conecte-se conosco


Tecnologia

Golpe do Rappi e iFood: veja como se proteger ao pedir delivery

Publicado


source
golpe
Divulgação/iFood

iFood é um dos meios de aplicar o golpe


O Procon-SP emitiu um alerta, nesta sexta-feira (31), para um golpe geralmente aplicado por entregadores de aplicativos de delivery, como Rappi e iFood . De acordo com o órgão de proteção ao consumidor, 125 denúncias foram registradas desde o início da pandemia, o que gerou prejuízo de cerca de R$600 mil aos consumidores. 


O golpe funciona quando os usuários realizam o pagamento no ato da entrega do produtos. Os criminosos entregam uma maquininha de cartão com o visor danificado, não dando para ler o que está escrito. O valor é muito mais alto do que o que realmente deveria ser pago, fazendo com que o consumidor tenha um prejuízo. 

Para se proteger, o Procon-SP orienta que as pessoas olhem o valor escrito na maquininha antes de digitarem a senha – e não a digitem caso o visor esteja danificado e não mostre o preço. Na hora de colocar a senha , vale lembrar que é necessário que apenas asteriscos apareçam, e não o número. Confira o vídeo preparado pelo Procon-SP para explicar o golpe:

Veja Também:  Facebook bane personagem holandês e gera polêmica; entenda

De acordo com o Procon-SP, mesmo que o golpe seja aplicado por entregadores, as empresas parceiras (como Rappi e iFood ) também precisam se responsabilizar. 

“Em abril, quando teve conhecimento das denúncias, o Procon-SP notificou os apps de entrega iFood e Rappi questionando a situação e buscando uma solução para os consumidores que foram vítimas. Apesar de as empresas alegarem que os entregadores são profissionais independentes sem vínculo jurídico-trabalhista, o Código de Defesa do Consumidor estabelece que o fornecedor tem responsabilidade solidária pelos atos de seus representantes autônomos”, diz o órgão.

publicidade

Tecnologia

Netflix está cara? Streaming 100% gratuito chega ao Brasil; conheça

Publicado


source

Olhar Digital

streaming
Unsplash/Glenn Carstens-Peters

Streaming gratuito chega ao Brasil


Estreia nesta sexta-feira (14) no Brasil a Vix Cine e TV , uma plataforma de streaming de vídeo gratuita com mais de 1.500 horas de conteúdo, entre filmes, séries e produções próprias, em português. Segundo a Vix, empresa responsável pelo serviço, o catálogo inclui filmes em gêneros como ação, comédita, drama, terror, ficção científica, documentários, novelas latinas, produções nacionais e conteúdo especial para crianças.

“Já foram fechados acordos com várias distribuidoras do Brasil e, nas próximas semanas, teremos mais títulos no app como Breaking Through – No Ritmo do Coração, com Bruna Marquezine e Anitta, as séries infantis Galinha Pintadinha e Palavra Cantada, Boleiros 1 e 2 do cineasta Ugo Giorgetti e o documentário Pelé – a Origem”, explica Enor Paiano, country manager da VIX para o Brasil.

Veja Também:  Netflix está cara? Streaming 100% gratuito chega ao Brasil; conheça

Diferentemente de concorrentes como Amazon Prime Video ou Netflix , na Vix Cine e TV o acesso ao conteúdo é sem custo para o usuário. São os anúncios, como na TV aberta, que geram receita para o canal.

“Para os anunciantes é uma oportunidade única de aproveitar o tempo do usuário, cada vez mais crescente, nas plataformas de vídeo on demand. É o momento perfeito para que a mensagem da marca chegue com eficácia ao espectador que está com 100% da sua atenção voltada ao conteúdo” conta Paiano.

Além da opção de anúncios de até 30 segundos, que não podem ser pulados, anunciantes também podem aparecer em integrações com o conteúdo (branded content), em canais patrocinados ou playlists customizadas.

O aplicativo do Vix Cine e TV está disponível para iOS e Android , além de plataformas de TV como Amazon Fire, Apple TV, Roku e ChromeCast. O serviço também pode ser acessado via web.

Continue lendo

Tecnologia

Caso TikTok: Apple, Disney e outras gigantes pedem para Trump não banir WeChat

Publicado


source

Olhar Digital

WeChat
Reprodução

WeChat é um aplicativo chinês que deve ser banido dos EUA junto com o Tiktok


Grandes empresas americanas mostraram sua preocupação com a decisão de Donald Trump de banir o aplicativo chinês WeChat dos Estados Unidos. Em uma ligação com a Casa Branca, Apple , Disney , Ford , Walmart e outras companhias detalharam os efeitos negativos que a medida pode ter em seus negócios.

A ordem executiva de proibição foi assinada na última quinta-feira  (6) e bloqueia explicitamente “qualquer transação relacionada ao WeChat”. A medida está programada para entrar em vigor dentro de algumas semanas.

No entanto, as empresas afirmam que, por conta da linguagem ampla, há confusão sobre o alcance pretendido com a medida. A conversa das empresas com a Casa Branca , que aconteceu na terça-feira (11), teve, entre outras finalidades, obter mais clareza a esse respeito.

Veja Também:  Facebook bane personagem holandês e gera polêmica; entenda

O WeChat é essencialmente um aplicativo de mensagens operado pela Tencent , mas, na China, é muito mais do que isso. No seu país de origem, ele é usado extensivamente para pagamentos, comércio eletrônico, marketing, notícias e muitas outras coisas.

Qualquer smartphone sem acesso a ele perderia espaço no maior mercado móvel do mundo, afetando profundamente a Apple , por exemplo. O impacto seria mais significante para a empresa do que a ausência dos serviços do  Google para a Huawei .

O impacto também seria grande às empresas que não estão diretamente na indústria de smartphones. Não ser capaz de comercializar produtos ou receber transações por meio do WeChat prejudicaria de forma significativa as operações na China. Agora, após a reunião, as empresas esperam que o alcance da ordem executiva seja esclarecido e reduzido nas próximas semanas. Apenas depois disso que elas terão total noção do quanto serão afetadas.

Banimento do TikTok

Todo o imbróglio entre o WeChat e os Estados Unidos começou, na verdade, com o TikTok . Depois de afirmar diversas vezes que baniria o aplicativo de vídeos no país, o presidente Donald Trump finalmente cumpriu sua promessa na noite de 6 de agosto. A empresa tem até 45 dias para ser comprada por uma companhia americana para continuar seus funcionamento no país.

Veja Também:  Caso TikTok: Apple, Disney e outras gigantes pedem para Trump não banir WeChat

A medida, porém, vale também para o serviço de mensagens chinês WeChat. A ordem do executivo é que nenhuma empresa ou cidadão americano realize transações com os aplicativos passado o prazo de 45 dias. Baixá-los nas lojas do Google e da Apple , negociar publicidade com seus desenvolvedores e, sobretudo, comprar suas operações são exemplos de transação.

Continue lendo

Tecnologia

Ricky and Morty ganha novos episódios na Netflix e internet comemora

Publicado


source
Ricky and Morty
Reprodução/Netflix

Ricky and Morty ganha novos episódios na Netflix


A segunda parte da quarta temporada de Ricky and Morty chegou nesta quinta-feira (13) à Netflix . Cinco novos episódios da animação foram adicionados ao catálogo do serviço de streaming


Os novos capítulos chegam à Netflix brasileira com a possibilidade de serem assistidos dublados ou legendados. São eles:

  • Never Ricking Morty
  • Promortyus
  • Childrick of Mort
  • The Vat of Acid Episode
  • Star Mort Rickturn of the Jerri

Com os novos episódios, todas as quatro temporadas de Ricky and Morty completas estão disponíveis na Netflix. Uma quinta temporada já foi confirmada, mas ainda não tem data para estrear. 

Veja Também:  Instagram é acusado de roubar dados biométricos; usuários podem ser indenizados

A chegada dos novos episódios à plataforma fizeram os fãs da série comemorarem. Nesta quinta-feira, o assunto se tornou um dos mais comentados no Twitter . Confira algumas das reações:





Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana