conecte-se conosco


Tecnologia

Kinopop, o ‘Netflix da Classe C’, chega ao Brasil neste mês por R$ 15; conheça

Publicado

source

IstoÉ Dinheiro

Kinopop arrow-options
Divulgação

Kinopop, o ‘Netflix da Classe C’, estreia neste mês no Brasil

Quem cresceu nos anos 70 e 80, certamente se lembra da voz grave que, no início dos filmes dublados para TV, anunciava: “Versão brasileira, BKS”. A BKS (Bodhan Kostiw Studios), empresa brasileira criada nos anos 50, é a maior fornecedora de dublagens e legendagens do País, com escritórios em São Paulo, Miami e em Chennai, na Índia. Em setembro, no entanto, ela entra no mercado de streaming e lança o Kinopop, serviço que chega para competir com os players atuais (Netflix, Globoplay e Amazon) e aguardar os que chegarão em breve (HBO Plus, Disney Plus e Apple TV).

Leia também: Apple e Foxconn violaram lei na China na produção dos últimos modelos de iPhone

Há, porém, uma diferença fundamental. O Kinopop mira as classes C e D — e promete o serviço mais barato do mercado. Segundo a pesquisa Digital Brazil 2019, 70,3% dos brasileiros estão conectados à Internet, o que equivale a 149 milhões de pessoas. Mas só 7% (10,5 milhões) acessam serviços de streaming por assinatura.

“No Brasil, apenas uma parcela muito pequena da população tem acesso a cartão de crédito e todos os serviços que entram no mercado disputam a mesma faixa A e B, que tem poder de consumo”, explica Jake Neto, vice-presidente global de vendas e licenciamento da BKS. “O nosso serviço vai trabalhar com microcrédito e o objetivo é ter um serviço com qualidade Netflix para uma base C e D”.

Veja Também:  O Facebook quer a sua voz e está disposto a pagar por ela; entenda

Embora Neto não possa detalhar ainda o sistema de pagamentos que está sendo desenvolvido, o preço do serviço já está definido: R$ 15 por mês. É barato, mas não exatamente uma novidade. A Amazon Prime custa R$ 14,99, valor que cai para R$ 7,90 nos seis primeiros meses. Neto explica que os modelos de negócios são diferentes. “A operação de Prime Video da Amazon é um benefício para quem é cliente premium no varejo”, diz. “Além disso, eles têm vários conteúdos que são vendidos a la carte. O Kinopop, ao contrário, não tem venda adicional.”

Na verdade, o maior concorrente que o novo serviço vai enfrentar são as famosas “caixinhas” IPTV (Internet Protocol Television), um dispositivo fabricado na China que desbloqueia os sinais de TV por assinatura . O aparelho é vendido abertamente pela internet a um preço que varia de R$ 100 a R$ 200. Também é possível comprar assinaturas piratas via IPTV por algo em torno de R$ 10. A ABTA (Associação Brasileira de TVs por Assinatura) estima um prejuízo anual de R$ 9 milhões por conta do chamado “gatonet”. Em 2018, a Receita Federal apreendeu 30 mil dessas pirateadoras de sinal.

Veja Também:  Máscara transforma gás metano do arroto do gado em água

“Esse foi um paliativo para uma classe C e D que não tinha acesso ao cabo”, avalia Jake. “Acredito que uma solução tecnológica vai acabar derrubando esse tipo de serviço. Mas o que vai mudar drasticamente nos próximos dois anos são os canais lineares, que tendem a morrer. Já no ano que vem, com a chegada de novos players, o cenário muda drasticamente.”

Canais lineares são aqueles que apresentam uma grade de programação com horários fixos para atrações – como faz a TV Globo, por exemplo. Esse modelo tende mesmo a ser engolido pelo streaming , no qual o usuário escolhe o que ver e quando ver.

Leia também: TVs por assinatura tiveram 1,3 milhão de cancelamentos em um ano

Para a estreia em setembro, o Kinopop já tem mil conteúdos licenciados. A maioria é de séries e filmes dublados, mas o serviço também pretende disponibilizar shows de TV e programas jornalísticos. Outros 800 conteúdos já estão negociados para chegar à plataforma em outubro. Entre eles, estão 27 filmes de “Os Trapalhões”, dos anos 70, produzidos pela Renato Aragão Produções. O Kinopop virá embutido nas TVs Sansung e também em forma de apps para Android, Apple TV, Roku TV, Google Play Store e via browser nos computadores desktop.

Fonte: IG Tecnologia
publicidade

Tecnologia

Saiba como encontrar qualquer filtro no Instagram

Publicado

source

Olhar Digital

Alguma vez você já se perguntou como achar filtros específicos no Instagram? O portal The Next Web separou algumas alternativas bem úteis para quem quer aproveitar todos os efeitos de realidade aumentada – até aqueles que parecem impossíveis de se encontrar.

LEIA MAIS: Microsoft registra patente de smartphone dobrável; veja detalhes

Desde que o Instagram permitiu que qualquer usuário criasse filtros por meio do aplicativo Spark AR Studio, a plataforma se encheu de variados tipos de efeitos. Por mais que você tenha a opção de clicar na parte superior dos Stories de alguém para experimentar o filtro que a pessoa está usando, falhas acontecem e você pode acabar ficando sem aquele efeito especial na galeria. Para que isso não aconteça, confira as dicas.

Buscar na biblioteca de efeitos

Se você arrastar para o lado esquerdo na sua barra de efeito salvos, você achará uma lupa com a legenda “Procurar efeitos”. Ao clicar na lupa, o usuário é encaminhado para a galeria com todos os filtros disponíveis. É possível buscar pelo nome específico do efeito – caso você lembre – ou pelas tags que estão na parte superior da tela, as quais funcionam como um tipo de filtragem. Rápido e prático!

Veja Também:  O Facebook quer a sua voz e está disposto a pagar por ela; entenda

Reprodução

Procurar pelo criador

Outra opção é ir até o perfil daquele influencer que você gosta ou daquele usuário que já criou uns efeitos divertidos e clicar no ícone que se parece com um emoji. Por lá você encontrará todos os filtros desenvolvidos pela pessoa.

Reprodução

Aproveitar a deixa

Caso você consiga salvar o filtro enquanto ele passa pelos Stories , há a opção de clicar no menu “Mais” e, em seguida, escolher “Mais de ‘nome do usuário’”. Dessa forma, você será direcionado para a galeria de efeitos específicos daquela pessoa, assim como na dica acima.

Reprodução
Reprodução

Gostou das dicas? Experimente!

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Apple deve lançar fones de ouvido “grandão” por US$ 399

Publicado

source

Recentemente, rumores apontavam que a Apple estava prestes a lançar um fone de ouvido “diferente”. Ao que tudo indica, o produto é um headphone “over-ear” – aqueles que cobrem toda a orelha e isolam quase todo o ruído externo.

Leia também: Com coronavírus, MIUI 11 atrasa em alguns smartphones da Xiaome; veja quais

Novos fones da Apple arrow-options
Reprodução/wccftech

Novos fones da Apple


Leia também: Android poderá rodar jogos antes do fim do download

A novidade foi compartilhada pelo youtuber  Jon Prosser , em sua conta no Twitter. Os fones foram listados no estoque da gigante varejista norte-americana Target. Além do possível nome, Apple Airpords X , o acessório tem preço sugerido de US$ 399 (cerca de R$ 1750,00 em conversão direta).

Segundo Prosser, os fones podem chegar às lojas em três cores; isso ele deduziu a partir da existência de três códigos diferentes para um mesmo produto registrado na loja.

Veja Também:  Vídeo mostra celular dobrável de Pablo Escobar; preço agrada


Ao serem procuradas para falar sobre o suposto vazamento, nem a Apple e nem a Target confirmaram se o produto é real.

O site Apple Insider afirma ter conversado com vários funcionários da Target sobre os vazamentos. Eles afirmaram que as pessoas informaram que, embora não pudessem confirmar a proveniência da imagem, disseram que reservar espaços para novos produtos é uma prática comum. No entanto, os nomes nem sempre são os do produto final.

Leia também: Samsung Galaxy S20 e Z flip devem chegar ao Brasil em março

Ainda de acordo com os funcionários, os produtos que aparecem no sistema geralmente são recebidos pela loja dentro de uma semana ou até um mês após a primeira aparição no estoque da empresa. Por enquanto, sem confirmação oficial da Apple , é difícil dizer com precisão se os fones estão de fato nos planos da empresa. Teremos de aguardar um pronunciamento oficial. 

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Microsoft registra patente de smartphone dobrável

Publicado

source

Olhar Digital

Em 2019, a Microsoft decidiu entrar no mundo dos dispositivos dobráveis, com a revelação do Surface Neo e o Surface Duo. Mas parece que está não foi a única empreitada da empresa na nova tendência smartphones; os dobráveis.

LEIA MAIS: Inteligência artificial vai identificar possíveis criminosos no Reino Unido

De acordo a uma patente descoberta pelo site MSPowerUser , a companhia planeja um telefone dobrável – ao que parece, com alguma inspiração no Galaxy Fold, da Samsung. A patente, registrada em 2018, foi aceita pelo Escritório Europeu de Patentes em dezembro de 2019, o que significa que a empresa pode apresentar um dispositivo conceito a qualquer momento.

Reprodução

A descrição do registro detalha uma interface interativa na tela quando o telefone está fechado. Com ela, seria possível realizar diversas tarefas sem a necessidade de abrir o aparelho. 

Durante a interação com a tela externa, o usuário pode selecionar quais conteúdos serão exibidos pelo aparelho quando for aberto. Além disso, poder se que seja possível usar o display para visualizar informações sobre notificação, mensagens e até tirar fotos.

Veja Também:  Máscara transforma gás metano do arroto do gado em água

Ainda foi descoberto que o telefone pode ser configurado para permitir que tudo o que for realizado na tela externa, possa ser armazenado para que seja visualizado posteriormente, além de poder transferir para que seja visto imediatamente nas telas desdobradas.

Isso permite a alternância contínua entre os displays, fazendo com que a experiência do usuário seja aprimorada. No entanto, isso tudo não passa de dedução, não há nenhuma confirmação por parte da Microsoft em relação ao lançamento de um telefone desse tipo.

LEIA MAIS: Samsung e empresas de tecnologia definem padrões de informações compartilhadas

Pode, sim, ser que esse registro seja apenas uma prova de conceito, que as empresas criam um protótipo para entender como a tecnologia iria funcionar se aplicada a um aparelho real. Resta esperar para ver quais serão os planos da Microsoft para esse novo aparelho.

Via: GizmoChina

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana