conecte-se conosco


Mulher

Beber água: descubra os benefícios para a saúde além da hidratação

Publicado


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Beber água: descubra os benefícios para a saúde além da hidratação

Você já deve ter ouvido falar que o corpo humano é composto por aproximadamente 70% de água, certo? Esse líquido assume alguns papéis essenciais para a manutenção da saúde e bem-estar do organismo, auxiliando na regulação da temperatura corporal e no funcionamento dos órgãos. Além disso, beber água também ajuda a eliminar toxinas, contribuindo com a lubrificação de mucosas e condução dos nutrientes.

No entanto, mesmo com toda a sua importância, a água ainda é consumida de forma insuficiente por grande parte dos brasileiros. Segundo estudo realizado pela Danone Research , apenas 58,2% dos entrevistados cumpriram as recomendações da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA) para a ingestão total de líquidos – cerca de 2 litros para homens e 1,6 para mulheres.

Entre as crianças e os adolescentes brasileiros, essa porcentagem é ainda menor… Mais de 30% não atenderam as indicações. Pensando nisso, a nutricionista Cyntia Maurren, da Superbom, listou os principais motivos que tornam a água indispensável para o organismo , além de algumas dicas valiosas. Confira!

Benefícios de beber água para o funcionamento do organismo

Beber água: descubra os benefícios para a saúde além da hidratação
Foto: Shutterstock

Vantagens

De acordo com a especialista, as atividades cerebrais, intestinais e musculares apresentam melhor desempenho quando o corpo está devidamente hidratado.

Veja Também:  Mulher é multada por dar à luz em cadeira de dentista: "Revoltante!"

“Além do bom funcionamento do organismo, a hidratação também reflete na aparência e na textura da pele . Sem contar com a sua importante atuação para a execução das atividades físicas, que também são influenciadas pelo consumo de água”, explica.

Consequências

Se beber água oferece tantos pontos positivos, ingerir o líquido em quantidade menor do que a recomendada pode trazer diversos malefícios à saúde. Entre eles estão o cansaço, fome anormal ou ganho de peso, falhas no sistema circulatório, constipação, retenção de líquidos , déficit de atenção e memória, mau hálito e baixo desempenho atlético.

Quantidade necessária

A nutricionista reforça que, mesmo que a recomendação mínima seja de dois litros de água por dia, cada organismo apresenta uma necessidade diferente de hidratação. Para isso, existem alguns cálculos que permitem saber a quantidade ideal do líquido para o indivíduo.

“Isso é medido de acordo com a quantidade de energia que é gasta por dia. Por exemplo, uma pessoa que gasta uma média de duas mil calorias diariamente, irá precisar tomar cerca de 1 ml de água por caloria. Para facilitar, você também pode fazer o cálculo de 35 ml por kg de peso que possui, garantindo uma boa ingestão diária”, ensina.

Além disso, vale lembrar que o cuidado com a hidratação deve ser ainda maior com a chegada dos dias quentes neste verão. Afinal, é necessário repor o líquido que costuma ser perdido com o suor.

Outras opções

Sucos naturais, chás sem açúcar e frutas in natura também podem entrar na contagem de líquidos necessários por dia. Entretanto, não se deve deixar de lado a água pura, já que ela é protagonista quando falamos em hidratação. “Quando você bebe somente sucos, além do líquido, também ingere calorias e açúcares, o que pode ser contraindicado dependendo das suas condições de saúde”, diz a profissional.

Dica extra: como começar

“Algumas pessoas podem achar impossível beber dois litros de água por dia, mas a dica é ir consumindo aos poucos; e não grandes quantidades de uma vez. Comece o seu dia sempre com um belo copo de água e distribua os outros nos intervalos das refeições. Você logo sentirá os benefícios”, finaliza. Deixar uma garrafinha sempre por perto também pode ajudar bastante!

Colaboração: Cyntia Maurren, nutricionista da Superbom, empresa especializada na produção de alimentos saudáveis | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha

Fonte: IG Mulher

publicidade

Mulher

Saiba quais são os riscos de uma tatuagem íntima como a de Anitta

Publicado


source

Alto Astral

Saiba quais são os riscos de uma tatuagem íntima como a de Anitta
Reprodução: Alto Astral

Saiba quais são os riscos de uma tatuagem íntima como a de Anitta

Os fãs de Anitta foram surpreendidos com a mais nova tatuagem da cantora. O local um tanto inusitado, o ânus, divertiu os internautas por sua peculiaridade. Além do choque pela região ser polêmica, o procedimento na área sensível pode gerar complicações.

A tatuagem nada mais é do que múltiplas microperfurações na pele com a aplicação de uma tinta. Segundo a dermatologista Dra. Adriana de Jesus Pires Pinto, as hipóteses de infecção bacteriana são maiores quando a técnica é feita numa região íntima, podendo trazer riscos à saúde.

“São áreas mais quentes e úmidas, e existem contaminantes nas fezes. Dessa forma, as chances de infecção são maiores”, explica a doutora.

Ao realizar um procedimento como esse, é necessário fazer uma higiene rigorosa e frequente, já que a área tatuada precisa ficar seca e limpa para cicatrizar adequadamente. O que é bem complicado, já que a região escolhida pela poderosa é um local quente e abafado.

Veja Também:  Mulher é multada por dar à luz em cadeira de dentista: "Revoltante!"

Além disso, após a técnica, aumentam as chances de apresentar a Síndrome de Fournier, uma grave infecção bacteriana rara, que acomete as partes íntimas podendo se estender até o abdome , virilha e parte das coxas.

Você viu?

“Como o local é extremamente sensível e o ambiente é propício às bactérias e fungos, quando contaminado, a cicatrização se torna mais complicada”, explica Dra. Camilla Pinheiro, que destaca que durante o tratamento, a pessoa pode ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva.

Outros tipos de infecções bacterianas podem aparecer também. As mais prováveis costumam ser causadas principalmente pelas bactérias mais comuns da pele , Staphylococcus e a Streptococcus, ou das fezes, as enterobactérias, afirma a dermatologista.

Outro ponto problemático no procedimento da famosa é que a arte foi realizada em sua mansão. O habitual seria ter feito a tatuagem em estúdio de tatuagem, regulamentado pelas autoridades sanitárias e seguindo os protocolos de higiene e assepsia.

Consultoria : Dra. Adriana de Jesus Pires Pinto, dermatologista e Dra. Camilla Pinheiro, ginecologista.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Receita para trazer um novo amor

Publicado


source

João Bidu

Receita para trazer um novo amor
Ana Melo

Receita para trazer um novo amor

Cansou de sonhar com um novo amor e passar vontade? A receita de um novo amor pode fazer com que seu desejo seja realizado, assim, você pode conhecer um pretende nota 10 para viver suas fantasias amorosas. Peça para Santo Antônio um amor verdadeiro e leal com essa receita. Confira a seguir duas simpatias para aumentar seu poder de sedução e atrair um consagrado.

Simpatias para aumentar seu poder de sedução e atrair um novo amor

AUMENTE SUA SENSUALIDADE

Em uma noite de Lua Crescente, prepare um pequeno altar com uma toalha branca, uma vela branca, um copo com leite, um cristal de citrino (que você encontra em lojas de produtos esotéricos), incensos de rosa branca, lírio e cânfora. Acenda a vela sobre um pires, os incensos em um incensário e invoque as deusas da Lua, dizendo: “Deusas da Lua, senhoras da noite, Iemanjá, Ártemis, Diana, Ísis, Luna, Selene e todas vós, santas sagradas! A mim venham as tuas bênçãos e que eu me torne muito sensual”. Coloque o dedo indicador no copo com leite e desenhe uma Lua Crescente em sua testa. Beba todo o leite do copo e faça uma prece de agradecimento a todas as deusas invocadas. Lave o copo, o pires e a toalha que podem ser reutilizados normalmente. Jogue os restos da vela no lixo e sopre as cinzas dos incensos ao vento. Guarde o cristal no seu armário.

Veja Também:  Receita para trazer um novo amor

RECEITA DE UM NOVO AMOR

Você viu?

Faça um mingau com 1 colher (sopa) de maisena e 1/2 litro de leite. Despeje em 1 vasilha e coloque em frente de 1 imagem de Santo Antônio por 24 horas. Em seguida, acenda 1 incenso abre-caminhos (encontra-se em casas especializadas em artigo de umbanda) e reze 7 Pais-Nossos, 7 Ave-Marias e 7 Credos, pedindo que o Santo e o seu anjo da guarda, a ajudem a chamar a atenção do gato que quer como namorado. Tudo o que sobrar da magia, inclusive a vasilha, embrulhe em 1 pano branco e jogue em um lixo afastado da sua casa.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Emagrecimento rápido com saúde? Conheça a dieta low carb!

Publicado


source

Alto Astral

Emagrecimento rápido com saúde? Conheça a dieta low carb!
Reprodução: Alto Astral

Emagrecimento rápido com saúde? Conheça a dieta low carb!

A dieta low carb vem conquistando muitas pessoas que buscam um emagrecimento mais rápido junto de um ganho de saúde. Existem diversas opções, é necessário conhecê-las para saber qual é a mais indicada para a sua fase atual da vida.

No entanto, sem um acompanhamento nutricional esta estratégia alimentar pode não render os resultados esperados. Além disso, não existe uma “melhor dieta”, e sim a que dá certo para você.

A low carb pode ser uma estratégia temporária ou ser seguida a vida toda, dependendo da sua adaptação e dos seus objetivos no momento. Quer saber se ela é uma boa opção pra você? Confira 5 curiosidades sobre a dieta:

Low carb é a mesma coisa que cetogênica?

Ambas as estratégias alimentares buscam a redução na ingestão de carboidratos. Enquanto a low carb define um consumo de menos de 200g do nutriente por dia, ou que menos de 40% das calorias sejam provenientes dele, a cetogênica prega uma ingestão ainda menor, de até 50g de carboidratos diariamente.

Segundo a médica Bruna Marisa, especialista em emagrecimento, a dieta cetogênica é recomendada por um curto período ou para situações específicas. Durante a cetogênica, é importante contar os carboidratos de todos os alimentos, incluindo as bebidas.

Lembre-se de que a quantidade recomendada é do nutriente, e não do alimento fonte dele: por exemplo, uma fatia de pão tem aproximadamente 25g — e 12g do peso são de carboidratos.

Low carb é dieta da moda?

Para emagrecer com saúde, a recomendação é: evite seguir dietas da moda e não copie a alimentação dos outros. A low carb é uma prática alimentar bastante popular e que ficou ainda mais conhecida nos últimos anos. Entretanto, não pode ser chamada de “dieta da moda” de maneira negativa, uma vez que existem muitos estudos comprovando seus benefícios não só para o emagrecimento, mas para ajudar no controle de problemas de saúde como esteatose hepática, diabetes e hipertensão.

Veja Também:  Receita para trazer um novo amor

“Há coisas que estão na moda e são ruins e outras que são ótimas. A popularidade não é o critério pelo qual se determina o mérito científico”, destaca o médico José Carlos Souto, diretor-presidente da Associação Brasileira LowCarb (ABLC).

Nessa estratégia alimentar, a intenção é restringir principalmente o consumo de produtos refinados e alimentos processados, além de diminuir a ingestão de grãos, como arroz e trigo. Hábitos semelhantes já eram seguidos pelos nossos ancestrais em um período anterior ao surgimento da agricultura.

A dieta prejudica os treinos?

Talvez a redução de carboidratos, especialmente se você estava acostumado a consumir uma quantidade grande do nutriente, pode interferir no seu rendimento nas primeiras semanas. Por isso a importância do acompanhamento nutricional.

Você viu?

Contudo, é possível continuar com um bom rendimento nos exercícios e há até mesmo atletas profissionais que mantêm a low carb sem prejuízos. Isso porque o corpo aprende a utilizar a gordura como fonte de energia, que tem mais calorias e existe em maior quantidade no corpo.

Em relação à manutenção ou ganho de músculos, durante a fase de emagrecimento é normal perder uma pequena quantidade de massa magra, em qualquer tipo de dieta.

“Há apenas duas estratégias para mitigar isso: exercício resistido (musculação, por exemplo) e aumento do consumo de proteínas”, indica Souto.

O cérebro precisa de carboidratos para funcionar?

Veja Também:  Bocas atraentes: conheça diversos procedimentos estéticos para os lábios

É preciso um aporte de glicose para o cérebro diariamente, porém ela não precisa ser adquirida através de uma alimentação rica em carboidratos. Vale lembrar que a dieta low carb não consiste na exclusão desse nutriente, e sim na redução.

Além disso, o processo de glicogênese (produção de glicose pelo fígado) é suficiente para manter o nível glicêmico do organismo por tempo indeterminado. Segundo Souto, os aminoácidos necessários para a realização desse processo podem vir de proteínas ingeridas na dieta.

O médico explica que o cérebro depende primariamente de glicose apenas em quem se alimenta à base de carboidratos. “Nas pessoas que se alimentam com baixo teor de carboidrato, até 75% das necessidades energéticas do cérebro são supridas por corpos cetônicos, pequenas moléculas energéticas produzidas pelo fígado a partir dos lipídeos, com esse fim”, esclarece o profissional.

Geralmente, após algumas semanas seguindo a dieta low carb, os indivíduos relatam melhora na concentração e na memória e menos sonolência diurna.

Essa estratégia alimentar sobrecarrega os rins?

Pessoas com qualquer tipo de problema de saúde devem consultar o médico antes de iniciar um plano alimentar. Pacientes com insuficiência renal, por exemplo, apresentam dificuldades em excretar diversas substâncias, como as derivadas do metabolismo de proteínas, por isso não podem aderir a uma dieta hiperproteica.

No entanto, o médico explica que pessoas sadias não vão desenvolver a doença se consumirem proteínas. Além disso, a ideia da low carb não é consumir proteínas em excesso, mas sim na quantidade adequada para cada organismo.

“Low carb é normoproteico, e isso deveria ser conhecimento básico para um profissional de saúde que fala sobre o assunto”, comenta Souto.

Colaboração: SportLife

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana