RONDONÓPOLIS

Carros

Calma e respire fundo: cinco roteiros a serem seguidos após uma colisão

Publicados

em


source


O primeiro passo a ser feito após uma colisão é tirar os veículos envolvidos da rua
Divulgação

O primeiro passo a ser feito após uma colisão é tirar os veículos envolvidos da rua

Nem sempre podemos evitar os acidentes de trânsito e não custa lembrar que é sempre prudente manter sempre a calma por pior que seja a gravidade do problema. Um estudo realizado pela Confederação Nacional do Transporte, registrou cerca de 1,4 milhão de ocorrências nos últimos dez anos, apenas nas rodovias federais brasileiras.

Pensando nisso, o Zul+, uma plataforma voltada para prestação de serviços automotivos em geral listou cinco etapas para o motorista seguir após uma batida de trânsito.

Se for possível, retire o carro: obstruir o tráfego e comprometer a segurança gera quatro pontos na CNH e multa de R$130,16
Reprodução: ACidade ON

Se for possível, retire o carro: obstruir o tráfego e comprometer a segurança gera quatro pontos na CNH e multa de R$130,16

1. Tire o veículo da via

O primeiro passo a ser feito após uma colisão é tirar os veículos envolvidos da rua, pois obstruir o tráfego e comprometer a segurança dos outros veículos é uma infração com quatro pontos na carteira de motorista, além de multa de R$130,16. Quando não for possível, coloque o triângulo posicionado a pelo menos 30 metros e o pisca alerta ligado.


Ligue imediatamente para o Samu (192) ou Corpo de Bombeiros (193) caso haja algum ferido mais grave
Leonardo Alvarenga/Web Repórter

Ligue imediatamente para o Samu (192) ou Corpo de Bombeiros (193) caso haja algum ferido mais grave

2. Preste socorro

Caso haja algum ferido no acidente, ligue para o Samu (192) ou Corpo de Bombeiros (193) . Verifique se o ferido está consciente e consegue se mexer. Do contrário, não o retire da posição, e deixe isso apenas aos socorristas. Além de um processo penal, não prestar os devidos cuidados e fugir do local gera multa de R$ 1.467,35 e cassação da CNH.


Você viu?

É sempre importante ter os registros para o caso de uma possível ação judicial
undefined

É sempre importante ter os registros para o caso de uma possível ação judicial

3. Converse com o outro motorista

Se tudo ok, com calma e converse sobre o culpado e quem vai arcar com os prejuízos. Anote o nome completo e telefone do motorista, placa e modelo do carro e do local exato do acidente . Mesmo que os envolvidos tenham entrado em acordo é sempre importante ter os registros para o caso de uma possível ação judicial, inclusive, é indicado fotografar o acontecimento .


Mesmo que não seja obrigatório, algumas seguradoras exigem um boletim de ocorrência para o processo de indenização
Divulgação

Mesmo que não seja obrigatório, algumas seguradoras exigem um boletim de ocorrência para o processo de indenização

4. Faça um boletim de ocorrências

Em conjunto com os demais envolvidos, é possível ir a uma delegacia fazer o Boletim de Ocorrência ou realizá-lo pela internet, através do portal da Polícia Civil. Mesmo que não seja obrigatório, algumas seguradoras exigem um boletim de ocorrência para o processo de indenização.


Após a negociação com os demais envolvidos, o responsável deve acionar o seguro para arcar com o prejuízo dos veículos
Divulgação

Após a negociação com os demais envolvidos, o responsável deve acionar o seguro para arcar com o prejuízo dos veículos

5. Acione o seguro do seu carro

Após a negociação com os demais envolvidos, o responsável deve acionar o seguro para arcar com o prejuízo dos veículos. Vale destacar que é necessário ter uma cobertura para terceiros para que a seguradora também assuma o conserto dos demais envolvidos.

Caso você não tenha esse tipo de seguro , é possível que os demais envolvidos acionem o próprio seguro e o responsável pague o valor da franquia estabelecido em contrato. No caso de você não ter seguro algum, é possível determinar se o responsável vai levar os veículos para uma oficina mecânica de sua confiança ou se cada envolvido pode decidir onde o conserto será feito.

Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros

BMW testa veículos com célula a combustível de hidrogênio

Publicados

em


source


BMW i Hydrogen Next ainda está na fase de protótipo, mas seu sistema logo passará a ser produzido em série
Divulgação

BMW i Hydrogen Next ainda está na fase de protótipo, mas seu sistema logo passará a ser produzido em série

A BMW deu início aos testes do sistema de propulsão alimentado por célula de combustível de hidrogênio, em veículos próximos ao estágio final de desenvolvimento, ou seja, unidades de pré-produção.

Sem qualquer emissão de CO2, os protótipos puramente elétricos BMW i Hydrogen NEXT examinarão o comportamento na vida real dos chassis de cada modelo, sistemas de tecnologia e eletrônica embarcada, simulando condições da vida real, quando equipados com essa nova propulsão.

A energia é gerada na célula a combustível como resultado de uma reação química entre o hidrogênio transportado pelo veículo e o oxigênio do ar. Isso oferece uma potência elétrica de 125kW/ 170 cv. Um conversor elétrico localizado abaixo da célula de combustível ajusta sua voltagem para a do motor elétrico, que alimenta o sistema.

BMW iX3 i Hydrogen NEXT tem uma 374 cv que corresponde ao mais potente motor a gasolina de seis cilindros em linha
Divulgação

BMW iX3 i Hydrogen NEXT tem uma 374 cv que corresponde ao mais potente motor a gasolina de seis cilindros em linha


O recurso de propulsão completo combina a tecnologia de célula de combustível de hidrogênio com a tecnologia BMW eDrive de quinta geração – que já pode ser experimentada no iX3 e, em breve, no iX e i4.  A energia armazenada na bateria também é usada para manobras de aceleração dinâmica e pequenas explosões de velocidade para ultrapassagens. Como resultado, o sistema oferece uma potência de 275kW/ 374 cv que corresponde exatamente à do mais potente motor a gasolina de seis cilindros em linha atualmente usado nos modelos BMW.

A tecnologia tem potencial de longo prazo para complementar os motores de combustão interna, sistemas híbridos plug-in e veículos elétricos a bateria e poderá ser uma alternativa aos veículos elétricos a bateria. Como o tanque de combustível de um modelo de motor de combustão convencional, o tanque de hidrogênio do BMW i Hydrogen NEXT pode ser abastecido entre três e quatro minutos, garantindo uma autonomia de várias centenas de quilômetros em todas as condições climáticas.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros

Linha 2022 do Subaru Impreza segue no Japão sem grandes alterações

Publicados

em


source


Nova cor azul escuro (Sapphire Blue Pearl) é a única novidade da linha Subaru Impreza 2022
Divulgação

Nova cor azul escuro (Sapphire Blue Pearl) é a única novidade da linha Subaru Impreza 2022

A Subaru anuncia a linha 2022 do Impreza, modelo tradicional da marca e que segue sem grandes mudanças. Nos EUA, por exemplo, o modelo parte de US$ 19.720 (R$ 99.000) para o modelo básico, cujo valor segue sem alteração, assim como o nível de equipamentos incluindo a câmera de ré e Apple CarPlay e Android Auto.

Pelo menos a boa notícia é que o modelo básico continua sendo oferecido com o aclamado câmbio manual, de 5 marchas, para a alegria dos mais puristas. Junto a ele está o também tradicional motor boxer , de 2,0 litros que produz 152 cavalos de potência e 20,8 kgfm de torque.

No caso dos modelos equipados com câmbio automático CVT terão a tecnologia de assistência ao motorista EyeSight da Subaru, que inclui frenagem automática , manutenção de faixa, avisos de saída de faixa e alertas de partida de veículo principal.

Para 2022, o Subaru está introduzindo uma nova cor, um azul escuro chamado Sapphire Blue Pearl, que provavelmente substituirá o atual Dark Blue Pearl , que está disponível nas configurações com quatro ou cinco portas.

A linha Impreza consiste em quatro níveis de acabamento – Base, Premium, Sport e Limited – embora o acabamento Limited agora seja oferecido exclusivamente como um modelo de cinco portas e não mais no sedã, com quatro portas.

No Brasil, o Impreza é oferecido apenas em duas versões. A primeira é o crossover XV e a outra o sedã esportivo WRX. Porém, ainda não previsão de quando chegarão ambas as versões renovadas. Além delas, a Subaru conta apenas com o SUV Forester no país.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros

Harley-Davidson lança mundialmente nova “Custom 1250” no mês que vem

Publicados

em


source


Harley Davidson por enquanto é conhecida como
Divulgação

Harley Davidson por enquanto é conhecida como “Custom 1250”. Nome será revelado no evento de apresentação do modelo

Chega de tanto esperar! Finalmente a marca tradicionalíssima Harley-Davidson  anunciou que sua próxima nova moto está a caminho. Com data de apresentação oficial marcada para o dia 13 de julho, às 16 h, a nova moto, que até agora só é conhecida pelo nome de protótipo “1250 Custom”.

Ela será revelada em um vídeo que envolve a liderança da marca , além de designers de produto e, sem dúvida, alguns tipos de influenciadores da moda também.

O projeto da moto intitulado  “From Evolution to Revolution”  revelará muito sobre a moto e onde ela será posicionada e durante a sua apresentação, contará com as principais mudanças e evoluções ao longo da trajetória da marca e especial dos modelos Sportster, fabricadas desde 1957 e descontinuada na Europa em 2020, por conta da legislação de emissões.

No caso da nova ” 1250 Custom” , ela vai compartilhar o mesmo motor V2 Revolution Max V-twin refrigerado a água de 1250 cc de 60 graus que estreou no recente modelo Pan America.

Os indícios são de que a Harley tenha modificado o motor para dar mais torque e potência acima de 100 cv , talvez até 120 cv , o que seria um salto considerável em relação aos divertidos, mas pouco potentes modelos  Sportster.

A maior questão de todas provavelmente será o preço. A Pan America chocou muita gente quando estreou por seu preço competitivo e espera-se que a Harley Davidson possa repetir a mesma estratégia com a nova moto.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana