conecte-se conosco


Policial

Cinco pessoas da mesma família são presas em investigações sobre tráfico de drogas

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Cinco pessoas da mesma família foram presas pela Polícia Judiciária Civil na manhã desta quarta-feira (13.11), durante ações deflagradas na zona rural dos municípios de Diamantino (208 km de Cuiabá), Nortelândia (253 km de Cuiabá) e Arenápolis (258 km de Cuiabá), todas na região médio-norte do estado.

O trabalho para cumprimento de mandados de busca e apreensão decretados pela Comarca de Diamantino resultou na apreensão de armas de fogo, carregadores de pistolas, muitas munições, veículo, drogas, motocicleta, mais de R$ 4 mil em dinheiro, defensivos agrícolas, além de diversos outros produtos sem comprovação fiscal.

Reginaldo Silva dos Santos, 36, conhecido como “Regis”, José Francisco Simões de Souza, 51, conhecido como “Mussarela” ou “Tiozinho”, João Silva Santos, conhecido como “Bahia” e Aldiaine da Silva Moraes dos Santos, 35 (esposa de Reginaldo) foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo e munição de uso restrito ou proibido, receptação e corrupção de menores.

A quinta pessoa envolvida, adolescente R.S.M.S. de 17 anos, filha do casal Reginaldo e Aldiaine, responderá por ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Veja Também:  Operação da Polícia Civil fiscaliza farmácia em Várzea Grande para coibir práticas abusivas contra o consumidor

Os envolvidos foram identificados em diligências iniciadas há mais de 3 meses pelo delegado Israel Pirangi (in memoriam), para apurar crime de tráfico de drogas, receptação, roubos e furtos de defensivos agrícolas, entre outros ocorridos na região.

Os indícios colhidos pelos policiais civis apontam o suspeito Reginaldo como o líder da associação criminosa, bem como, considerado “Barão do Tráfico”.

Segundo apurado, a família investigada ostentava patrimônio incompatível com a renda declarada. Na propriedade dos suspeitos, no Assentamento Barreirão, alvo da ordem judicial de busca e apreensão, foram apreendidas uma camionete Hilux, trailler rebocador de cavalos, cavalos de raça de alto valor, uma moto Suzuki modelo GSR 1000 CC, vários maquinários, entre outros materiais.

 

Também foram localizadas três armas de fogo (sendo duas calibre 380 e uma 9 milímetros), sete carregadores de pistola, 300 munições de diferentes calibres, duas balanças de precisão, cerca de três quilos de entorpecentes (maconha e pasta base de cocaína), a quantia de R$ 4,4 mil, além de quatro motosserras, sete furadeiras, três parafusadeiras, uma bicicleta profissional avaliada em torno de R$ 40 mil, duas caixas de inseticida, seis galões de agrotóxicos, joias, sendo todos produtos de roubos/furtados.

Veja Também:  Com droga encontrada em galinheiro e suspeita gritando, PM prende quatro no bairro Barbado

Diante dos fatos, os cinco envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde foram interrogados e autuados em flagrante e ato infracional, respectivamente. Após a confecção dos autos, os conduzidos foram colocados à disposição da Justiça. 

Participaram da operação, equipes de policiais civis de Diamantino, Nortelândia, Arenápolis, com apoio de outras delegacias pertencentes à Regional de Nova Mutum, coordenadas pelo delegado Marcello Henrique Maidame. 

publicidade

Policial

Cinquenta quilos de maconha são apreendidos em área de mata em Várzea Grande

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Cinquenta quilos de maconha foram apreendidos na tarde de quarta-feira (08.07), em Várzea Grande, após investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). A droga estava dividida em 55 tabletes e foi apreendida em uma área demata, no bairro Jardim Maringá 1. O prejuízo ao tráfico com essa apreensão é estimado em R$ 82,5 mil. 

Equipes da DRE estavam em diligências no bairro, próxima a uma área de chácaras, onde notaram movimentação suspeita em uma área de mata. Após levantar informações e fazer o monitoramento na área, os policiais fizeram buscas dentro da mata, seguindo trilhas abertas no local e conseguiram localizar os pacotes de maconha.

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira explica que o entorpecente estava em caixas de isopor e em um saco de lixo, escondidos no meio de um matagal e encobertos debaixo de uma lona preta. 

Próximos ao entorpecente, os policiais também encontraram uma vasilha de plástico contendo diversos sacos plásticos vazios, utilizados para a comercialização de drogas.

Veja Também:  Vítima aciona PM que encontra moto furtada em Barra do Garças

O delegado Vitor Hugo explica que as investigações prosseguem para identificar os responsáveis pelo tráfico e propriedade da droga apreendida.

Todo o material foi encaminhado à DRE para o registro da ocorrência e depois enmcainhado para a perícia técnica da Politec.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Militar informa com pesar a morte de tenente aposentado

Publicado


.

É com pesar que a Polícia Militar informa a morte do 2º tenente aposentado José Carlos Corrêa Ribeiro, de 75 anos, ocorrida no início da tarde de hoje(08), em Cuiabá. Corrêa era morador de Várzea Grande, onde supostamente contraiu a Covid-19.

Há 17 dias encontrava-se internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Jardim Cuiabá, em Cuiabá, onde ocorreu o óbito. Ele era portador de diabetes e hipertensão arterial, doenças que mantinha sob controle com medicamentos.

Por quase 30 anos o tenente Corrêa atuou como policial militar, serviu a sociedade mato-grossense por meio de diversas unidades da PMMT, entre as quais os 1º e 10º Batalhões e o Quartel do Comando Geral(QCG), em Cuiabá.

Ele não só fez história na carreira, também inspirou o filho na escolha da profissão. Corrêa é pai do sargento Ribeiro(Elson Carlos Torres Ribeiro), do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental. Ele deixa a esposa Dailza Conceição, três filhos, Elson Ribeiro, Rita de Cássia e Geise Regina, e oito netos.

Veja Também:  Vítima aciona PM que encontra moto furtada em Barra do Garças

Para o filho Elson Ribeiro, o que os confortam nesse momento de dor são os bons exemplos que Corrêa deixa como policial, cidadão e pai de família. “Pedimos a Deus que o acolha em bom lugar”, disse.

Por exigência do protocolo em razão da pandemia da Covid-19, não haverá velório aberto. A família ainda está encaminhando os procedimentos necessários ao sepultamento.

Tenente Corrêa, ao lado do neto Vanderson, que está engajado no Exército, e do filho, o sargento Ribeiro, da PMMT

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

Ação conjunta vai distribuir cestas básicas a famílias cadastradas por Consegs e Polícia Comunitária

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil se uniu em uma ação conjunta com a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência (Setasc) e Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança (Feconseg-MT) para distribuição de cestas básicas para atender comunidades carentes da região metropolitana de Cuiabá e interior.

 

As cestas são montadas pela Setasc e fazem parte da Campanha Vem Ser Mais Solidário, coordenada pela secretaria, que arrecada alimentos e materiais de limpeza para doações a famílias em situação de vulnerabilidade neste período da pandemia do coronavírus.

A distribuição das 500 cestas básicas será organizada será organizada pela Coordenadoria de Polícia Comunitária e terá por parâmetro as demandas oriundas dos Consegs. As doações também irão para pessoas em situação de vulnerabilidade que já são cadastradas pela coordenação da Polícia Comunitária.  

As cestas contêm gêneros alimentícios de primeira necessidade, produtos de limpeza e vem também acompanhadas de cobertores, a fim de proporcionar às famílias melhores condições de passar pelo período  inverno, além de. Os cobertores fazem parte do Programa Aconhecgo, também da Setasc.

Veja Também:  Polícia Militar informa com pesar a morte de tenente aposentado
 

“A Polícia Judiciária Civil espera com esta ação contribuir com a população carente que tanto sofre com a pandemia. Ações desta natureza são a tônica da Coordenadoria neste momento difícil pelo qual passa muitas famílias mato-grossenses”, reforçou o coordenador de Polícia Comunitária, delegado Walter de Melo Fonseca Junior.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana