RONDONÓPOLIS

Política MT

Aprovados em concurso público da Politec são convocados

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

Durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (9), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) anunciou a convocação de 14 aprovados a ocuparem o cargo de papiloscopista e três o cargo de técnico de necropsia, entre os aprovados no último concurso público da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizado em 2017. Os classificados serão destinados para as unidades dos polos regionais de Cuiabá, Rondonópolis, Tangará da Serra, Sinop e Cárceres.

O ato de nomeação já está na Secretaria da Casa Civil para assinatura do secretário-chefe Mauro Carvalho e do governador Mauro Mendes (DEM). “Soube que o documento já foi assinado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp). Quero também parabenizar os nossos desembargadores que analisaram este concurso da Politec, que já tinha tido o prazo vencido e foi homologado para até dezembro deste ano. Com essa decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), agora vamos aguardar o chamamento de mais aprovados, pois este número ainda não é o ideal para atender as unidades do interior”, ressaltou o deputado.

De acordo com Elthon Teixeira, que já está na lista para ser chamado nos próximos dias para ocupar o cargo de papiloscopista, diz que é um momento de muito emoção já que desde 2017 aguarda essa nomeação, juntamente com outros 369 aprovados. “Quero agradecer o apoio prestado pelos deputados, principalmente ao Delegado Claudinei que possibilitou essas nomeações. Com certeza é um momento de muita emoção. São anos de espera e expectativas. Aquele esforço que você fez de estudar, entrar para o serviço público. Além disso tudo, você vai estar ajudando a sociedade, prestando um serviço que vai ser em benefício de todos. É muito orgulho de ser um dos nomeados”, expõe o classificado.

Já Fabrícia Viêro Wisniewski, aprovada ao mesmo cargo de Elthon e que não teve ainda o seu nome constado na lista, ficou feliz de ter saído a primeira relação de aprovados. “Depois de tanto tempo, ainda temos a esperança que até o mês de dezembro, prazo que encerra o concurso, ocorram mais nomeações. Há uma vacância de mais de 100 vagas na Politec. A gente sabe, inclusive, que já está na mesa da Seplag um outro pedido com mais de 60 vagas para fazer nomeações. Mas, até agora, não temos um posicionamento, estamos aguardando se o governador vai fazer essa também”, explica.

“A gente tem que agradecer o deputado Claudinei, em nome de todos os classificados desse concurso de 2017. A luta dele com a gente é do ano passado inteirinho e este ano. Todas as reuniões e as falas dele na Assembleia, as visitas que ele fez em todos os polos de Mato Grosso, foi o primeiro deputado que realizou isso, realmente. Então, a gente tem que agradecer muito o empenho dele. Isso é parte da conquista dele também. Vamos continuar lutando para ver se ocorre essa segunda grande nomeação de verdade para tentar resolver o déficit de pessoal na Politec”, cobrou Fabrícia.

Concurso – O concurso público da Politec que foi realizado em 2017 foi suspenso por 10 meses em 2020, sendo que no dia 8 de junho foi homologado no prazo de seis meses para a devida nomeação dos aprovados. O parecer final do TJMT apontou que há anos a instituição sofre com o déficit na quantidade de servidores públicos. Conforme a Associação Mato-Grossense dos Peritos Papiloscópicos do Estado de Mato Grosso a situação em  Cuiabá já estava em condições insustentáveis, com a falta de profissionais e, nas cidades do interior, chegava-se a ter um servidor para atender toda a regional e tendo que assumir diferentes atribuições.

O parlamentar aproveitou para agradecer e parabenizar o secretário de Estado de Planejamento e Gestão de Mato Grosso (Seplag), Basílio Bezerra Guimarães, pela transparência. “Primeiro quero tecer um elogio ao Basílio que é um dos secretários que sempre atende os deputados, respeita, retorna à ligação quando não dá para atender na hora e presta as informações verdadeiras – sejam positivas ou negativas – com transparência. Sem contar que dá o andamento nas informações que os deputados precisam”, declarou.

Ele acrescentou que não pertence à base governista e que secretário de Planejamento é imparcial neste quesito. “Parabéns ao Basílio que passou essas informações importantes. Muitas vezes ficam neste jogo de empurra, em que vai para a uma Secretaria ou outra e não resolve nada. E, na verdade, a maioria dos secretários do governo estadual atendem bem e respeitam os deputados, infelizmente, é a minoria que nós temos tido essa falta de compromisso e respeito. Eu sou prova disso”, frisou Claudinei.

Fonte: ALMT

Propaganda

Política MT

Câmara setorial discute participação das mulheres nos espaços públicos

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

A Câmara Setorial Temática (CST) da Mulher realizou, nesta segunda-feira (21), o seminário “Mulheres no Espaço Público”, com o objetivo de debater e analisar como se articulam as relações das mulheres nas instâncias de poder.  O evento foi realizado no Plenário das Deliberações da Assembleia Legislativa, a pedido do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), e marcou o encerramento dos trabalhos realizados durante dois anos pela câmara setorial.

A participação da mulher nos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo e os desafios enfrentados por elas para alcançar tais posições, bem como no exercício diário de suas funções, foram os principais assuntos discutidos. Contribuíram com o debate acerca da presença da mulher no Judiciário a desembargadora e presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Maria Helena Póvoas, a supervisora da Política Judiciária Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Maria Amorim Ziouva e o juiz de direito da 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Cuiabá, Jamilson Haddad.

Única mulher no Parlamento mato-grossense, a deputada Janaina Riva (MDB) destacou a baixa representatividade feminina na política e defendeu pautas como a realização de debates nas escolas sobre a importância da participação da mulher na política e a definição de cota de gênero para ocupação de cadeiras dos legislativos. “Estou apostando muito nessa reforma eleitoral para que nós possamos dar o passo inicial para reserva de vagas de 15% às mulheres. Isso vai ser uma redenção no estado de Mato Grosso. Parece não ser muita coisa, mas aqui na Assembleia seremos quatro mulheres”, frisou.

A definição de uma cota para ocupação efetiva das mulheres nos parlamentos também foi defendida pelas vereadoras de Cuiabá, Edna Sampaio (PT), e de Várzea Grande, Rosy Prado (DEM), e pela deputada federal Rosa Neide (PT). Na ocasião, a parlamentar apresentou algumas propostas de sua autoria para assegurar os direitos das mulheres e informou que a bancada feminina da Câmara Federal encaminhou sete emendas à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 125/11, que trata da reforma política.

A secretária da Mulher de Cuiabá, Luciana Zamproni, a secretária de estado de Assistência Social, Rosa Maria Carvalho, e a prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias (PSB), falaram sobre suas trajetórias na vida pública e as ações desenvolvidas em suas respectivas pastas. 

Encerramento dos trabalhos – Os trabalhos realizados pela câmara setorial durante dois anos foram reunidos em um relatório, cujo conteúdo deverá ser divulgado em agosto. A presidente da CST, Jacy Proença, no entanto, adianta que o documento contém um conjunto de propostas de legislação e de políticas públicas em defesa das mulheres e propõe também a criação de um organismo na Casa de Leis para assegurar o acompanhamento do tema de forma permanente.

“Acreditamos que o relatório servirá como referencial para desenvolver as políticas públicas que o estado e os municípios tanto necessitam em favor das mulheres”, afirmou.

As ações realizadas pela CST também deram origem à cartilha “Mulheres no Espaço Público”, lançada durante o seminário pela promotora de justiça de Mato Grosso e membro da CST, Lindinalva Rodrigues. 

O deputado Wilson Santos (PSDB) parabenizou as integrantes da Câmara Setorial e salientou a importância dos trabalhos realizados. “As propostas incluídas no relatório nasceram das próprias mulheres e espero que a Assembleia Legislativa as acate em sua totalidade, porque tenho certeza que será uma ferramenta consistente de defesa da mulher e, por consequência, de redução da violência contra a mulher em Mato Grosso”.

Ao final do seminário, o parlamentar entregou moções de aplausos às mulheres que contribuíram com os trabalhos da CST.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Deputado Nininho anuncia investimento de R$ 40 milhões para Canarana

Publicados

em


Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, e o deputado federal Neri Geller (PP) visitaram no dia 17 desse mês o município de Canarana. O objetivo da reunião com o prefeito Fábio Faria (DEM), o vice-prefeito Vilson Biguelini (PSD), vereadores e secretários municipais foi verificar as demandas encaminhadas e anunciar as ações que contam com o apoio do senador Carlos Fávaro (PSD), bem como do deputado Neri. 

De acordo com o deputado Nininho, alguns encaminhamentos já estão em andamento, como é o caso do projeto de pavimentação da MT-110 que compreende 135 quilômetros de extensão. 

“Nós levamos ao senador [Carlos Fávaro] a importância da pavimentação do trecho que dá acesso a dois importantes municípios, onde boa parte da produção é escoada. Acredito que essa emenda parlamentar será um marco no desenvolvimento da região”, explicou Nininho. O parlamentar ainda anunciou novas obras de infraestrutura para o município.  “Serão 500.000 m² de pavimentação urbana com microrrevestimento e isso representa 50 km de pavimento. O município também vai receber R$ 2,5 milhões de lama asfáltica para a recuperação de ruas e avenidas, recursos articulados por mim, o senador Carlos Fávaro e o deputado Neri, junto ao governador Mauro Mendes”, anunciou.

Nininho lembrou das ações concretizadas no município, indicações entregues pelos vereadores, prefeito e  vice-prefeito que foram concluídas, e pontuou alguns encaminhamentos.

“A partir de uma indicação do vereador Soni, já coloquei R$ 300 mil de emenda para a instalação de câmeras de monitoramento. Para a educação, destinei uma emenda parlamentar a pedido da vereadora Professora Márcia para a aquisição de kit de computadores. Temos outras ações ainda em fase de estudo de viabilidade. Acredito que estamos no caminho certo, pois trabalhamos com parcerias que têm compromisso com nosso estado. O governador Mauro Mendes tem feito uma gestão de excelência com os recursos”, ratificou o parlamentar. 

Segundo o deputado federal Neri Geller, todas as ações concluídas no município são importantes. “Temos a gestão tanto na infraestrutura rural quanto urbana. A nossa obrigação é trabalhar para que as necessidades sejam supridas a medida do possível e que realmente atenda a população”, pontuou Geller. Neri também destacou a importância do PL 3729, aprovado na câmara federal e encaminhado ao Senado Federal, e que se regulamentado será um grande avanço para o país, em especial para Mato Grosso. 

“Com a desburocratização vamos conseguir destravar projetos como as licenças ambientais para a pavimentação das BRs – 158, 242 e 174. Outros projetos como da malha ferroviária em alguns pontos precisam ser analisados, estamos falando de mais desenvolvimento sustentável para todo o estado”, destacou o deputado Neri.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

AL aprova projeto que garante aos servidores da segurança compensação de horas quando chamados pelo Judiciário

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

O Projeto de Lei de n.º 834/2019 que trata da compensação de horas aos servidores da segurança pública quando estes forem convocados para audiência no Poder Judiciário, na condição de testemunha em razão do serviço e caso estejam em período de folga, férias ou licença, foi aprovado em segunda votação, durante sessão plenária na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). A matéria é de autoria do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e foi encaminhada à sanção do Poder Executivo.

De acordo com o parlamentar, que atuou por mais de 18 anos como delegado na Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), já aconteceu de ter que atender o Poder Judiciário mesmo não estando em atividade na PJC. “Este é um grande ganho para a categoria com a aprovação do projeto de lei. Eu, como delegado de polícia, sofria muito com isso, para atender essa chamada judicial. Às vezes, a audiência atrasa ou é marcada de manhã e acontece à tarde, ou ainda é cancelada e perde-se o dia todo”, esclareceu.

Ele explica que a matéria é para atender todos os profissionais da segurança pública de Mato Grosso que são convocados a prestarem depoimentos e colaborarem com o Poder Judiciário. “Inicialmente, defendemos o pagamento das horas, na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), mas poderia ter vício de iniciativa. Então, alteramos e foi convertida como compensação das horas para que o servidor possa usufruir em data futura”, ressalvou Claudinei. 

Para a devida compensação das horas, o servidor deverá comprovar o seu comparecimento na audiência de instrução e julgamento, mediante certidão expedida pelo órgão judiciário, com o nome do profissional, data e horário do ato. Os agentes da segurança pública que terão direito são aqueles que integram o quadro de pessoal da PJC, Polícia Militar (PM) e Sistema Prisional de Mato Grosso. 

Fonte: ALMT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana