RONDONÓPOLIS

Policial

Depois de diversas tentativas de se esconder, foragido de MT por homicídio bárbaro é localizado no litoral catarinense

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A trajetória de fugas de um foragido da Justiça, que cometeu um bárbaro homicídio no interior de Mato Grosso, chegou ao fim com a captura do criminoso nesta segunda-feira (10), na cidade de Balneário Camboriú, no litoral catarinense. A prisão ocorreu depois de informações repassadas pela Gerência de Polinter e Capturas de Mato Grosso à Polícia Civil de Santa Catarina, que levaram à prisão do homem de 30 anos. 

A Polinter recebeu no início deste ano uma solicitação de apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres para localizar o atual paradeiro do fugitivo, que foi identificado como autor de brutal homicídio ocorrido o em 11 de fevereiro de 2011, que vitimou Benedita de Paula Nunes, de 27 anos. A vítima foi cruelmente espancada e torturada até a morte e encontrada em sua residência totalmente despida e com várias lesões no corpo. O crime chocou moradores da cidade diante da gravidade e da forma cruel como a vítima foi morta.

Com o avanço das investigações realizadas pela DEDM de Cáceres e com a autoria do crime definida, após representação criminal da autoridade policial, o Poder Judiciário decretou em outubro de 2019 a prisão preventiva do investigado. Desde então, o autor do crime passou a ser considerado foragido da justiça.

Por diversas vezes, a Polícia Civil tentou capturá-lo, mas sem sucesso, pois ele se refugiava na Bolívia, de onde  retornou poucas vezes ao Brasil.

Em fevereiro deste ano, a Polinter chegou a enviar uma equipe a Cáceres, mas as buscas pelo foragido não tiveram êxito. Uma última tentativa foi realizada para localizá-lo em Goiânia, contudo, com os dados obtidos no decorrer das investigações, a equipe da Polinter conseguiu apurar o possível paradeiro do foragido, cujas informações levavam à região Sul do Brasil.

Em um trabalho em conjunto com a equipe do delegado Vicente Soares, da Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú, os policiais civis do município catarinense checaram prováveis locais onde ele poderia esta e com apoio da Polícia Militar local conseguiram realizar a prisão nesta segunda-feira.

As buscas pelo foragido contaram também com o auxílio da Delegacia Regional de Cáceres.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, para onde o foragido deverá ser recambiado.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Policial

Polícia Civil prende suspeito de estupro contra irmãs menores de idade em Poconé

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem identificado como autor de estupro cometidos contra duas irmãs menores de idade em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (21.06). O suspeito de 20 anos abusou sexualmente das irmãs, de 11 e de 15 anos de idade e responderá pelos crimes de estupro de vulnerável e estupro.

As investigações iniciaram no dia 20 de maio, quando o pai das vítimas procurou a Delegacia de Poconé para relatando que as vítimas foram abusadas sexualmente e continuavam sendo assediadas pelo suspeito.

Segundo as informações, uma das menores brincava na rua, quando foi abordada pelo suspeito que a chamou para ir até o seu local de trabalho onde ocorreram os abusos. O mesmo fato também teria ocorrido com a irmã mais velha.

Durante as investigações, as meninas foram ouvidas e confirmaram os abusos, relatando que o suspeito tirava a roupa delas e praticava os atos libidinosos, chegando a consumar a conjunção carnal com a mais velha e tentar contra a mais nova.

Após a prática dos abusos, o suspeito continuava mandado mensagens para as menores através do aplicativo whatsapp, pedindo vídeos pornográficos e dizendo que queria manter relações sexuais com elas. Ao serem ouvidas, as menores demonstraram muito envergonhadas e amedrontadas com a situação.

Diante dos fatos, o delegado Maurício Pereira Maciel representou pelos mandados de busca e apreensão e prisão preventiva do suspeito que foram deferidos pela Justiça. O mandado de prisão preventiva foi cumprido nesta segunda-feira (21), na tornearia do pai do suspeito em Poconé.

Ele foi conduzido à Delegacia de Poconé, onde foi interrogado e tomadas as providências de praxe para cumprimento do mandado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Diretores recebem projeto de nova delegacia de polícia de Ribeirão Cascalheira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Diretores da Polícia Civil receberam na semana passada o projeto executivo da nova Delegacia de Ribeirão Cascalheira. O projeto foi apresentado na sede da diretoria geral em Cuiabá pela prefeita de Ribeirão Cascalheira, Luzia Brandão e pelo delegado do município, Sergio Luís Henrique de Almeida.

Durante a reunião com o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende e com a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, foi conversado sobre as condições do prédio onde a delegacia está atualmente instalada que não atende as necessidades da unidade.

Além das ocorrências da cidade, a Delegacia de Ribeirão Cascalheira atende o expediente de outros dois municípios, Bom Jesus do Araguaia e Serra Nova Dourada.

Mesmo diante das dificuldades estruturais enfrentadas, a prefeita Luzia Brandão, destacou a eficiência do trabalho da Polícia Civil na cidade e demonstrou o interesse da Prefeitura, Ministério Público, Conselho de Segurança, junto a sociedade civil organizada na construção de uma nova sede da Delegacia de Ribeirão Cascalheira.

Foi apresentado aos diretores, o projeto executivo da nova unidade junto a proposta de construção do prédio para posterior doação à Polícia Civil. O projeto prevê uma unidade de aproximadamente 300 m³ com estrutura adequada e em conformidade com as necessidades de uma delegacia de polícia.

O projeto será analisado pela Diretoria de Execução Estratégica (DEE) e após a aprovação de todos itens será dado início às obras. Após a construção da parte física do prédio, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica.

Novas reuniões para tratar da construção da nova sede devem ser realizadas nos próximos dias e a equipe da DEE deve ir até o município para conhecer o terreno e outras questões relacionadas à nova unidade.

“Estamos ganhando um presente, uma vez que não havia previsão orçamentária para a construção dessa unidade. Nosso trabalho agora é participar dessa mobilização que a prefeitura de Ribeirão Cascalheira está fazendo junto a sociedade civil organizada para que em breve o município esteja instalado em uma unidade com melhores condições de trabalho”, disse a diretora da DEE, Daniela Maidel.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Batalhão Fazendário recebe viaturas e armas para reforçar policiamento nas fiscalizações

Publicados

em


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) e a Polícia Militar de Mato Grosso (PM-MT) entregaram ao 27º Batalhão da Polícia Militar Fazendário (BPMFaz), quatro novas viaturas e 25 pistolas Glock 9 milímetros. Os veículos e os armamentos vão ajudar e reforçar a segurança durante as abordagens fiscais realizadas no trânsito de bens e mercadorias em todo o Estado.

Como parte dos equipamentos já está em uso pelo Batalhão Fazendário, foi realizada uma entrega simbólica na manhã desta segunda-feira (21.06), pelo secretário de Fazenda, Rogério Gallo, e pelo subchefe do Estado Maior, Cel PM Carlos Eduardo Pinheiro da Silva. Participaram da reunião o comandante do 27º BPMFaz, Ten Cel PM Waldir Félix e os secretários adjuntos da Sefaz.

Na ocasião, o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, assinou uma portaria que institui o documento Notícia de Fato Tributário (NFT) que será ultilizado pelos agentes policiais para registro de possíveis irregularidades fiscais e tributárias, ocorridas no trânsito de mercadorias. A portaria será publicada na próxima edição do Diário Oficial.

Para Rogério Gallo, essa parceria reforça as ações policiais nas operações de fiscalização. Tanto a entrega das viaturas e do armamento, quanto a criação da NFT trazem mais efetividade ao trabalho de fiscalização e, consequentemente, o aumento da arrecadação tributária.

“O Batalhão Fazendário cumpre um papel muito relevante de apoio à fiscalização no trânsito, em postos fiscais e nas fronteiras do Estado. Com essa portaria damos um salto enorme na relação institucional, criando um instrumento específico para que a Polícia Militar, mesmo sem fiscalização junto, possa colher informações de modo estruturado e encaminhar a Sefaz para que seja dado o devido tratamento dos dados e, quando for o caso, a constituição do crédito tributário”.

Essas informações são repassadas ao fisco estadual por meio de um aplicativo de celular que pode ser usado a qualquer momento e local, mesmo que não haja acesso à internet. O registro da NFT deverá ser feito em sistema próprio, sempre que houver abordagem relativa ao trânsito de bens e mercadorias, independente se for constatado ou não alguma irregularidade.

“É um grande avanço não só para a Polícia Militar como para todo o Estado, pois o Batalhão Fazendário faz o trabalho em nível estadual, contribuindo com a arrecadação”, disse o subchefe do Estado Maior, Cel PM Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, que fez a entrega simbólica das pistolas.

Sobre o armamento e as viaturas, o comandante do 27º BPMFaz, Ten Cel PM Waldir Félix, afirmou que é muito importante esse reforço nos instrumentos de trabalho, com equipamentos mais apropriados, que dão mais segurança e conforto aos policiais da tropa. As quatro viaturas foram disponibilizadas pela Secretaria de Fazenda e as 25 pistolas Glock, 9 milímetros, pela Polícia Militar.

“Para nós é muito importante termos estrutura para executar nosso trabalho. Hoje recebemos viaturas que são adequadas, traçadas, a diesel e recebemos também as pistolas, um modelo que é considerado, hoje, o melhor armamento do mundo. Então só temos a agradecer à Sefaz e à PM por estar equipando toda nossa tropa”, afirma o Ten Cel PM Waldir Félix.

O 27º Batalhão Fazendário é um órgão integrante da Polícia Militar, vinculado administrativo e operacionalmente à Unidade Militar de Operações Conjuntas da Sefaz e conta com uma tropa de 26 policiais. Eles atuam nas operações fixas de fiscalização, nos principais postos fiscais, e nas fiscalizações volantes de trânsito. As operações de fiscalização são realizadas em todo o Estado para recolher notas fiscais irregulares, com valores subfaturados ou caminhões que percorrem Mato Grosso sem o devido imposto recolhido.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana