conecte-se conosco


Policial

Homem é morto com golpe de canivete no pescoço após desentendimento em MT

Publicado

Ilustrativa

Um homem foi morto com um golpe de canivete no pescoço, na noite deste sábado (09), em Nova Mutum.

De acordo com informações, durante uma confraternização em uma residência, houve um desentendimento, resultando na morte de Reverson Waskiewicz Sene, 34 anos.

Ainda segundo informações preliminares, um conhecido da vítima, que também estava na residência, usou uma arma branca, tipo canivete, e golpeou Reverson no pescoço. Após praticar o crime, o suspeito fugiu.

A Polícia Civil esteve no local dando apoio a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Veja Também:  Incêndio destrói apartamento em Cuiabá
publicidade

Policial

Filho mata a mãe e esconde o corpo em poço artesiano

Publicado

Sandra Maria Nicolau foi morta pelo próprio filho (Crédito: Reprodução/ Facebook)

Um jovem, de 23 anos, matou a própria mãe e escondeu o corpo dentro de um poço artesiano da casa onde morava em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Sandra Maria Nicolau, de 44 anos, foi vista com vida pela última vez na última sexta-feira. As informações são do jornal Extra.

Eduardo Jonathan Nicolau Alves confessou o crime e foi preso em flagrante. Segundo a polícia, para abafar o cheiro do corpo da mãe, Jonathan o cobriu com brita, fechou o poço e colocou um vaso de planta por cima.

A polícia foi acionada por vizinhos que desconfiaram de barulhos vindos do quintal da casa, na madrugada de sábado. De acordo com a filha da vítima, Natasha Nicolau Kohlman, o irmão morava com a mãe e sempre teve um comportamento agressivo com ela.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

DA REDAÇÃO

Veja Também:  Mulher da socos, ameaça marido com canivete e acaba presa em Rondonópolis
Continue lendo

Policial

Amante que era evangélico é pego na cama com esposa de PM e os dois são mortos

Publicado

Um policial militar, que ingressou na PM em 2017, matou a tiros a esposa e o amante dela, na manhã deste sábado (25), em São Luís.

O PM foi identificado como Carlos Eduardo Nunes. Antes de ingressar na PM, ele teria sido soldado da Aeronáutica, segundo informações do perfil dele no Facebook.

A mulher foi identificada como Bruna Lícia, que, segundo informações que consta no Facebook, seria gestora comercial da empresa Equipar. O amante da mulher ainda não teve a identidade revelada.

Segundo as primeiras informações, ele flagrou os dois em casa ao chegar do trabalho.
O casal morava no condomínio Pacífico 1, no bairro Vicente Fialho, em São Luís.

O PM passou a morar com Bruna Lícia depois que ela encerrou um relacionamento anterior. Bruna teria sido atingida por dois disparos.
O amante foi alvejado com cinco tiros no rosto.

O suposto amante assassinado pelo PM foi identificado como Willian Santos, natural da cidade de Pastos Bons, onde residem vários de seus familiares. Ele seria estudante de Ciências Contábeis, na UNDB, São Luiz do Maranhão.

Veja Também:  Policiais realizam parto de emergência no presídio da mata grande.

O amante e a mulher eram amigos de trabalho. O casal foi flagrado porque o PM chegou mais cedo do trabalho.

Durante o curso de formação, segundo relato de amigos, o PM sempre apresentou um comportamento muito equilibrado e tranquilo.  William Santos, que era evangélico da assembleia de Deus e estudava ciências contábeis alem de ser noivo e estava prestes a se casar

O PM já se entregou e foi encaminhado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Continue lendo

Mato Grosso

Incêndio destrói apartamento em Cuiabá

Publicado

Uma sobrecarga elétrica causa por algum equipamento eletrônico resultou em um incêndio que destruiu um apartamento no centro de Cuiabá. O fato ocorreu neste domingo (26).

Conforme informações, o fogo teve início da sala de televisão. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não foi possível identificar qual equipamento causou a sobrecarga.

O fogo se propagou para outros cômodos do apartamento. Móveis e materiais de escritório foram destruídos.

Mesmo os vinhos tentando conter as chamas, não foi possível controlar o incêndio.

Quatro viaturas e 16 bombeiros realizaram o trabalho de combate as chamas.

Os moradores não estavam na casa e ninguém ficou ferido.

Além disso, foram tomadas as medidas de segurança como evacuação, desligamento da energia e gás e controle de pânico.

O apartamento teve que ser isolado para a realização de perícia.

Os moradores do condomínio foram orientados sobre a segurança do apartamento.

Veja Também:  Homem invade casa da ex-namorada e é achado morto na calçada em MT
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana