de estradas que estão sendo feitas, para que os produtores rurais possam cuidar dessas estradas. Acredito que podemos nos juntar para maximizar o trabalho”.

O secretário Alexandre Bustamante avaliou que a reunião foi muito positiva e assegurou que há investigações em andamento. Segundo ele, a parceria com os produtores rurais para instalação de câmeras nas propriedades rurais e as imagens geradas para o Centro de Comando e Controle será um grande aliado no combate ao roubo nas fazendas.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Dia da bandeira haitiana é celebrada na Escola Heliodoro com carnaval e comida típica

Publicado

Cerca de 200 pessoas estiveram na Escola Estadual Heliodoro Capistrano, no Parque Cuiabá, na Capital, participando da comemoração do Dia da Bandeira do Haiti – equivalente ao nosso 7 de Setembro. Essa festa é realizada há três anos e visa integrar os alunos imigrantes e suas famílias.

Na programação do evento, houve o canto do hino do Haiti e a apresentação de dança e comida típica. Neste ano, a escola atende 35 alunos imigrantes do país que está localizado na América Central, mas que escolheram Cuiabá para iniciar uma nova vida.

Para a celebração, que ocorreu na noite do dia 17 de maio, houve a participação de estudantes principalmente na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do ensino noturno. 

Segundo Igrid Cunha Gayva, professora de língua portuguesa para imigrantes, quando o imigrante entre em outro país, ele adquire a cultura da nova pátria e ao mesmo tempo procura espaço para mostrar a cultura que trouxe.

“Essa festa transcorreu de modo até mais agradável do que se esperava. Tivemos ex-alunos que apareceram por lá para participar, tamanha a repercussão. Muitos desses ex-alunos participaram das outras duas festas”, destaca.

Veja Também:  Estudantes do Educarte realizam apresentações de dança, coral, robótica e vídeo

Na apresentação musical, os alunos haitianos mostraram o carnaval deles, que é um pouco diferente do brasileiro. Mesmo assim, a plateia participou, atendendo o chamado dos “Hermanos”. A professora lembra que, nesse momento, os convidados participam. “E os brasileiros, que são de natureza mais extrovertida, entraram na dança”.

“A comida típica que os estudantes prepararam foi o legumm, um prato à base de legumes, como cenoura, repolho, berinjela, agrião e também carne de porco, que fez muito sucesso. Todos saborearam deixando os anfitriões satisfeitos”, avalia a professora. Igrid acredita que a festa cumpriu seu papel de integração entre brasileiros e haitianos.

A professora explica que, os imigrantes cursam inicialmente língua portuguesa. Assim que obtiver um bom domínio, passam a estudar com os demais alunos da EJA.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana