conecte-se conosco


Mato Grosso

Hospital Estadual Santa Casa é referência no tratamento de crianças diagnosticadas com Covid-19

Publicado


.

Mesmo não fazendo parte do grupo de risco, crianças também têm sido infectadas pelo novo coronavírus. A direção do Hospital Estadual Santa Casa, referência no atendimento de crianças diagnosticadas com Covid-19, percebeu um pequeno aumento no número de casos.

Os dados do último boletim epidemiológico mostram que foram registrados 2.257 casos e 17 óbitos pela doença entre crianças de zero a cinco anos em Mato Grosso. Somente no Hospital Estadual Santa Casa, no período de junho a agosto, 150 crianças receberam o diagnóstico positivo para doença.

Gilvania Quitéria da Silva, 34 anos, moradora do bairro Jardim Vitória, está com o filho de apenas seis meses internado. A mãe explicou que na primeira consulta realizada em uma unidade de saúde municipal, não foi feito o teste da Covid-19 e a infecção foi atribuída ao nascimento dos primeiros dentes de leite. Já na segunda tentativa de diagnóstico, o médico disse que criança estava com virose. O resultado positivo para coronavírus veio após o atendimento realizado no Hospital Estadual Santa Casa.

“Eu levei meu filho no posto e os médicos falaram que era o dente, depois levei ele na UPA e o médico falou que era uma virose, mas não fez o teste da Covid, nem pegou no meu filho. No sábado, minha tia indicou a Santa Casa, eu trouxe ele para fazer o exame e deu positivo para coronavirus. Meu filho tinha febre e vomitava muito”, explicou a mãe.

Veja Também:  Governador destaca que trabalho dos mato-grossenses fez do Estado o maior produtor do agronegócio

De acordo com a médica Carina Coutinho, responsável pela ala pediátrica da Covid-19 do Hospital Estadual Santa Casa, as crianças geralmente apresentam sintomas leve, sem nenhuma complicação grave, algo semelhante a uma gripe.

“O quadro clinico das crianças com Covid-19 é muito variável, pode ser desde sintomas leves até sintomas mais graves. A maioria desses pacientes tem apresentado sintomas leves de resfriado comum: Tosse, coriza, febre dor e garganta. Crianças com algum tipo de comorbidade tem apresentado sintomas mais graves: falta de ar e dores na região tórax”, explicou a médica.

Ainda de acordo com as explicações da médica da pediátrica, “estamos vendo o número de crianças infectadas aumentar”, mas em comparação com os adultos, os organismos do público infantil respondem positivamente ao tratamento, que leva de 10 a 14 dias”

Ângela Ribeiro Messias, é mãe da pequena da pequena Ana Sofia Ribeiro, 7 anos, e veio do município de Confresa, a 1.160 km de Cuiabá. A mãe disse que menina apresentou febre, fez o teste da Covid-19 e o resultado foi positivo para doença. Devido a falta de estrutura na unidade de saúde da sua cidade, ela foi transferida para ser tratada no Hospital Estadual Santa Casa.

“Ela teve muita febre, esse foi o único sintoma que ele apresentou. Na minha família apenas eu tive Covid-19, mas tem dois meses. Na minha cidade não tem especialista em criança para o tratamento da Covid-19, por isso buscamos atendimento aqui. O serviço é ótimo, estou sendo muito bem atendida com a minha filha, todos os profissionais são atenciosos, adorei toda essa estrutura, não tenho do que reclamar”, disse a mãe da menina.

Veja Também:  Mato Grosso já aplicou R$ 1 bilhão em multas por crimes contra a flora

 A diretora do Hospital Estadual Santa Casa, explicou que embora tenha sido registrado um pequeno aumento no número casos da Covid-19 em crianças, tudo está bem controlado e que parte dessa demanda são dos pais que testaram positivo para doença no Centro de Triagem.

“Nossa demanda vem casada com os pais que já positivaram pra doença e trazem os filhos para serem testadas aqui na Santa Casa.  Aqui é o local referenciado pelo ministério da Saúde para o tratamento de crianças, estamos com uma média de seis a oito crianças na UTI”, explicou a diretora.

Serviço

Para o tratamento de crianças diagnosticadas com Covid-19, o Hospital Estadual Santa Casa conta com uma equipe de 25 médicos especialistas em pediatria. A unidade fica localizada na Rua Clóvis Hugueney, número 141, no bairro Dom Aquino, próximo à Praça do Seminário.

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Governador destaca que trabalho dos mato-grossenses fez do Estado o maior produtor do agronegócio

Publicado


.

O governador Mauro Mendes esteve em Sorriso com o presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (18.09) e destacou que o Estado produz e se desenvolve graças ao trabalho da população que vive em Mato Grosso.

“Tudo o que estamos fazendo no Governo é mérito do povo corajoso e trabalhador, que vive neste Estado. Por isso, tenho muito orgulho em dizer que tudo o que estamos fazendo é possível porque esse é um Estado de gente valente, que produz e preserva o meio ambiente. Esses homens e mulheres aqui em Sorriso representam milhares de mato-grossenses que estão fazendo a maior e melhor agricultura do Brasil, uma das maiores e melhores do planeta. Tudo isso em apenas 37% do nosso território, pois 63% de Mato Grosso está preservado”, afirmou Mauro Mendes, lembrando que obras já foram retomadas e entregues em todas as regiões, além de colocar em dia repasses aos municípios e pagamentos de salários e de fornecedores.

Ele fez questão de frisar que “tem pessoas que falam desse pedaço do Brasil, mas nunca pisaram o pé aqui. Diferente dos senhores, que chegaram aqui há 40 anos e hoje estão colhendo o fruto daquilo que plantaram durante décadas”.

Veja Também:  Família com sete filhos que perdeu tudo em incêndio é atendida pela Setasc

“Mato Grosso tem uma agricultura forte e produtores fortes construindo cidades prósperas. Vamos continuar fazendo o que é correto para que os investimentos tragam mais desenvolvimento para todas as regiões deste Estado”, destacou o governador.

Regularização fundiária

Mauro Mendes participou da entrega de 1.655 títulos de regularização fundiária pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) junto com o presidente. Os títulos foram entregues a famílias que possuem propriedades rurais em Nova Ubiratã, município próximo a Sorriso.

Em seu discurso, Bolsonaro falou da importância dos títulos para as famílias de pequenos produtores, que passarão a ter segurança jurídica em suas terras.

“Mato Grosso é um Estado que tem vocação para o agronegócio e todos os anos temos que provar isso para o mundo. Mas, quando todos pararam, os produtores deste Estado não pararam em nenhum momento. Vocês venceram obstáculos e são nosso orgulho”, concluiu o presidente.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Palestra sobre a transformação da Jucemat integra Semana da Contabilidade

Publicado


.

As melhorias que possibilitaram a oferta de serviços digitais pela Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat) serão tema de uma palestra voltada aos contadores, que acontecerá nesta segunda-feira (21.09), às 17h. Os palestrantes serão a presidente da Jucemat, Gercimira Rezende, e pelo o coordenador da RedeSimples, Alexandre Lacerda. 

A palestra integra a programação da Semana da Contabilidade 2020, realizada pelo Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso (CRCMT), em parceria com Academia Mato-Grossense de Ciências Contábeis (AMACIC) e Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas de Mato Grosso (SESCON-MT).

O evento acontece de  21 a 25 de setembro,  no formato on-line, a partir das 17h.  O evento é gratuito e será transmitido pela ferramenta de videoconferência Zoom Mettings. As vagas são limitadas e para participar é necessário realizar a sua inscrição através do sistema de eventos do CFC que pode ser acessado CLICANDO AQUI (http://www.crcmt.org.br/novo/www/Cursos-e-Palestras.html). 

O ciclo de palestras contará com a participação de representantes importantes para o cenário contábil mato-grossense. Dentre os principais temas discutidos, estão a reforma tributária, ICMS MT, transformação digital da Junta Comercial e a importância do Contador Público para Administração Pública. (Com informações da assessoria do CRC).

Veja Também:  Servidores da CGE assistem ao workshop Uma Vida Boa é Uma Vida Ética

 

Serviço

Palestra Transformação Digital da Junta Comercial
Quando:
 segunda-feira (21.09), às 17h
Acesso: videoconferência na plataforma Zoom Mettings
Inscrições: www.crcmt.org.br

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil apura desmatamento com derrubada de castanheira no Norte de MT

Publicado


.

Em diligências pela região norte do Estado, nesta semana, policiais civis da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) comprovaram a existência de mais uma área com desmatamento ilegal, inclusive com derrubada de árvores protegidas pela legislação.

O crime ambiental foi constatado em uma área no município de Cláudia (620 km ao norte de Cuiabá) e a delegacia foi comunicada por fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e do Indea-MT que estão em atuação na região.

A equipe da Delegacia de Meio Ambiente foi até o local, junto com peritos da Politec para checar a denúncia recebida e coletar provas. Entre as árvores derrubadas na área, os policiais encontraram uma castanheira que media, aproximadamente, 30 metros.

Após a coleta de evidências materiais e a realização da perícia, a Dema vai instaurar inquérito policial para investigação do crime ambiental e dar sequência às diligências necessárias para esclarecimento do delito.

De acordo com a delegada titular da Dema, Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, há evidências de crimes ambientais, entre eles o crime, em tese, de desmate ilegal da área e também será apurado se houve eventual fraude na requisição junto à Sema dos pedidos de autorização de desmate e de queima. “Será apurado se houve subterfúgio no intuito de obter a licença no órgão ambiental, com omissão por parte do solicitante de que a área era de castanheira”, explicou a delegada.

Veja Também:  Associação de Apicultores incentiva a produção de mel em Colniza

A derrubada e corte da castanheira são proibidos, uma vez que a espécie é ameaçada de extinção. A castanheira é uma das árvores mais altas do bioma amazônico, chega a viver 500 anos e pode atingir até 50 metros, o que corresponde à altura de um prédio de 16 andares.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana