conecte-se conosco


Mato Grosso

Doadores de sangue poderão ganhar luvas autografadas pelo campeão de boxe Popó

Publicado

Com objetivo de atrair doadores e aumentar o número de coletas de sangue para reforçar os estoques de final de ano, o MT Hemocentro firmou uma parceria com a equipe dos Jogos dos Amigos Pela Solidariedade, que sorteará, na próxima sexta-feira (13.12), um par de luvas autografadas pelo tetracampeão mundial de boxe Popó Freitas.

O sorteio, que acontecerá na sede do Banco de Sangue Público de Mato Grosso, contemplará pessoas que doarem sangue voluntariamente entre os dias 9 e 12 de dezembro.

Popó Freitas é um dos protagonistas do evento deste ano. Além das luvas autografadas, o doador voluntário de sangue sorteado também vai garantir uma vaga para jogar a partida de futsal junto aos craques dos times liderados pelo ex-pugilista e pelo jogador de futebol profissional Bruno Peres.

O jogo ocorrerá no sábado (14.12), às 20h, no Ginásio Fiotão, em Várzea Grande. O evento Amigos Pela Solidariedade é uma ação social que ocorre anualmente em Mato Grosso, desde 2012, e visa beneficiar pessoas carentes. Participam da ação diversos jogadores de futebol, cantores, atores, youtubers e artistas renomados. A entrada para o jogo é 3kg de alimentos não perecíveis.

De acordo com informações da diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, a parceria busca atrair mais doadores, pois, no final de ano, a unidade precisa aumentar o quantitativo de bolsas de sangue para atender à alta demanda nos períodos festivos.

Veja Também:  Infração de trânsito pode ser aplicada por diversos órgãos do sistema nacional de trânsito

“O mês de dezembro é o período mais crítico, temos uma demanda muito intensa, pois nos meses de férias sobe o número de pessoas acidentadas, que precisam passar por cirurgias e necessitam de sangue. Por isso essa campanha é muito importante, vai ajudar no chamamento de doares para reforçar os nossos estoques”, explicou.

Requisitos para doação de sangue

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é obrigatória a apresentação de documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente. O processo para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, pois o material usado na coleta do sangue é descartável, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.

Para doar sangue, é necessário estar em bom estado de saúde e seguir os seguintes passos:

– Estar alimentado e evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação de sangue;

– Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas;

– Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

– Pessoas com idade entre 60 e 69 anos só poderão doar sangue se já o tiverem feito antes dos 60 anos;

Veja Também:  Entenda quais multas são aplicadas pelo Detran e quais cabem aos demais órgãos do trânsito

– A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para a mulher;

– O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres;

Agenda de doação em dezembro

Após o encerramento da campanha com a equipe dos jogos Amigos Pela Solidariedade, o MT Hemocentro continuará realizando normalmente as coletas de sangue na unidade. Na agenda do mês de dezembro, está marcada a coleta externa do Hemobus para o dia 18 de dezembro, que ficará estacionado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Serviço

Os voluntários interessados em doar sangue podem procurar o MT Hemocentro. A sede do banco de sangue está localizada na Rua 13 de Junho, n 1055, Porto, em Cuiabá. Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (65) 3623-0044, ramal 220, 221 e 225. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Já a Unidade de Coleta do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá está localizada na Rua General Vale, N 182, bairro Bandeirantes. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Em redes sociais, digital influencer ”Carla Bora” mostra hematomas e acusa namorado em Cuiabá

Publicado

Reprodução

A digital influencer Carla Reis, conhecida como “Carla Bora”, conhecida pelo bordão “bora? Bora tomar uma?”, que viralizou o Brasil no ano de 2016, usou sua página no Instagram para denunciar um caso de violência doméstica. Carla é de Várzea Grande.

Na madrugada desta sexta-feira, ela postou stories informando que foi agredida pelo namorado, um empresário do ramo de construção civil. “Carla Bora” relata que já realizou a denúncia para as autoridades policiais. Na sua página, contudo, não relatou como ocorreram as agressões, mas mostrou hematomas no braço.

A digital influencer ainda pede que as mulheres tenha coragem para denunciar, “mesmo quando ama”. Carla faz os relatos nos stories e não aparece de corpo inteiro como de costume. Nos vídeos, mostra apenas parte de seu rosto.

Além das fotos e dos vídeos, “Carla Bora” mostra uma suposta mensagem de seu namorado lhe pedindo desculpa e prometendo um noivado para reatar o relacionamento. “É difícil sair de um relacionamento ainda mais quando AMA, mas precisamos nos AMAR em primeiro lugar”, diz a postagem.

Antes de revelar o ocorrido na rede social, Carla ainda fez uma postagem de um folder que descreve e explica como a mulher pode identificar os sinais de um relacionamento abusivo.

Veja Também:  Colônia de férias na biblioteca oferece aprendizado com diversão para as crianças

Na manhã desta sexta-feira (24), Carla postou um foto desejando “bom dia” a seus seguidores.

Recentemente, no mundo das celebridades e famosos, muitas mulheres tem tomado coragem para denunciar namorados e maridos que também tem status e fama. Essas ações tem dado um apoio para casos que ocorrem corriqueiramente.

Tocador de vídeo

Continue lendo

Mato Grosso

Trabalhador é atacado por abelhas durante limpeza de área em zona rural de Rondonópolis

Publicado

Corpo de Bombeiros – MT

Um trabalhador foi atacado por abelhas, enquanto fazia a limpeza de uma área na localidade Marajá, zona rural de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. O caso foi registrado no sábado (18). Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para fazer o atendimento.

Um vídeo feito por uma testemunha mostrar o momento em que Juraci Belarmino da Rocha, de 58 anos, é socorrido. Ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento, chegou a ficar internado, mas já foi liberado.

Juraci estava acompanhado de outro trabalhador, cujo nome não foi divulgado. Entretanto, ele conseguiu correr e não foi atacado.

Falta de equipamentos

De acordo com o Sargento Reinaldo Souza, do Corpo de Bombeiros, houve dificuldade no resgate, porque o núcleo de Rondonópolis não têm roupas específicas para atendimentos como este.

Os militares usaram capa de chuva, capacetes e lençóis para conseguir fazer o resgate sem que também fossem atacados por abelhas.

Continue lendo

Esportes

Operário de Várzea Grande desiste de contratar goleiro Bruno

Publicado

Reprodução

O Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense (CEOV) informou, nesta quarta-feira (22), que não irá mais contratar o goleiro Bruno Fernandes, condenado a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, em 2010. Um comunicado foi emitido à imprensa, entretanto, não justifica o motivo da desistência. Sabe-se que nos últimos dias, a Eletromóveis Martinello desautorizou o uso da marca em uniformes do Clube, assim como a cooperativa Sicredi.

Contra a vinda do goleiro o time, na noite de terça-feira (21), manifestantes se reuniram no entorno do estádio Dito Souza, instalado no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, onde seria realizada uma partida de futebol do tricolor. As mulheres estavam vestidas de preto e, além de cartazes, seguravam um cartão vermelho nas mãos, que indica a expulsão de um jogador em uma partida de futebol.

O ato organizado pelo Bloco das Mulheres contou também com a presença de homens. Diversos cartazes foram expostos com frases do tipo: ‘Feminicida não pode ser exemplo’; ‘Matar mulher é grave sim’; ‘Não compre ingresso, não pague para ver feminicida’; ‘Operário sim, assassino não’.

Veja Também:  Conselho da Juventude prorroga escolha de membros representantes da sociedade civil

Manifestantes repudiam contratação do goleiro Bruno pelo Operário

Também na terça-feira, a Martinello anunciou que desautorizou o uso da marca nos uniformes do time e em painéis utilizados em entrevistas. A empresa alegou não concordar “que condenado por crime tão grave e torpe seja elevado ao patamar de ídolo esportivo, pois o esporte é para cidadãos exemplares que cultivam a vida, o respeito ao próximo e o espírito de equipe”.

Na segunda-feira (20), a cooperativa Sicredi anunciou que irá retirar sua marca dos uniformes, mas alegou que ausência do logo nas camisetas do Operário ocorre em função da estratégia da empresa. Ao Olhar Direto, a assessoria informou que o Sicredi patrocina a Federação Mato-Grossense para o Campeonato Estadual de Futebol 2020 e não o Operário. Acrescentou ainda, por meio de nota, que não comenta as contratações de jogadores feitas pelos clubes.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana