conecte-se conosco


Nacional

Corpo de João Alberto, negro assassinado no Carrefour, é velado em Porto Alegre

Publicado


source
joão alberto carrefour
Divulgação

João Alberto Silveira Freitas, homem negro assassinado por segurança e PM em unidade do Carrefour em Porto Alegre

O corpo de João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos, espancado e morto na noite desta quinta-feira (19) em uma unidade do Carrefour no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre , por um segurança do supermercado e um policial militar, começou a ser velado na manhã deste sábado (21), no Cemitério São João, na Zona Norte da capital gaúcha. O enterro está marcado para 11h30.

Milena Borges Alves, de 40 anos, esposa de João Alberto , cobra justiça. “Eu não tenho nada pra falar. Só quero justiça, quero que paguem”, afirmou. Ela acompanhava seu marido no Carrefour e pagava as compras no caixa enquanto ele era levado até o andar inferior, onde foi espancado até a morte após suposta confusão com a atendente do supermercado.

Veja Também:  Sem provas, Bolsonaro credita queda da letalidade à cloroquina: "acertamos"

De acordo com a polícia, a vítima teria feito um gesto para a funcionária do Carrefour, o que a fez acionar a segurança do local, dando início a série de agressões que resultaram na morte de Beto, como era conhecido.

A polícia diz que a vítima teria dado um soco em um dos homens brancos que o acompanhava até o estacionamento, quando começaram as agressões. Beto foi espancado por cerca de 5 minutos por eles e morreu por asfixia na noite de quinta-feira .

Enquanto apanhava, Beto chegou a implorar por socorro , sua mulher tentou intervir, mas o espancamento não parou. Milena diz que se aproximou para separar, mas foi empurrada pelos homens.

O Samu chegou a ser acionado, mas encontrou o homem negro morto no local. O  segurança do Carrefour e o PM foram presos em flagrante e devem responder por homicídio triplamente qualificado.

publicidade

Nacional

Inédito: STJ aplica Maria da Penha em caso de violência contra doméstica

Publicado


source
violência sexual
Rawpixel / Creative Commons / Imagem ilustrativa

Empregada doméstica foi alvo de violência sexual pelo neto da patroa


O Superior Tribunal e Justiça (STJ) decidiu pela primeira vez na história utilizar a Lei Maria da Penha em favor de uma empregada doméstica vítima de violência sexual e doméstica pelo neto da patroa, em Goiás. O Ministério Público entrou com recurso, que foi acatado na decisão do ministro Sebastião Reis Júnior ao restabelecer condenação do réu. 


Reis Júnior argumentou que ” deve ser considerada a existência de relação hierárquica e a hipossuficiência da vítima, que vivia na mesma residência que o agressor. “Ainda que não haja vínculo de parentesco com a vítima, ela vive agregada ao núcleo familiar, o que justifica o enquadramento do crimes como um caso de violência doméstica contra a mulher “, disse na decisão.

Veja Também:  Senado aprova Projeto de Lei sobre prioridade de vacinação da Covid-19

Dados do estudo realizado pelo Instituo de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) em parceria com a ONU Mulheres concluiu qua a vulnerabilidade de trabalhadores domésticas aumentou durante a pandemia.

Continue lendo

Nacional

Desgovernado, caminhão de lixo quase atinge mulher e causa destruição; assista

Publicado


source
Caminhão
Reprodução/Facebook

Nas imagens, é possível ver a destruição causada pelo veículo antes de parar

Uma moradora do bairro Vila São Luís, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense , pode dizer que nasceu de novo. Na manhã de quinta-feira (3), por volta das 8h30, um caminhão de lixo desgovernado desceu a Rua 13 de Maio e quase atingiu uma mulher no momento em que ela atravessava para o outro lado da rua.

O vídeo impressionante foi registrado por câmeras de segurança instaladas próximas ao local do incidente. O caminhão ainda atingiu oito carros que estavam estacionados no local antes de parar.

Em outra imagem, é possível ver um dos garis recolhendo e juntando os lixos das casas quando ele percebeu que o caminhão vinha rapidamente pela rua. Ele saiu do caminho, assim como outra moradora que estava próxima a ele.

Veja Também:  Pai é preso suspeito de asfixiar e esfaquear o próprio filho de apenas 2 anos

Confira as imagens do incidente


Continue lendo

Nacional

Pai é preso suspeito de asfixiar e esfaquear o próprio filho de apenas 2 anos

Publicado


source
crime
Reprodução / Freepik / Imagem ilustrativa

Pai é preso suspeito de asfixiar e esfaquear o próprio filho de apenas 2 anos

Um menino de apenas dois anos foi encontrado morto na madrugada desta sexta-feira (4) na casa onde morava com o pai e o avô, na cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul.  Segundo a delegada responsável pelo caso, a perícia acredita que a criança foi asfixiada e depois, quando já estava morta, levou três facadas.

Ainda segundo a PM, o pai do menino teve um surto psicótico pouco antes do corpo ser encontrado por vizinhos e acabou detido como principal suspeito do crime. 

A Polícia Militar foi acionada por volta das 3h da manhã quando houve um chamado por conta de um homem que estava perambulando pelas ruas e agindo de forma estranha. Ele foi levado ao hospital próximo, porém, pouco tempo depois, a polícia recebeu outro chamado vindo da casa do homem.

Veja Também:  Foragido por estupro é preso nos Estados Unidos após três anos fora do Brasil

Outra equipe foi enviada para a residência, que encontrou a criança morta e acionou a Polícia Civil. O avô da criança, que também mora no local, havia viajado para uma cidade de praia e não estava na residência no momento do crime, segundo a delegada.

A Polícia Civil disse que não tem informações ainda sobre o relacionamento do suspeito com a mãe da criança, mas destacou que as testemunhas afirmaram que o homem tinha um comportamento aparentemente tranquilo.

O pai da vítima foi levado para a prisão de Garibaldi, onde aguardará a Justiça decidir se ele será mantido detido até a conclusão do inquérito policial.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana