conecte-se conosco


Policial

Dois homens são presos em flagrante por tráfico de drogas; um era foragido da Justiça

Publicado


No residencial Aurília Salles Curvo, em Várzea Grande, policiais da 15ª Companhia de Força Tática prenderam dois homens por tráfico de drogas. Um deles era procurado da Justiça e estava com mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime (artigo 33).

A partir da prisão dos dois, foram apreendidas duas barras de maconha prensada, seis pacotes da mesma droga de folhas secas, sem processamento, além de 18 porções prontas para consumo, uma balança de precisão e R$ 40.

Parte da droga em barras estava escondida no espaço destinado ao pneu estepe de um veículo Sandero. As outras barras, pacotes e porções estavam dispersas em um terreno baldio no bairro Renascer, em Cuiabá.

O suspeito que estava com ordem de prisão em aberta tentou fugir, porém foi capturado perto do local da abordagem. Também resistiu à prisão se debatendo enquanto era colocado na viatura, sendo contido com uso moderado da força. Os dois suspeitos e a droga foram entregues na Central de Flagrantes do Cisc de Várzea Grande.

Veja Também:  Projeto leva esclarecimentos sobre violência doméstica e serviços a mulheres no Pedra 90

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939.

Fonte: PM MT

publicidade

Policial

Projeto leva esclarecimentos sobre violência doméstica e serviços a mulheres no Pedra 90

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá lançou nesta quinta-feira (03.12) o projeto Dedm Solidária de apoio a mulheres vítimas de violência doméstica. O objetivo é levar a iniciativa a localidades que concentram maiores índices de ocorrências com mulheres vítimas de violência ou localidades de difícil acesso, onde a mulher possui dificuldade de buscar ajuda dos organismos de segurança e assistência social do Estado.

A ação foi criada como parte da mobilização 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. O bairro escolhido para inauguração do projeto foi Pedra 90, em razão do número populacional de mulheres e o índice de ocorrências, conforme o Anuário Estatístico da DEDM. De acordo com o anuário, no ano passado houve o registro de 102 ocorrências de crimes relacionados a violência doméstica no bairro, o que representa 3,44% dos 3.022 procedimentos atendidos durante todo o ano de 2019 na Delegacia da Mulher de Cuiabá.

Dedm Solidária

Na Associação Coxipoense de Deficientes (ACD), parceira do projeto, a equipe da Delegacia da Mulher conversou com o público presente, passou informações sobre violência doméstica e orientações. Ao final foram distribuídas cestas básicas e kits de higiene e limpeza.

O projeto DEDM Solidária compreende um conjunto de serviços e benefícios oferecidos à população do bairro visitado pela equipe da unidade especializada.

De acordo com a delegada Jozirlethe Magalhães Criveletto, o projeto visa levar esperança às mulheres. “O momento exige que, além de tratarmos da violência, tenhamos a sensibilidade de levar motivação para que todas as mulheres possam refletir e concluir que elas são capazes, que podem escolher seu destino e que podem mudá-lo para melhor, se assim desejar. No período de pandemia, é necessário que além do conhecimento sobre a lei Maria da Penha, elas tenham a oportunidade de conhecer melhor os meios de desenvolvimento de sua autoestima, os recursos que pode utilizar para se automotivar. Para isso, o projeto levou uma palestra motivacional às mulheres, com a ajuda de uma profissional de psicologia”, esclarece a delegada. 

Veja Também:  PM encontra arma de fogo durante reintegração e encaminha sete pessoas à delegacia

Após as dinâmicas no evento, foram distribuídos kits de cartilhas com máscaras e um lanche para que as participantes tenham a oportunidade de visitar o cabide solidário, o qual é montado no próprio evento, composto de roupas seminovas doadas por voluntárias para o projeto. Ao final, as participantes recebem doações de cestas básicas.

No Pedra 90 foram distribuídas mais de 250 peças de roupas, 100 cestas básicas e 50 kits de higiene/limpeza, além de lanche para a população presente, de aproximadamente 100 pessoas.

O lançamento do projeto contou com a parceria da Associação Coxipoensse dos Deficientes, Polícia Comunitária, pessoas físicas que doaram alimentos e roupas e o Grupo Assaí, que doou cestas básicas.

Anuário Estatístico

Dez bairros de Cuiabá concentram 20% das ocorrências de violência doméstica atendidas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher da Capital (Dedm). Os dados constam no 3o Anuário Estatístico 2020 da DEDM Cuiabá, que traz o perfil das vítimas atendidas na delegacia durante 2019, com base nas informações coletadas pela equipe de atendimento.

Os bairros com maior número absoluto de registros criminais de violência doméstica são o Pedra 90, com 102 ocorrências, seguido pelo Dr. Fábio, Dom Aquino, Tjucal, Jardim Imperial, CPA 3, Nova Esperança, Centro Sul, CPA 4 e Parque Cuiabá.

Veja Também:  Indígena tem prisão cumprida por crime relacionado à cobrança de pedágio em Comodoro

A delegada titular da Dedm Cuiabá, Jozirlethe Magalhães Criveletto pontua que embora os dez bairros citados concentrem a maior parte das ocorrências, há registros na maioria da cidade. “Isso não significa que não tenha havido ocorrências em outros bairros que não aparecem nas estatísticas. A violência está pulverizada e em todas as camadas sociais”, explica ela.

Perfil das vítimas

A maioria das mulheres vítimas de violência e que busca o atendimento da Delegacia da Capital está na faixa de idade entre 35 e 45 anos, o que corresponde a 30,5% delas, seguida pela faixa de etária dos 30 aos 34 anos. São mulheres jovens, que buscam auxílio para sair do ciclo da violência e muitas vezes necessitam de uma ocupação com rendimento financeiro para conseguir superar a situação violenta.

“São mulheres que vivem em uma situação de dependência financeira e que necessitam de assistência para buscar uma reprogramação e recomeço de sua vida, sem depender economicamente do ex-parceiro”, destaca Jozirlethe.

A Delegacia da Mulher não é apenas o lugar onde a mulher agredida, submetida a abusos e violência de todas as formas vai em busca de atendimento para a repressão ao crime sofrido. É o lugar onde elas buscam acolhimento e amparo para recomeçar. “A delegacia também procura trabalhar ações que possam auxiliar as vítimas nesse sentido, mas é fundamental que a rede de acolhimento, com todos os órgãos, funcione amplamente em todo os pontos de atenção”, pontua a delegada.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Suspeito é preso por atirar contra vítima que foi à casa da ex- mulher

Publicado


Em Sinop, a Polícia Militar prendeu um homem de 31 anos por homicídio doloso tentado, na tarde de quinta – feira(03), em Sinop. O suspeito atirou em um homem que foi até a casa da sua ex- mulher deixar mantimentos para o filho. A vítima buscou ajuda da PM na região central da cidade. 

 

Por volta das 13h, uma equipe da PM realizava rondas na região do quadrilátero central, quando se deparou com  um homem que pedia ajuda.Ele  relatou à polícia que  teria ido até a residência de sua ex- mulher no bairro Imperial, deixar uma cesta básica para o seu filho e que ao bater palma em frente ao imóvel, o suspeito fez um movimento brusco, sacou uma arma de fogo e atirou contra ele;porém não o atingiu e ele saiu correndo pedindo ajuda. 

 

De imediato, os policiais foram até a casa, mas o suspeito havia fugido em um carro Fiat Pálio. O pai do suspeito contou à PM que não iria ser conivente com a atitude do filho e relatou aos policiais onde estaria escondido o suspeito. Os policiais chegaram até uma região de chácaras, quando em torno da Comunidade Adalgisa localizou e identificou o homem que foi preso em flagrante. 

 

Veja Também:  Indígena tem prisão cumprida por crime relacionado à cobrança de pedágio em Comodoro

Durante varredura no veículo, os policiais apreenderam a arma utilizada no crime, a garrucha B-300 e sete munições  estavam  escondidas debaixo do banco traseiro do automóvel . Além da arma e munições, a PM encontrou diversas latas de cerveja e constatou que o suspeito ainda estava embriagado após o condutor ser submetido ao  teste do etilômetro que constatou 1.02MG/L. 

 

O homem foi preso e conduzido à delegacia por homicídio doloso tentado, porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e conduzir veículo automotor sob influência de alcoól. 

 

A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

 

Serviço

 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

 

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

Indígena tem prisão cumprida por crime relacionado à cobrança de pedágio em Comodoro

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) cumpriu o mandado de prisão em aberto contra um indígena, de 34 anos, na tarde de quarta-feira (02.12).

O indígena da etnia Halotesu estava com a ordem de prisão decretada pela Comarca de Comodoro por crime relacionado a cobrança irregular de pedágio na BR 364, no ano de 2018.

Assim que a expedição do mandado chegou ao conhecimento da equipe da Delegacia de Comodoro, o delegado Ricardo Marques Sarto determinou a realização de diligências para localização do suspeito que teve a ordem de prisão próximo ao Fórum da cidade.

 

Fonte: PJC MT

Veja Também:  Polícia Civil de MT integra operação nacional de combate à violência contra o idoso
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana