conecte-se conosco


Mato Grosso

Curso de identificação de alunos de altas habilidades reúne mais de 200 professores

Publicado

Mais de 200 professores participaram da quarta e última etapa do curso “Identificação de Estudantes que Apresentam Indicadores de Altas Habilidades/Superdotação”. A formação ocorreu na sexta-feira (11.10), no Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro) do município de Alta Floresta (a 803 quilômetros ao norte da Capital).

Segundo a professora formadora Nilcéia Frausino, o foco do curso foi trabalhar as informações básicas sobre o tema. Com isso, os professores terão condições de identificar os estudantes que apresentam características de altas habilidades.

Durante o curso, o estudante Wender Serafim de Brito, aluno da Escola Municipal São Manuel, localizada no Distrito do Colorado, município de Nova Canaã do Norte, vizinha de Alta Floresta, foi homenageado pela participação dele de uma seleção para confecções do selo com o tema:  162 anos de Libras no Brasil. O selo é uma realização da Academia Tijuquense de Letras, da cidade de Tijucas (Santa Catarina) em parceria com os Correios.

O estudante ficou emocionado com a homenagem. “Foi um momento de muita emoção, não tenho palavras para expressar a minha gratidão pela aceitação da minha produção artística. Sempre me destaquei nas produções artísticas, é algo que gosto e faço com muito amor. Nossa muita emoção mesmo” relata Wender.

Veja Também:  Sesp deflagra 19 operações em 62 municípios e prende 209 suspeitos

“Wender é um exemplo prático de um aluno detectado com alta habilidade. No caso dele, foi uma relação de contextualização entre a teoria e a prática. Para os participantes foi importante na medida que perceberam as características para a identificação dos nossos alunos diferenciados”, destaca.

No entendimento da formada, no momento em que o professor reconhece e valoriza o estudante, ele melhora o potencial de aprendizado em toda as áreas.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Seciteci e Unemat promovem encontro sobre tecnologia inovadora no combate à Covid-19

Publicado


.

Nesta quarta-feira (03.06), às 18h, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizará um meetup virtual (serviço usado para organizar grupos online com interesses semelhantes) com o tema Tecnologia Inovadora no Combate à Covid-19, em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e a sociedade em geral.

O encontro será virtual, transmitido pelo canal do Youtube da Seciteci e contará com a participação de alunos e professores criadores da “Clô“, uma assistente virtual que informa o hospital mais próximo e os leitos disponíveis para atendimento de pacientes contaminados pelo coronavírus.

A criação deu aos alunos da Unemat o primeiro lugar no hackathon internacional Hacking + Help, o que rendeu a eles o prêmio de R$ 2.500,00, além de três meses de mentoria e possibilidade de investimento no projeto.

A proposta do hackathon, realizada 100% online, foi encontrar soluções para os problemas decorrentes da pandemia provocada pelo novo coronavírus, divididos em seis clusters: Saúde, Educação, Assistência Social, Empregabilidade, Cooperativismo e Logística.

A superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, afirma que o encontro virtual ressalta o quanto as universidades de todo o país estão engajadas na corrida em busca de solução e apoio à pandemia. E Mato Grosso não ficou de fora e ainda se destacou mundialmente, com projeto inovador.

Veja Também:  Polícia Civil empossa 30 novos delegados nomeados pelo Governo do estado

“A maioria das universidades vêm buscando desenvolver soluções inovadoras para o combate à Covid-19, que vai desde serviços, processos e produtos. No Meetup, vamos falar do projeto da Unemat, que criou um protótipo com uma solução inovadora, utilizando inteligência artificial, que pode ajudar muito neste período de pandemia”, afirma.

O meetup contará com a participação dos alunos criadores do protótipo digital: Felipe Mantovani, Claudiane Menin, Sérgio Ramos e Victória Katri. Para participar, acesse o canal do Youtube da Seciteci

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Criadores de assistente virtual para Covid-19 participam de encontro promovido pela Seciteci e Unemat

Publicado


.

Nesta quarta-feira (03.06), às 18h, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizará um meetup virtual (serviço usado para organizar grupos online com interesses semelhantes) com o tema Tecnologia Inovadora no Combate à Covid-19, em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e a sociedade em geral.

O encontro será virtual, transmitido pelo canal do Youtube da Seciteci e contará com a participação de alunos e professores criadores da “Clô“, uma assistente virtual que informa o hospital mais próximo e os leitos disponíveis para atendimento de pacientes contaminados pelo coronavírus.

A criação deu aos alunos da Unemat o primeiro lugar no hackathon internacional Hacking + Help, o que rendeu a eles o prêmio de R$ 2.500,00, além de três meses de mentoria e possibilidade de investimento no projeto.

A proposta do hackathon, realizada 100% online, foi encontrar soluções para os problemas decorrentes da pandemia provocada pelo novo coronavírus, divididos em seis clusters: Saúde, Educação, Assistência Social, Empregabilidade, Cooperativismo e Logística.

A superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, afirma que o encontro virtual ressalta o quanto as universidades de todo o país estão engajadas na corrida em busca de solução e apoio à pandemia. E Mato Grosso não ficou de fora e ainda se destacou mundialmente, com projeto inovador.

Veja Também:  Criadores de assistente virtual para Covid-19 participam de encontro promovido pela Seciteci e Unemat

“A maioria das universidades vêm buscando desenvolver soluções inovadoras para o combate à Covid-19, que vai desde serviços, processos e produtos. No Meetup, vamos falar do projeto da Unemat, que criou um protótipo com uma solução inovadora, utilizando inteligência artificial, que pode ajudar muito neste período de pandemia”, afirma.

O meetup contará com a participação dos alunos criadores do protótipo digital: Felipe Mantovani, Claudiane Menin, Sérgio Ramos e Victória Katri. Para participar, acesse o canal do Youtube da Seciteci

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Sesp deflagra 19 operações em 62 municípios e prende 209 suspeitos

Publicado


.

Nos primeiros cinco meses do ano, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deflagrou 19 operações integradas em 62 municípios de Mato Grosso, que resultaram em 209 prisões a suspeitos de envolvimentos em crimes de homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas. As ações policiais que contam com o empenho das forças de segurança são coordenadas pela Secretaria Adjunta de Integração Operacional (Saiop).

Ainda no período de janeiro a maio foram apreendidos mais de 335 kg de drogas e cumpridos 35 mandados de busca e apreensão, 22 mandados de prisão, 148 veículos e 13 armas apreendidos, 11 veículos recuperados e um total de 5.279 pessoas e 5.145 veículos abordados. Ao todo, 434 atividades periciais foram realizadas pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e 175 fiscalizações do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) foram feitas a estabelecimentos comerciais.

O secretário adjunto da Saiop, coronel PM Victor Fortes, enaltece os resultados obtidos pelas forças de segurança e credita os números ao trabalho integrado.

“O empenho das forças de segurança e o comprometimento dos profissionais das 15 Risp’s (Regiões Integradas de Segurança Pública) foram primordiais para o êxito dessas operações. A Sesp tem buscado a atuação integrada entre as instituições com ações preventivas e repressivas no enfrentamento aos principais índices criminais, principalmente as ocorrências contra a vida e o tráfico de drogas. Nossa meta é expandir ainda mais a realização de operações integradas em todo o estado”, enfatiza.

Veja Também:  Escola Técnica de Cuiabá terá capacidade para 1400 alunos

Mais de 4.500 profissionais da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar, Politec e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) participaram das ações.

Trânsito

O balanço de cinco meses aponta ainda que foram lavrados 712 Autos de Infração de Trânsito (AITs) e realizadas 12 notificações de trânsito.

São cidades polos das 15 Rips: Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra, Juína, Alta Floresta, Vila Rica, Primavera do Leste, Pontes e Lacerda, Água Boa, Nova Mutum e Guarantã do Norte.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana