conecte-se conosco


Mato Grosso

Cine Teatro Cuiabá participa de festival de cinema infantojuvenil

Publicado

Cinéfilos e todas as pessoas que buscam alimentar sua criança interior com bom cinema e bons afetos terão a oportunidade de fazê-lo com os filmes programados para a Itinerância Mato Grosso do Cine Caramelo – Festival de Cinema Infantojuvenil de Porto Alegre. Em Cuiabá, as exibições acontecem a partir desta quarta-feira (09.10) e seguem até domingo (13.10), em diferentes espaços culturais da cidade, entre eles o Cine Teatro Cuiabá. Em outras seis cidades de Mato Grosso, as sessões estão programadas entre 08 e 16 de outubro. Todas as exibições do projeto são gratuitas.

A programação no Cine Teatro Cuiabá ocorre nesta quarta-feira, com exibição de três filmes: Trolls (9h), Festa no céu (15h) e O retorno de Mary Poppins (19h30). Outros espaços que terão filmes gratuitos para a população são o Auditório do Centro Cultural da UFMT e o Sesc Arsenal. Além disso, o projeto passará por General Carneiro, Barra do Garças, Sinop, Tangará da Serra e Cáceres, além do campus de São Vicente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).

O Cine Caramelo é um consagrado festival infantojuvenil de cinema sob curadoria e direção de Andreia Vigo. É realizado desde 2013 em Porto Alegre e região metropolitana e já itinerou por cidades pólo do Rio Grande do Sul. Desde a primeira edição, a proposta do Festival é oferecer fruição cultural de qualidade, promover um espaço de reflexão sobre temas da infância e proporcionar momentos lúdicos para crianças e adultos através de uma programação diversificada.

Após sete anos de experiência, o Cine Caramelo traz uma programação inédita e exclusiva para Cuiabá, com exibições no Cine Teatro Cuiabá (09 de outubro), Auditório do Centro Cultural da UFMT (10 de outubro) e Cine Sesc Arsenal (11 a 13 de outubro). Através da Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT), as sessões acontecem nas cidades de Barra do Garças (08, 10 e 11 de outubro), General Carneiro (08 de outubro), Sinop (10 de outubro), Tangará da Serra (09 e 10 de outubro), Cáceres (12 de outubro) e Serra de São Vicente (15 de outubro).

Em Cuiabá, durante o dia, as sessões são mais voltadas para o público infantil, com filmes que trazem diversão, fantasia e aventura, ao mesmo tempo em que abrem espaço para questões como diversidade cultural, cuidados com o meio ambiente, valorização da amizade e das boas relações.  À noite, filmes clássicos e contemporâneos de ficção e animação, e documentários que lançam olhares sobre a cultura da infância, o brincar e a importância de manter o espírito lúdico na vida adulta.

O Cine Caramelo Itinerante Edição Mato Grosso é uma realização do Cine Caramelo,  Cineclube Coxiponés da Universidade Federal de Mato Grosso, do Sesc Mato Grosso, do Cine Teatro Cuiabá e da Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT). Entre os apoiadores estão a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Associação Cultural Cena Onze, Vitrine Filmes e Videocamp. Mais informações: 3615 8349 (Cineclube Coxiponés da UFMT)

Programação do Cine Caramelo Itinerante Edição Mato Grosso

Cronograma de exibições – Cuiabá:

Quarta-feira, 09/10

Cine Teatro Cuiabá

9h

Trolls (Mike Mitchell e Walt Dohrn, EUA, 2016, 92 minutos).

Sinopse: Quando monstros infelizes descobrem que a única maneira de encontrarem a felicidade é se alimentando dos pequenos trolls que habitam a árvore encantada no centro do reino onde moram, esses pequenos duendes precisam fugir para continuarem vivos. No entanto, quando grande parte deles é sequestrada, a princesa Poppy terá que encontrar forças e confiar em seus amigos para salvá-los.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Quarta-feira, 09/10

Cine Teatro Cuiabá

15h

Festa no céu (Jorge R. Gutierrez, EUA, 2014, 95 minutos).

Sinopse: Em San Angel, no México, viviam Manolo, Maria e Joaquim, amigos desde a infância. Mesmo que suas vidas tenham tomado rumos diferentes, algo continuou igual: os dois ainda são apaixonados por Maria. Dividido entre cumprir as expectativas de sua família e seguir seu coração, Manolo viaja por mundos fantásticos e enfrenta seus maiores medos.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Quarta-feira, 09/10

Cine Teatro Cuiabá

19h30

O retorno de Mary Poppins (Rob Marshall, EUA, 2018, 130 minutos).

Sinopse: Numa Londres abalada pela Grande Depressão, Mary Poppins desce dos céus novamente com seu fiel amigo Jack para ajudar Michael e Jane Banks, agora adultos trabalhadores, que sofreram uma perda. As crianças Annabel, Georgie e John vivem com os pais na mesma casa de 24 anos atrás e precisam da babá enigmática e o acendedor de lampiões otimista para trazer alegria e magia de volta para suas vidas.

Veja Também:  Sefaz e Setasc avaliam ações para fomentar Programa Nota MT

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Quinta-feira, 10/10

Auditório do Centro Cultural da UFMT

9h

Bruxarias (Virginia Curiá, Espanha, 2015, 78 minutos).

Sinopse: Malva tem 10 anos ajuda a avó na venda de produtos medicinais. Quando a avó é raptada por uma malvada fabricante de cosméticos, Malva parte numa busca pela história mágica de seus antepassados.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre

Quinta-feira, 10/10

Auditório do Centro Cultural da UFMT

14h

Peixonauta: o filme (Kiko Mistrorigo e Célia Catunda, Brasil, 2016, 87 minutos).

Sinopse: Peixonauta, Marina e Zico saem do Parque em busca do Dr. Jardim e dos primos Pedro e Juca, mas ao chegarem na cidade grande percebem que as pessoas encolheram. Para conseguir solucionar esse grande mistério, Peixonauta terá que contar com a ajuda de todos seus amigos.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre

Quinta-feira, 10/10

Auditório do Centro Cultural da UFMT

19h30

Sinfonia Amazônica (Anélio Lattini, Brasil, 1951, 63 minutos).

Sinopse: Primeiro longa metragem animado da história do Brasil, narra sete lendas amazônicas (lenda da noite, lenda da formação do Rio Amazonas, lenda do fogo, lenda da Caapora, lenda do Jabuti e da Onça, lenda da Iara e lenda do Arco-Íris). Para realizar este filme, o diretor Anélio Lattini produziu sozinho cerca de 500 mil desenhos e criou suas próprias técnicas de animação em uma época de pouquíssimos recursos.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 10 anos

Sexta-feira, 11/10

Cine Sesc Arsenal

9h

Garoto Fantasma

Sinopse: (Alain Gagnol & Jean-Loup Felicioli, França/Bélgica, 2015, 84 minutos, animação).

Leo, um menino de 11 anos, não está tendo uma infância nada feliz. Internado em um hospital por conta de uma doença, ele não pode brincar como as outras crianças mas, em contrapartida, tem um poder que nenhuma outra tem: pode levitar no ar sem ser visto ou tocado, enquanto seu corpo físico permanece deitado e imóvel. Usando suas habilidades, ele irá ajudar um policial de cadeira de rodas numa difícil missão.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 12 anos

Sexta-feira, 11/10

Cine Sesc Arsenal

15h

Minha vida de abobrinha (Claude Barras, França, 70 minutos, animação)

Sinopse: Apelidado Abobrinha, Icare, um sensível menino de nove anos, é deixado pela polícia em um orfanato depois que sua mãe falece. Deslocado neste novo universo, ele aos poucos começa a se relacionar com as outras crianças e descobre o significado de amizade e confiança.

Classificação indicativa: 10 anos

Sexta-feira, 11 de outubro

Cine Sesc Arsenal

19h30

Território do brincar (Renata Meirelles & David Reeks, Brasil, 2015, 95 minutos).

Sinopse: Documentário sobre a cultura da infância e sua expressão mais genuína: o brincar. Ao longo de vinte e um meses, os diretores percorrem diversas regiões brasileiras revelando o país através dos olhos das crianças e realizando um trabalho de escuta, intercâmbio de saberes, registro e difusão da cultura infantil.

Classificação indicativa: 10 anos

Sábado, 12 de outubro

17h

O menino no espelho (Guilherme Fiúza Zenha, Brasil, 2013, 78 minutos).

Sinopse: Belo Horizonte, anos 1930. Fernando é um garoto de 10 anos que está cansado de fazer as coisas chatas da vida. Seu sonho era criar um sósia, que ficasse com estas tarefas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Até que, um dia, é exatamente isto que acontece, quando o reflexo de Fernando deixa o espelho e ganha vida. Adaptado da obra homônima de Fernando Sabino.

Entrada gratuita: Classificação indicativa: livre

Sábado, 12 de outubro

Cine Sesc Arsenal

19h30

Tarja branca: a revolução que faltava (Cacau Rhoden, Brasil, 2014, 80 minutos).

Sinopse: A partir dos depoimentos de adultos de gerações, origens e profissões diferentes, o documentário discorre sobre a pluralidade do ato de brincar, e como as pessoas podem se relacionar com a criança que mora dentro de cada um. Participação de Domingos Montagner, Antônio Nóbrega, José Simão.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 14 anos.

Domingo, 13 de outubro

Cine Sesc Arsenal

17h

31 minutos (Álvaro Dias & Pedro Peirano, Brasil, 2008, 87 minutos, animação).

Sinopse: Juanín, o último de sua espécie, é o produtor do noticiário de Tv “31 Minutos”. Sua raridade desperta o interesse da malvada Cachirula, uma colecionadora de animais em extinção. Com a ajuda de Tio Careca, Cachirula captura Juanín. Para resgatar seu companheiro de trabalho, a atrapalhada equipe do programa “31 Minutos” inicia uma busca alucinada pelo seu amigo.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre

Veja Também:  Tecnologia e mudas enxertas permitem o aumento do cultivo da cultura do cacau em Colniza

Cronograma de exibições – Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT):

General Carneiro

Terça-feira, 08 de outubro

13h15

Local: Escola Laura Vicuña

Exibição de curtas-metragens infantis.

Mediação: Aliana Camargo

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Barra do Garças

Terça-feira, 08 de outubro

8h30

Local: Creche Padre Daniele Badiali

(Rua Alpes, s/n – Sena Marques)

Ana e a Borboleta(Isabela Veiga, Brasil, 2015, 8’)

Sinopse: Ana, uma menina de 5 anos, aguarda sua nova amiga borboleta “brotar” do casulo. Enquanto isso, canta para ela a música que aprendeu em seus sonhos. Mas um dia a menina esquece a canção e assim começam os pesadelos. Então é a vez da borboleta cantar para Ana.

Mediação: Aliana Camargo

Entrada gratuita. Classificação livre

Barra do Garças

Terça-feira, 08 de outubro

17h30

Local: Creche Padre Daniele Badiali

(Rua Alpes, s/n – Sena Marques)

Tarja branca: a revolução que faltava(Cacau Rhoden, Brasil, 2014, 80 minutos).

Sinopse: A partir dos depoimentos de adultos de gerações, origens e profissões diferentes, o documentário discorre sobre a pluralidade do ato de brincar, e como as pessoas podem se relacionar com a criança que mora dentro de cada um. Participação de Domingos Montagner, Antônio Nóbrega, José Simão.

Mediação: Aliana Camargo

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 14 anos

Barra do Garças

Quinta-feira, 10 de outubro

13h30

Local: Escola Laura Vicuna Barra do Garças

(Rua dos Garimpeiros, 810 – Centro)

O Mar de Tereza(Dilea Frate, Brasil, 2015, 13’)

Sinopse: Teresa queria o impossível: ter um mar no quintal de sua casa. Como não podia conseguir isso, ela inventou um plano mirabolante que a levou a uma descoberta muito pessoal. O filme mistura animação e fotografia de cinema de uma maneira peculiar: a realidade está na animação e o sonho nas pessoas de verdade.

Mediação: Aliana Camargo

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Barra do Garças

Sexta-feira, 11 de outubro

14h

Local: Associação Semear Bem Viver

(Rua Dr. José Coelho Leal, 692 – Bairro Dermat)

Território do brincar(Renata Meirelles & David Reeks, Brasil, 2015, 95 minutos).

Sinopse: Documentário sobre a cultura da infância e sua expressão mais genuína: o brincar. Ao longo de vinte e um meses, os diretores percorrem diversas regiões brasileiras revelando o país através dos olhos das crianças e realizando um trabalho de escuta, intercâmbio de saberes, registro e difusão da cultura infantil.

Mediação: Aliana Camargo

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 10 anos

Sinop

Quinta-feira, 10 de outubro

12h30

Local: UFMT Campus Sinop. Auditório 9. Bloco Xingú.

Bruxarias(Virginia Curiá, Espanha, 2015, 78 minutos).

Sinopse: Malva tem 10 anos a ajuda a avó na venda de produtos medicinais. Quando a avó é raptada por uma malvada fabricante de cosméticos, Malva parte numa busca pela história mágica de seus antepassados.

Mediação: Carolina Gouveia

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre

Sinop

Quinta-feira, 10 de outubro

18h

Local: UFMT Campus Sinop. Auditório 9. Bloco Xingú.

Historietas Assombradas: o filme(Victor-Hugo Borges, Brasil, 2017, 90 minutos).

Sinopse: Aos 12 anos, Pepe mora com sua avó, uma bruxa-empresária e descobre que é adotado. Ao saber que seus pais estão vivos ele parte em uma aventura para encontrá-los.

Mediação: Carolina Gouveia

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 10 anos

Tangará da Serra

Quarta-feira, 09 de outubro

9h

Local: Escola Municipal Cme Antenor Soares

Pobre é quem não tem jipe(Amauri Tangará, Brasil, 1997, 24 minutos).

Sinopse: A história de um menino que sonhava conhecer o outro lado dos horizontes.

Mediação: Iuri Gomes

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Tangará da Serra

Quinta-feira, 10 de outubro

9h

Escola Municipal Cme Fábio Diniz Junqueira

A lenda do Minhocão do Pari(Marcelo Okamura, Brasil, 2011, 7 minutos).

Animação que discorre sobre um animal fantástico que habita o imaginário dos matogrossenses: o Minhocão do Pari.

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre

Mediação: Iuri Gomes

Cáceres

Sábado, 12 de outubro

9h

Local: CineXin

Historietas Assombradas: o filme (Victor-Hugo Borges, Brasil, 2017, 90 minutos).

Sinopse: Aos 12 anos, Pepe mora com sua avó, uma bruxa-empresária e descobre que é adotado. Ao saber que seus pais estão vivos ele parte em uma aventura para encontrá-los.

Mediação: Leandro Peska

Entrada gratuita. Classificação indicativa: 10 anos

Serra de São Vicente

Quarta-feira, 16 de outubro

19h

Local: IFMT Campus Serra de São Vicente

Pobre é quem não tem jipe(Amauri Tangará, Brasil, 1997, 24 minutos).

Sinopse: A história de um menino que sonhava conhecer o outro lado dos horizontes.

Mediação: Fernando Augusto

Entrada gratuita. Classificação indicativa: livre.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Mato Grosso teve 713 casos de hepatites virais em 2019; SES alerta para prevenção e tratamento

Publicado

Dentre as abordagens da campanha do Governo do Estado voltada para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, está um alerta para casos relacionados às hepatites virais. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do setor de Vigilância em Saúde, registrou 15 casos de hepatite A, 499 casos de hepatite B e 199 casos de hepatite C em Mato Grosso, apenas no ano de 2019.

A hepatite é a inflamação do fígado, que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. Os sintomas mais comuns das hepatites A e B são: dor ou desconforto abdominal; dor muscular; fadiga; náusea e vômitos; perda de apetite; febre; urina escura e o amarelamento da pele e olhos.

Em alguns casos, são doenças silenciosas, que nem sempre apresentam sintomas. De acordo com a técnica especializada em hepatites virais da SES, Regina Nascimento, o diagnóstico e o tratamento precoces podem evitar a evolução da doença para cirrose ou câncer de fígado – por isso é tão importante fazer os exames. A confirmação pode ser feita por testes rápidos, que apontam o resultado em uma hora, sendo que também existem exames feitos em laboratório.

A servidora também reforçou que o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece tratamento para todos os tipos de hepatites, independentemente do grau de lesão do fígado.

Prevenção

A vacina é uma forma de prevenção contra as hepatites do tipo A e B, entretanto, quem se vacina para o tipo B também estará protegido da hepatite D. A vacina está disponível e é gratuita pelo SUS. Para os demais tipos de vírus, não há vacina e o tratamento é indicado pelo médico.

Veja Também:  Operação Carnaval 2020 leva cerca de três mil policiais militares às ruas

A prevenção à hepatite C pode ser feita evitando o contato com sangue contaminado, sexo desprotegido e compartilhamento de objetos cortantes; o tratamento é medicamentoso e há cura em mais de 95% dos casos. As hepatites B e D têm tratamento e podem ser controladas, evitando a evolução para cirrose e câncer. Já a hepatite A é uma doença aguda e o tratamento se baseia em dieta e repouso.

Pelo SUS, a imunização está disponível para crianças de 15 meses a 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias) e também no Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie), para pessoas de qualquer idade que tenham: hepatopatias crônicas de qualquer etiologia incluindo os tipos B e C; coagulopatias; diagnosticadas com HIV; portadores de quaisquer doenças imunossupressoras; doenças de depósito; fibrose cística; trissomias; candidatos a transplante de órgãos; doadores de órgãos, cadastrados em programas de transplantes ou com hemoglobinopatias.

Ainda é importante destacar que, durante a gravidez e o pré-natal, deve ser realizado o exame de hepatite. Caso diagnosticada, a gestante pode ser tratada, se houver indicação, ainda durante a gravidez.

Hepatite A

A hepatite A é uma doença contagiosa, causada pelo vírus A (HAV) e também conhecida como “hepatite infecciosa”. Sua transmissão é fecal-oral, por contato entre indivíduos ou por meio de água ou alimentos contaminados pelo vírus. A melhor forma de evitar a doença é melhorando as condições de saneamento básico e de higiene nas moradias. Os sintomas costumam aparecer de 15 a 50 dias após a infecção.

Veja Também:  Tecnologia e mudas enxertas permitem o aumento do cultivo da cultura do cacau em Colniza

Hepatite B

A hepatite B é uma doença infecciosa, está presente no sangue, no esperma e no leite materno; é considerada uma doença sexualmente transmissível. Entre as causas de transmissão estão: relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada; entre mãe infectada e filho durante a gestação, parto ou amamentação; transfusão de sangue contaminado; compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos), higiene pessoal (lâminas, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings.

Hepatite C

A hepatite C é causada por vírus, está presente no sangue e a transmissão ocorre por: transfusão de sangue; compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos, entre outros), higiene pessoal (lâminas, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou para confecção de tatuagem e colocação de piercings; entre mãe infectada e filho durante a gravidez (mais rara); sexo sem camisinha com uma pessoa infectada (mais rara).

Serviço

A vacina de prevenção para as hepatites do tipo A e B pode ser tomada no Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie), que funciona nas instalações do Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac), localizado na Rua Tenente Thogo da Silva Pereira, 63 – Centro Sul, em Cuiabá, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Trabalho de reeducandos em obras de infraestrutura beneficia população de Nobres

Publicado

A mão de obra de 14 reeducandos da Cadeia Pública de Nobres (124 km de Cuiabá) tem sido fundamental para o desenvolvimento da região. Além de ser uma forma de ressocialização, os municípios de Nobres e de Rosário Oeste têm recebido melhorias, como a reforma de batalhões policiais, pavimentação de vias, reformas de pontes, entre outros.

A cada três dias de trabalho, os reeducandos diminuem um dia da pena. O salário recebido no final do mês auxilia no sustento das famílias das pessoas privadas de liberdade. A parceria entre a Fundação Nova Chance (Funac) com a Prefeitura de Nobres possibilita que estas pessoas tenham uma segunda oportunidade de fazer uma nova história, beneficiando a sociedade.

Quem chega na cidade de Nobres, destino muito procurado pelos turistas, logo vê um pórtico desejando boas-vindas. A maioria destas pessoas não imagina que este foi um trabalho auxiliado por reeducandos da cadeia local. A ampliação da avenida da entrada da cidade também recebe mão de obra.

Veja Também:  Sefaz e Setasc avaliam ações para fomentar Programa Nota MT

Obras de manilhamento, recuperação de pontes municipais e até mesmo serviços de jardinagem deixam a cidade ainda mais bonita. Outro trabalho igualmente fundamental é a reforma do 7º Batalhão da Polícia Militar de Rosário Oeste, que vai gerar economia aos cofres públicos, já que utiliza a mão de obra de reeducandos.

“Todas essas atividades fazem com que nossos recuperandos façam parte do desenvolvimento destes municípios”, destacou o diretor da Cadeia Pública de Nobres, Misael José de Almeida.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Audiência pública debate regularização fundiária em Barão de Melgaço

Publicado

 

O Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) promove uma Audiência Pública para tratar, junto à população, da regularização fundiária das cidades de Barão de Melgaço, Santo Antônio do Leverger, e Poconé. A audiência acontece na próxima quinta-feira (27.02), na Orla de Barão de Melgaço (113 km ao Sul), com início às 8h.

Na ocasião, a equipe técnica do Instituto apresentará para a população um mapeamento das áreas passíveis de regularização por parte do Estado, áreas que estão em processo de titulação pelo Intermat, e ouvirá a população e representantes comunitários sobre o tema.

A região da Baixada Cuiabana em que estão localizados os municípios tema da audiência possui áreas com incidência de Sesmarias – que representa uma terra que foi ocupada há quase dois séculos, no período Colonial.

A intenção é, em conjunto com outras instituições como a Justiça e o Ministério Público, realizar um levantamento preciso sobre os títulos para que possam ser reconhecidos como títulos originários, e integrar de forma segura os acervos do Intermat, e os arquivos dos cartórios de registros de imóveis.

Veja Também:  Prazo de pagamento para placas finais 2 e 3 encerra na sexta-feira (28)

A Audiência Pública faz parte da programação do projeto Ribeirinho Cidadão, realizado pelo Poder Judiciário mato-grossense, juntamente com a Defensoria Pública. O projeto oferece à população ribeirinha, principalmente de locais de difícil acesso, serviços da Justiça, saúde e cidadania. Saiba mais sobre a programação e outros serviços oferecidos pelo projeto clicando aqui.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana