conecte-se conosco


Economia

Caixa prorroga prazo para cliente do banco antecipar saque de R$ 500 do FGTS

Publicado

source
caixa arrow-options
Tomaz Silva/Agência Brasil – 10.3.2017

Caixa prorrogou prazo para cliente do banco antecipar saque de R$ 500 do FGTS

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (10) a prorrogação do prazo para que os clientes com conta-corrente no banco autorizem o crédito automático e antecipado, de até R$ 500 por conta vinculada, do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Leia também: Saque de R$ 500 do FGTS começa nesta semana; saiba como tirar o dinheiro

O banco havia determinado que os correntistas deveriam ter autorizado o depósito até o dia 25 de agosto para receberem antecipadamente o dinheiro diretamente na conta. Agora, a nova data limite vai até 4 de outubro, mas varia de acordo com a data de aniversário do trabalhador.

Quem optar pelo crédito em conta a partir do dia 5 de outubro receberá os valores do saque imediato do FGTS em até 20 dias.

A opção dará direito ao correntista de receber o dinheiro entre 13 de setembro e 9 de outubro, dependendo do mês de aniversário. Quem tem poupança na Caixa não precisa autorizar, já que o crédito é automático.

Veja Também:  Confiança na indústria sobe pelo quarto mês consecutivo

Para quem nasceu entre janeiro e abril e não deu a autorização, no entanto, o prazo acabou no último dia 8. Assim, quem ainda não autorizou o depósito não poderá receber na próxima sexta-feira, dia 13, data inaugural dos pagamentos do Fundo de Garantia . Neste caso, o correntista que autorizar agora receberá na data seguinte do calendário, ou seja, em 27 de setembro (junto com os nascidos entre maio e agosto), de acordo com a Caixa.

Confira o novo calendário:

Os trabalhadores titulares de conta corrente na Caixa deverão observar os prazos abaixo para solicitar o crédito em conta, conforme seu mês de nascimento:

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril – Para quem optou pelo crédito em conta, pagamento em 13/9;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto – Até 22/9 para optar pelo crédito em conta, pagamento em 27/9; e
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro – Até 4/10 para optar pelo crédito em conta, pagamento em 9/10.

De acordo com o banco, o trabalhador nascido em outubro que fez a opção pelo crédito em conta no dia 15 de setembro receberá os valores no dia 9 de outubro.

Veja Também:  Mercado reduz expectativa de inflação para este ano pela oitava semana seguida

O beneficiário pode conferir a data em que o crédito será feito em sua conta por meio do aplicativo FGTS e dos demais canais da Caixa.

Leia também: O que fazer com os R$ 500 do FGTS: pagar dívida, deixar parado ou gastar?

Trabalhador sem conta na Caixa recebe depois

Para quem não tem conta-corrente na Caixa, o início do saque por meio dos canais de atendimento será de acordo com o mês de nascimento:

  • Janeiro – a partir de 18/10/2019;
  • Fevereiro – a partir de 25/10/2019;
  • Março – a partir de 08/11/2019;
  • Abril – a partir de 22/11/2019;
  • Maio – a partir de 06/12/2019;
  • Junho – a partir de 18/12/2019;
  • Julho – a partir de 10/10/2020;
  • Agosto – a partir de 17/01/2020;
  • Setembro – a partir de 24/01/2020;
  • Outubro – a partir de 07/02/2020;
  • Novembro – a partir de14/02/2020; e
  • Dezembro – a partir de 06/03/2020.

Fonte: IG Economia
publicidade

Economia

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões neste sábado

Publicado

source
mega-sena arrow-options
iG São Paulo

Mega-Sena sorteia neste sábado (29) prêmio de R$ 3 milhões

A Mega-Sena sorteia neste sábado (29) um prêmio de R$ 3 milhões. As seis dezenas do concurso 2.238 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

Leia também: Já imaginou ganhar a Mega-Sena? Veja como prêmios são pagos com segurança

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples da  Mega-Sena , com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Na última quinta (27), pela primeira vez no ano, o prêmio máximo da Mega saiu. Duas apostas diviram a bolada histórica de R$ 211,6 mihões, sendo uma delas um bolão com mais de 35 participantes. As apostas vencedoras são de Rio Branco (AC) e Fortaleza (CE). A arrecadação superou a previsão da Caixa Econômica Federal, que era de R$ 200 milhões, o que fez a premiação ser de R$ 211.652.717,75.

Veja Também:  Após recesso, agências bancárias abrem hoje às 12h

Como funciona

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e pode pagar milhões ao sortudo que acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem ao menos duas vezes por semana – normalmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, as chamadas Quadra e Quina, respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha – nesse modelo, o sistema escolhe automaticamente as dezenas que serão jogadas. Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, a chamada Teimosinha.

Premiação

Os prêmios iniciais costumam ser de aproximadamente R$ 3 milhões para quem acerta as seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

Leia também: Dinheiro da aposta não serve só para premiar: quem ganha com recurso da loteria?

Veja Também:  Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões neste sábado

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos de final zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Empresa usa currículos de candidatos para embalar produtos em Rondônia

Publicado

source

Uma loja de bijuterias e artigos de decoração em Rondônia gerou repercussão na internet nesta semana após uma cliente ter relatado que comprou peças de vidro no estabelecimento e, ao chegar em sua casa, notou que os produtos foram embalados com currículos deixados na empresa por pessoas que estão à procura de emprego em Porto Velho. As informações foram divulgadas na última quinta-feira (27) pelo portal G1 Rondônia.

São Paulo recebe primeira usina solar de energia sustentável

A cliente da loja então reclamou na internet, publicando uma foto dos currículos embrulhados em sua compra. O caso ganhou repercussão nas redes sociais.

Post de revolta da cliente arrow-options
Divulgação/Instagram

Post de revolta da cliente


A mulher escreveu: “Total falta de respeito e noção. Tem gente que pega grana emprestada pra imprimir e entregar o currículo, ou às vezes anda a pé por quilômetros para entregar o currículo, aí vem uma pessoa e faz isso. Revoltante!!!”

A loja “Patricinha Fashion” informou por meio de nota que p uso de currículos no embalo de produtos não é uma prática ensinada aos seus funcionários.

Veja Também:  Como o coronavírus afeta a inovação e o comércio brasileiro com a Ásia

“Pedimos sinceras desculpas pelo terrível incidente. Trata-se de um fato pontual”, afirmou a empresa.

Ver essa foto no Instagram

📌Nota de esclarecimento .

Uma publicação compartilhada por ☝️ Assistam os stories (@lojaspatricinhafashion) em 26 de Fev, 2020 às 3:22 PST


Além disso, a loja comunica que nenhum dos colaboradores de Porto Velho foi prejudicado por conta do ato.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Saiba como denunciar preços abusivos de máscaras e álcool em gel

Publicado

source
coronavirus arrow-options
Agência Brasil

Coronavírus chegou ao Brasil e máscaras de proteção e álcool em gel sumiram das farmácias

A chegada do coronavírus ao Brasil causa, apesar dos avisos das autoridades, alarde. Por mais que o Ministério da Saúde busque tranquilizar a população e detalhar que os casos suspeitos são isolados, meios de proteção como álcool em gel e máscaras estão em alta, ou melhor, em falta.

Leia também: Cai para 66 número de suspeitas de coronavírus em São Paulo

Em muitas farmácias de São Paulo, os itens viraram raridade. Pelo Brasil, já há também relatos de alta de preço do álcool gel e das máscaras protetoras. Preços abusivos podem e devem ser denunciados.

De olho nas variações de preços, o Procon-SP  informa que vai checar os valores cobrados neste mês por várias marcas em 15 farmácias espalhadas pelas cinco regiões da capital paulista. A comparação levará em conta os preços de fevereiro do ano passado e a inflação.

O Procon diz ainda que vai apurar as formas de comercialização das  máscaras de proteção e do álcool gel e se a quantidade está sendo fracionada de modo a permitir que o maior número de consumidores tenham acesso aos produtos.

Veja Também:  Unesp coordenará pesquisas com foco no plantio de cana-de-açucar

“Caso o levantamento aponte aumento injustificado e abusividade nos preços, as empresas poderão ser multadas”, informou o Procon em nota.

Leia também: Governo de São Paulo libera R$ 30 milhões para combate ao coronavírus

O resultado da pesquisa de preços deve sair na primeira quinzena de março, mas enquanto isso é possível enviar denúncias no Espaço Consumidor do próprio Procon, pelo  site ou o telefone 151, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana