conecte-se conosco


Tecnologia

Falha em aplicativo de relacionamento expõe dados dos usuários

Publicado


source
aplicativo
Unsplash/Gilles Lambert

Aplicativo de relacionamento vaza dados


De acordo com um relatório de pesquisadores da Check Point (empresa de segurança online), foi descoberto uma falha grave na plataforma de namoro online OkCupid , que permite invasores espionarem remotamente as informações dos usuários ou realizar ações maliciosas. 

Os problemas foram encontradas nos aplicativos Android e web . Essas falhas permitem roubo de tokens de autenticação, IDs de usuários e outras informações confidenciais como endereços de e-mails, preferências, orientação sexual e outros dados privados. 

Após o anúncio por parte da Check Point, a OkCupid disse que resolveu as falhas, afirmando que nenhum usuário foi impactado pelas vulnerabilidades.  

Mais detalhes sobre as vulnerabilidades 

As falhas foram identificadas com o método de engenharia reversa da versão 40.3.1 do aplicativo para Android , que foi lançada no dia 29 de abril – desde então, houveram 15 atualizações do aplicativo. A Check Point também divulgou que o compartilhamento de links pelo OkCupid pode permitir que um invasor colete dados do usuário com mais facilidade.

Veja Também:  Disney+ deve chegar por R$28,99 mensais com pré-venda em outubro

publicidade

Tecnologia

Diversidade: veja os mais de 200 emojis que serão lançados em 2021

Publicado


source

Olhar Digital

Emojis
Emojipedia/Divulgação

Novos emojis chegarão aos celulares em 2021

Há novidades à vista no universo dos emojis . Outras 217 novas imagens foram aprovadas pelo Consórcio Unicode, organização voluntária responsável pela seleção e inclusão destes pictogramas à família. Os novos membros estarão à disposição em meados de 2021.

Entre as estreias, destaque para um coração em chamas, o rosto nas nuvens, uma mulher barbada, além de novas opções de tons de pele mistos para casais, que representam a maioria das adições.

A atualização é pequena e é reflexo da própria pandemia de Covid-19 , que provocou inclusive o adiamento do Unicode 14.0 , previsto agora para 2022. Nesta futura oportunidade, espera-se que seja liberado um pacote completo de figuras. Como ainda estão em desenvolvimento, o 14.0 poderá ter novas figuras além das de abutre, bolhas, corvo, panela e mão com indicador e polegar cruzados (também conhecido como coração de dedo).

Veja Também:  Marca lança máscara de proteção com fone de ouvido embutido

Personalização depois de aprovação pelo Consórcio Unicode

A respeito das novas imagens que fazem parte do pacote 13.1, estas foram anunciadas antes mesmo de a maioria dos usuários ter tido acesso ao conjunto 13.0, já previamente divulgado. Google e Samsung , por exemplo,  só fizeram o lançamento no mês passado para um subconjunto de telefones.

Já o novo suporte a emoji da Apple , também parte do 13.0, foi anunciado em 17 de julho, no Dia Mundial do Emoji. Espera-se que esteja disponível para o iOS até o fim do ano. Na lista apresentada constam Ninja, Boomerang, Piñata e Bubble Tea.

Embora o conjunto de novos emojis já tenha sido aprovada pelo Unicode, em janeiro, como parte do pacote 13.0, cada fornecedor de plataforma precisa de mais tempo até torná-los disponíveis para o usuário final. Isso porque eles criam seus próprios designs e padronização, o que demanda igualmente tempo para a execução. É por isso que, geralmente, as novidades deste universo acabam chegando somente na segunda metade do ano.

Veja Também:  Número de usuários do 5G dobra em três meses, mas ainda é 10x menor que do 2G

Além dos novos ícones, o pacote 13.1 adicionará 200 combinações de tons de pele para os emojis de casal com coração e casal se beijando. Será possível, por exemplo, utilizar o emoji de uma pessoa branca beijando uma pessoa negra, entre muitas outras possibilidades, podendo mesclar as cinco tonalidades de pele existentes nas figuras.

emojis
Divulgação/Emojipedia

Novos emojis darão mais possibilidades de combinações entre casais

Até então, os emojis de casais com coração ou de casal se beijando mostravam apenas pessoas com tom de pele neutro, na cor amarela. Os novos modelos permitirão usar emojis de pessoas do gênero neutro, masculino ou feminino, formando centenas de combinações diferentes. Evidentemente, como cada empresa usa padrões gráficos exclusivos, os traços finais dos emojis acabam sendo diferentes daqueles que são lançados pelo Consórcio Unicode .

Continue lendo

Tecnologia

As 11 melhores séries de comédia da Netflix segundo a crítica

Publicado


source

Tecnoblog

Netflix
Divulgação

“Master of None” é a melhor série de comédia da Netflix

Para quem está em busca de boas risadas, montamos uma lista com as 11 melhores séries de comédia da Netflix segundo a crítica, baseada nas notas do site Rotten Tomatoes. Confira essa seleção de produções originais da plataforma e divirta-se!

As 11 melhores séries de comédia da Netflix [crítica]

1. Master of None – Nota 100

Considerada pelo Rotten Tomatoes a melhor série da Netflix de todos os tempos, ” Master of None ” foi criada e estrelada por Aziz Ansari. Sua trama acompanha os dilemas profissionais e amorosos de um ator filho de imigrantes que mora em New York.

  • Criação: Aziz Ansari e Alan Yang
  • Ano: 2015
  • Episódios: 20 (2 temporadas)
  • Atores: Aziz Ansari e Noël Wells

2. Sem Maturidade Para Isso – Nota 100

Animação da plataforma, “ Sem Maturidade Para Isso mostra as alegrias, loucuras e dificuldades que um casal com pouco mais de 30 anos encontra para lidar com as responsabilidades da vida adulta.

  • Criação: J.G. Quintel
  • Ano: 2020
  • Episódios: 8 (1 temporada)
  • Atores: J.G. Quintel e Jason Mantzoukas

3. Crazyhead – Nota 100

Comédia de horror britânica, “ Crazyhead tem duas jovens amigas como protagonistas do show. Além de seus problemas pessoais, elas podem ver demônios e precisam enfrentá-los para sua própria proteção.

  • Criação: Howard Overman
  • Ano: 2016
  • Episódios: 6 (1 temporada)
  • Atores: Susie Wokoma e Cara Theobold

4. Feel Good – Nota 100

Comédia romântica com apenas uma temporada, “ Feel Good acompanha uma humorista canadense que está morando em Londres e tem se mantido sóbria de seus vícios. Ao embarcar em um relacionamento intenso, ela passa a descobrir mais sobre si mesma.

  • Criação: Mae Martin
  • Ano: 2020
  • Episódios: 6 (1 temporada)
  • Atores: Mae Martin e Charlotte Ritchie

5. One Day at a Time – Nota 99

One Day at Time é um remake de um sitcom de 1975. A série mostra uma família de imigrantes cubanos vivendo nos EUA, composta por uma avó que fugiu da ditadura cubana, uma mãe ex-enfermeira do exército e dois filhos adolescentes.

  • Criação : Gloria Calderon Kellett e Mike Royce
  • Ano: 2017
  • Episódios: 46 (4 temporadas – última transmitida pela Pop TV )
  • Atores: Justina Machado

6. Big Mouth – Nota 99

Indicada ao Critic Choice Awards 2020 como melhor série animada, “ Big Mouth fala sobre uma fase confusa de nossa vidas: a puberdade. Sob a ótica de um grupo de amigos pré-adolescentes de New York, acompanhamos as dúvidas e transformações comuns desse período.

  • Criação: Nick Kroll, Andrew Goldberg e outros
  • Ano: 2017
  • Episódios: 31 (3 temporadas)
  • Atores: Nick Kroll e John Mulaney

7. Derry Girls – Nota 98

Derry Girls se passa nos anos 90, na Irlanda do Norte, em uma região marcada pelos conflitos com a Inglaterra. Nesse cenário, um grupo de amigas e um garoto vivem os altos e baixos da adolescência, enquanto estudam em uma escola católica apenas para meninas.

  • Criação: Lisa McGee
  • Ano: 2018
  • Episódios: 12 (2 temporadas)
  • Atores: Saoirse-Monica Jackson e Nicola Coughlan

8. Lovesick – Nota 98

Considerada uma das melhores comédias da Netflix segundo a crítica, “ Lovesick é um sitcom britânico. Na história, acompanhamos a relação entre Dylan – um jovem com clamídia que decide alertar todas as suas ex sobre a doença -, e seus melhores amigos Luke e Evie.

  • Criação: Tom Edge
  • Ano: 2014
  • Episódios: 22 (2 temporadas)
  • Atores: Johnny Flynn

9. The Good Place – Nota 97

Série de enorme sucesso da plataforma, “ The Good Place tem como protagonista Eleanor, uma mulher que após a morte vai parar por engano no Paraíso. Além do dilema moral em dizer ou não a verdade sobre o erro cometido, ela acaba transformando o lugar em um caos.

  • Criação: Michael Schur
  • Ano: 2016
  • Episódios: 50 (4 temporadas)
  • Atores: Kristen Bell

10. Boneca Russa – Nota 97

Boneca Russa é estrelada por Natasha Lyonne, indicada ao Emmy de melhor atriz de comédia em 2019. Na trama, após morrer em seu aniversário, uma mulher revive o mesmo dia repetidas vezes, buscando entender o que precisa fazer de diferente para sobreviver.

  • Criação: Natasha Lyonne, Amy Poehler e Leslye Headland
  • Ano: 2019
  • Episódios: 8 (1 temporada)
  • Atores: Nadia Vulvokov

11. Lady Dynamite – Nota 97

Inspirada na própria história de sua protagonista, a comediante Maria Bamford, “ Lady Dynamite se debruça sobre a nada normal vida da humorista durante a sua recuperação de um transtorno bipolar.

  • Criação: Pam Brady e Mitch Hurwitz
  • Ano: 2016
  • Episódios: 20 (2 temporadas)
  • Atores: Maria Bamford

As notas apresentadas neste texto foram coletadas em 22/09/2020.

Veja Também:  Amazon Echo Show 10 ganha tela que se move sozinha para te olhar melhor

Continue lendo

Tecnologia

Nova tecnologia brasileira descobre o que você sente ao ver o que posta

Publicado


source
tecnologia
Unsplash/Prateek Katyal

Comentários em redes sociais podem indicar sentimentos dos usuários

Não é segredo para ninguém que todos os dados que fornecemos online são capazes de dizerem muito sobre cada um de nós. Agora, nossos comentários em redes sociais podem definir, inclusive, o que estamos sentindo. Uma solução pioneira no Brasil nesse sentido foi lançada pela Squid , empresa de marketing de influência, em parceria com a Got It , startup paranaense de programação neurológica.

A nova tecnologia é capaz de metrificar os sentimentos em comentários e legendas de redes sociais. A inteligência artificial processa automaticamente o textos e os emojis e, a partir disso, consegue dizer o que o usuário estava sentindo quando publicou o conteúdo. De acordo com o CIO da Squid, Fausto Matsuda, a taxa de acerto é de 93%

Veja Também:  Disney+ deve chegar por R$28,99 mensais com pré-venda em outubro

O que permite a precisão é o fato de a inteligência artificial estar aliada a um sistema de programação neurolinguística . “A união das plataformas permite trazer uma solução exclusiva no mercado, que consiste em utilizar a programação neurolinguística associada à inteligência artificial na análise do texto. O resultado é um relatório da mensagem principal que nos diz se ela é positiva, neutra ou negativa”, explica Fausto. 

As máquinas sabem de tudo

A nova tecnologia dá mais um passo na direção de permitir que os software entendam as necessidades, gostos e, agora, sentimentos, de cada usuário. “Por meio da inteligência artificial, agora é possível ler e interpretar não só a necessidade de cada pessoa, mas seus sentimentos e emoções. Isso torna a tecnologia cada vez mais pessoal e humana. Com base em análises desse nível será possível aperfeiçoar a tecnologia a um nível cada vez mais sensível onde os computadores passam a entender nossos sentimentos”, define o CIO.

O CEO da Got It, Rodrigo Streithorst, explica que esse entendimento só é possível quando a máquina interpreta além dos textos. É por isso que a inteligência artificial analisa também os emojis utilizados na comunicação virtual, que dizem muito a respeito do sentimento dos usuários.

Veja Também:  TikTok: órgão dos EUA alerta sobre perigo do desafio do antialérgico

O resultado do conhecimento é…marketing

Assim como todos os dados que fornecemos online , a metrificação dos sentimentos também serão usadas para fins publicitários. Inicialmente, o objetivo da Squid é saber o que o público sente diante de determinadas campanhas ou publicações de influenciadores. “Hoje em dia o engajamento se mede pelas emoções”, afirma Fausto.

Se hoje nossos cliques, observações, publicações, curtidas e demais rastros digitais já influenciam no tipo de anúncio que recebemos, amanhã as tecnologias agirão de forma ainda mais apurada, e o que sentimos vai ser levado em conta para o marketing digital .

“Para as marcas, é um termômetro para compreender o impacto da ação. Como em qualquer área, o marketing de influência deve ser baseado em dados a tecnologia permite ter uma compreensão mais aprofundada sobre as campanhas, fazendo com que elas sejam mais assertivas”, completa o CIO da Squid.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana