conecte-se conosco


Mato Grosso

Estrutura da Cadeia Feminina de Colíder é elogiada por desembargador

Publicado

Única unidade penal feminina da região Norte de Mato Grosso, a Cadeia Pública de Colíder (634 km de Cuiabá) recebeu a visita do Grupo de Monitoramento e Fiscalização (GMF), nesta terça-feira (15.10). Com 64 reeducandas, sendo cinco condenadas e 59 provisórias, a estrutura chamou a atenção do supervisor do Grupo, desembargador Orlando Perri, em termos de organização, limpeza e atividades laborais e de artesanato.

O trabalho desenvolvido pela diretora Eli Terezinha Muniz de Ávila ao longo de um ano em que está à frente da unidade focou justamente nisto. Agente penitenciária há 20 anos, ela ressaltou que o incentivo aos trabalhos internos fomenta expectativas de recomeço. “São atividades que podem gerar renda de forma mais autônoma, sem depender tanto de contratação por parte de empresas, que muitas vezes ainda têm preconceito com egressos do sistema prisional”.

Segundo a superintendente regional Oeste do Sistema Penitenciário, Simone Lira, a realidade da unidade era bem diferente. “Percebemos que organizar estruturalmente daria espaço e condições para humanizar as condições para as reeducandas. Medidas pontuais como, por exemplo, alteração de uma sala pra outra, troca, manutenção de algumas salas que fez com que tivesse uma sala de enfermagem decente, um atendimento, uma sala para atendimento com defensor, assistência psicológica e social, enfim, detalhes que fizeram muita diferença”.

Veja Também:  Segunda-feira (01): Mato Grosso registra 2.636 casos e 67 óbitos por Covid-19

As recuperandas têm direito ao banho de sol todos os dias, das 13h às 17h. Para o desembargador Orlando Perri, as condições atuais da Cadeia Pública de Colíder são impressionantes. “Dentre as unidades que o GMF visitou no estado, esta realmente apresenta uma estrutura e um atendimento mais humano, e com perspectivas voltadas à capacitação e atividades laborais que são os pilares da ressocialização”.

O total de reeducandas trabalhadoras é 11, sendo quatro remuneradas e seis não remuneradas. Atualmente, 28 estudam em uma sala de aula de Ensino Fundamental, e a unidade também promove projetos de horta e cozinha. Na próxima semana, 40 delas começarão curso na “Oficina de Beleza”, divididas em turmas de depilação, cabeleireira, design de sobrancelha e manicure. Além disso, será construída outra sala de aula para o Ensino Médio, além de adequação de uma sala para oficina de corte e costura.

Peixoto de Azevedo

No período da tarde, o GMF também visitou a Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo (698 km ao Norte da capital), que atualmente possui 149 reeducandos, dos quais 142 são provisórios. A capacidade do prédio, que foi construído há 30 anos, é para 36. O trabalho intramuros é realizado por quatro reeducandos, enquanto 12 exercem atividades extramuros, frutos de parceria firmada com a Prefeitura da cidade. Do total, 45 estudam nas salas de aula oferecidas pela unidade.

Veja Também:  Por meio de projetos, Sesp deve receber R$ 131,3 milhões em investimentos este ano

O excesso da capacidade ocorre, segundo o diretor Manoy da Silva Rodrigues, porque a unidade recebe recuperandos de quatro comarcas de seis municípios da região. “Também é importante explicar que recebemos pessoas vindas de outros estados, como o Pará, em função da proximidade geográfica, os quais não querem assumir as despesas para transferências”.

Visita à obra

Com o objetivo de desafogar a demanda da região, a Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deu início à obra de construção de uma nova unidade em Peixoto de Azevedo, que deve ficar pronta em 2020.

Os representantes do GMF também visitaram a obra, que já está com cerca de 70% dos trabalhos concluídos. O novo modelo inclui a tranca aérea, um mecanismo de segurança que impede o contato direto dos agentes penitenciários com os reeducandos, exceto em procedimentos estritamente necessários.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Polícia Civil empossa 30 novos delegados nomeados pelo Governo do estado

Publicado


.

A Polícia Civil de Mato Grosso empossa 30 candidatos ao cargo de Delegado de Polícia, aprovados em concurso público e nomeados pelo Governo do Estado, no dia 22 de maio. Os novos servidores reforçarão as atividades da Polícia Civil, especialmente nas unidades do interior do estado.

A cerimônia de posse será no dia 16 de junho de 2020 às 09h, na Academia de Polícia Civil (Acadepol), em Cuiabá, de acordo com a Portaria n. 073/2020/DGPJC/EXT que dispõe sobre a nomeação e dá outras providências.

O ato solene para assinatura do termo de posse será realizado conforme as exigências da Organização Mundial de Saúde e as medidas de prevenção adotadas para evitar a propagação do Covid-19.

A entrada no evento será permitida somente para os empossados e autoridades, respeitadas as regras de uso de máscara facial, de distanciamento e de prevenção sanitária.

Os 30 nomeados iniciarão o XVI Curso de Formação Técnico-Profissional, promovido pela Academia de Polícia Civil. Além da qualificação teórica na unidade de ensino, os novos profissionais desenvolveram atividades nas delegacias de polícia.

Veja Também:  Segunda-feira (01): Mato Grosso registra 2.636 casos e 67 óbitos por Covid-19

No projeto de formação ministrado pela Acadepol, os novos servidores alternarão em aulas telepresenciais e presenciais, com os cuidados previstos para evitar a contaminação do coronavírus.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Bope localiza fuzis e centenas de munições de organização criminosa

Publicado


.

Em Cuiabá, na tarde desta segunda-feira (01.06), policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar (Bope) localizaram e apreenderam dois fuzis, sendo um Colt calibre 223 e outro AK47 7,62×39, mais de 270 munições e vários carregadores que se encontravam enterrados entre folhagens e galhos secos em uma área de mata.

Esse material bélico foi deixado por integrantes da organização criminosa que roubaram uma caminhonete Hilux e alvejaram um policial militar do Batalhão Rotam, no dia 25 de maio, na capital durante confronto na região do Coxipó do Ouro. Nessa ação um suspeito acabou.

Desde o dia da ocorrência, 25 de maio, equipes especializadas da PM seguiram em diligências na região do Distrito do Coxipó fazendo buscas a outros membros da quadrilha suspeita da explosão e roubo de caixas eletrônicos e de estar planejando outros crimes.

Em continuidade a ocorrência, por volta das 15h, policiais do Bope ampliaram as buscas e durante a varredura em uma região de chácaras próxima ao bairro Osmar Cabral encontraram os dois fuzis, carregadores e munições.

Veja Também:  1º Batalhão da PM vai lançar operação para comemorar aniversário de 103 anos

O comandante do Bope, tenente-coronel Ronaldo Roque da Silva, destaca que esses armamentos, além possuírem um poder elevado de letalidade, tenham sido utilizados em outros eventos criminosos em Mato Grosso. Agora, observa Roque, possibilitarão trabalhos investigativos e periciais que possam comprovar a ligação com outros crimes.

O TC Roques assinala essa apreensão, associada à prisão dos criminosos, assim como outras apreensões realizadas no dia da referida ocorrência, dia 25 de maio, causaram uma baixa significativa a essa organização criminosa e ao mesmo uma resposta rápida do aparato de Segurança Pública, especificamente a Polícia Militar, inibindo a incidência de ações dessa natureza no Estado.

Os fuzis e demais materiais foram entregues no plantão do Cisc Verdão e deverão fazer parte de investigações que estão sendo desenvolvidos pela Polícia Judiciária Civil, por meio do GCCO (Grupo de Combate ao Crime Organizado).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Detran-MT alerta que não realiza oferta de veículos por aplicativo de mensagem

Publicado


.

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) alerta os cidadãos que não realiza oferta de veículos de leilão por meio de aplicativo de mensagens, como Whatsapp. Qualquer oferta nessa modalidade trata-se de golpe.

O leilão de veículos acontece somente via internet e os lances só podem ser feitos por meio de site de leiloeiro cadastrado junto ao órgão. “O Detran-MT não envia fotos, links ou qualquer outro documento via aplicativo de celular. O leilão é totalmente online e o cidadão deve aproveitar para conferir o veículo de seu interesse nas datas estipuladas para a visitação”, esclareceu o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

O leilão é a regra para a venda de automóveis com direito a documentação, referentes aos veículos retidos em ações de fiscalização e abandonados pelos proprietários nos pátios da Autarquia em todo Estado, por mais de 60 dias, conforme Resolução nº 623/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e Lei nº 13.160, de 25 de agosto de 2015.

Veja Também:  Governador garante "requinte de qualidade" para Escola Técnica de Cuiabá

Em caso de recebimento de mensagens suspeitas via celular, o cidadão pode fazer denúncia no site do Detran-MT, através do menu “Fale Cidadão“, localizado na parte superior do site (www.detran.mt.gov.br). 

Leilão

Em 2019, o Detran-MT aumentou em 1.658% o número de veículos leiloados em relação ao ano de 2018. Foram 4.694 veículos leiloados limpando os pátios de 45 municípios do Estado. A arrecadação líquida para o Estado foi de R$ 8,6 milhões.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana