conecte-se conosco


Carros

Esportiva Ducati Streetfighter é eleita a moto mais bonita do Salão de Milão

Publicado

Ducati Streetfighter arrow-options
Divulgação

Ducati Streetfighter: Naked esportiva que além de bonita, oferece desempenho de supermoto

A naked esportiva Ducati Streetfighter vence o título de moto mais bonita do Salão de Milão (EICMA), em um concurso realizado em parceria com a revista italiana Motociclismo. O evento marcou a primeira vez em que a novidade foi apresentada na Europa, onde chegará às lojas na segunda quinzena de março de 2020. Para o Brasil, o início das vendas é estimado para o segundo semestre do ano que vem.

LEIA MAIS: Veja 7 novidades do Salão de Milão que serão lançadas no Brasil

Além do desempenho, o foco da empresa sempre foi, também, o de investir na estética. Prova disso é que das 15 edições do concurso, esta vitória representa a 10ª da marca. Além do novo visual e motorização — com 203 cv — a Ducati Streetfighter traz novos equipamentos.

LEIA MAIS: Ducati Panigale V4 S chega ao Brasil com desenvolvimento da MotoGP

Entre eles, os novos garfos agora são da FG Racing, feito de alumínio, que se alia ao amortecedor esportivo da Öhlins. Além disso, chega com as rodas personalizadas da Jonich SX, que não são apenas estilossas, mas também fornecem o desempenho esperado dos pneus de alto desempenho.

Veja Também:  Mini Nissan Kicks está prestes a ser revelado

LEIA MAIS: Novas Honda CBR 1000RR-R e 1000RR Fireblade são reveladas oficialmente

Acabamento e eletrônica de ponta

Ducati Streetfighter arrow-options
Divulgação

A escolha dos materiais foi feita com base no que poderia proporcionar a maior redução de peso, chegando nos 178 kg

Já o tanque e a armação da naked esportiva foram recobertos com uma camada de cobre texturizada, que harmonizam com uma sela de couro da Foglizzo, que carrega o logotipo da V4 Penta. Por fim, completam o “pacote” de novidades tampa de combustível, alavancas e apoios de pés da Rizoma. As luzes são de uma Ducati Diavel, enquanto o painel é um modelo padrão, mas numa montagem especial em 3D.

LEIA MAIS: Aprilia anuncia a nova esportiva RS 660 para o Salão de Milão, na Itália

Segundo o CEO da Ducati , Claudio Domenicali: “Além da Ducati Streetfighter V4, veremos mais motos com o motor originário da Ducati Panigale . Vamos lançar 29 novos modelos nos próximos cinco anos, continuaremos a desenvolver novas versões de produtos existentes e também entraremos em segmentos nos quais não estamos atualmente”.

Veja Também:  Conheça a nova Ford F-150, agora também em versão híbrida

publicidade

Carros

VW registra nome e-Samba, que pode ser para nova Kombi

Publicado


source
Kombi
Divulgação

O conceito I.D.Buzz mostra a Kombi do futuro e traz uma lembrança da lendária van popular de passageiros e de carga, um sucesso mundial

A Volkswagen vai começar a vender a nova geração da Kombi apenas em 2022, mas já existe uma pista de como o novo modelo deverá ser batizado. Isso porque a matriz da marca registrou o nome e-Samba , que pode ser utilizado pelo menos em uma versão do carro que terá apenas motores elétricos no lugar do a combustão.

LEIA MAIS:  Kombi faz 60 anos: relembre versões icônicas que já foram vendidas no Brasil

O nome Samba foi adotado pela Volkswagen no passado, mais exatamente entre as décadas de 1950 e 1960, quando a fabricante tinha a primeira geração da Kombi , que logo de tornou um dos ícones da marca em todo o mundo. E na variação mais luxuosa, vinha com 21 ou 23 janelas, o que é bastante raro e valrizado no mercado de clássicos hoje em dia.

Também não se sabe ainda em qual versã da nova Kombi elétrica o nome e-Samba poderá ser usado. De qualquer forma, o carro vai se basear no protótipo ID Buzz , que foi muito bem aceito pelo público nas exposições internacionais das quais participou.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma que vai produzir a nova geração da Kombi

Veja Também:  Documento do veículo agora é digital em todo o Brasil

Entre outras características interessantes, a nova VW Kombi elétrica terá dois motores elétricos , um para cada eixo, que somarão 374 cv de potência, pelo menos em uma versão. As demais deverão vir apenas com tração traseira e menos fôlego, apenas para passageiros ou para carga, assim como já foi mostrado anteriormente pela marca em algumas ocasiões, como no Salão de Los Angeles (EUA), há dois anos.

Fonte: VW ID Talk

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros

Conheça a nova Ford F-150, agora também em versão híbrida

Publicado


source
Ford F-150
Divulgação

Ford F-150 híbrida chega com equipamentos de última geração, que marcam a nova era de tecnologia para a Ford

O mercado norte-americano é o maior do mundo em picapes e cria as novas tendências neste segmento. Agora, a expectativa do consumidor é pelos modelos eletrificados, já que há várias prometidas para 2021 e 2022. Mas, sem dúvida, a Ford F-150 é a uma das mais esperadas e já saí frente com um modelo híbrido.

LEIA MAIS: GM prepara a chegada do novo SUV elétrico Chevrolet Bolt EUV

Superpopular nos Estados Unidos, a Ford F-150 estreou esta semana com uma pré-apresentação gravada on-line, realizada pelo ator Denis Leary na fábrica de Dearborn, em Detroit, e transmitida no YouTube, Facebook e Twitter. Está picape seria bem-vinda no Brasil.

Ford F-150
Divulgação

A Ford F.150 2021 recebeu modificações externa e interna e o destaque é o modelo híbrido

O destaque da linha é a versão híbrida da F-150 que usa um motor twin-turbo de 3.5L V6, com um motor elétrico de 35 quilowatts e uma bateria de íon-lítio do tamanho de uma mala colocada sob a cabine. A autonomia é de mais de 1.100 km com um tanque.

Veja Também:  Mini Nissan Kicks está prestes a ser revelado

Na nova F-150 híbrida foram introduzidas mudanças significativas por dentro e por fora, que incluem nova estrutura, design e conectividade. Ela está recheada de tecnologia como, por exemplo, terá opcionalmente um modo de condução mãos-livre.

LEIA MAIS: Conheça o Citroën ë-C4, crossover elétrico sucessor do Cactus

O F-150 oferecerá 11 estilos de grade. Os pára-lamas dianteiros são elevados. As lâminas da grade são móveis para aumentar a eficiência de combustível. Elas retraem-se parcialmente em velocidades mais baixas especialmente no off-road.

No interior da picape híbrida , uma tela de toque de 8 ou 12 polegadas, conforme a versão, no tamanho de um tablet com informações em tempo real e com múltiplas funções. O sistema de conectividade SYNC 4 foi aprimorado e é compatível com o Apple CarPlay, Android Auto, Waze e Ford + Alexa.

Ford
Divulgação

A Ford F.150 introduz mudanças significativas e algumas conveniências criativas como uma bancada de trabalho na porta da caçamba

Uma novidade interessante é que será equipada com um gerador que produz 2,4 a 7,2 quilowatts para operar uma base de trabalho, transformando o banco da frente para guardar ferramentas e a porta da caçamba como bancada.

Tesla
Divulgação

A F.150 e a Tesla Cybertruck devem fazer um grande duelo no segmento de picapes elétricas

“Para a Ford, o mercado de picapes é realmente crítico para a sua lucratividade. A nova F-150 é o nosso principal lançamento do ano e já oferece uma boa idéia da versão totalmente elétrica que chega em 2022”, afirmou Jim Farley, executivo-chefe da Ford.

Veja Também:  Honda Civic Si 2020 chega com uma série de novidades

LEIA MAIS: Mercedes terá modelos EQA e EQS, como elétricos de grife

Bem, com a Ford F-150 , a montadora parece estar ciente que precisa ter também uma versão elétrica de sua famosa picape. Afinal, há vários lançamentos anunciados no segmento e como Tesla Cybertruck, com seu estilo ousado, esperado de 2021.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros

Harley-Davidson Heritage Classic agora tem motor 114

Publicado


source
Harley-Davidson
Guilherme Marazzi

A Harley-Davidson Heritage Classic 2020 mantém o estilo dark

Tudo o que eu tinha pra falar da Harley-Davidson Heritage Classic já foi dito há dois anos , quando a motocicleta incorporou as melhorias da linha Softail e virou “dark”, trocando o excesso de cromados por muita tinta preta.

LEIA MAIS: Harley-Davidson Street Glide Special 2020 com tecnologia de ponta

Na linha 2020, a Harley-Davidson Heritage Classic tem agora o maior motor da família Softail , o Milwaukee-Eight 114 (a anterior tinha o motor menor, o M-Eight 107). Juntamente com a Low Rider e a Road Glide Limited, esses três modelos foram lançados no Brasil no inicio deste ano.

Harley-Davidson
Guilherme Marazzi

Os alforjes têm trava com chave e acabamento com tachas, assim como os bancos

A dirigibilidade da Harley-Davidson Heritage Classic 2020 permanece a mesma, bastante melhorada desde quando o modelo ganhou a ciclística das Softail, mas o acréscimo de toque no motor de maior cilindrada (11,8 kgfm) a deixou bem mais agradável, principalmente nas retomadas de velocidade.

Veja Também:  Haojue DR 160 encosta nos R$ 15 mil depois de novo aumento de preços

LEIA MAIS:Confira a incrível história da Honda CB 450 DOHC Black Bomber

Mas é o visual da Harley-Davidson Heritage Classic 2020 que mais atrai. Perdeu os cromados das versões originais, mas mantém o estilo tradicional , agora dark, tem o para-brisa removível e os alforjes pretos que podem ser trancados com chave.

Harley
Guilherme Marazzi

Para-brisa removível e faróis de leds fazem parte do visual retrô-moderno

Apesar do visual retrô, elementos como os três faróis de led, ponto USB no panel de instrumentos e o sistema eletrônico de controle de velocidade de cruzeiro conferem à Herley-Davidson Heritage Classic status de modernidade.

LEIA MAIS: Uma Harley-Davidson no fora de estrada? Acompanhe nossa aventura

A Harley-Davidson Heritage Classic 2020 custa R$ 89.300, na cor preta, R$ 89.975 na cor vermelha, R$ 90.875 com pintura em dois tons (vermelho e preto ou dois tons de cinza) e R$ 91.175 com pintura personalizada (azul ou laranja com faixas).

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana