conecte-se conosco


Nacional

Casal morto em tragédia no Chile começaria a construir a própria casa

Publicado


Casal morto em tragédia no Chile
Reprodução/Facebook

Casal morto em tragédia no Chile começaria a construir a própria casa

Antes de deixar Hortolândia para aproveitar fériasem Santiago, no Chile, no interior de São Paulo, o casal Jonathas Muniz e Adriana Kruger usou suas economias para comprar o
terreno onde construiria sua casa. Com o imóvel pago, os dois se empenhariam, assim que voltassem da viagem, em juntar mais dinheiro para construir a casa onde pretendiam morar.

Casados há menos de três anos, o casal
frequentava a Igreja Adventista da Cidade. Ontem, fiéis estavam em choque com a tragédia que terminou na morte dos dois e de mais quatro

familiares
após vazamento de gás no apartamento que alugaram para aproveitar as férias na capital chilena.

Segundo familiares, os dois dedicavam seu dia a dia à religião. Moravam na cidade do interior de São Paulo desde o casamento: ele era chefe do Departamento de Pessoal do
Instituto Adventista de Tecnologia (IATec), e ela acabara de se formar em Engenharia Civil. Moravam em um apartamento a cerca de 300 metros do do terreno que hoje abriga não
apenas o IATec, mas uma universidade ligada aos adventistas, uma escola e um templo.

Com o diploma de Engenharia nas mãos, o principal plano de Adriane seria a construção da nova casa, perto do local de trabalho. Ela estava trabalhando no projeto do imóvel. Os
dois ainda frequentavam outra Igreja Adventista
, menor, também próxima à sua casa.

Veja Também:  Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais

Vizinhos e comerciantes lembram do casal, mas afirmam que eram reservados. O bairro é formado majoritariamente por fiéis da mesma denominação religiosa – quase 90%, segundo
moradores. Os dois se conheceram em um evento da própria Igreja, quando Jonathas ainda cursava Direito. As duas famílias são de Santa Catarina. Em novembro de 2016, se casaram e
foram para o interior de São Paulo, onde Jonathas já estava há um ano e meio.

Sem filhos, eram apaixonados pelos dois sobrinhos também vítimas da tragédia. Luciane Pinheiro Kruger, irmã de Adriane, lembra que os dois tinham um carinho especial pelos
jovens. Além do casal, também morreram na tragédia Debora de Souza (irmã de Jonathas) e Fabiano de Souza, além de seus filhos, Felipe e Karoliny. A viagem, segundo Luciane, era
uma promessa feita para a sobrinha pelo aniversário de 15 anos.


Família de brasileiros encontrada morta
Reprodução/Facebook

Família de brasileiros é encontrada morta por inalação de gás que vazou em apartamento alugado no Chile

A viagem quase foi cancelada em razão da situação clínica da mãe de Jonathas. A decisão de ir para o Chile
ocorreu porque tudo já estava organizado. Um dia antes da morte dos
seis no Chile, a mãe de Jonathas morreu em Santa Catarina. A família estava planejando o retorno ao Brasil para acompanhar o velório
.

Veja Também:  Sem vacina, carnaval de Salvador poderá ser adiado

“Eles eram um casal exemplo. Nunca vi brigarem. E o Jonathas era sempre muito carinhoso. Eles eram apaixonados”, diz Luciane Kruger.

Nas redes sociais do casal, há várias imagens de viagens feitas por ambos, para cidades como Barra da Lagoa e Rio de Janeiro, além de cidades do interior de São Paulo. Jonathas
era fã de trilhas. As fotos mais recentes são justamente da viagem ao Chile: imagens nos Alpes e na capital chilena.

Em nota, o IATec lamentou o falecimento do funcionário. Segundo o instituto, ele estava em seu período de férias. O IATec afirmou ainda que está oferecendo todo tipo de apoio
aos familiares. “Como uma instituição cristã, confiamos em Deus e acreditamos na esperança da ressurreição e na breve volta de Jesus Cristo”, diz o comunicado.

No Brasil, familiares tentam convencer as autoridades brasileiras e chilenas a realizar o traslado de todos os corpos juntos, o que a família não teria condições de fazer, além
de realizar o velório. A empresa Airbnb, por onde a família reservou o apartamento no Chile, informou que pagará todas as despesas de traslado
. Ainda não há informações sobre
data e local do velório e sepultamento do casal
e das outras quatro pessoas.

publicidade

Nacional

Qualidade do ar melhor em São Paulo nesta terça com previsão de chuva

Publicado


source
sp
Rovena Rosa/Agência Brasil

Previsão do tempo para São Paulo é de dia frio


Tempo nublado e chuvas durante todo o dia marcam a previsão do tempo desta sexta-feira (7), na capital paulista. A temperatura volta a esfriar. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 13ºC e a máxima de 19ºC.

Leia também:Tubarão ataca pescador em caiaque no Havaí; assista

Deve garoar durante todo o dia, mas sem previsão de chuvas intensas. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 65% e 95%.

Veja Também:  Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais
Continue lendo

Nacional

Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer

Publicado


source
backer
Divulgação

A cervejaria Backer, muito conhecida em Minas Gerais, ganhou notoriedade nacional após consumidores da cerveja serem intoxicados e hospitalizados


A Justiça determinou a quebra de sigilo bancário da cervejaria Backer referente aos últimos 12 meses. A decisão partiu da 23ª Vara Cível de Belo Horizonte atendendo um pedido do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG). Para o MPMG, os sócios da Backer podem estar ocultando patrimônio , fazendo a transferência de propriedade, uma vez que existe uma ação judicial contra eles.


Para o Ministério Público, a alienação de imóveis indicava não só conduta em desacordo com a boa-fé objetiva material e processual, mas também poderia permitir “o reconhecimento da fraude e do cometimento de ato atentatório à dignidade da justiça, máxime, quando se trata de tutela coletiva”.

Veja Também:  Minas Gerais passará pelo pico da Covid-19 nesta semana, diz Zema

A cervejaria Backer, muito conhecida em Minas Gerais, ganhou notoriedade nacional após consumidores da cerveja serem intoxicados e hospitalizados, no início do ano. A substância tóxica encontrada na cerveja matou ao menos sete pessoas e levou dezenas de outros consumidores ao hospital.

Segundo investigações da Polícia Civil, vazamentos em equipamentos e o uso de substâncias tóxicas que não deveriam ser empregadas causaram a contaminação de diversos lotes de diferentes tipos de cerveja produzidos pela empresa.

Caixas em terreno baldio

Na última sexta-feira (10), a Polícia Civil de Minas Gerais encontrou 34 caixas de cervejas da Backer, do lote contaminado , em um terreno baldio no bairro Buritis, em Belo Horizonte. A polícia chegou ao local após uma denúncia. O material foi recolhido e os fatos estão sendo apurados pela polícia.

“O delegado Flávio Grossi ressaltou que esse tipo de descarte pode provocar riscos à saúde pública se o produto for consumido, uma vez que o material encontrado está entre os lotes de cerveja onde o dietilenoglicol foi identificado”, informou a polícia, em nota.

Veja Também:  Mourão defende aproximação do governo com partidos do centrão

Continue lendo

Nacional

Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais

Publicado


source
Respirador é o principal equipamento usado em pacientes com a Covid-19
Agência Brasil

Respirador é o principal equipamento usado em pacientes com a Covid-19

Uma carga de cinco respiradores avaliada em R$ 250 mil foi apreendida na tarde desta segunda-feira (13) pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Os equipamentos foram roubados na madrugada da última sexta em Ribeirão das Neves, cidade que fica na região metropolitana de Belo Horizonte . O estado é um dos que  mais sofre com a falta de equipamentos e testes.

De acordo com informações da corporação, a carga partiu de Serra, no Espírito Santo, e tinha como destino Cuiabá, no Mato Grosso.

Na ação do roubo, que foi por volta das 2h, o veículo que estava transportando os aparelhos foi cercado por outros três carros. Quando o veículo parou, oito homens fizeram a abordagem do motorista e o mantiveram como refém até que o crime fosse concluído.

Veja Também:  Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais

Com base no depoimento da vítima, a equipe da Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Carga, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), iniciou as investigações.

Na apuração, as autoridades chegaram à conclusão que os suspeitos deixaram a carga em uma estrada vicinal entre Belo Horizonte e Santa Luzia, na mesma região, onde o material foi apreendido. O objetivo seria despistar a polícia.

De acordo com o delegado César Matoso, a PCMG já tem pistas dos carros usados pelos bandidos e trabalha em suas identificações. “Estamos, neste momento, no encalço dos criminosos, que ainda estão em posse do veículo da vítima”, disse.

A suspeita é que os envolvidos sabiam do conteúdo da carga, já que o veículo que a transportava era de pequeno porte e não chamava atenção. “Por se tratar de respiradores, equipamentos que atualmente têm uma grande procura, o valor econômico desse tipo de material no mercado é muito alto. Isso poderia ter despertado o interesse deles”, afirmou Matoso.

Veja Também:  Covid-19: Governo anuncia ações de proteção a crianças e adolescentes

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana