conecte-se conosco


Esportes

América empata com o Náutico e concretiza o retorno à divisão de elite

Publicado


O América atuou em Recife (PE), na noite de 12 de janeiro de 2021, e concluiu mais um belo capítulo em sua rica história. No Estádio dos Aflitos, o Coelho empatou com o Náutico-PE e garantiu seu sétimo acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A igualdade em 0 a 0, fora de casa, foi suficiente para sacramentar o acesso americano com quatro rodadas de antecedência.

Com uma campanha irrepreensível na Série B, o time comandado pelo técnico Lisca chegou a 67 pontos conquistados após 34 rodadas disputadas. Com isso, o América se mantém na liderança da competição e, além do acesso, segue forte na briga pelo tricampeonato.

Nesta quarta-feira, o Coelho retorna a Belo Horizonte e terá descanso no decorrer do dia. O time de Lisca fará um único treino na quinta-feira e volta a campo na sexta, às 21h30, quando enfrentará o Botafogo-SP na Arena Independência.

O JOGO

O primeiro tempo no Estádio dos Aflitos foi bem disputado. Em momento de ascensão na Série B, o Náutico-PE, que conseguiu sair da zona de rebaixamento nas últimas rodadas, tentou se impor dentro de casa. A equipe pernambucana conseguiu algumas chances principalmente com Kieza, porém o time americano se postou bem e conseguiu neutralizar as investidas.

  Operário vence o Confiança fora de casa pela Série B

Veja Também:  Grêmio se reapresenta e treina com foco no Atlético-MG

A primeira boa chance do jogo, contudo, foi do América. Aos 8 minutos, Ademir recebeu pelo lado esquerdo da área e chutou cruzado para boa defesa do goleiro do Náutico-PE. No minuto seguinte, o time da casa teve uma oportunidade com Kieza, que penetrou a área e tentou driblar Cavichioli, tocando para o meio da área em seguida. Mas a retaguarda americana se recuperou bem e conseguiu bloquear o chute para o gol.

A primeira etapa seguiu aberta. Aos 28 minutos, Juninho apareceu bem dentro da grande área e cabeceou forte para a área. Disputado, o primeiro tempo não teve maiores chances de perigo nos minutos finais.

O segundo tempo seguiu a tônica do primeiro. O Náutico-PE tentava ir para cima, buscando uma vitória para abrir distância do Z-4. O Coelho conseguiu administrar o ímpeto do adversário e construiu duas boas chances. A primeira com Alê, que limpou de fora da área e chutou para defesa do goleiro do Náutico-PE. Depois, em cobrança de falta, Felipe Augusto chutou forte, mas a bola desviou na barreira e foi para fora.

  Botafogo – SP joga mal e perde para o CRB em Alagoas

Veja Também:  América e Brasil de Pelotas empatam sem gols no Campeonato Brasileiro

Na sequência, o técnico Lisca promoveu diversas substituições e colocou o América para cima. O jogo seguiu equilibrado e a melhor chance americana aconteceu em disputa na área, na qual a bola sobrou para Neto Berola, mas o atacante furou no momento do chute. Pelo lado do Náutico-PE, Jorge Henrique teve grande chance de marcar o gol nos acréscimos, mas Cavichioli mostrou que estava preparado e fez defesa importante para manter o placar zerado.

Nos minutos finais, o Coelho manteve o importante ponto e comemorou o acesso à Série A ao apito final.

publicidade

Esportes

Avaí vence o Juventude-RS de 5 a 2 e foca no G4 rumo à Serie A 2021

Publicado


O Avaí continua forte! Vamos Vamos Avaí! Em confronto direto por uma vaga na Série A de 2021, o Avaí venceu, na noite desta terça-feira (19/01), o Juventude-RS, pelo placar de 5 a 2, e manteve o foco no acesso.
Nada é fácil para o Leão da Ilha!

Em disputa válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, Avaí e Juventude-RS realizam um primeiro tempo de seis gols.

Rômulo abriu o placar para o Avaí, logo aos 11 minutos de jogo. Aos 21, Matheuzinho empatou para o Juventude. Melhor na partida, o Avaí voltou a marcar com Getúlio, aos 26 e com João Lucas, aos 28. Placar Avaí 3×1 Juventude-RS. Matheuzinho, aos 36, fez o segundo deles no jogo, colocando no placar Avaí 3×2 Juventude-RS. Na sequência, Edilson, de pênalti, fez mais um para o Avaí. Fim de primeiro tempo: Avaí 4 x 2 Juventude-RS.
Na etapa final, o Avaí buscou ampliar, mas também marcou forte para evitar a reação do Juventude. Administrando o placar, o Leão da ilha chegou ao 5 a 1, aos 45 minutos de jogo. Jonathan fez, dando números finais ao confronto direto.

  Brasil de Pelota e CSA empatam na Série B

Veja Também:  Colorado fecha preparação para confronto com o São Paulo

Continue lendo

Esportes

Sampaio vence o Confiança e mantém viva a chance de acesso

Publicado


O Sampaio Corrêa foi até Aracaju e desbancou o Confiança, na Arena Batistão, em partida disputada na noite de terça-feira, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol da vitória Tricolor foi marcado pelo meia Marcinho, com um chute de fora da área no segundo tempo. O resultado levou a Bolívia Querida ao sétimo lugar com 51 pontos e ainda com chances matemáticas de acesso.

Primeiro tempo destacado pela supremacia das defesas sobre os ataques, que pouco conseguiam produzir durante os movimentos iniciais. Os donos da casa só foram assustar aos 13 minutos em uma cobrança de escanteio que foi na direção do gol.

O Sampaio respondeu também em lance esquinado. Marcinho cobrou e Daniel Felipe cabeceou por cima do travessão. Aos 28 minutos, Marcinho quase marca ao pegar uma sobra dentro da área, mas um desvio da defesa do Confiança salvou o lance.

O primeiro tempo chegou ao fim sem movimentação no placar, e o Sampaio forçado a fazer duas substituições por conta das lesões de Paulo Sérgio e Eloir.

  Figueirense empata com o Juventude no Scarpelli e soma um ponto na Série B

Veja Também:  Sampaio vence o Confiança e mantém viva a chance de acesso

Etapa final começou em ritmo mais intenso. Confiança chegou com perigo aos três minutos em uma cabeçada que saiu pela linha de fundo. A Bolívia deu o troco com Roney, que bateu colocado, obrigando o goleiro a se esticar todo e mandar para escanteio.

Na sequência não teve jeito. Marcinho recebeu na entrada da área e disparou a bomba para abrir o placar. Tricolor na frente no Batistão.

Os donos da casa tentaram reagir rápido e quase empatam com uma cabeçada que passou rente à trave. Quatro minutos depois, Mota fez uma defesa à queima-roupa e salvou o Sampaio.

O Confiança tentou exercer uma pressão em busca da igualdade, mas tudo que construiu foi domínio territorial, enquanto o Sampaio conseguiu controlar o jogo e sustentou o resultado até o apito final. Vitória que deixou a chama do acesso ainda acesa para o time do povo.

O penúltimo desafio do Sampaio Corrêa será na Arena Pantanal, na sexta-feira, contra o Cuiabá, às 21h30.

Continue lendo

Esportes

Botafogo – SP não supera CSA e perde de 3 a 1

Publicado


O Botafogo perdeu do CSA por 3 a 1, na terça-feira (19), no Estádio Santa Cruz, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol botafoguense foi marcado pelo zagueiro Walisson Maia, aos 31 minutos do segundo tempo. Já o time alagoano marcou com Nadson, aos 38 minutos da etapa inicial. No segundo tempo, Rodrigo Pimpão, aos 26, e Pedro Júnior, aos 42, fizeram o segundo e o terceiro, respectivamente.

Com o resultado, o Pantera continua na 19ª colocação com 34 pontos, cinco a menos do que o Náutico, primeiro clube fora da zona de rebaixamento e que possui um jogo a menos. O time pernambucano enfrenta o Oeste nesta quarta-feira em casa.

Agora, o Tricolor pega o Vitória na próxima terça-feira (26), às 21h30, no Barradão, em Salvador, pela penúltima rodada do campeonato.

O JOGO

O Botafogo entrou em campo com quatro novidades em relação ao empate diante do América-MG. No sistema defensivo, Martineli substituiu Romão, suspenso. No meio de campo, Matheus Anjos entrou no lugar de Ronald, que também cumpriu suspensão. Assim, Bady foi mantido e atuou ao lado do camisa 10. No ataque, Michel Douglas retornou na vaga de Judivan.

  Em jogo movimentado Chapecoense e Brasil de Pelotas empatam sem gols

Veja Também:  Avaí vence o Juventude-RS de 5 a 2 e foca no G4 rumo à Serie A 2021

No início da partida, o Tricolor teve dificuldades. Assim, o CSA dominou os 15 minutos iniciais. Mesmo assim, o goleiro Igor Bohn não foi exigido.

Depois dos 15 minutos, o Pantera melhorou e chegou com perigo. No primeiro lance, Jeferson inverteu para Martineli, que segurou a bola e devolveu para o camisa 39. O lateral/ponta, porém, não conseguiu dominar. Três minutos depois, Jeferson teve um gol anulado por impedimento.

Aos 26 minutos, após boa troca de passes no sistema ofensivo, Matheus Anjos colocou no ângulo, mas o goleiro Matheus Mendes saltou para evitar o gol.

Quando o Botafogo estava melhor em campo, o adversário abriu o placar. Aos 39 minutos, Nadson completou de cabeça uma bola enfiada e colocou no canto: 1 a 0.

Ainda na etapa inicial, o Pantera quase empatou. Val recebeu na intermediária e finalizou forte para outra boa defesa de Matheus Mendes.

No segundo tempo, o Tricolor começou procurando o ataque, enquanto o CSA se defendia atrás da linha do meio de campo e apostava nos contragolpes. Desta forma, o time alagoano ampliou. Aos 27, após cruzamento da esquerda, a bola sobrou para Pimpão, que só tirou de Igor Bohn e fez: 2 a 0.

  Brasil de Pelotas vence o Juventude de virada e chega a 47 pontos

Veja Também:  Botafogo – SP não supera CSA e perde de 3 a 1

O Botafogo não desistiu e conseguiu diminuir. Quatro minutos depois, Matheus Anjos cobrou escanteio e Maia subiu para cabecear e fazer: 2 a 1.

Pouco tempo depois, o Tricolor quase empatou. Após uma boa troca de passes, Ortega recebeu na grande área e mandou para fora.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana