conecte-se conosco


Mato Grosso

Cooperação entre Governo e prefeituras vai possibilitar pavimentação de 86 km de rodovias

Publicado

Em parceria com as prefeituras de Porto dos Gaúchos e Ipiranga do Norte (a 650 km e 439 km de Cuiabá, respectivamente), o Governo do Estado irá pavimentar 86,2 km de trechos das rodovias MT-220 e MT-010.

O termo de cooperação com os municípios foi assinado nesta quinta-feira (27.02) pelo governador Mauro Mendes, vice-governador Otaviano Pivetta, secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, e prefeitos de Porto dos Gaúchos, Moacir Piovesan, e Ipiranga do Norte, Pedro Ferronato.

A obra será licitada pela Sinfra e alguns serviços serão executados diretamente pelas prefeituras, sem transferência de recursos, como obras complementares, sinalização e controle e recuperação ambiental, além do licenciamento e autorização de exploração das jazidas. Dessa forma, o Estado espera entregar obras de qualidade com custo mais baixo.

Segundo o governador Mauro Mendes, essa parceria é um novo modelo de trabalho adotado pelo Estado. “Essa é uma nova metodologia de trabalhar junto com as prefeituras, baixando o custo para o Governo do Estado e efetivamente entregando obras aos nossos cidadãos de Mato Grosso”, disse.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, os custos das obras serão menores porque os municípios serão responsáveis pela licitação de alguns itens, que seriam de responsabilidade da Sinfra, caso não houvesse a cooperação.

Assinatura do termo de cooperação reuniu o vice-governador Otaviano Pivetta, o secretário Marcelo de Oliveira e autoridades

Veja Também:  Profissionais da cultura, esporte e lazer poderão receber auxílio emergencial

“Os municípios assumem essa responsabilidade, que sai da nossa planilha de licitação. E como a Sinfra hoje está pagando em dia os fornecedores, as nossas licitações estão tendo deságio. Estamos em um novo tempo, de trabalho, dedicação e pagamentos corretos que estão mudando a história do Estado. Por isso estamos conseguindo lançar essas parcerias hoje”, disse o secretário.

Menor custo por quilômetro

Pelo termo de cooperação serão pavimentados 64,13 quilômetros na rodovia MT-220, no trecho que vai do entroncamento da BR-163 até o entroncamento da MT-170, em Porto dos Gaúchos. O prazo de execução das obras é de 24 meses e valor referência Sinfra para licitação será de R$ 44 milhões.  

“Com a média que estamos tendo em deságio de nossas licitações, essa obra pode ficar por R$ 40 milhões, o que significaria o custo de R$ 600 mil por quilômetro de pavimentação. Bem mais barato. Já em Ipiranga do Norte, a obra poderá sair por menos de R$ 500 mil por quilômetro de pavimentação”, explicou o secretário.

Em Ipiranga do Norte serão pavimentados 22,14 quilômetros na rodovia MT-010, do trecho do entroncamento da MT-484 até o entroncamento da MT-242. A execução está prevista para ocorrer em oito meses e o valor referência Sinfra é de pouco mais de R$ 11 milhões.

Prefeitos celebram assinatura do termo de cooperação

Veja Também:  Terça-feira (07): Mato Grosso registra 78 casos confirmados de Covid-19

Desenvolvimento sócio-econômico

Para o prefeito de Porto dos Gaúchos Moacir Piovesan, a obra não apenas traz dignidade para os moradores da região, como vai incentivar o desenvolvimento econômico, uma vez que deve melhorar o escoamento da produção agrícola.

“O vale do Arinos já produz mais de 300 mil hectares e pode chegar a 1 milhão de hectares de soja. Então, além de ser uma obra para a população, é um investimento para o Estado. O governador tem ajudado imensamente nosso município. Toda a região vai produzir muito mais”, disse.

Ainda segundo Piovesan, o termo de cooperação é uma excelente iniciativa para que os prefeitos consigam melhorar a vida dos seus munícipes. “Que os prefeitos encarem essas cooperações, porque isso é muito importante para que o Estado se desenvolva mais e todo mundo ganhe. Tanto os municípios, quanto o Estado e, principalmente, a população”, afirmou.

O prefeito de Ipiranga do Norte, Pedro Ferronato, lembrou que a obra na região é um sonho antigo, que se torna realidade graças a esse modelo de cooperação. “É uma obra de suma importância para a região e um sonho da comunidade. Abrange de 400 mil a 500 mil hectares de lavoura. Então, com certeza será um feito muito bom para a sociedade e o Estado. É uma alegria. Só temos a agradecer ao Governo do Estado”, encerrou. 

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Bombeiros farão desinfecção de locais com aglomeração de pessoas em Rondonópolis

Publicado

Na manhã desta quinta-feira (09.04) entrou em operação a 2ª Companhia do 3º Batalhão de Bombeiro Militar de Mato Grosso, que atende ao município de Rondonópolis e seu entorno. A primeira operação dos oficiais da nova unidade será a desinfecção de locais com aglomeração de pessoas na cidade.

A nova base descentralizada terá a função de aproximar a corporação de uma das regiões mais populosas do município, assim como das rodovias federais BR 163/364, o que facilita o trabalho dos bombeiros e diminuirá o tempo de resposta ao atendimento de ocorrências nessa região.

De acordo com o comandante adjunto do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, coronel Vanderlei Bonoto, “vamos começar o trabalho naquela base, que já está pronta, e logo pela manhã já sairemos de lá para a nossa primeira operação, que será a desinfecção de locais de grande aglomeração de pessoas, como já fizemos em Cuiabá e Várzea Grande, e agora iremos fazer em Rondonópolis”.

A primeira guarnição de serviço na 2ª Companhia do 3º BBM foi composta por três sargentos (SGT BM Jaber, SGT BM Rocha, SGT BM Cristiano).

Veja Também:  Sefaz apreende mais de R$ 140 mil em mercadorias sem nota fiscal

Não houve uma inauguração oficial na ocasião para evitar a aglomeração de pessoas e a possível proliferação do coronavírus, mas uma solenidade ainda deve ser marcada futuramente. A companhia fica localizada na Avenida Presidente Médici.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Quinta-feira (09): Mato Grosso registra 108 casos confirmados e 2 mortes por Covid-19

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (09.04), 108 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados dois óbitos em decorrência de coronavírus. A segunda morte em decorrência da Covid-19 ocorreu na noite de quarta-feira (08.04), em Cáceres.

Os casos confirmados estão em Cuiabá (58), Sinop (11), Rondonópolis (11), Várzea Grande (6), Tangará da Serra (5), São José dos Quatro Marcos (2), Cáceres (2), União do Sul (1), Primavera do Leste (1), Nova Mutum (1), Nova Monte Verde (1), Lucas do Rio Verde (1), Lambari D’Oeste (1), Canarana (1), Campo Novo do Parecis (1), Aripuanã (1), Alta Floresta (1) e residentes de outros Estados (3).

De acordo com o Boletim Informativo, os três casos que constam como de outros estados foram notificados pelas Secretarias Municipais de Rondonópolis (1), Chapada dos Guimarães (1) e Pontes e Lacerda (1). 

Dos 108 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 81 estão em isolamento domiciliar, 11 estão recuperados e 14 estão hospitalizados – sendo sete em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sete em enfermarias. Dentre o número de casos no Estado, 60% é do sexo feminino e 40% masculino; sendo que 59 pacientes têm faixa etária entre 36 a 55 anos. 

Veja Também:  Ipem-MT orienta consumidores sobre produtos de Páscoa

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada pela SES (anexada a este texto).

A Nota Informativa com dados atualizados é divulgada diariamente a partir das 17h. A coletiva de imprensa virtual com o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, transmitida pelo Instagram e Facebook do Governo do Estado, ocorre às segundas, quartas e sextas-feiras a partir das 8h30.

Cenário nacional

Nesta quinta-feira (09), o Governo Federal confirmou 17.857 casos de Covid-19 no Brasil e 941 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 800 mortes e 15.927 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também:  Terça-feira (07): Mato Grosso registra 78 casos confirmados de Covid-19

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Equipe da Unemat tira dúvidas de trabalhadores que buscam o Auxílio Emergencial

Publicado

Professores e estudantes do curso de Ciências Contábeis, do campus da Unemat em Nova Mutum, estão prestando assessoria para orientar microempreendedores individuais (MEI), autônomos e trabalhadores informais em relação ao auxílio emergencial de R$ 600, autorizado por meio do Projeto de Lei 13982/2020, do Governo Federal.

Um grupo, constituído por oito professores e seis acadêmicos da Unemat em Nova Mutum, faz atendimento online aos profissionais com dúvidas no preenchimento dos formulários e cadastros, para fim de recebimento do auxílio emergencial. O benefício é destinado a desempregados e trabalhadores informais que estão sem renda durante a quarentena para combater a pandemia do Coronavírus.

A ação de extensão teve início na terça-feira (07.04) e, em apenas um dia, já atendeu 12 pessoas. O coordenador do projeto, docente da Unemat Agilson Poquiviqui, explicou que a iniciativa busca contribuir para que as pessoas não tenham que se deslocar até o banco para sanar dúvidas, evitando aglomerações.

“Muitos trabalhadores informais não têm facilidade no uso de celulares e computadores e, com isso, ficam com dúvidas no preenchimento do formulário eletrônico da Caixa. Nesses casos, acompanhamos o passo-a-passo pelo WhatsApp e vamos orientando”, disse Agilson.

Veja Também:  Terça-feira (07): Mato Grosso registra 78 casos confirmados de Covid-19

Entre as principais dúvidas, nesse primeiro dia, a demora no envio do código pelo sistema e o não aparecimento da cidade de origem na tela de confirmação dos dados. “São pequenas dificuldades que, para a pessoa mais idosa que não tem intimidade com plataformas digitais, se tornam um empecilho para a conclusão do cadastro”, explicou.

Além da assessoria para o preenchimento na plataforma digital, a equipe da Unemat também está capacitada para orientar sobre as principais dúvidas do público, entre elas: Quem tem o direito? Quais os requisitos? Como faço para acessar?

Horário de atendimento é o mesmo do expediente bancário, das 9h às 13h00. São quatro números de telefone: (65) 99997-5065, (65) 99916-5078, (65) 98103-7291 e (65) 99622-1144.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana