conecte-se conosco


Mulher

Grande família: casal adota “rotina militar” para cuidar de 11 filhos

Publicado

Para dar conta de 11 filhos, só com muita disciplina! É o que afirma o casal Zoe e Ben Sullivan, de 41 e 44 anos, respectivamente, que vive numa casa à beira-mar na Escócia, Reino Unido, com sua grande família. De acordo com o que contaram no programa Me & My 10 Kids , exibido pelo canal local 5star, manter todos sob controle não  é fácil: são necessárias horas para preparar tudo antes de sair de casa.

Leia mais: Filho faz sucesso por interpretar áudios da mãe no WhatsApp

Olivia, de 12 anos, afirma que ter uma grande família é mais divertido do que trabalhoso arrow-options
Reprodução/TheSun

Os pais adotaram uma rotina disciplinada para dar conta dos 11 filhos e família ‘trabalha como um time’

Os 11 filhos são: Elizabeth, de 14 anos, Olivia, 12, Noah, 10, Evangeline, 8, Tobias, 6, Agnes, 2, e Joseph, 1 ano e meio, mais as duas “rodadas” de gêmeos: Charlotte e Isabelle, 11, e Leah e Erin, 3.

O pai, Ben, que é engenheiro da Força Aérea Real, diz que entende o valor da disciplina por conta do seu trabalho nas forças armadas, e que isso influenciou suas atitudes com sua grande família . Segundo ele, “todos sabem onde devem estar e o que devem fazer, a todo momento”.

Veja Também:  Como corrigir imperfeições nas sobrancelhas com truques simples

Assim, pela manhã, o casal prepara almoço e embala sanduíches para que nenhum filho fique com fome, o que demora horas. “As quantidades são medidas igualmente e distribuídas de acordo com a idade”, comenta.

Família adota uma rotina disciplinada para dar conta dos 11 filhos arrow-options
Reprodução/TheSun

A filha Olivia, de 12 anos, afirma que ter uma grande família é mais divertido do que trabalhoso


Eles também têm que se programar para os dias de folga que passam na praia, mas para isso, já contam com a ajuda da filha de 12 anos, Olivia. Ela conta não se importar com a tarefa e declara que ter uma família grande é mais divertido do que trabalhoso.

Leia mais: “Loteria dos gêmeos”: mãe dá à luz dois pares de bebês no mesmo ano

A mãe, Zoe, explica que toda a família se ajudando é um ponto crucial para que as coisas corram bem na casa dos Sullivan. Por exemplo, para fazer viagens de carro, os pais sempre se dividem: as crianças mais novas vão com Zoe, enquanto a mais velha já dirige o carro de Ben, levando um outro grupo.

Veja Também:  Iza rebate crítica de Lilia Schwarcz sobre Beyoncé: "Estaria com vergonha"

“Somos completamente uma equipe. Se não trabalhássemos juntos como um time, nada disso funcionaria”, afirma Zoe. Mas às vezes, até mesmo os melhores times enfrentam desafios. 

Jardim da casa dos Sullivan%2C onde eles fazem piqueniques arrow-options
Reprodução/TheSun

A família conta viver com orçamento apertado e, por isso, o pai gostaria de ganhar mais dinheiro


Se um dia de praia é estragado por conta de nuvens cinzentas ou chuvas incessantes, uma ida a um café está fora de cogitação para a família, já que o orçamento apertado impede que os pais façam esses “pequenos prazeres” com as crianças.             

Leia mais: Mãe se desespera ao encontrar filha aprontando com pote de pomada

Ben confessa que é uma luta difícil fazer com que seu salário dê conta da grande família. Isso faz com que ele deseje ganhar mais dinheiro. “O mais difícil de ter 11 filhos é o lado financeiro da coisa. A única coisa que eu gostaria de melhorar era o nosso orçamento”, lamenta. 

publicidade

Mulher

Geisy Arruda lança seu segundo livro de contos eróticos repleto de fetiches

Publicado


source
Geisy Arruda ferveu a web ao surgir provocante em ensaio fotográfico só de lingerie
Reprodução/Instagram/@geisy_arruda

Geisy Arruda ferveu a web ao surgir provocante em ensaio fotográfico só de lingerie


Após o sucesso do seu primeiro livro, “O prazer da vingança”, Geisy Arruda agora lança seu segundo livro digital, nesta quarta-feira (5). “Desejo proibido” é a combinação do sexo e fetiche. O livro digital tem 105 páginas e reúne 13 histórias picantes – e algumas são baseadas em fatos reais.

“Meu segundo livro vem cheio de histórias picantes, tem sexo no táxi, no avião, suruba com mais de 20 pessoas, sexo fora do Brasil, perda de virgindade, podolatria e BDSM. Muitas histórias são verdadeiras, porém o livro é meu diário secreto, é a forma de encontrei de expressar meus desejos mais proibidos sem ser cancelada, já que vivemos em uma sociedade tão conservadora e machista”, adianta Geisy.

Veja Também:  Semana do aleitamento materno: mães se unem em defesa da amamentação prolongada

“Espero que todos gostem e gozem muito com ele”, deseja a influenciadora, que escreveu o livro durante a quarentena.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Valesca Popozuda rebate críticas de que teria engordado na quarentena

Publicado


source

A cantora Valesca Popozuda respondeu a algumas mensagens que teria recebido sobre seu ganho de peso nos últimos meses. Ela relatou numa rede social que viu algumas pessoas falarem que ela engordou.

Valesca Popozuda, cantora, funk, engordado, quarentena, críticas
Divulgação/Instagram/Reprodução

Valesca Popozuda responde as críticas que está recebendo por ter “engordado” durante a quarentena.


“Eu vi algumas pessoas falando ‘nossa ela engordou’… Sim eu engordei, eu tô fazendo quarentena, eu não tô mais fissurada em aparecer sarada pra ninguém me desejar, as capas de revista me chamarem, eu quero estar bem comigo mesma, quero estar feliz e estou feliz assim”.

A cantora ainda afirmou que pretende emagrecer quando retornar aos palcos, mas não por influência de ninguém.

“Quando puder voltar a fazer show, eu vou dar uma emagrecida pra poder ter fôlego no palco, os figurinos entrarem mas eu também não vou mais me contar a ter um corpo sarado Pq os homens acham que fico melhor assim, sorry, eu sou feliz e de bem comigo mesma”, relatou Valesca.

Veja Também:  Sogra se irrita com a noiva, interrompe cerimônia e casamento termina em briga


Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Iza rebate crítica de Lilia Schwarcz sobre Beyoncé: “Estaria com vergonha”

Publicado


source

A cantora Beyoncé lançou o álbum visual “Black is King” e o trabalho vem causando bastante alvoroço . Por mais que tenha recebido enxurradas de elogios, a obra também está sendo alvo de críticas, como as feitas pela historiadora Lilia Schwarcz. Ela escreveu um texto em sua coluna na Folha de S. Paulo apontando erros que enxerga no filme, mas foi criticada por seu posicionamento. 

Iza e  Lilia Schwarcz
Reprodução/Instagram

Iza critica fala da historiadora Lilia Schwarcz

No site do jornal e nas redes sociais, as pessoas, principalmente negras, reclamaram do posicionamento de Schwarcz. A historiadora disse que Beyoncé falhou ao representar o continente africano e deveria repensar seu trabalho. O comentário da colunista não foi bem-visto, principalmente pelo fato de ser uma mulher branca analisando uma obra sobre negritude. Até mesmo personalidades famosas, como Iza, se posicionaram sobre o texto. 

“Diva pop precisa entender que a luta antirracista não se faz só com pompa, artifício hollywoodiano, brilho e cristal”, dizia o texto de Schwarcz. “Não há como negar as qualidades de ‘Black Is King’. Mas, como nada na obra de Beyoncé cabe apenas numa caixinha, causa estranheza, nesses tempos agitados do presente, que a cantora recorra a imagens tão estereotipadas e crie uma África caricata e perdida no tempo das savanas isoladas”, ela continua. 

Para a colunista, Beyoncé recorreu a esteriótipos para produzir o filme. “Só não era necessário estereotipar dessa maneira uma África isolada e perdida no mundo com muitos leopardos e oncinhas. Melhor Beyoncé sair da sua sala de estar e tomar mais ar de realidade”, escreveu a historiadora em um post no Instagram que coleciona comentários críticos.

“Meu anjo, quem precisa entender sou eu. Eu preciso entender que privilégio é esse que te faz pensar que você tem alguma autoridade para ensinar uma mulher negra como ela deve falar ou não sobre seu povo. Se eu fosse você (valeu, Deus), estaria com vergonha. Agora melhore!”, escreveu Iza no Stories. 

Em “Black is King”, Beyoncé encena as músicas do álbum “The Gift”, que foi composto inicialmente como trilha sonora do filme “Rei Leão. A cantora narra a história de um menino negro dos Estados Unidos, que se reconecta com a sua ancestralidade. 

Veja Também:  Saiba como transformar seu pijama em um look para o home office
Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana