conecte-se conosco


Nacional

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 12 milhões

Publicado


Volante Mega-Sena
iG São Paulo

Para concorrer ao prêmio da Mega-Sena, é preciso escolher pelo menos seis números entre os 60 disponíveis

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (22) prêmio estimado de R$ 12 milhões. As seis dezenas do concurso 2.153 começam a ser sorteadas, partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

O valor do prêmio principal está acumulado, pois nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.152 (26-29-36-49-50-59) realizado no último sábado (18). Os apostadores poderão fazer seus jogos até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples da Mega-Sena
, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Saiba mais sobre as dezenas da Mega Sena e o concurso

Esse é um concurso realizado pela   Caixa Econômica Federal
 que pode pagar milhões ao apostador que acertar seis números, que são sorteados ao menos duas vezes por semana – normalmente, de quarta-feira e sábado. Ainda é possível ganhar prêmios menores ao acertar quatro (Quadra) ou cinco dezenas (Quina).

Veja Também:  Covid-19: Governo anuncia ações de proteção a crianças e adolescentes

Leia também: Veja casos da Mega que foram parar na Justiça

O próprio jogador pode escolher os números da aposta
ou tentar a sorte com a “ Surpresinha
”, em que o sistema escolhe os números. É possível também concorrer com as mesmas dezenas por dois, quatro ou oito concursos consecutivos na chamada “ Teimosinha
”.

Os prêmios iniciais desta  loteria 
costumam ser em torno de R$ 2,5 milhões para quem acerta seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de 6 a 15 números do volante.

Leia também: Quase milionários: a emoção de quem acertou a quina na Mega

O prêmio
bruto da   Mega-Sena
  corresponde a 46% da arrecadação. Dessa porcentagem, 35% são distribuídos entre os acertadores das seis dezenas da Mega-Sena sorteadas, 19% entre os acertadores de cinco números (Quina), 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra), 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos de final 0 ou 5 e 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou 5.

Veja Também:  Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer

publicidade

Nacional

Qualidade do ar melhor em São Paulo nesta terça com previsão de chuva

Publicado


source
sp
Rovena Rosa/Agência Brasil

Previsão do tempo para São Paulo é de dia frio


Tempo nublado e chuvas durante todo o dia marcam a previsão do tempo desta sexta-feira (7), na capital paulista. A temperatura volta a esfriar. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 13ºC e a máxima de 19ºC.

Leia também:Tubarão ataca pescador em caiaque no Havaí; assista

Deve garoar durante todo o dia, mas sem previsão de chuvas intensas. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 65% e 95%.

Veja Também:  Qualidade do ar melhor em São Paulo nesta terça com previsão de chuva
Continue lendo

Nacional

Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer

Publicado


source
backer
Divulgação

A cervejaria Backer, muito conhecida em Minas Gerais, ganhou notoriedade nacional após consumidores da cerveja serem intoxicados e hospitalizados


A Justiça determinou a quebra de sigilo bancário da cervejaria Backer referente aos últimos 12 meses. A decisão partiu da 23ª Vara Cível de Belo Horizonte atendendo um pedido do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG). Para o MPMG, os sócios da Backer podem estar ocultando patrimônio , fazendo a transferência de propriedade, uma vez que existe uma ação judicial contra eles.


Para o Ministério Público, a alienação de imóveis indicava não só conduta em desacordo com a boa-fé objetiva material e processual, mas também poderia permitir “o reconhecimento da fraude e do cometimento de ato atentatório à dignidade da justiça, máxime, quando se trata de tutela coletiva”.

Veja Também:  Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais

A cervejaria Backer, muito conhecida em Minas Gerais, ganhou notoriedade nacional após consumidores da cerveja serem intoxicados e hospitalizados, no início do ano. A substância tóxica encontrada na cerveja matou ao menos sete pessoas e levou dezenas de outros consumidores ao hospital.

Segundo investigações da Polícia Civil, vazamentos em equipamentos e o uso de substâncias tóxicas que não deveriam ser empregadas causaram a contaminação de diversos lotes de diferentes tipos de cerveja produzidos pela empresa.

Caixas em terreno baldio

Na última sexta-feira (10), a Polícia Civil de Minas Gerais encontrou 34 caixas de cervejas da Backer, do lote contaminado , em um terreno baldio no bairro Buritis, em Belo Horizonte. A polícia chegou ao local após uma denúncia. O material foi recolhido e os fatos estão sendo apurados pela polícia.

“O delegado Flávio Grossi ressaltou que esse tipo de descarte pode provocar riscos à saúde pública se o produto for consumido, uma vez que o material encontrado está entre os lotes de cerveja onde o dietilenoglicol foi identificado”, informou a polícia, em nota.

Veja Também:  Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer

Continue lendo

Nacional

Respiradores roubados são apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais

Publicado


source
Respirador é o principal equipamento usado em pacientes com a Covid-19
Agência Brasil

Respirador é o principal equipamento usado em pacientes com a Covid-19

Uma carga de cinco respiradores avaliada em R$ 250 mil foi apreendida na tarde desta segunda-feira (13) pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Os equipamentos foram roubados na madrugada da última sexta em Ribeirão das Neves, cidade que fica na região metropolitana de Belo Horizonte . O estado é um dos que  mais sofre com a falta de equipamentos e testes.

De acordo com informações da corporação, a carga partiu de Serra, no Espírito Santo, e tinha como destino Cuiabá, no Mato Grosso.

Na ação do roubo, que foi por volta das 2h, o veículo que estava transportando os aparelhos foi cercado por outros três carros. Quando o veículo parou, oito homens fizeram a abordagem do motorista e o mantiveram como refém até que o crime fosse concluído.

Veja Também:  Qualidade do ar melhor em São Paulo nesta terça com previsão de chuva

Com base no depoimento da vítima, a equipe da Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Carga, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), iniciou as investigações.

Na apuração, as autoridades chegaram à conclusão que os suspeitos deixaram a carga em uma estrada vicinal entre Belo Horizonte e Santa Luzia, na mesma região, onde o material foi apreendido. O objetivo seria despistar a polícia.

De acordo com o delegado César Matoso, a PCMG já tem pistas dos carros usados pelos bandidos e trabalha em suas identificações. “Estamos, neste momento, no encalço dos criminosos, que ainda estão em posse do veículo da vítima”, disse.

A suspeita é que os envolvidos sabiam do conteúdo da carga, já que o veículo que a transportava era de pequeno porte e não chamava atenção. “Por se tratar de respiradores, equipamentos que atualmente têm uma grande procura, o valor econômico desse tipo de material no mercado é muito alto. Isso poderia ter despertado o interesse deles”, afirmou Matoso.

Veja Também:  Mourão defende aproximação do governo com partidos do centrão

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana