conecte-se conosco


Nacional

Imprensa internacional repercute descontrole da Covid-19 no Brasil

Publicado


source
Bolsonaro
Reprodução/STF

“Enquanto médicos lutam com bravura para salvar vidas, o presidente Jair Bolsonaro está mais interessado em outro paciente: a economia do país”, afirma a CNN Internacional

O Brasil registrou 340.887 casos e 21.678 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Além de ser o segundo país mais afetado pela doença em todo o mundo – atrás dos Estados Unidos -, o Brasil também ostenta os piores resultados de testes. 

LEIA MAIS: Teich recusa convite para ser conselheiro de seu sucessor

Desde o começo da pandemia, o país realizou apenas 735.224 testes para identificar o novo coronavírus. O número é bem inferior aos testes realizados por Estados Unidos (14 milhões), Rússia (8 milhões), e Espanha (3 milhões). A completa cegueira do Brasil na crise causada pela Covid-19 repercutiu de forma negativa na imprensa internacional.

América do Norte

“Enquanto médicos lutam com bravura para salvar vidas, o presidente Jair Bolsonaro está mais interessado em outro paciente: a economia do país”, afirma a CNN Internacional . A rede americana enviou um correspondente para acompanhar o trabalho dos profissionais da saúde que lutam contra a Covid-19 na periferia de São Paulo.

Cemitério da Vila Formosa
Reprodução/Washington Post

Cemitério da Vila Formosa esteve na capa do jornal americano The Washington Post

De acordo com uma das funcionárias, por conta da baixa capacidade de testagem, a orientação é que eles sejam feitos em pessoas com pelo menos três sintomas da doença. No Hospital Emílio Ribas, médicos contaram à CNN Internacional que os comentários do presidente Jair Bolsonaro são revoltantes.

Veja Também:  Vale tem complexo minerador interditado após registrar altos casos de Covid-19

Também nos Estados Unidos, a  Sky News destaca que o Brasil discute afrouxar o isolamento no pior momento da pandemia do novo coronavírus. “No Rio de Janeiro, o prefeito afirma que deseja reabrir o comércio não-essencial nos próximos dias. Em São Paulo, a cidade mais afetada, o cemitério da Vila Formosa não está dando conta da grande quantidade de corpos”, destaca a rede americana.

Europa

A agência de notícias  Euronews destaca o jogo sujo de Bolsonaro contra a Covid-19. “O presidente deixou claro que a economia é sua prioridade, lutando contra o isolamento social. Ele já perdeu dois ministros da Saúde durante a crise: um foi mandando embora e o outro pediu demissão”, afirma a rede pan-europeia.

A Euronews também ressalta a cegueira do Brasil sobre o verdadeiro número de contaminados. “É um país com mais de 200 milhões de pessoas”, afirma.

Já a revista científica britânica Nature afirma que remédios devem ser receitados pelo médico, e não pelo presidente, fazendo referência à autorização do uso da hidroxicloroquina. Não há evidências de que o medicamento aprovado por Bolsonaro seja eficaz contra o novo coronavírus. Estudos recentes comprovam que pacientes que recebem a cloroquina têm mais chance de morrer. 

Veja Também:  Depen prevê rebeliões por Covid-19 e deve gastar R$ 20 milhões em armamento

publicidade

Nacional

Covid-19: Com 26,7 mil mortes, Brasil deve passar a Espanha amanhã

Publicado


source
Molécula do coronavírus
Pixabay

Desde início da pandemia, novo coronavírus já sofreu ao menos 30 mutações

Após registrar 1.156 novas mortes pela Covid-19 em 24 horas , o Brasil se atingiu o número de 26.754, se aproximou da Espanha no quadro de óbitos causados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) no mundo e deve passar o país europeu nesta sexta-feira (29).

Segundo o a plataforma nCoV2019.live , que monitora a proliferação do vírus no mundo todo, a Espanha tem hoje 27.119 mortos pela Covid-19. Seguindo a tendência de altas diárias dos dois países, esse número deve ser superado pelo Brasil, que está crescendo, em média, mil por dia.

Leia também: Com novo recorde diário, SP ultrapassa os 95 mil casos confirmados de Covid-19

Outra notícia ruim deve chegar no final de semana em relação a esse assunto. Como a França está pouco acima Espanha, com 28.662 mortes, há também a possibilidade que o Brasil também ultrapasse esse país. Os dois saltos fariam o Brasil chegar à quarta posição no ranking de mortos pelo novo coronavírus.

Veja Também:  PF faz buscas na prefeitura do Recife e investiga compra de 500 respiradores

Continue lendo

Nacional

Vale tem complexo minerador interditado após registrar altos casos de Covid-19

Publicado


source
símbolo da vale
Diário de Pernambuco

Cerca de 9% de funcionários de complexo em Minas Gerais está infectado


Na última quarta-feira, 27, três minas pertencentes à Vale SA, localizadas em Itabira, em Minas Gerais, foram interditadas por Auditores-Fiscais do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais (SRT/MG) após altos níveis da Covid-19 terem sido identificados nas instalações.

Leia também: Pesquisadora alerta que Covid-19 é apenas “ponta do iceberg”

Quase 200 trabalhadores testaram positivo para a doença transmitida pelo novo coronavírus , segundo amostras coletadas pela própria empresa. As áreas foram fechadas por tempo indeterminado até que a Vale consiga preparar um ambiente seguro para os trabalhadores e terceirizados.

A Auditoria-Fiscal do Trabalho recebeu uma denúncia do Sindicato informando sobre o alto índice de resultados positivos de Covid-19 . A empresa testava seus funcionários desde o dia 18 de maio, e 9% de todos os empregados estavam contaminados.

A fiscalização verificou que, apesar de a Vale ter implementado medidas para reduzir a propagação do novo coronavírus em suas instalações desde março, haviam falhas como pontos de aglomeração de trabalhadores, pouco espaçamento entre assentos em vans que transportam os trabalhadores. Os principais trechos irregulares eram nas Minas de Conceição, Cauê e Periquito.

Veja Também:  Estabelecimentos em São Paulo precisam de autorização para reabrir; entenda

Leia também: Cabeleireira com Covid-19 expôs 91 pessoas ao vírus nos EUA

“Outro problema verificado foi que, apesar desses números, a Vale ainda não tinha feito nenhum estudo epidemiológico para mapear os trabalhadores infectados ou os pontos em que estavam concentrados”, afirma ao Último Segundo a Auditora-Fiscal do Trabalho, Odete Reis. “Assim, poderiam ter sido tomadas medidas para reduzir a circulação nesses pontos e para fortalecer o distanciamento”, continua.

Entre as medidas exigidas pela fiscalização estão a testagem de todos os trabalhadores da mineradora, melhorias nas medidas de distanciamento social e a implementação de programa de vigilância epidemiológica. Até o momento, as três minas do complexo não têm previsão de reabertura.

Continue lendo

Nacional

Taxa de isolamento social é de 48% em SP e segue abaixo da expectativa

Publicado


source
rodízio
Reprodução/ CET

Taxa de isolamento social considerada ideal no estado é de 70%

A taxa de isolamento social ontem (27) em São Paulo atingiu 48%, um ponto percentual a mais que no dia anterior, mas ainda abaixo da expectativa do governo paulista, que considera satisfatória uma taxa acima de 55%. O ideal seria que ficasse em 70%. A taxa é medida pelo Sistema de Monitoramento Inteligente, que analisa dados de celulares.

Leia mais: Com novo recorde diário, São Paulo ultrapassa os 95 mil casos de Covid-19

Na capital, a taxa continua a mesma do dia anterior em 49%, média maior do que no estado. A cidade paulista com maior taxa de isolamento continua sendo São Sebastião , que ontem atingiu 61%.

Quanto maior o isolamento, menor é a propagação do novo  coronavírus pelo estado, o que ajuda a evitar um colapso no sistema de saúde.

Mesmo com isolamento abaixo do mínimo no estado e a propagação do coronavírus continuar crescendo, o governador de São Paulo, João Doria, disse ontem (27) que a partir da próxima segunda-feira (1º) algumas regiões do estado já poderão iniciar um processo de retomada econômica .

Veja Também:  Depen prevê rebeliões por Covid-19 e deve gastar R$ 20 milhões em armamento

Em entrevista, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, afirmou que a retomada será possível porque está ocorrendo uma desaceleração no crescimento no estado. “Estamos verificando uma desaceleração do crescimento da epidemia. Ainda estamos, sim, na etapa de crescimento, mas com um crescimento em ritmo menor.”

Para o processo de retomada da economia, cada região do estado foi classificada em níveis. As cinco fases do programa vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul).

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana