conecte-se conosco


Nacional

Jovem escalpelada no Recife nega que fez exigências a Grupo Big após acidente

Publicado

source
debora arrow-options
Ed Wanderley

Débora passou por mais de 20 procedimentos cirúrgicos para reconstruir o couro cabeludo

A jovem que foi escalpelada em um acidente de kart no Recife , em Pernambuco, negou as afirmações sobre uma lista que ela teria montado com exigências ao Grupo Big, responsável pelo espaço onde o acidente aconteceu. Débora Dantas perdeu o couro cabeludo e seguia para a segunda etapa do tratamento, em 2020. A estudante e o advogado dela rebateu as informações em uma coletiva de imprensa que aconteceu em Recife, na tarde desta sexta-feira (17). 

Leia mais: Jovem escalpelada em kart pede reparação de 10 milhões de dólares e casa nos EUA

O que teria acontecido segundo Débora foi uma conversa informal com uma funcionária do departamento de Recursos Humanos do Grupo Big . “Foi como um amigo que de diz, na mesa de um bar, ‘diz o que tu quer para tomar tua vida’. E eu, que não tinha advogado, nenhum acompanhamento, fiz uma lista. Ela disse para eu botar em um papel e eu fiz”, esclareceu a jovem durante a coletiva. 

Veja Também:  Polícia investiga anúncio de doação de bebê na internet por “motivo financeiro”

Leia também: Grupo BIG é multado em R$ 5 milhões por caso de jovem escalpelada em kart

Quando questionou sobre a continuidade do tratamento a mesma funcionária do RH do Grupo Big, Débora foi orientada a procurar o departamento jurídico do supermercado. “Eles me ofereceram o tratamento nos Estados Unidos no começo, mas eu não tinha passaporte. Por isso, preferi fazer em Ribeirão Preto, que seria o segundo melhor lugar para os procedimentos. Eu jamais brincaria com minha saúde”. 

Leia ainda: “A fome me preparou para a dor”, diz jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Desde dezembro Débora está com o tratamento, que era pago pelo Big, interrompido. O que significa que ela está sem tomar a medicação necessária. Por semana, ela teria que desembolsar R$ 500. Os remédios eram disponibilizados pela rede de supermercados.  “Eu fiquei abismada com toda essa situação. Estive internada por dois meses e não consigo achar valores para meu rosto, meu cabelo, minha saúde”, disse.

Fonte: IG Nacional
Veja Também:  Tempo fechado, frio e muita garoa nesta quinta em São Paulo
publicidade

Nacional

Sexta-feira será nublada durante o dia todo com garoa e frio

Publicado

source

Tempo nublado durante todo o dia marca a previsão do tempo desta sexta-feira (27), na capital paulista. Garoa deve atingir a capital no fim da tarde.A temperatura cai um pouco e fica mais amena. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 15ºC e a máxima de 21ºC.

Leia também: Australiano de 6 anos morre após atropelamento de carreta no Mato Grosso do Sul

A umidade do ar em São Paulo oscila entre 70% e 95%. Tarde deverá ter sol entre nuvens. O dia tem baixa probabilidade de chuva.

Fonte: IG Nacional
Veja Também:  Folião é esfaqueado no Bloco Domingo Ela Não Vai
Continue lendo

Nacional

Polícia investiga morte de adolescente dentro de shopping no Recife

Publicado

source
fachada de shopping arrow-options
Creative Commons

Shopping Recife negou envolvimento de segurança com morte de adolescente

A Polícia Civil de Pernambuco investiga a morte de um adolescente de 15 anos dentro de um shopping localizado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na última terça-feira (25). Segundo boletim de ocorrência, Emanuel Costa Nascimento teria caído no chão após levar um soco de um segurança.

O Shopping Recife, centro de compras do qual o garoto foi socorrido, porém, negou a versão em nota e disse que o adolescente apresentou sinais de mal estar “recebendo rapidamente os primeiros socorros da brigada de bombeiros do centro de compras”. O shopping informou, ainda, que câmeras de segurança do local filmaram toda ação e que as imagens estão à disposição do órgão competente.

Leia também: Adolescente relata sofrer estupro no 1º dia de estágio em clínica veterinária

No boletim de ocorrência, um amigo da vítima também afirmou que Emanuel consumiu drogas pouco antes de entrar no shopping . O caso é investigado pela Delegacia de Boa Viagem e a causa da morte do adolescente ainda não foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML).

Veja Também:  Policiais militares realizam parto dentro de estação em São Paulo

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Municípios de SP terão R$ 128 milhões para tratar dependentes e pessoas em risco

Publicado

source
Indivíduos em situação de vulnerabilidade, em São Paulo arrow-options
Agencia Brasil/reprodução

Indivíduos em situação de vulnerabilidade

Diversos municípios do Estado de São Paulo receberão repasse em dinheiro para aplicar em dois segmentos: serviços socioassistenciais e para o Programa Recomeço: Uma Vida Sem Drogas. Para os serviços socioassistenciais, 261 municípios do Estado de São Paulo dividirão o valor de R$ 128,8 milhões. Entre os abonados, estão municípios das regiões de Barretos, Bauru, Central, Franca, Itapeva, Ribeirão Preto, Marília, Sorocaba e Grande São Paulo .

Os serviços atendem pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social, pessoas em situação de rua e violência, pessoas com deficiência, em situação de discriminação em decorrência de orientação sexual/raça/etnia, adolescentes em conflito com a lei e migrantes, entre outros.

Veja também: Funcionário de fazenda “falou duas frases” e depois matou ex-prefeito

Os municípios devem aplicar o dinheiro em uma rede de proteção que reúne 1.578 serviços socioassistenciais em 1.344 equipamentos públicos e privados. “Ao repassarmos o recurso para o município responsável pela gestão e escolha dos serviços socioassistenciais, queremos garantir o fortalecimento da rede de proteção local atendendo as demandas reais de seus moradores”, afirmou a Secretária Célia Parnes.

Veja Também:  Prisões, drogas e armas: PM divulga resultado de ação em rodovias de São Paulo

Já para o Recomeço: Uma Vida Sem Drogas , haverá um repasse da ordem de R$ 25,9 milhões para as 66 comunidades terapêuticas do programa. O montante representa um aumento de 12,36% em relação a 2019. A verba será repassada para comunidades pela Coordenadoria de Políticas sobre Drogas das regiões de Araçatuba, Bauru, Campinas, Central, Franca, Itapeva, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Grande São Paulo.

Leia mais: Deputados marcam reunião para dar resposta a vídeo enviado por Bolsonaro

Além disso, haverá aumento de 14% nas vagas para atendimento a mulheres e investimento em tecnologia, para melhorar a avaliação e monitoramento das comunidades. As avaliações são feitas pelo SUS e atendem pacientes com solicitação voluntária, maiores de 18 anos, clinicamente estabilizados e com quadro psiquiátrico não agudo. A duração do tratamento é de seis meses, com a possibilidade de prorrogação por até mais um trimestre.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana