conecte-se conosco


Nacional

Motorista é agredido e tem carro depenado por multidão em festa; assista

Publicado

Motorista sendo agredido arrow-options
Reprodução/ O Dia

Jovem foi agredido e teve o carro depredado na saída de uma festa, em Volta Redonda.

Um jovem foi agredido e teve o carro destruído durante uma confusão na saída de uma casa noturna no bairro Jardim Amália, em Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (17), onde acontecia uma festa universitária . Imagens mostram uma multidão depredando o veículo.



Segundo relatos nas redes sociais, o motorista do carro teria tentado passar pela via e atropelado algumas pessoas que estavam na rua, o que motivou o início da confusão. De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada mas, quando os policiais militares chegaram apenas o carro estava no local e ninguém foi detido. Os vídeos foram encaminhados à Polícia Civil para identificação dos agressores.

Veja Também:  Jovem que morreu com Covid-19 em hospital mandou áudio assustado

Leia mais: Homem cai nos trilhos do metrô de São Paulo e é salvo por pouco; veja vídeo

O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Wellington Vieira, está investigando o caso e informou ao Dia que quatro pessoas já foram identificadas. Dentre elas, duas prestaram depoimentos na delegacia.

“A vítima também foi identificada, ouvida e encaminhada para realizar o exame de corpo de delito”, afirmou Wellington.

O delegado pediu, ainda, para que as pessoas que tenham informações sobre as agressões entrem em contato com a delegacia de Volta Redonda pelo número 197, para registrar a denúncia. O anonimato é garantido.


publicidade

Nacional

Sexta em São Paulo é de frio e tempo nublado

Publicado


source
previsão
Rovena Rosa/Agência Brasil

Previsão do tempo para São Paulo é de dia frio


Tempo nublado e frio durante todo o dia marcam a previsão do tempo desta sexta-feira (2), na capital paulista. A temperatura permanecerá fria. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 10ºC e a máxima de 20ºC.

Leia também: Águia sobrevoa praia segurando tubarão em suas garras; assista

Não previsão de chuva para esta sexta. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 50% e 95%.

Veja Também:  Em live, Bolsonaro ataca a imprensa e afirma que vai vetar lei das fake news
Continue lendo

Nacional

Covas não reabriu parques em São Paulo porque “geram menos empregos”

Publicado


source
Bruno Covas%2C prefeito de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo

Bruno Covas, prefeito de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), explicou nesta quinta-feira (2) em entrevista à GloboNews porque os parques da capital paulista não foram contemplados nessa fase de retomada das atividades e disse quais critérios forma utilizados para determinar quais serviços continuariam suspensos.

De acordo com o prefeito, os parques vão continuar fechados porque “geram menos empregos” e por conta de a ordem de serviços prioritários para serem retomados é proporcional ao número de empregos gerados pelo setor. Fica de fora, por exemplo, a relevância da atividade.

“É importante ficar claro que a ordem de abertura das atividades é determinada em relação a quantos empregos elas geram. Se a gente fosse escolher as atividades mais importantes, a gente abriria escolas, museus, parques”, afirmou Covas. “Priorizamos os setores mais vulneráveis, que mais geram atividade econômica”, completou.

Veja Também:  Covas não reabriu parques em São Paulo porque "geram menos empregos"

Apesar de explicar o motivo, Covas ainda disse que, embora não exista previsão para a reaberura dos parques, ele espera ter essa informação já na semana que vem e disse que só então uma data será definida para que isso ocorra.

Na próxima semana, restaurantes poderão voltar a funcionar das 11h às 17h. Questionado sobre casos de pizzarias, por exemplo, que costumam ficar abertas até mais tarde, Covas afirmou que não há previsão de haver exceção para esse tipos de estabelecimentos.

“Nós vamos seguir as determinações do estado e os restaurantes devem fazer o mesmo. A determinação do Centro de Contingência vale para todo o estado, o governo não pode abrir exceção por conta das pizzarias da capital. Se vai abrir pizzaria à noite, bares vão pedir pra funcionar até mais tarde, aí não conseguimos segurar [as pessoas em casa].”

Continue lendo

Nacional

Em live, Bolsonaro ataca a imprensa e afirma que vai vetar lei das fake news

Publicado


source
bolsonaro
Marcos Corrêa/PR

Presidente Jair Bolsonaro fez sua tradicional live de quinta-feira e disse que pretende vetar lei das fake news

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou, durante sua ‘live’ semanal nas redes sociais, que pretende vetar o projeto de lei das fake news, caso o mesmo chegue em suas mãos para a sanção presidencial. Bolsonaro considera a lei representa “censura e ataque à liberdade de expressão”. O presidente também voltou a atacar a imprensa: “Estão batendo tanto e eu só estou crescendo”, disse o presidente.

Bolsonaro se posicionou contra o cerceamento da liberdade de expressão. Para ele, o projeto de lei das fake news vai acabar com as liberdades individuais. “Quando se fala em liberdade de expressão, se fala em democracia. Só que muitos falam em democracia da boca para fora, mas aprovam projetos que cerceiam a liberdade de imprensa. A gente não pode admitir isso daí”, afirmou o presidente.

Veja Também:  Brasil registra 1.252 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

Segundo Jair Bolsonaro, ele é umas das pessoas mais criticadas nas midias sociais e, mesmo assim, é contra o projeto: “Eu duvido qual cidadão no Brasil é mais criticado do que eu”, disse.

O presidente também voltou a alfinetar a imprensa, dizendo que a mídia tradicional sempre o critica. “Eu sou extremamente favorável à liberdade total da mídia, até dessas tradicionais que vivem dando pancada em mim o tempo todo. Acho que tem que continuar batendo. Estão batendo tanto e eu só estou crescendo”, declarou.

“Continuem batendo, não tem problema nenhum, mas não podemos admitir a censura aqui, pelo amor de Deus”, concluiu o presidente.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana